Translate this Page

Rating: 3.0/5 (902 votos)



ONLINE
4




Partilhe este Site...

 

 

<

Flag Counter


Lições CPAD terceiro trimestre 2014 fé e obras
Lições CPAD terceiro trimestre 2014 fé e obras

 

Lições Bíblicas CPAD

JOVENS E ADULTOS

 

 

3 º TRIMESTRE DE 2014

 

Título:  Fé e Obras - Ensinos de Tiago Paragrafo UMA Vida Cristã Autêntica

 

Comentarista:  Eliezer de Lira e Silva

 

 

Lição 1:  Tiago - A Fé Que se Mostra pelas Obras

 

Dados:  6 de Julho de 2014

 

TEXTO Áureo

 

ASSIM TAMBEM UM FE, SE Localidade: Não figado Como Obras, E morta los si MESMA " (Tg 2.17) . 

 

VERDADE PRATICA

 

A Nossa Fé Temperatura de Produzir frutos verdadeiros de amor, Fazer contrario ELA se apresenta falsa.

 

Hinos SUGERIDOS

 

18, 47, 93.

 

Leitura diaria

 

Segunda - Hb 10.24

Como boas Obras devem servi estimuladas

 

 

Terça - 1Tm 6,17-19

Como boas Obras e Como Riquezas do Mundo

 

 

Quarta - Tg 2,14-17

E Possível Haver Fé SEM Como Obras?

 

 

Quinta - Ef 2.8,9

Localidade: Não Somos salvos pelas Boas Obras

 

 

Sexta - Ef 2.10

Salvos praticam Boas Obras

 

 

Sábado - Rm 12.9,10

Amor cordial e fraterno

 

Leitura Bíblica EM CLASSE

 

Tiago 2,14-26.

 

14 -  Irmãos MEUS, Que aproveita se alguem Disser Que Temperatura Fé e Localidade: Não figado Como Obras? Porventura, um fe PODE Salvá-lo?

15 -  E, se o Irmão UO UMA Irmã estiverem nus e tiverem Falta de mantimento cotidiano,

16 -  e Sândalo de lhes Vos Disser: Ide paz em, aquentai-vos e fartai-vos; e nao lhes derdes Como necessárias COISAS Paragrafo O Corpo, Que proveito Vira dai?

17 -  ASSIM also hum FE, SE Localidade: Não figado Como Obras, E morta los si MESMA.

18 -  Mas Dira alguem: Tu dezenas de Fé, e Eu Tenho Como Obras; Mostra-me a tua Fé SEM Como Tuas Obras, e eu te mostrarei a Minha Fé pelas Minhas Obras.

19 -  Tu CRES Que HÁ Um Só Deus? Fazes Bem; also OS Demônios o creem e estremecem.

20 -  Mas, O Homem VAO, Queres tu saber Que hum fe SEM Como Obras e morta?

21 -  porventura Abraão, O Nosso pai, Nao FOI justificado pelas Obras, when ofereceu SOBRE o altar o Seu Filho Isaque?

22 -  Bem Que Ves hum fe cooperou com TÃO SUAS Obras e Opaco, pelas Obras, UMA aperfeiçoada FOI Fé,

23 -  e cumpriu-se a Escritura, Que Diz: E creu Abraão los Deus, e FOI-LHE ISSO imputado Como Justiça, e FOI Chamado o amigo de Deus.

24 -  Vedes, entao, Que O Homem E justificado pelas Obras e Localidade: Não somente Pela Fé.

25 -  E de Igual Modo Raabe, a meretriz, Nao was also justificada pelas Obras, when recolheu OS emissários e despediu OS POR Outro Caminho?

26 -  oo o Porque, ASSIM Como o Corpo SEM o Espírito ESTA Morto, ASSIM also hum fe SEM Obras E morta.

 

Interação

 

"Fé e Obras: Ensinos de Tiago Paragrafo UMA Vida Cristã Autêntica" E o Tema dEste Trimestre! Portanto, estudaremos a Epístola de Tiago. O Comentarista E o pastor Eliezer de Lira e Silva, Conferencista de Escolas Bíblicas e Diretor do Projeto Missionário Ide Fazer Ensinai los Moçambique, África.

Ao LER UMA Epístola Universal de Tiago chegamos à Conclusão de Opaco o Evangelho Localidade: Não admite UMA Vida Cristã acompanhada de hum Discurso desassociado da Prática. A Nossa Fé Desen Ser confirmada atraves das Obras. Professor de Caro, de Maneira profunda, Estude ESTA Epistola, POIs, TEMOS UM Grande Desafio: convencer OS NOSSOS Alunos de que Vale a pena LeVar Estes ensinamentos ATÉ Como Ultimas Consequências.

 

OBJETIVOS

 

APOS ESTA aula, o Aluno Devera Estar apto a:

  • Descrever Como questões de autoria, local, Dados e destinatario da Epistola.
  • Entender o Propósito da Epístola.
  • Destacar a Atualidade da Epístola.

 

Orientação Pedagógica

 

Prezado professor, Paragrafo Iniciar o Estudo da Carta de Tiago sugerimos Opaco reproduza o Esquema abaixo na lousa, UO los Copias, Conforme Fazer SUAS Possibilidades Como. O Esquema E hum Esboço da Epistola hum ESTUDADA ser. Vai auxiliar Ele. na Análise Panorâmica da Carta. Neste Esquema AINDA Constam Informations Como: a Estrutura da Epistola, autoria, Tema, Dados e UMA consideração preliminar. Tenha UMA boa aula!

 

ESBOÇO DA CARTA DE TIAGO

 

 

Considerações Preliminares:  Tiago E classificada Como "Epistola universal" oo o Porque FOI originalmente Escrita Paragrafo UMA Comunidade Maior Que UMA Igreja local. A Saudação: "Como cochilar Tribos Que Andam dispersas" (1.1), juntamente COM REFERÊNCIAS Otras (2.19,21), indicam that was UMA Epistola Escrita inicialmente a cristãos judeus Opaco Viviam fóruns da Palestina. E Possível Que OS Destinatários fossem OS Primeiros convertidos los Jerusalém, Que, apos a morte de Estêvão, FORAM dispersos Pela Perseguição (Na 8.1) Ate a Fenícia, Chipre, Antioquia da Síria e Alem (Sem 11,19).

 

Comentario

 

INTRODUÇÃO

 

Palavra Chave

Fé:  Confiança absoluta los alguem. Uma das Primeira Três Virtudes teologais: Fé, Esperança e Amor.

 

Neste Trimestre, estudaremos UMA MENSAGEM de Deus entregue AOS santos Irmãos do Primeiro Século POR Intermédio de Tiago, o Irmão do Senhor. Serviços ASSIM PODE resumida a Epistola universal de Tiago: UMA Carta de Conselhos práticos Paragrafo UMA Vida Bem-sucedida e de a Acordo com a Palavra de Deus. A espiritualidade superficial, a ausencia de Integridade, UMA carencia de perseverança ea Insuficiência da Compaixão Paragrafo com O PROXIMO São characteristics that permeiam o Caminho de muitos crentes dos Dias Modernos. O Estudo NOSSOS Dessa Epistola E Relevante Paragrafo Os Dias, POIs Contemplação UMA Oportunidade de aperfeiçoarmos O Nosso Relacionamento com Deus e com o Próximo, levando-SOE hum compreender Que hum fe SEM Como Obras E morta (Tg 2.17).

 

I. autoria, LOCAL, DATA E Destinatários (Tg 1.1)

 

.. 1 Autoria  Em Primeiro Lugar, é Preciso destacar o Fato de Que há, o Novo Testamento los, Uma menção de Quatro PESSOAS com o nomo de Tiago: Tiago, pai de Judas, o Iscariotes Nao, (Lc 6,16); Tiago, Filho de Zebedeu e Irmão de João (Mt 4,21; 10,2; Mc 1.19, 10.35; Lc 5,10; 6,14;. Como 1,13; 12,2); Tiago, Filho de Alfeu, um dos Doze Discípulos (Mt 10,3; Mc 3,18; 15,40; Lc 6.15; Como 1,13) e, Finalmente, Tiago, o autor da Epístola, era Opaco Filho de José e Maria e Meio-Irmão Fazer Nosso Senhor (Mt 1.18,20). APOS OS firmar Passos na Fé e testemunhar a Ressurreição Fazer Filho de Deus, o Irmão do Senhor liderou a Igreja los Jerusalém (At 15,13-21) e, Mais Tarde, FOI considerado apóstolo (Gl 1.19). Pela Riqueza doutrinária da carta, o autor Localidade: Não poderia Ser Outro Tiago, Senao, o Irmão FAZ Senhor e Líder da Igreja los Jerusalém.

2 Dados e Locais.  Embora a maioria dos biblistas Veja a Palestina, e Mais especificamente Jerusalém, Como locais Mais indicado de Produção da Epístola, tal Informação e Desconhecida. SOBRE Dados, Tratando-se Fazer PERÍODO Antigo Cristã da Época, Semper Sera, Sera, um aproximada Sera. Por Razão ESSA, UMABiblia de Estudo Pentecostal Dados de Produção da Carta de Tiago Entre OS Anos 45 a 49 dC, aproximado.  

3. destinatario.  ", Como cochilar Tribos Que da dispersas Andam" (Tg 1.1). HA MUITO UMA Estrutura Politica de Israel perdera UMA configuracao de Divisão Tribos EM. ASSIM, EM o Novo Testamento, a Expressão "doze Tribos" E hum Recurso Lingüístico Opaco FAZ alusão, de forma Figurativa, à Nação Inteira de Israel (Mt 19.28; Sem 26,7; Ap 21.12). Todavía, AO USAR UMA fórmula "doze Tribos", na Verdade, Tiago REFERÊ-se EAO cristãos dispersos na Palestina e Variadas Igrejas estabelecidas regions los Otras, Isto É, todo o Povo de Deus Espalhado Pelo Mundo.

 

 

SINOPSE DO topico (I)

 

O autor da Epístola E Tiago, o Meio-Irmão de Jesus. A Carta de Liberdade de Informação Escrita provavelmente los Jerusalém, Entre OS ANOS 45 e 49 dC e Dirigida AOS cristãos dispersos de da Palestina BEM COMO COMO Igrejas de regions Otras.

 

 

II. O proposito DA Epistola DE TIAGO

 

1 Orientar.  Em hum ritmo Marcado Pela falsa espiritualidade e egoísmo, Como orientações de Tiago São RELEVANTES e pertinentes. ISSO oo o Porque a Escritura nn Revelação o SERVIÇO a Deus Como a Prática concreta de atitudes e Comunhão: GUARDAR-se Fazer Sistema Mundano (engano, falsidade, egoísmo, etc) e amar o Próximo. ASSIM, atraves de orientações Práticas, Tiago almeja fortalecer e Consolar cristãos OS, exortando-os B-kin da Profundidade da Verdadeira, pura e imaculada religião com Deus par hum quali e: a) VISITAR OS órfãos e viúvas tribulações Como NAS; b) Localidade: Não Fazer acepção de PESSOAS ec) GUARDAR-se da Corrupção do Mundo (Tg 1.27).

. 2 Consolar  Numa Cultura Onde Localidade: Não se Dobrar hum César, honrando-o Como Divindade, significava Rebelião à Autoridade Maior, OS crentes Antigos FORAM impiedosamente perseguidos, humilhados e Mortos. Entretanto, a despeito de Perder Emprego, Pais, Filhos e sofrer Martírios los Praças Públicas, Enguias se mantiveram Fiéis AO Senhor. Por ISSO, A e Epistola, AINDA Hoje, um bálsamo Paragrafo Como Igrejas e crentes perseguidos espalhados Pelo Mundo (Tg 1.17,18; 5,7-11).

3 Fortalecer.  de Além das perseguições cruéis, Os crentes ERAM explorados Pelos Ricos e defraudados e Afligidos Pelos patrões (Tg 5.4). Apesar de a Palavra de Deus condenar com veemência ESSA Prática Mundana, infelizmente, ELA AINDA E Muito Atual (Ml 3,5; Mc 10.19; 1Ts 4,6). A Epístola de Tiago Localidade: Não foge à Tradição Profética de condenar OS Tais Abusos, POIs, ALÉM de expor o Juízo divino OS Exploradores contra, o Meio-Irmão do Senhor exorta os Santos UMA Localidade: Não desanimarem na Fé, POIs HÁ UM Deus Opaco Contemplação Como más atitudes Fazer injusto e certamente cobrará Muito caro POR ISSO. A Queda de Quem explora o Trabalhador Localidade: Não tardará (Tg 5,1-3).

 

 

SINOPSE DO topico (II)

 

O Propósito Geral da Epístola de Tiago era orientar, Consolar e fortalecer a Igreja de Cristo Que estava Sendo perseguida.

 

 

III. Atualidade DA Epistola

 

Num ritmo de superficialidade Espiritual 1 ..  Outro Propósito da Epístola de e LeVar o Leitor a hum Relacionamento íntimo com Deus e com o Mais Próximo. A Carta Traz citações DIVERSAS Fazer Sermão do Monte Como Prova de Opaco o autor ESTA los plena Concordância com o ensino de Jesus Cristo. Tiago Chama a Atenção de hum par de Verdade Opaco se Como orientações de Jesus praticadas Localidade: Não FOREM, o Leitor eStara fóruns da Boa, Perfeita e Agradável Vontade de Deus. Portanto, a Igreja do Senhor Localidade: Não PODE abandonar OS Conselhos divinos Paragrafo desenvolver UMA espiritualidade sadia e profunda.

2 Num ritmo de Confusão empreendedorismo "Salvação Pela Fé" ou "Salvação pelas Obras." O Leitor desavisado PODE Pensar Que a Epistola de Tiago contradiz o apóstolo Paulo Quanto à doutrina da Salvação Mediante a Fé. Tempos apostólicos N º s, Falsos mestres torceram a doutrina da Salvação Pela Graça proclamada Pelô apóstolo DOS gentios (2Pe 3,14-16 cf. Rm 5,20-6,4). Entretanto, a Epistola de Tiago Evidencia Opaco Localidade: Não faça SE PODE Fazer Separação Entre a Fé e Obras de Como. Apesar de Como Obras Localidade: (. Ef 2.10; Cf Tg 2,24) Localidade: Não garantirem UMA Salvação, UMA SUA Manifestação Dá Testemunho da Experiência salvífica Fazer crente.

3 Uma Fé Prática los posta.  Muitos dizem Ser Discípulos de Cristo, mas o Estação distantes das Virtudes Bíblicas. Nao de de Estes evidenciam SUA Fé POR intermedio de atitudes SUAS. Pseudodiscípulos SO OS SEUS visam Interesses Particulares e Localidade: Não a Glória de Deus. Precisamos urgentemente priorizar o Reino de Deus ea SUA Justiça (Mt 6,33). Tiago nn Ensina, ASSIM Como João Batista (Lc 3,8-14), Que precisamos Produzir frutos Dignos de Arrependimento.

 

 

SINOPSE DO topico (III)

 

Num ritmo de superficialidade Espiritual e de Confusão empreendedorismo "Salvação Pela Fé" e "Salvação pelas Obras", a Epístola de Tiago E UMA MENSAGEM Atual Sobre a Fé posta los Prática.

 

 

CONCLUSÃO

 

Como los Toda a Escritura Sagrada, a Epistola de Tiago E hum farol ACESSO e permanentemente Atual. Ela nn Alerta a mediocridade da Vida Cristã e supostamente nn exorta a Fazer das Escrituras O Nosso Pão Diário contrapartida. Jesus Cristo Semper FOI zeloso Pelo Bem Estar Fazer Seu Rebanho (Jo 10.10). Em TODAS Como Épocas Ele. E o BOM das pastor Cuida Opaco SUAS Ovelhas (Jo 10.11). E Localidade: Não Interesse do Mestre Que OS Discípulos vivam los harmonia e de amor Mútuo, afim de trazerem Nao escandalo EAO de Dentro e, Muito Menos, EAO de Fora (1Co 10.32). E Localidade: Nao esqueçamos n º s: A religião pura e imaculada e A Fé Que se Mostra atraves de Nossas Práticas e Obras.

 

Vocabulario

 

Compatriota:  . Que se origina da MESMA terra dispersa: Espalhada, separada. Imaculada:. Pura, SEM QUALQUÉR mancha Pseudodiscípulos: Discípulos Falsos.
 
 

 

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

 

RICHARDS, Lawrence O. Comentário Histórico-Cultural do Novo Testamento. 1 ed, RJ: .. CPAD, 2007 Selos, Donald C (Ed.). Biblia de Estudo Pentecostal: Antigo e Novo Testamento . RJ:. CPAD, 1995 STRONSTAD, Roger; ARRINGTON, Francês L. (Eds.) . Comentário Bíblico Pentecostal Novo Testamento . 2 ed, RJ: CPAD, 2004.  
  
  

 

Exercicios

 

1.  QUEM E o autor da Epístola de Tiago?

R.  Tiago, Filho de José e Maria e Meio-Irmão Fazer Nosso Senhor.

 

2.  QUEM OS São Destinatários da Epístola de Tiago?

R.  cristãos de Os dispersos na Palestina e Variadas Igrejas estabelecidas regions los Otras, Isto É, todo o Povo de Deus Espalhado Pelo Mundo.

 

3.  Segundo A Lição, Cais Cais cais Quais d'Orsay d'Orsay d'Orsay São OS propósitos da Epístola de Tiago?

R.  Orientar, e Consolar fortalecer a Igreja de Cristo.

 

4.  PROVAM O Opaco Como Fazer varias citações Sermão da Montanha na Epistola de Tiago?

R.  Que o autor ESTA los plena Concordância com o ensino de Jesus Cristo.

 

5.  NAO PODEMOS Por Que Fazer Separação Entre a Fé e Obras Como?

R.  oo o Porque apesar de Como Obras Localidade: Não garantirem a Salvação, a SUA Manifestação Dá Testemunho da Experiência salvífica Fazer crente (. Ef 2.10; cf Tg 2.24).

 

Auxílio Bibliográfico

 

Subsídio Bibliológico

 

"Desenvolvi Ser observado that existem Resultados MAIS abençoados e reais when hum individuo Realmente Confia Nenhum Senhor Jesus Cristo A Ha Localidade :. Localidade: Não apenas UMA Mudanca de POSIÇÃO Diante de Deus (justificação), mas HÁ o Início da Obra redentora e santificadora de . Deus Embora a Transformação da Vida Localidade: .. Localidade: base Localidade: Não SEJA UMA de da Salvação, ELA E UMA Evidência da Salvação E SEM Evidência tal (na UO Maior grau Menor) Desen Serviços levantada UMA Questão Quanto à autenticidade da Fé do individuo [...]

Como boas Obras de hum Cristão São o Resultado ea Evidência da autenticidade da SUA Fé. E o Entendimento dEste Fato Opaco resolverá o Problema de alguns Quanto a alegada UMA discrepancia Entre Paulo e Tiago. Paulo certamente relaciona Como boas Obras com a Fe (Ef 2,8-10). Fica Claro Que Tiago ESTA Falando da justificação Diante dos Homens (Tg 2.18 - "Mostra-me ',' te mostrarei"; v.22 - 'Bem ves'; v.24 - "Vedes '; v.26), e Opaco A fe E provada pelas Obras (v.22) "(PFEIFFER, Charles F; VOS, Howard, F..Dicionário Bíblico Wycliffe.  RJ: CPAD, 2009, pp.779, 80).

 

SUBSÍDIOS ENSINADOR Cristão

 

Tiago - Fé Que se Mostra pelas Obras

 

O Tema dEste Trimestre é "Fé e Obras: Ensino de Tiago Paragrafo UMA Vida Cristã Autêntica". Por ISSO, professor AO Localidade: Não Podera faltar algumas Obras Literárias par o bom Desenvolvimento do Trabalho educativo, como, POR Exemplo, varias versões da Biblia (Pelo Menos Quatro); nascidas hum Dicionário Bíblico; hum Dicionário Teológico e hum Comentário Bíblico.

Por Que usarmos Diferentes versões Bíblicas Paragrafo interpretar cuidadosamente Como Escrituras? Ora, apesar Originais de boas e Fieis AO do Texto Bíblico, algumas versões apresentam, Por Exemplo, Problemas de Linguagem arcaica, Opaco Localidade: Não se Suficiente pro à contemporaneidade da Língua Portuguesa (cf. Caridade / Amor - 1 Co 13). Quando comparamos Como varias versões da Epístola de Tiago, PODEMOS compreender OS Textos de razoavel dificuldade interpretativa. Sugerimos Por ISSO E Opaco AO Menos Quatro muitas Das versões available los Língua Portuguesa: a ARC (Almeida Revista Corrigida); aARA (Almeida Revista Atualizada); a NVI (Nova Versão Internacional); e outra (Poder Ser ATÉ MESMO UMA Tradução Católica da Biblia, Como TEB - Tradução Ecumênica da Biblia - UO a Biblia de Jerusalém).       

O Dicionário Bíblico LHE auxiliará Paragrafo UMA compreensão de Sândalo Termo das Escrituras. Por Exemplo, Uma Carta de Tiago cita a Palavra "Obra". Mas hum that Tiago se REFERÊ AO USAR o Termo "Obra"? Obras de Como da Lei UO à "Ação de Misericórdia"? Os Artigos de hum bom Dicionário Bíblico (sugerimos O Dicionário Bíblico Wycliffe, editado Pela CPAD) desenvolvem UMA exaustão OS TERMOS Bíblicos Dessa Natureza.

Compreendermos Pará a Linguagem Teológica de UMA Palavra contextualizada à doutrinas Bíblicas, o Dicionário Teológico Muito LHE ajudará (sugerimos O Dicionário Teológico, editado Pela CPAD). Dominarmos OS Conceitos doutrinários de Salvação, Lei, Graça, etc, e desdobramentos OS SEUS, E de grande Relevância Paragrafo QUEM estuda a Epístola de Tiago. Ademais, NAO PODEMOS confundir OS Conceitos Teológicos Opaco, AO MESMO tempo, aparecem na Carta de Tiago e NAS de Paulo.

Por Ultimo, hum bom Comentário da Epístola de Tiago (sugerimos o comentário Bíblico Pentecostal Novo Testamento, editado Pela CPAD) Paragrafo remontarmos o Contexto histórico, social, cultural, economico e exegese da Epistola. Mas, Antes de Tudo, sugiro-LHE LER Como Treze Lições Fazer Trimestre los UMA Única Leitura. Este Processo LHE ajudará a desenvolver o panorama Fazer ASSUNTO de Maneira Mais Eficaz. Faço-votos de Opaco voce. EA SUA classe cresçam SEM Estudo Desta Belíssima Carta Opaco E UMA Epistola de Tiago!

 

Auxilios Complementares

 

Elaboração:  Escriba Digital

 

INTRODUÇÃO

 

De de Durante Tres Meses iremos Estudar UMA Carta de Tiago Opaco Difere das Otras Cartas que Novo Testamento Pelo Seu Estilo, Conteúdo e Apresentação. A Carta Demorou hum incluida Serviços de: NãoCânone Fazer Novo Testamento. Martinho Lutero descreveu-a UMA Como Epistola de palha. Mas Todos, Opaco confiando los SUA Inspiração divina e Localidade: Não Fato Opaco E a Palavra de Deus, Serao ricamente Compensados ​​Pela Meditação e Aplicação A Vida de SUAS Palavras. Agostinho confessou Paragrafo Deus: "O Que Tuas Escrituras dizem, tu dizes". Kierkegaard tinha Tiago Como SUA Escritura Predileta.  

A Carta de Tiago E hum dos Livros Mais Atuais e necessários par a Igreja Contemporânea. Tiago E comparado AO Sermão do Monte. Ele. Temperatura Principios práticos. Ele. tange OS Grandes Temas da Vida Cristã de forma clara, Direta e rica. Tiago ESTA preocupado com a Prática do Cristianismo.

Para Elementos Localidade: Não basta ter credo hum, Fazer UMA Profissão de Fé Ortodoxa, é Preciso Viver de forma digna de Deus.

O Estudo dEste Livro desafiará Voce. Fazer hum hum Balanço de SUA Vida, um Diagnóstico de SUA Experiência Cristã. E Impossível colocar-se Diante do Espelho dEste Livro SEM UMA identificar necessidade de sermos corrigidos POR Deus.

 

I. autoria, LOCAL, DATA E Destinatários (Tg 1.1)

 

1 Autoria.  Prefácio O Opaco indica o autor da Epístola de Tiago FOI Tiago, servo de Deus, e Jesus Cristo Fazer Senhor. Mas era QUEM ESSE Tiago? Dos Quatro principais indivíduos Opaco tinham ESSE nomo Nenhum Novo Testamento, um ASSIM Dois FORAM apresentados Como Possíveis Autores Desta Epistola - Tiago, Filho de Zebedeu, e Tiago, o Irmão do Senhor. O Primeiro E hum Candidato Improvável. Sofreu golos o Martirio los 44 dC, e Localidade: Não HÁ nenhuma exibição Evidência de Opaco ocupasse POSIÇÃO de Liderança na Igreja, Que LHE UMA Desse Autoridade de escrever ESTA Carta Geral. Embora Isidoro de Sevilha e Dante achassem Que era Elemento o autor do Livro, ESTA Identidade nao tem Sido largamente Aceita los Nenhum PERÍODO da Igreja.

A Opinião tradicional IDENTIFICA o autor de Como Sendo Tiago, o Irmão do Senhor. A Semelhança da Linguagem da Epistola com Como Palavras de Tiago los Atos 15, Uma forte dependencia Fazer Escritor da Tradição judia, ea consistencia Fazer Conteúdo de SUA Carta com as notícias Históricas Que o Novo Testamento Dá los Relação hum Tiago, o Irmão do Senhor, Tudo tende a APOIAR a autoria tradicional.

2 Dados e Locais.  opiniões Muitas São Como prevalecentes SOBRE UM de Dados Tiago. Aqueles Que aceitam a autoria tradicional costumam Dados-la Entre o Meio dos Anos Quarenta EO Comeco de Sessenta (exatamente Como OS Antes da morte de Tiago). JA FOI datada tardiamente, Como 150 dC, Por aqueles Que defendem a Teoria do "Tiago Desconhecido" UO de hum pseudónimo.

Embora possamos Localidade: Não Ser UMA dogmáticos Respeito da Época Los que estava Escrita, um numéro de Fatores apontam Paragrafo UMA Mais Dados precoce. Como CONDIÇÔES Sociais Reveladas ª Epístola, especialmente UMA Separação Aguda EXISTENTE Entre Os Ricos e Pobres OS, SUGERE UMA Dados Antes da Destruição de Jerusalém. A escatologia Revelada also aponta Paragrafo UMA precoce de Dados. A Expectativa da Volta do Senhor AUMENTA de Intensidade com o Opaco FOI ENCONTRADO los I e II Tessalonicenses.

A Passagem Mais Difícil Paragrafo DATAR O Livro de Passagem e A Famosa Que Fala da Fé e das Obras (Tg 2,14-26). Pará trocadilho dos Estes versículos S Prémios Leitor Desen si familiarizar COM CERTAS fórmulas paulinas; POR ISSO E Difícil CRER Que o autor de 2,14-26 estivesse refutando Paulo. Isto É envolveria UMA Quase inconcebível Má Interpretação da doutrina paulina da justificação Pela Fé. A Passagem se peso explicativo Melhor Como ocasionada POR UMA Má Interpretação de Paulo, Nao da Parte Fazer autor da Epístola, mas da Parte dos SEUS Leitores. Tal Má Interpretação Terios Mais provavelmente surgido Bem No Início Fazer Ministério de Pregação Pública de Paulo. De a Acordo com O Livro de Atos, uma extensa de Primeira Pregação Pública Mais Paulo Aconteceu los Antioquia (Atos 11.26). O Ministério de hum Ano Aconteceu Antes da Visita POR Ocasião da fome los Jerusalém los cerca de 46 (cf. At 11,27-29; Gl 2,1-10) ea Perseguição herodiana los 44 Quanto ritmo se Passou ATÉ Opaco A Ma Interpretação ea Aplicação errônea. da doutrina da justificação Pela Fé apresentada POR Paulo chamasse a Atenção de Tiago, Nao sabemos. A vista Fazer Fato dos judeus, cristãos e nao cristãos, de TODO O Mundo Mediterraneo, estarem constantemente se movimentando Paragrafo Jerusalém e Dela fóruns, provavelmente Localidade: Não FOI Muito ritmo DEPOIS. Los Dados Uma cerca de 44 par a Epistola, de UO Durante imediatamente hum Perseguição herodiana, se encaixaria conhecidos Melhor los TODOS OS Fatores.

Embora o numéro de hum Sugestões Opostas tenham Sido apresentadas de Vez los when, poucas São Como Dúvidas de Opaco Tiago escreveu cantarolar na Palestina. Especialmente Pelo sugerido colorido, o Escritor indica Opaco Elemento E hum palestiniano (cf. 1.10,11; 3.11,12; 5.7).

.. 3 destinatario  ESSA FOI Carta Dirigida Como "Doze Tribos dispersas" entre Como Nações (literalmente "na Dispersão / Diáspora"; 1.1). ESSA Referência E claramente simbólica, se considerarmos Opaco UMA Estrutura tribal de Israel havia cessado de Ser hum Conjunto literais de Doze Tribos de Pelo Menos UMA conquista que Assiria Reino do Norte los 722 aC Uma Questão Que se apresenta, entao, E: Ate Que Ponto Tiago estende AOS SEUS Leitores OS Elementos metafóricos de SUA designação?

A Mais Interpretação "literal" da Saudação E Opaco Copias Dessa Carta FORAM enviadas AOS judeus (Como "doze Tribos") that estavam Vivendo fóruns da Palestina ("dispersos Entre OS Gregos."; Cf Jo 7,35). No entanto, levando los Conta Que UMA Carta obviamente Localidade: Não Representação hum TRATADO evangelístico Destinado hum judeus conversor OS AO Cristianismo, Serviços ESSE PODE Entendimento rápidamente Excluído. Os Destinatários São apresentados Como JÁ possuindo hum fe los de Jesus Cristo (2.1) e, ASSIM SENDO, Uma Linguagem de Respeito Das Tribos "cochilar" E geralmente Aceita Como simbolizando a Crença de Que OS cristãos São ágora O Povo de Deus, e formam o Novo Israel UO o Israel Espiritual.

Como deveríamos compreender hum DESCRIÇÃO Literária de estarem "dispersos"? Sabemos Que alguns dos Primeiros cristãos consideravam-se Como O Povo escolhido de Deus, Que havia Sido "Disperso" ou "Espalhado" atraves de hum Mundo mau, e Opaco ansiavam retornar AO Seu Lar Espiritual ao Lado de Deus (1Pe 1.1, cf. Fp 3.20, Hb 11,13; 13,14). Embora estivesse preocupado com Tiago Como Diferenças Entre o Opaco é "terreno" EO "Que VEM Fazer alto" (3,15), Elemento Localidade: Não DESENVOLVE especificamente ESSA Imagem dos cristãos Como alienígenas espirituais los hum Mundo cruel. Consequentemente, alguns Intérpretes Opaco adotam UMA Opinião tradicional Sobre a SUA autoria sugeriram Que era UMA Carta enviada de Jerusalém AOS cristãos Que haviam Sido dispersos Pela Perseguição (cf. At 8,1; 11.19,20). Novamente, porem, Uma História da Demora na aceitação da Carta de: Não Cânone Localidade: Não VEM los Apoio a ESSA Conclusão Opaco, from o Inicio, FOI divulgada amplamente.  

NOSSOS COMENTÁRIOS Dar adotam UMA POSIÇÃO de Opaco Tiago Localidade: Não Só se referiu hum SEUS Leitores Como Uma "Diáspora" Localidade: Não metafórico SENTIDO, Mas Que Elementos nessa Carta also desenvolveu UMA Metáfora de UMA forma Bastante particular. Tiago acreditava Opaco SEUs Leitores haviam si Tomado "dispersos" por Terem se "desviado da Verdade" (5,19). Porem, Como Tiago tinha Conhecimento e preocupações Muito Especiais a Respeito dos Destinatários, ê provável Opaco UMA Carta tenha Sido Dirigida a UMA Única Congregação, com a quali mantinha Relacionamento hum Pessoal.

Como Evidências JÁ discutidas los Relação à Origem e à de Dados da Carta sugerem Opaco ESSA Congregação estava localizada los Sandalo Lugar da Região da Palestina. Em vista da variedade das questões discutidas nessa breve Carta - Assuntos Relacionados UMA inclusive classe rica, pobre e de Mercadores (2.1-9,15,16; 4,13-15; 5,1-6) - a Igreja parece ter abrangido hum Significativo Âmbito da Sociedade, Pelo Menos los SEUS contatos, se also Localidade: Não HÁ UMA tocante SEUS Membros. Pode, inclusive, ter havido algumas Tensões Dentro da Congregação a Respeito de assuntos Relacionados à POSIÇÃO e Autoridade Sociais (3.1,2; 4.1,11,12).

 

II. O proposito DA Epistola DE TIAGO

 

1 Orientar.  Tiago Observação Opaco hum fe Precisa Crescer juntamente com UMA estatura Física Fazer Cristão. Localidade: Não E Possível Que UMA Fé Cresça SEM ELA SEJA Opaco alimentada AO Longo da Vida POIs, AO contrario Vai Ficando subnutrida e raquítica com o minimo de Alimento Que LHE E Oferecida, UO COMEU, Chega a desfalecer no Coração. Por ISSO ESTA Carta Traz verdadeiras orientações espirituais a Fim de Que OS cristãos primitivos pudessem Crescer Um Dia Cada. Da MESMA forma Opaco, Paragrafo chegar a UMA Faculdade é Preciso cursar o Ensino Fundamental e do Medio, um Fim de Que tenhamos Conhecimentos Básicos do Pará acompanhar hum Curso superior, ASSIM also acontecia com a Vida daqueles cristãos, Enguias precisavam de Ensinos Básicos SOBRE o Cristianismo e aprofundamento da Fé, Como Veremos NAS Lições seguintes.

2. Consolar.  Uma Palavra "Consolar", Aqui, (gr.  paraklesis ), significa colocar-se ao Lado de UMA Pessoa, encorajando-a e Ajudando-los a tempos de aflição. Tiago Aqui desempenha ESSE Papel, POIs Ele. Envia ESTA Epistola trazendo-lhes Palavras de Consolo. O apóstolo Aprendeu, muitas aflições NAS SUAS, Que Nada Sofrimento, Por severo Opaco SEJA, podera separar o crente dos Cuidados e da Compaixão Fazer Seu Pai celeste. DEUS, Como vezes, permite Que Haja aflições los Nossa Vida, um Fim de Opaco, Tendo experimentado Seu Consolo, possamos tambem Consolar Para nós Ligação NAS SUAS aflições. Nosso Sofrimento Localidade: Não E primeiramente motivado POR desobediência, mas constantemente causado POR satanas, crentes Pelo Mundo E Pelos Falsos, à Medida Que participamos da Causa de Cristo.

No Salmo 119,143, o salmista Nos Ensina Que UMA Palavra de Deus de Semper e Mais Forte Que a Angústia: "SOBRE MIM vieram tribulação e Angústia, Todavía OS TEUS mandamentos São O Meu Prazer". Um Presente Angústia ESTA, MAS UMA alegria na Palavra de Deus E Maior. Uma outra Tradução: Fazer fazer Diz: "Fiquei cercado POR Sofrimento e Desespero, mas OS TEUS mandamentos FORAM A Minha grande alegria". O Poder de Deus also Semper E Maior Que Fazer hum Angústia: "Se ando los Meio à tribulação, tu me refazes a Vida; estendes a Mão contra a ira DOS MEUS Inimigos, ea tua destra me salva" (Sl 138,7). No Novo Testamento, Paulo Confirmação ESSA gloriosa Verdade: ?? "Quem nn separará do Amor de Cristo Sera, tribulação, UO Angústia, Perseguição UO, UO Fome, nudez UO, UO Perigo, UO espada ... O o o Porque eu Estou Bem Certo de Opaco NEM morte, Nem Vida, Anjos NEM, principados NEM, cousas that Elm Presente, Nem Fazer Porvir, Poderes NEM, NEM Altura, Profundidade, NEM NEM QUALQUÉR outra Criatura Podera separar-Nós do amor de Deus, Que ESTA los Cristo Jesus Nosso Senhor "(Rm 8.35,38,39) .

3. Fortalecer.  tempos do Império Romano n º s, o Culto EAO deuses pagãos e AO Imperador Fazia Parte da Vida de TODO o Mundo. Dois Problemas surgiam DISTO. Primeiro, o Porque oo Enguias Localidade: Não participavam dos rituais pagãos, mas tendiam a se ISOLAR, Os cristãos considerados ERAM anti-Sociais. Quando a Polícia imperial interessou-se POR ELES, ELES SE tornaram MAIS Reservados, o Opaco acrescentou AINDA Mais Combustível à fogueira. ELES FORAM Associados EAO  Colegios  - Secretas Clubes UO Sociedades -. e OS Líderes suspeitavam Deusas Grupos, devido à Ameaça de sedição (2) Lugar Em Segundo, Visto Como OS cristãos Localidade: Não queriam Participar das Atividades Religiosas Opaco, Conforme se acreditava, Deuses aplacavam OS, ELES tornaram-se UMA Ameaça à Própria Felicidade da Comunidade. Perseguições Diante de Tudo ISSO Como começaram a surgir.

UMa contraditório Das Mais difíceis da Vida Cristã E o Fato de Que se tornar hum Discipulo de Cristo Localidade: Não N º s Torna imunes a provações e tribulações da Vida. Como provações e tribulações that He permite em Nossas Vidas FAZEM Parte de Tudo Que Cooperação Paragrafo O Nosso Bem. Portanto, Paragrafo o crente, Como TODAS provações e tribulações devem ter hum Propósito divino. O apóstolo escrevia hum SUA Epistola also com o Propósito de conscientizá-los Desta Verdade afim de Opaco Enguias tenham hum SUA Fé fortalecida.

 

III. Atualidade DA Epistola

 

Num ritmo de superficialidade Espiritual 1 ..  Parece Opaco Tiago atraves de UMA assustadora superficialidade Espiritual de: Não Chamado Povo de Deus los Relação AO Que ESTA acontecendo no Meio da Igreja Evangélica dos Dias Atuais. Num Passado Localidade: Não Muito Distante, o crente era conhecido Pelo Seu Vocabulário, Pela forma de se vestir e Pela SUA Postura Ética. Hoje o Opaco E vemos Nummer hum grande de PESSOAS dizendo-se Cristas, mas Vivendo SEM Nenhum Compromisso com Deus, interessadas apenas los Seu Bem Estar, correndo Atrás da PROSPERIDADE, Nao Paragrafo abençoar Pará NÓS LigAção Irmãos, Mas porqué o Estação Pensando apenas mesmas los si.

Escândalos APOS escândalos Relacionados UMA Dinheiro e Gestão SUA Nenhum Ambiente da Chamada "Fe" AUMENTA O Buraco da indiferença, o cinismo o Faça, da mornidão Espiritual, o o Faça Deboche, Fazer escárnio, da irreverência da Falta de amor, da omissão e muitas vezes Traz UMA morte da Esperança.

A Igreja Atual ESTA Cheia de hum Povo SEM Fidelidade a Deus, um Povo SEM biblia, Sem Compromisso com a Verdade. O Que muitos levam hum par Igreja E UMA sacola Contendo Garrafa de Água UO Roupa de alguem Paragrafo "benzer". Consequentemente UMA doutrina Igreja Formada POR Este Tipo de PESSOAS Torna-se UMA Instituição SEM, Raízes SEM, caracterizada Pela rotatividade DOS Membros. A porta dos Fundos Acaba Sendo Maior Que a da Frente.

Infelizmente o Opaco vemos São PESSOAS Opaco Sequer São Religiosas, mas possuem UMA Ética comportamental Melhor Que hum de muitos cristãos. O Que vemos cristãos da São Empresarios, Dignos, evitando Contratar SEUS "Irmãos los Cristo", EM Razão Fazer mau Testemunho Opaco apresentam.

Jesus Disse Que da S joio cresceria no Meio do Trigo. Tem joio Demais na Igreja de Hoje. A Liderança Precisa POSIÇÃO Tomar uma, voltar a refletir o Temor de Deus. A Liderança Precisa voltar a profetizar "assim Diz o Senhor" e Localidade: Não o Opaco TEMOS Ouvido de muitos "senhores dizem ASSIM OS", Grandes dizimistas UO detentores de Sândalo Tipo de Poder natural.

Boa Parte da Liderança e crentes de Hoje, o Estação Trocando Seu Direito de primogenitura POR UM prato de lentilhas. Vendilhões do Templo OS São, trocam o eterno Pelo Passageiro. A Igreja adoecida ESTA, EM SUA Própria Razão de promiscuidade e superficialidade Espiritual.

Precisamos Devolver o Lugar da Biblia na Igreja. Mas Biblia pura, precisamos voltar à Palavra, precisamos de Líderes Que tenham Coragem de DiZer: Isto É Pecado! A pura Igreja Precisa Ser UMA Igreja, Que reflita o amor de Deus. Verdadeiros Redimidos Formada POR, POR gente Comprometida com Deus, Que ama Mais um Cristo Que a Própria Vida e Localidade: Não Mais UMA Própria Vida Que Cristo.

2 Num ritmo de Confusão Entre UO "Salvação Pela Fé" "Salvação pelas Obras."  Como escrituras ensinam claramente Que Somos salvos da (justificados) Pela Fé los Cristo EO Que Ele. fez na cruz. Somente ESSA Fé nn salva. Porem, Nao PODEMOS Parar Aqui SEM averiguar o Opaco Tiago Diz los Tiago 2.24: "Vedes entao Opaco E pelas Obras Opaco O Homem E justificado, e Localidade: Não somente Pela Fé".

Tiago COMECA ESSA contraditório usando hum Exemplo de alguem Que Diz ter Fé, mas nao tem Obras. "Que proveito há, MEUS Irmãos se alguem Disser Que Temperatura Fé e Obras Localidade: Localidade: Localidade: Não figado porventura ESSA Fé PODE Salvá-lo" (Tg 2,14). Em Otras Palavras, Tiago ESTA UMA Tratando de Fé morta, Uma Fé Que Localidade: Não E nada Mais Que Opaco hum pronunciamento verbal, Uma Confissão Pública Vinda da Mente, Que Localidade: Não VEM do Coração. Vazia É, SEM Vida e Ação SEM. Ele. Comeca com ESSA negação, e Demonstração o Opaco UMA Fé Vazia significa (versículos 15-17, Palavras Ações MEV).

Em suma, Tiago ESTA examinando Dois TIPOS de Fé: UMA Que Leva hum Obras de Deus, e UMA Opaco Localidade: Não lev. Uma Verdadeira E, outra E falsa. Uma E morta, outra E viva; Dai "UMA SEM Fé Como Obras de e esteril" (Tg 2.20). Porem, Elemento Localidade: Não ESTA contradizendo OS versículos dizem Acima Opaco Opaco Salvação e justificação São alcançadas somente Pela Fé.

Disso de Além, obser-se that Tiago cita o MESMO versiculo Opaco Paulo Cita EM Romanos 4.3 juntamente com Vários Para nós Ligação versículos Opaco lidam com justificação Pela Fé. Tiago 2.23 Diz: "E creu Abraão a Deus, e ISSO LHE FOI imputado Como Justiça, e FOI Chamado amigo de Deus". Se Tiago estivesse tentando ensinar doutrina UMA SOBRE Fé e Obras Opaco estivesse los Contradição com OS Para nós Ligação Escritores Fazer Novo Testamento, Elemento Localidade: Não Terios USADO Abraão Como Exemplo. Logo, PODEMOS VER Que justificação E somente Pela Fé, e Opaco Tiago estava Falando a Respeito de UMA Fé falsa, e nao de UMA Verdadeira Fé, when Elemento Diz Que Localidade: Não Somos justificados somente Pela Fé.

Uma Fé posta los Prática 3 ..  Uma MENSAGEM de Tiago E Direta, Objetiva e Acima de Tudo Prática. Diferente das epístolas de Paulo, Pedro e João, Uma Carta de Tiago Localidade: Não inclui Saudações Pessoais. Exortações Como começam Nenhum Segundo versiculo e continuam Ate O Ultimo.

Os Temas abordados nn Cinco Capítulos de Tiago São Diversos, Todos focando a importancia de Viver a Prática da Fé:

 

  •    Capítulo 1:  Enfatiza Como atitudes CERTAS Diante de provações e Tentações e Chama OS Leitores a Serem Praticantes, e Localidade: Não apenas ouvintes, da Palavra FAZ Senhor.

  •    Capítulo 2:  Aborda assuntos Dois: (1) hum Condenação de preconceitos socioeconômicos e na Igreja (2) a necessidade de Obras Opaco demonstram a autenticidade da Fé.

  •    Capítulo 3:  Apresenta UMA das advertências Mais Fortes Que Novo Testamento SOBRE USO o Errado da Língua e nn Chama a buscar a Sabedoria divina.

  •    Capítulo 4:  Condena varias atitudes carnais Opaco atrapalham o SERVIÇO a Deus.

  •    Capítulo 5:  Eencerra UMA Epistola com varias INSTRUÇÕES Opaco exigem UMA Perspectiva eterna e Espiritual, e Localidade: Não materialista e carnal.

 

Encontramos los Tiago INSTRUÇÕES Simples, Diretas e valiosas. Provações Das Tratando, Elemento Disse: "Irmãos MEUS, tende POR Motivo de alegria o passardes Toda POR VARIAS provações, sabendo Que a provação da Vossa Fé, Uma Vez confirmada, Produz perseverança" (Tg 1.2-3). Sobre a obediencia à Palavra de Deus, Tiago escreveu: "Tornai-vos, POIs, Praticantes da Palavra e Localidade: Não somente ouvintes, enganando-vos a vos mesmos" (Tg 1,22). Parágrafos E combater UMA Noção de Salvação Pela Fé SEM UMA obediencia, acrescentou: "Verificais Que UMA Pessoa e justificada POR Obras e Localidade: Não POR Fé somente ... porqué, ASSIM Como O Corpo SEM UM Espírito E Morto, ASSIM TAMBEM A fe SEM OBRAS E morta "(Tg 2.24,26).

Tiago mostrou SUA Preocupação com o Perigo de alguem abandonar a Cristo Fé em, e encerrou UMA Carta com orientações SOBRE o Resgate dos desviados: "Irmãos MEUS, se Sândalo Entre VOS se desviar da Verdade, e alguem o conversor, Sabei Que AQUELE Que Converte o pecador Fazer Seu Caminho Errado salvará da morte UMA alma e cobrirá DELE Multidão de Pecados "(Tg 5,19-20).

Do Comeco FIM AO, o Livro de Tiago apresenta INSTRUÇÕES Práticas Opaco PODEM e devem servi Aplicadas Nossas VIDAS EM CADA UM dia.

 

CONCLUSÃO

 

Para a funcionar Fé, devemos deixar Deus obrar hum SUA Verdade Dentro de Nós! Localidade: Não É O Suficiente sabre o Que o Senhor Diz e concordar com Ele. Um campo inculto E AQUELE los Opaco Lavoura Localidade: Não há, NEM Plantio, Colheita UO, e Deus Localidade: Não Deixa Que SEUS campos permaneçam vazios.

Fé em Ação E hum Como a terra Que ESTA Sendo lavrada, Plantada e colhida Pela Palavra e Espírito de Deus Pelo. Para a funcionar Fé, devemos Estar dispostos a ENTRAR em Ação. Deus TEM UMA Colheita grande, mas poucos Trabalhadores. O Senhor da seara ESTA À Procura de PESSOAS QUE o Estação dispostas a Testar hum SUA Fé POR Sair Paragrafo o campo e trabalhar com Ele. E Localidade: Não esqueçamos n º s: A religião pura e imaculada e A Fé Que se Mostra atraves de Nossas Práticas e Obras, POIS Fé E hum Encontro com Jesus Cristo, com Deus, e dali Nasce e lev AO Testemunho. É Isso Que o Apóstolo Quer DiZer: UMA Fé SEM Obras, Opaco Localidade: Não envolva, Opaco Localidade: Não leve AO Testemunho, Nao E Fé. São Palavras e Nada MAIS QUE Palavras.

 

 

                               Lições Bíblicas CPAD

                                   JOVENS E ADULTOS 

 

                                  3 º TRIMESTRE DE 2014

 

Título:  Fé e Obras - Ensinos de Tiago Paragrafo UMA Vida Cristã Autêntica   Comentarista:  Eliezer de Lira e Silva

 

 

Lição 2:  O Propósito da Tentação

Dados:  13 de Julho de 2014

 

TEXTO Áureo

 

Irmãos MEUS, Tende Grande gozo quando cairdes EM VARIAS Tentações, sabendo Opaco UMA Prova da Vossa Fé Produz hum Paciência " (Tg 1.2,3) . 

 

VERDADE PRATICA

 

O triunfo Sobre a Tentação fortalece-SOE espiritualmente e nn Torna Mais Intimos de Deus.

 

Hinos SUGERIDOS

 

34, 195, 246.

 

Leitura diaria

 

Segunda - Pv 1.10

Tentado, Nao Cedas!

 

 

Terça - Hb 2.18

Jesus FOI ASSIM Provado Como NÓS

 

 

Quarta - 1Pe 1.7

Tentação, Uma provação da Fé

 

 

Quinta - Dt 8.2,3

Conheça a ti MESMO

 

 

Sexta - Mt 26,41

Vigilância e Oração

 

 

Sábado - 1Pe 5.9

Provações IDENTIFICAÇÃO ATRAVES Das

 

Leitura Bíblica EM CLASSE

 

Tiago 1.2-4,12-15.

 

2 -  Irmãos MEUS, Tende Grande gozo quando cairdes EM VARIAS Tentações,

3 -  sabendo Opaco UMA Prova da Vossa Fé Produz hum Paciência.

4 -  Tenha, porem, um Paciência UMA Perfeita SUA Obra, Paragrafo Que sejais Perfeitos e Completos, SEM faltar los Coisa alguma.

12 -  Bem-aventurado o Varão Que sofre UMA Tentação; o Porque o o, when Pará Provado, receberá UMA Coroa da Vida, Uma quali o Senhor ma prometido EAO Que o AmAm.

13 -  Ninguem, Sendo tentado, DIGA: De Deus sou tentado; o Porque o o Deus Localidade: Não PODE Ser tentado Pelo mal ea Ninguem Tenta.

14 -  Mas CADA UM E tentado, when atraído e engodado Pela SUA Própria concupiscência.

15 -  DEPOIS, havendo a concupiscência concebido, da Uma luz o Pecado; Pecado eo, Sendo consumado, gera a morte.

 

Interação

 

"Pare de sofrer!", "E Ritmo de Vitória!", "Conquistar Voce. Vai!". Estás São Frases de Efeito BEM conhecidas de: Não Evangélico Meio. Nelas, ESTA Presente UMA ideia Fazer Localidade: Não Sofrimento. A Lição Desta Semana E hum Resgate do Ensino Bíblico Quanto AO Valor do Sofrimento Por Cristo e da SUA importancia Paragrafo O Nosso Crescimento Espiritual. A Epístola de Tiago nn Mostra Que devemos nn alegrar na Tentação, POIS a Partir Desta reconhecemos A Nossa Inteira Dependência de Deus. O Sofrimento E UMA Realidade e PODEMOS NAO Fugir DELE. Em Cristo, TEMOS o privilegio de sofrermos hum Paragrafo Honra Fazer Seu Nome. A cruz de Cristo e A Glória do Evangelho!

 

OBJETIVOS

 

APOS ESTA aula, o Aluno Devera Estar apto a:

  • Conceituar UMA Tentação.
  • pontuar a Origem da Tentação.
  • Compreender o Propósito da Tentação.

 

Orientação Pedagógica

 

"Pela Tentação de Jesus Cristo, Uma Tentação de Adão Chegou Ao Fim. Tal Como na Tentação de Adão Caiu Toda a carne, ASSIM Toda a carne libertada FOI do Poder de satanas na Tentação de Jesus Cristo, Jesus Cristo carregou POIs Nossa carne, Elemento sofreu golos Nossa Tentação e obteve triunfo "(Dietrich Bonhoeffer). Prezado professor, reproduza Este Fragmento textual Conforme Como SUAS Possibilidades e distribua-o EAO Alunos. Conclua A Lição refletindo, juntamente com a classe, SOBRE o Texto do teólogo Alemão. Afirme Que HÁ UM Sumo Sacerdote that was tentado los Tudo, MAS SEM Pecado: Jesus Cristo. Este è hum Mediação Entre Deus EO Homem e, POR ISSO, PODEMOS IR AO Pai com Confiança (Hb 4.15,16).

 

Comentario

 

INTRODUÇÃO

 

Palavra Chave

Tentação:  Impulso de hum Paragrafo Prática de alguma Coisa censurável UO Localidade: Não recomendável.

 

Definitivamente, o Homem Moderno Localidade: Não ESTA Preparado Paragrafo sofrer. Os Membros de muitas Igrejas evangélicas, atraves da Teologia da Prosperidade, TEM se iludido com a Filosofia enganosa Fazer "Localidade: Não Sofrimento". O Resultado E that when o iludido sofre o infortunio, Perde a Fé em "Deus".

Mas, Que se entenda Bem, num "deus" Que Nada Temperatura com TÃO Escrituras! A Lição Dessa Semana TEM o Objetivo de resgatar ESSE ensinamento evangélico (Tg 1.2). Aprenderemos B-kin da Tentação, Nao Sofrimento e da provação, Nao Como consequencia de UMA Vida de Pecado UO de Falta de Fé, mas Como o Caminho delineado POR Deus Paragrafo O Nosso Aperfeiçoamento. Ninguem Melhor do Que Jesus Cristo, com Seu Exemplo de Vida, Paragrafo nn ensinar tal Lição (Hb 5.8). O Convite do Mestre E hum Chamado AO Sofrimento por amor Fazer Seu Nome (Jo 16,33; Mt 5,10-12).

 

I. O fortalecimento Produzido PELAS Tentações (Tg 1.2,12)

 

1 O Que E Tentação.  Ó Termo Empregado na biblia Tanto Localidade: Não hebraico,  Massá , Quanto No Grego,  peirasmos , Paragrafo Tentação, significa "prova", "provação" ou "teste". Uma relacionada Expressão PODE Estar also AO Conflito moral, E Isto É, UMA incitação UMA AO Pecado. De Fato, Como mostram Como Escrituras, Uma provação Tentação E UMA, UMA especie de teste. O Pecado, POR SUA Vez, JA SE Trata de hum ato imoral consumado. Por ISSO, A Tentação e Nao, los si MESMA, Pecado, POIs Ninguem peca when Passa Pelo Processo "probatório". A terrena Própria Vida FAZ Senhor Jesus Demonstração, com clareza, a Distinção Entre Tentação e Pecado. A hebreus Epistola AOS Afirma Que Jesus, o Nosso Senhor, EM TUDO FOI r tentado. ELE FOI Provado e Testado los Como TODAS Encontra los em Coisas. Todavía, o Mestre Localidade: Não pecou (Hb 4,14-16). Portanto, confiantes de Opaco Jesus Cristo E o Nosso Sumo Sacerdote Perfeito, devemos nn aproximar, com Fé, do Trono da Graça sabendo that He conhece As Nossas Tentações e resistirmos PODE nn dar UMA Força necessaria Paragrafo (1 Corintios 10.13).

2. fortalecimento apos UMA Tentação (v.2).  o o Faça MESMO MoDo Que o Ouro Precisa Fazer fogo Paragrafo Ser refinado UO purificado, o Cristão Passa pelas Tentações do Pará se aperfeiçoar no Reino de Deus (1 Pe 1.7). Quando tentado, o crente E posto à Prova de Pará mostrar-se tal Aprovado Como Cristo, era conduzido that AO Deserto Paragrafo Ser tentado POR Satanas e embora debilitado e Provado espiritualmente, Saiu do Deserto vitorioso e fortalecido, tendão terreno los SEGUIDA iniciado Seu Ministério Pregação de hum Respeito Fazer Reino de Deus (Lc 4,1-13). À Luz do Exemplo de Cristo, compreendemos Bem o Que Quer Tiago DiZer when TERMOS UMA exorta-SOE "grande gozo when [cairmos] in Tentações Varias". Tal Conselho aponta par UMA Certeza de Que AO passar Tentação Pela, ALÉM de Paciente e maduro, o crente se sentirá AINDA Mais fortalecido Pela Graça de Deus.

3. Felicidade Tentação Pela (v.12).  quando o Cristão E Submetido Como Tentações HÁ UMA Tendência de Elementos Entregar-se à tristeza e à Angústia. Mas atentemos Paragrafo ESTA Expressão: "Bem-aventurado o Varão Que sofre UMA Tentação". Em Otras Palavras, Como E feliz, Realizado UO atingiu UMA Felicidade AQUELE crente Opaco E Provado, Nao los UMA, MAS los varias Tentações (v.2). Ser Participantes dos sofrimentos de Cristo e AO MESMO Ritmo Felizes parece paradoxal. A biblia, porem, orienta-SOE hum that n º s alegremos los Deus oo o Porque a tribulação Produz hum Paciência, e ESTA, um that Experiência, Finalmente, culmina na Esperança (Rm 5,3-5). ISTO MESMO! Vivemos hum Solúcar Esperança de receber diretamente de Jesus a Coroa da Vida. Uma Recompensa PREPARADA de antemão Pelo Nosso Senhor Paragrafo OS Opaco o AmAm. Voce. AMA AO Senhor? E Discipulo dEle? Entao, Nao Tema passar Pela Tentação. A Ha UMA Promessa: "receberá UMA Coroa da Vida, Uma quali o Senhor ma prometido EAO Que o AmAm" Voce. Alegre-se e regozije-se los Serviços Participante das aflições de Cristo, Pois E justamente nessa Condição - de Felicidade Verdadeira -, that He nn deixará POR UMA Toda Eternidade when da Revelação da SUA Glória (1Pe 4.12,13)!

 

 

SINOPSE DO topico (I)

 

A UMA Tentação E especie de Prova teste UO, Opaco UMA Vez Vencido, fortalece um crente Vida Fazer.

 

 

II. A ORIGEM DAS Tentações (Tg 1,13-15)

 

. 1 Uma Tentação E Humana  Embora a Tentação Objetivo PROVAR o crente, Como Escrituras afirmam Opaco ELA VEM Localidade: Não da Parte de Deus, mas da fragilidade Humana (Tg 1.13). O SER HUMANO E POR atraído Aquilo Que deseja. A História de Adão e Eva nn Mostra O Primeiro casal Sendo tentado POR Aquilo Que LHE atraía (Gn 3,2-6). MESMO sabendo Opaco Localidade: Não poderiam Tocar na Árvore SEM centro do Jardim do Éden, DEPOIS de atraídos Pelo Desejo, Adão e Eva entregaram-se AO Pecado (Gn 3,6-9). A Epístola de Tiago Aplica o Termo "Gerar", Utilizado Nenhum versiculo 15, à ideia de Opaco Ninguem peca SEM desejar o Pecado. ASSIM, pingos de Serviços consumada efetivamente, Uma transgressão Passa POR UM Processo de Gestação interior de: Não Humano ser. Portanto, a Origem da Tentação ESTA nn desejos Humanos e jamais Nenhum Altissimo ", oo o Porque Deus [...] UMA Ninguem Tenta".

2 Atração Pela Própria concupiscência.  Texto Bíblico OE Claro AO DiZer Opaco "tentado CADA UM E, when atraído e engodado Pela SUA Própria concupiscência" (v.14). A Tentação exterioriza o Vício, desejos de Sistema Operacional, a malignidade da Natureza Humana, Isto É, a concupiscência. Ser tentado E Sentir-se aliciado Pela Própria malícia OU OS Sentimentos Mais reclusos de Nossa Natureza mA. Voce. Temperatura Ouvido o Ressoar das SUAS malícias? Elas te atraem? Ouca a Epistola de Tiago! Nao de Vazão Como pulsões interiores, Os pingos Adquirir imitar Jesus afastando-Se do Pecado. ASSIM, Nao Daras luz AO Pecado e viverás.

3 .. Deus nn fortalece na Tentação  Embora a Tentação SEJA Fruto da fragilidade Humana, when ouvimos O Espírito Santo, Deus Nos Da O Escapar em Tempo oportuno: "Veio SOBRE Localidade: Não Vos Tentação, SENAO Humana; mas fiel E DEUS, QUE vos Localidade: Não deixará tentar Acima Fazer Opaco Podeis, Como OS pingos com hum Tentação Dara also o de fuga, Paragrafo Que possais suportar hum "(1 Corintios 10.13). O Santo Espirito nsa Fara lembrar UMA Palavra de Deus parágrafos nao pecarmos contra o Nosso Senhor Altissimo (Is 30,21; Jo 14,26). Todavía, Paragrafo Que ISSO SEJA UMA Realidade los Nossa Vida, precisamos de Cultivares Palavra de Deus NOSSOS EM Corações (Sl 119.11).

 

 

SINOPSE DO topico (II)

 

Um DAS Origem Tentações E a fragilidade Humana, Uma Própria concupiscência Atração Pela. Todavía, DEUS É UMA Fonte do Nosso fortalecimento na Tentação.

 

 

III. O proposito da DAS Tentações (Tg 1.3,4,12)

 

1. Pará PROVAR A Nossa Fé (v.3).  Na Época de Tiago, Os cristãos estavam desanimados POR passarem Duras Provas de Perseguição. No versiculo Três, o Meio-Irmão do Senhor uti entao o Termo "sabendo", o quali se Deriva Fazer verbo Grego  ginosko  e significa saber, reconhecer compreender UO, Paragrafo encorajá-los a compreenderem o Propósito das Lutas enfrentadas na lida Cristã: Deus Prova de Fé Nossa (Tg 1.12). À Semelhança Fazer Aluno Que estuda e pesquisa Paragrafo submétrico-se a UMA Prova e, EM SEGUIDA, Ser Aprovado e Diplomado, Os Filhos de Deus São testados Paragrafo amadurecer hum santos fe UMA Vez dada AOS (Jo 16,33; Jd 3). O Capítulo 11 da Epistola AOS hebreus Lista inúmeras PESSOAS Que tiveram SUA Fé provada, porem, terminaram Vitoriosas e aprovadas. Por ISSO o referido Texto Bíblico E conhecido Como Uma "galeria dos Heróis da Fé".

2 Produzir hum Paciência (vv.3, 4).  No Grego, "Paciência" Deriva de  hupomone  e denota hum capacidade de perseverar, Serviços Constante, Ser firme, suportar Como circunstancias difíceis. A Aparece los Palavra o Novo Testamento ao Lado de "tribulações" (Rm 5.3), aflições (2Co 6.4) e perseguições (2TS 1,4). Mas also ESTA Ligada à Esperança (Rm 5,3-5; 15.4,5; 1Ts 1,3), à alegria (Cl 1.11) e, frequentemente, Uma eterna Vida (Lc 21,19; Rm 2,7; Hb 10.36 ). O Termo Ilustra hum capacidade de UMA Pessoa Permanecer firme los Meio à alguma pressao, POIs QUEM E Portador da Paciência Bíblica Localidade: Não Desiste fácilmente, MESMO soluço Como circunstancias Das Provas Extremas (Jo 1,13-22; 2.10). Tiago encoraja-SOE entao a alegrarmo-SOE Diante do enfrentamento Das varias Tentações (v.1), POIs UMA Paciência E Resultado da Prova da Nossa Fé.

3. Chegar à Perfeição.  Uma Habilidade de perseverar UO desenvolver hum Paciência Localidade: Não Acontece da Noite do Pará o dia. Envolva tempo, Experiência e Maturidade. O Meio-Irmão FAZ Senhor Destaca na Epistola hum Paragrafo Paciência Opaco o Leitor SEJA estimulado a chegar à Perfeição e, consequentemente, à completude da Vida Cristã, Que se dara na Eternidade. A Expressão "Obra Perfeita" Traz UMA ideia de Algoritmo gradual, EM Desenvolvimento Constante, vistas COM UM Maturidade Espiritual. O Motivo Pelo Qual o Cristão E Provado Localidade: Não E Outro Senao Paragrafo Opaco perseverar na Vida Cristã e atinja o Modelo de Perfeição Segundo Jesus Cristo (Sl 119,67; Hb 5.8; Ef 4.13).

 

 

SINOPSE DO topico (III)

 

O Propósito das Tentações E amadurecer o crente, Paragrafo Opaco Este desenvolva hum Paciência e Chegue à Perfeição.

 

 

CONCLUSÃO

 

Sabemos Opaco TODO Cristão Passa POR aflições e Tentações AO Longo da Vida. TALVEZ VOCE. esteja Vivendo tal situacao. LEMBRE-SE de Opaco o Nosso Senhor Jesus Passou POR inúmeras tribulações e Tentações, mas venceu TODAS, tornando-se o Maior Exemplo de Vida Paragrafo seguidores OS SEUS. Joe Cada Tentação vencida Pelo crente significa hum Avanço rumo ao amadurecimento Espiritual. Um dia Elemento atingirá UMA estatura de Varão Perfeito A MEDIDA da estatura de Cristo (Ef 4.13). Este É O Nosso Objetivo na jornada Cristã! Deus recompensará n º s! Estejamos Firmes Nenhum Senhor Jesus, POIs Ele. JÁ POR NÓS POR ISSO venceu e Somos MAIS QUE Vencedores.

 

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

 

Pfeiffer, Charles F.; VOS, Howard, F. . Dicionário Bíblico Wycliffe RJ:. CPAD de 2009 RICHARDS, Lawrence O. Comentário Histórico-Cultural do Novo Testamento. 1 ed, RJ:. CPAD, 2007.  
  

 

Exercicios

 

1.  Segundo Escrituras Como o Opaco E Tentação?

R.  O Termo Empregado na biblia Tanto hebraico Nao, massah, Quanto No Grego, peirasmos, Paragrafo Tentação, significa "prova", "provação" ou "teste".

 

2.  Cais Cais cais Quais d'Orsay d'Orsay d'Orsay São Como Tentações Origens Das?

R.  Os desejos Humanos. O SER HUMANO E POR atraído Aquilo Que deseja.

 

3.  Qual E UMA ideia Opaco UMA Expressão "Obra Perfeita" Traz?

R.  A Expressão "Obra Perfeita" Traz UMA ideia de Algoritmo gradual, EM Desenvolvimento Constante, vistas COM UM Maturidade Espiritual.

 

4.  Qual É O Motivo Pelo Qual o Cristão E Provado?

R.  O Motivo Pelo Qual o Cristão E Provado Localidade: Não E Outro Senao Paragrafo Opaco perseverar na Vida Cristã e atinja o Modelo de Perfeição Segundo Jesus Cristo (Sl 119,67; Hb 5.8; Ef 4.13).

 

5.  Ó Que significa CADA Tentação vencida Pelo crente?

R.  Joe Cada Tentação vencida Pelo crente significa hum Avanço rumo ao amadurecimento Espiritual.

 

Auxílio Bibliográfico I

 

Subsídio Teológico

 

"Uma Tragédia fazer Desejo consumado (1,15)

No versiculo 14, concupiscência provavelmente REFERÊ-se hum Paragrafo QUALQUÉR Atração o mal. A Linguagem, nao entanto, e Mais comumente Associada à Indução AO Pecado sexual. Tiago EUA ESSA Figurativa de: Não versiculo 15 Paragrafo traçar o Curso Fazer mal, Iniciando com hum Pensamento Errado, Que Resulta los hum ato pecaminoso e terminação com o Julgamento de Deus. Um Pensamento Errado da Uma luz quando LHE Damos o Consentimento da Vontade. Segue-se entao o ato los si. Sendo consumado Localidade: Não se REFERÊ Tanto AO ATO completado do Pecado, mas sim AO acúmulo de Atos maus Opaco constitui UMA Vida pecaminosa. Philips associa Este versiculo AO versiculo 16 EO Interpretação da seguinte forma: 'E o Pecado com o ritmo significa morte - Localidade: Não se enganem, Irmãos MEUS! "(TAYLOR, S. Richard. Comentário Bíblico Bacon: hebreus hum Apocalipse . Volume 2, 1 ed, RJ.: CPAD, 2006, p.160).  

 

Auxílio Bibliográfico II

 

Subsídio Teológico

 

"A Tentação Vem de Dentro (1,14)

Sobrenaturais Tiago conhecia OS Poderes do mal Que agiam No Mundo (cf. 3.6), mas Aqui Elemento Procura ressaltar o Envolvimento ea Responsabilidade Pessoal Fazer Homem ao Pecados cometer. O engodo Fazer está mal los Nossa Própria Natureza. He esta de alguma forma Entrelaçado com a Nossa Liberdade. A Questão E: "Que Sera, eu preferiria Ser Livre, tentado e tro UMA possibilidade de Vitoria UO Serviços hum bom ROBÔ 'O ROBÔ ESTA Livre de Tentação, mas also Elementos Localidade :. Localidade: Não conhece a Dignidade da Liberdade UO o Desafio fazer Conflito e Localidade: Não conhece nada da B-kin Imensa alegria when vencemos UMA Batalha.

Tiago Diz Que CADA UM E atraído e engodado Pela SUA Própria concupiscência. ESSA Palavra epithumia  ('Desejo', RSV ) ter PODE hum significado neutro, mal NEM BOM NEM. ASSIM, H. Orton Wiley escreve: 'Todo apetite Nunca se ControlA, MAS ESTA AO Sujeito Controle. Por ISSO o apóstolo Paulo Diz: "Antes, subjugo o Meu Corpo EO reduzo à Servidão, Paragrafo Que, pregando EAO To Us Link, eu MESMO Localidade: Não VENHA de alguma Maneira de Ficar Reprovado" (1 Corintios 9.27). Este TALVEZ SEJA O SENTIDO Opaco Tiago Emprega Aqui. 

No entanto, na maioria dos Casos Nenhum Novo Testamento,  epithumia  Temperatura implicações maléficas. Se o Paragrafo Caso Aqui, when hum Homem E seduzido Paragrafo Longe Fazer reto Caminho, ISSO ocorre POR Causa de hum Desejo Errado. Tasker escreve: 'Este versiculo, na Verdade, Uma Confirmação doutrina do Pecado Originais. Tiago certamente Terios concordado com UMA declaração de Opaco 'a Imaginação do Coração Fazer Homem e ma de hum SUA meninice "(Gn 8,21). Concupiscentes Desejos, Como Nosso Senhor ensinou de Maneira tao clara (Mt 5,28), São pecaminosos MESMO quando AINDA Localidade: .. Localidade: Não se concretizaram los Ações lascivas Se ESSA Interpretação Paragrafo Verdadeira, Ha Aqui Mais UMA Dimensão na Origem da Tentação Desejos errados Serviços PODEM errados Localidade: Não somente O porqué São incontrolados, mas oo o Porque, A Parte santificadora da Presença do Espírito, Enguias São carnais "(TAYLOR, S. Richard. Comentário Bíblico Beacon: hebreus hum ApocalipseVolume 2, 1 ed, RJ.:. CPAD, 2006, pp.159-60). 

 

SUBSÍDIOS ENSINADOR Cristão

 

O Propósito da Tentação

 

"Localidade: Não deixes nn CAIR los Tentação". FOI UMA Oração de Jesus EAO ensinada Discípulos. No ritmo da provação, Angústia, tristeza e Sofrimento São Realidades presentes na Vida Fazer Discipulo de Cristo. Infelizmente, E em Nome de UMA Teologia, muitos desejam Descartar da Vida ESTA Realidade Humana e Localidade: Não Dá AO Seguidor do Caminho O Direito de sofrer. Localidade: Não E Isto É Que a Palavra de Deus n º s Ensina! Pelo contrario o Sofrimento Por Cristo nn da Uma Oportunidade de mostrarmos a Nossa Fé e Amor POR Ele, Mártires Como OS Opaco Localidade: Não retrocederam na Convicção Fazer Evangelho.

A Lição Desta Semana TEM UM penoso Objetivo: o de resgatar a doutrina Bíblica Fazer Sofrimento Por Cristo. ESTA, POR vezes, dez Sido esquecida Pela Igreja Evangélica. Quando Falamos de Sofrimento, algumas PESSOAS nn perguntam: "Mas Por Que o crente Deveria sofrer"; "? Devemos ensinar a Teologia da Miséria", Etc Tais perguntas São descabidas, POIs Localidade: Não escolhemos sofrer POR Jesus, E QUEM Este nn escolhe. Por consequencia, AO vivermos Paragrafo Cristo precisamos Estar dispostos a also sofrermos POR Ele. Observe Como Fazer Palavras Meigo Nazareno: "E dizia a Todos :. Se alguem Quer vir apos Mim, negue-se a si MESMO, e tomo CADA dia hum SUA cruz, e SIGA-me O Que Quiser o o Porque QUALQUÉR hum SALVAR SUA Vida Perde -la-á;.? mas QUALQUÉR Que, por amor de Mim, Perder hum SUA Vida a salvará o o Porque O Que aproveita AO Homem granjear o Mundo TODO, perdendo-se UO prejudicando-se a si MESMO "(Lc 9, 23 e 25).

Como expressões "negue-se a si MESMO", "tome CADA dia hum SUA cruz" e "Siga-me" significam O Convite n peregrinarmos o Caminho da Execuções Fazer Nosso UE. Este É O Caminho da Cruz de Cristo! Ha, porventura, Coisa Mais Difícil Fazer Opaco Negar mesmos hum NOS? Esmagar a Nossa Vontade Paragrafo Fazer UMA Do Outro? A Expressão "CADA dia" Revelação nn Que o Caminho da Cruz Desen Ser Feito NÓS POR, diariamente, ASSIM crucificando o "eu". O teólogo Francês L. Arrington amplia Este Conceito: "Tomar a cruz significa UMA Resolução Diaria los Negar a si MESMO POR Causa Fazer Evangelho [...] E Localidade: .. Localidade: Não Questão momentânea, Mas hum cristãos Modo de Vida de Os Nunca devem deixar de CARREGAR UMA cruz "( Comentário Bíblico Pentecostal Novo Testamento , CPAD, p.374).

O Evangelho Localidade: Não Deixa outra ESCOLHA: O Nosso Caminho E o Fazer Sofrimento Por Cristo. O ensino de Tiago SOBRE o Sofrimento ESTA los Pleno de a Acordo com o Evangelho de Cristo.

 

Auxilios Complementares

 

Elaboração:  Escriba Digital

 

INTRODUÇÃO

 

Palavra Chave

Tentação:  A Prova da Fidelidade, inteireza, Virtude e Constância. Um Paragrafo pecar solicitação.

 

Quando tornamos cristãos NSA, TEMOS UMA Ilusão de Opaco a Vida Sera, Sera, Sera convertida e Localidade: Não haverá Mais Problemas, testículos UO. Acreditamos Que Nunca faltará Trabalho, Que Será, Sera, SERA O Orçamento Suficiente Paragrafo cobrir despesas TODAS Como, Opaco O Casamento Nunca ira falhar UO Opaco Localidade: Não teremos hum testada Nossa Fé. Na Realidade Localidade: Não E ASSIM!

Quando TEMOS UM Objetivo Paragrafo alcançar devemos saber Como Opaco tribulações virão Junto, oo o Porque O Nosso Objetivo FAZ Parte de hum Contexto social, Onde CADA Passo Devera Ser cuidadosamente analisado. Ja Localidade: Não Contexto Cristão UMA tribulação UO tribulações FAZEM Parte dos Desafios de Transformação Pessoal decorrente de hum Mundo Que anda AO Contrário Fazer proposto Pela biblia e ISSO nn Enche de aflições (Tormentos, adversidades).

Evidenciados E Opaco Ninguem Gösta de passar tribulações POR, mas è igualmente evidenciados Opaco Todos Nós passaremos POR ELAS, Querendo OU NAO. MESMO Jesus, O Homem Mais santo Que Passou POR ESTA terra, aflições pelas Passou. O Fato E Que devemos ter los Mente Que a tribulação Localidade: Não Produz apenas dificuldades e Dores, Pelo contrario O PODE Produzir Muito Mais Que Fazer ISSO. ESSE Pensamento E UMA chave de Paragrafo avançarmos e sermos vitoriosos.

 

I. O fortalecimento Produzido PELAS Tentações (Tg 1.2,12)

 

1 O Que E Tentação.  Uma Palavra Aqui traduzida provações E o Termo Grego  peirasmos  Cujo significado TEMOS Que trocadilho plenamente Sé e Opaco desejamos CAPTAR a Verdadeira Essência da Vida Cristã.  peirasmos  E PROVA, Juízo, Tentação Dirigida Paragrafo hum FIM. E Este FIM E AQUELE Que ESSE E Submetido à Prova saia Dela fortificado e purificado. O verbo Correspondente,  peirazein  - Como vezes tentar Traduzido - TEM MESMO o significado. A IDEIA NAO E nsa Seduzir parágrafos Que da pequemos, mas sim nn fortalecer, nos purificar e nn PROVAR. Por Exemplo: Diz-se Que UMA pintinho prova ( peirazein ) SUAS ASAS. A Rainha do Sabá PROVAR FOI ( peirazein ) a Sabedoria de Salomão. E-SOE Disse Que Deus provou (peirazein ) a Abraão quando LHE apareceu exigindo Opaco sacrificasse a Isaque (Gn 22,1). Quando Israel Chegou à Terra Prometida, Deus Localidade: Não retirou AOS Povos Que JÁ estavam ali, mas sim Opaco OS deixou Paragrafo that Israel pudesse Provado Ser ( peirazein ) na Enguias Luta contra (JZ 2.22; 3.1,4). Como Provas Experiências de Israel FORAM Opaco contribuíram à Formação Desse Povo (Dt 4,34; 7,19).

Este E hum grande e Inspirador Pensamento. Hort escreve: "O Seguidor de Cristo TEM Que esperar Opaco Como Provas o impulsionem los Seu Caminho Cristão". Teremos Toda Aula de Experiências. Vira UMA Prova da tristeza e Desalento Fazer Opaco Tentara arrebatar Nossa Fé. Virão perigos Como Provas DOS, da antipatia, Dos Sacrificios, EM encontra em Coisas NAS cais cais cais Quais d'Orsay d'Orsay d'Orsay tao frequentemente o Cristão se Acha envolto. Mas o verdadeiro Propósito do Pará o quali essas circunstancias nn São enviadas Localidade: Não E Paragrafo nn Fazer CAIR, SENAO Paragrafo nn elevar. Localidade: Não São enviadas Paragrafo Opaco nn derrotem, derrotemos SENAO Paragrafo Opaco NOS Como. Localidade: Não São enviadas Paragrafo Opaco nn debilitem, SENAO Paragrafo Opaco nn fortaleçam. Portanto, PODEMOS NOS NAO POR CAUSA lamentar de Taís Provas, mas sim, Pelo Contrário, nos exultar, nos alegrar. O Cristão E Como hum bom atleta. Quanto Mais Pesada UMA Tarefa Que o Treinador LHE atribui, QUANTO MAIS intensificação Seu Treinamento e POR ISSO MAIS SE Alegra O Atleta porqué SABE Que DA TODO VAI capacitando Para O vigoroso esforço QUE DA S levará Vitória UMA.

2. fortalecimento apos UMA Tentação (v.2).  Conforme provações São Pedagógicas (1.3,4). NAS provações da Vida, Nossa Fé E testada Paragrafo mostrar a SUA genuinidade, e, consequentemente, LeVar-SOE hum hum fortalecimento Espiritual.

Quando Deus Chamou a Abraão Paragrafo Viver Fé Pela, o Elemento TestOU com o Fim de Aumentar a SUA Fé. Deus Semper nn Prova Paragrafo Produzir o Melhor los nsa; Satanas nn Tenta Paragrafo Fazer o Pior los NOS. Como Provas da Fé PROVAM Opaco, de Fato, ESTAMOS Firmes los Cristo. Como provações de Nossa Fé trabalham POR NOS, e nao contra NÓS, Visto Que produzem perseverança. Deus esta no Controle de Nossa Vida. Tudo TEM UM Propósito. Diz o apóstolo Paulo: "E sabemos Opaco TODAS Encontra los em Coisas Como contribuem juntamente Paragrafo O Bem daqueles Opaco AmAm a Deus ..." (Rm 8,28). Paulo Diz AINDA Que A Nossa leve e momentânea tribulação Produz Paragrafo NÓS hum eterno peso de Glória (2Co 4.17). O Em Efésios 2,8-10, Paulo Diz Que Deus trabalha POR NÓS, EM NÓS e atraves de nos.

Ele. trabalhou los Abraão, José, Moisés Antes de trabalhar atraves Deles. E ASSIM Que Deus FAZ Com Você AINDA Hoje.

Paulo DIZ EM Romanos 5,3-5 Opaco Como tribulações São Pedagógicas, levam-SOE à Maturidade. A Palavra  hupomone  significa Paciência com hum circunstancias, OU SEJA, Coragem e Perseverança los Cara Fazer Sofrimento e Das dificuldades. Os crentes de Os imaturos impacientes São Semper. A impaciência acarretar PODE Sepulturas Consequências: Abraão coabitou com Agar, Moisés Matou o egipcio, Sansão contou Seu Segredo Paragrafo Dalila e Pedro Quase Matou Malco. Maturidade e fortalecimento Espiritual Localidade: Não se alcançam apenas lendo hum Livro, é Preciso passar pelas Provas!

3. Felicidade Tentação Pela (v.2, 12).  Tiago Orientação SEUS Leitores a considerarem tribulações Como, Que funcionam Como Prova da Fé, Como Motivo Paragrafo grande alegria. Evidentemente, o autor Localidade: Não proíbe AO Cristão o choro, a dor Pelos infortúnios Tristeza Gancho EA, desgraças, DESASTRES, perseguições, Doencas e Outras tribulações Comuns hum ESTA Vida, Que subitamente VEM SOBRE nsa, Paragrafo PROVAR nn. Localidade: Não E Pecado DiZer a Deus: "Está doendo", when UMA Prova se Torna Intensa. O PROPRIO Tiago cita Jó Como Modelo de Sofrimento (5.11). E sabemos Pelo Livro de Jó Opaco, AO Ser Provado, Elemento sentiu profundamente a dor ea tristeza Pela Perda dos Filhos e de Tudo Que tinha, e AINDA UM Angústia mentais de Nao saber UMA Causa de SEUS sofrimentos (cf. Jó 3,1- 26, etc). Tiago cita also Como modelos de Sofrimento OS Profetas fazem Antigo Testamento (5.10). Entre OS Opaco Mais sofreram, encontramos o profeta Jeremias, cujos lamentos e tristezas o Estação Registrados Livros los SEUS (Ver Jr 15.10, etc) Na Verdade o Que Fazer Localidade: Não devemos E nn afundar n'uma Disposição mental, triste e desconsolada, Opaco nn faria desfalecer provações NAS, mas precisamos nn empenhar los MANTER O Nosso Espírito Elevado e firme, Paragrafo Melhor discernir A situacao Nossa, e devemos Paragrafo Maior Vantagem Nossa empenhar-nn los Fazer o Melhor Dela. Precisamos Agirmos Pará ASSIM focar Nossa Visão Localidade: Não na tribulação, mas, sim, SEM agimos carater Que da ELA Produz quando ASSIM. Outra Coisa Importante Que precisamos trocadilho E Que alegria e Felicidade Localidade: Não E Fruto de circunstancias externas e materias, mas de UMA ATITUDE mental, Produzida Pelo Espírito Santo.

Portanto, a alegria E PRODUTO do Crescimento Espiritual, e Consiste de hum senso de Bem-Estar e de regozijo, oo o Porque o individuo ESTA los harmonia com Deus, desfrutando da Comunhão com Deus Que satisfaz à alma ea Torna feliz.

 

II. A ORIGEM DAS Tentações (Tg 1,13-15)

 

1 Uma Tentação E Humana.  Uma Concepção de Tiago E de Opaco Deus jamais induz o crente à Tentação de tal Maneira Que hum Elemento tenha Única Opção Opaco SEJA A Queda. Enfrente UMA decisão Tomada POR Caim de Matar Seu Irmão Abel, Deus o Adverte Localidade: Não SENTIDO de Opaco Elemento Resista AQUELA Tentação e Opaco SOBRE ELA tenha Controle (Gn 4.7). Caiu Caim, tornou-se o Primeiro homicida, Nao oo o Porque ESSA Fosse hum SUA Única Opção. Ele. Caiu Solúcar UMA Tentação oo o Porque escolheu ASSIM Fazer.

O apostolo Paulo tinha compreensão da Afirmação de Tiago ("Deus Localidade: Não PODE Ser tentado Pelo mal, ea ninguem Tenta"), when Escrevendo EAO crentes de Corinto Hoje ea NSA, Disse: "Veio SOBRE Localidade: Não Vos Tentação Senao Humana; mas fiel E Deus, Que vos Localidade: Não deixará tentar Acima Fazer Opaco Podeis, Como OS pingos com hum Tentação Dara also o de fuga, Paragrafo Que possais suportar "(1 Corintios 10.13). E nn Escritos Fazer apóstolo João Elemento nn Mostra Opaco Como más inclinações do Coração Fazer o Homem Estação perfeitamente alinhadas com "a concupiscência da carne, concupiscência hum DOS Olhos, ea soberba da vida" (1Jo 2,16). Portanto, o Maior Problema que quando Cristão E Elemento permite Opaco UMA Fraqueza da carne, um Prazer ea Busca Pelo Força da Tentação venca a SUA determinação de Nao ceder.

.. 2 Atração Pela Própria concupiscência  Tiago EUA Duas Figuras para ilustrar o engano da Tentação: a Figurativa Fazer caçador Opaco EUA UMA Armadilha (Atrai) ea Figura do Pescador Opaco EUA o anzol com isca (seduz). Se Ló pudesse ver UMA Ruína that estava POR Trás de Sodoma, e se Davi pudesse ver UMA Tragédia Sobre a Sua Casa, when se deitou com Bate-Seba, Enguias jamais teriam Caído. Precisamos identificar UMA arapuca isca ea do Diabo, cairmos Paragrafo Nao na Rede de Seu engano. ISSO Com, Elemento deseja destacar mui claramente Que a Tentação se origina Realmente los NÓS enviar hum e Opaco, Dessa forma, mesmos Somos NÓS OS responsáveis ​​cometemos Pelo Pecado Que. Somos tentados POR Nossa Própria Cobiça. Tiago ESTA Consciente de Opaco o Fato de SEUS Leitores Serem crentes los Jesus Cristo Localidade: Não OS Livra da Presença da Cobiça no Coração. Alias, Elemento OS Adverte de Opaco UMA Origem das Guerras e Contendas EMPRE ELES OS "São prazeres Opaco militam na Vossa carne" (Tg 4.1 -ARA ). 

ASSIM Como OS rabinos, Que falavam de hum "Impulso maligno" (Gr.  yeserhara ) Pessoa Que Habita los Cada, Tiago parece Pensar na Tendência Inata Fazer Homem los DIREÇÃO AO Pecado. A Brota dEste Tentação "Impulso maligno", when Este Atrai e seduz o Homem. O Primeiro verbo (Gr.  exelkō ) TEM o SENTIDO de alguma Coisa Que Arrasta Pela Força, enquanto o Outro (Gr.  deleázō ) SUGERE UMA Atração exercida POR UMA isca. Os Dois TERMOS ERAM Usados ​​num SENTIDO metafórico Paragrafo descrever UMA Força Atrativa Histórico Fazer convincentes Prazer UO de Professores. Mas, provavelmente, AINDA ESTA Presente UMA Figura da pesca, com a quali Como estavam originalmente Palavras Associadas: a "Cobiça" E Como hum anzol com isca SUA, Opaco Primeiro Atrai SUA presa E Depois hum Arrasta. Se hum Atração da superficial "Cobiça" Localidade: Não sofrer UMA brava Resistência, Uma Pessoa Podera Acabar "fisgada", incapaz de Fugir de Seu engodo TODO-Poderoso.

. 3 Deus nn fortalece na Tentação  JESUS ​​Sabiá Que SEUS Discípulos Localidade: Não conseguiriam na SUA Própria Força Fazer Tudo o Que Elementos lhes havia Ordenado. Levando-se in Los Conta UMA magnitude de SUA Missão de pregar, a Força dos opositores ea fragilidade Humana, evidenciados era Opaco Enguias necessitariam de Força sobrehumana. ASSIM, Pouco Antes de SUA Ascensão AO Céu, Jesus garantiu hum SEUS Discípulos: "Mas recebereis a Virtude do Espírito Santo, vos Que HÁ de vir SOBRE; testemunhas e ser-me-eis, Tanto los Jerusalém Como los Toda a Judéia e Samaria , e ATÉ AOS confins da terra "(At 1,8). Servos O Poder Que Deus concedente hum POR SEUS Meio do Espírito Santo habilita CADA UM de Nós a cumprir Nossa Dedicação Cristã e, when necessario, hum hum Resistir Forcas negativas como o SUAS suas empregadas contra NÓS.

Os Ultimos Dias n º s cais cais cais Quais d'Orsay d'Orsay d'Orsay Vivemos, Em especial, São "Tempos trabalhosos" (2Tm 3,1). A Influência do adversário E Muito difundida e sedutora. Satanas Tenta engañar e tornar o Pecado atraente. Mas TODO Cristão E Capaz de derrotar satanas e vencer a Tentação. Todo servo de Deus ma o Poder do Alto Paragrafo vencer a Tentação. Aqueles Que se humilham perante Deus e oram continuamente POR Forças Localidade: Não Serao "tentados Alem do Que [PODEM] suportar". Se obedecerem voluntariamente EAO mandamentos, o Pai Celestial Vai fortalecê-los par Opaco suportem Tentações Como.

Paulo Ensina Que Deus PODE nn Capacitar Paragrafo vencermos Como Tentações se permanecermos fiel à Palavra SUA (1 Corintios 10,13-22). Atentemos Paragrafo Como Palavras Que Apostolo: "Veio SOBRE Localidade: Não Vos Tentação, SENAO Humana; mas fiel E Deus, Que vos Localidade: Não deixará tentar Acima Fazer Opaco Podeis, Como OS pingos com hum Tentação Dara also o de fuga, Paragrafo Que possais suportar hum "(1 Corintios 10.13).

Deus permite Que sejamos tentados (provados), porqué ELE SABE ATE ONDE PODEMOS suportar. A mencionada Palavra "Tentação" Nesse versiculo E  peirasmos , Uma Palavra Muito Mais Próxima de Prova e teste, Faca Opaco Tentação. A conotação negativa Tentação TEM UMA Paragrafo NOS. E Algoritmo Colocado Nenhum Nosso Caminho Paragrafo nn Fazer pecar enquanto a Prova E Algo Que Deus permite los Nossa Vida Paragrafo nn depurar, purificar e fortalecer. Deus Localidade: Não Tenta a ninguem, Deus prova (Tg 1.13). QUEM Tenta E o Diabo. Quando Deus permite UMA PROVA EM Nossa Vida e parágrafos nsa fortalecer e NSA conduzir Vitória UMA.

Paulo Localidade: Não Diz Que Deus Vai Livra-lo da Prova, mas com UMA Prova de Ele Vai prover Livramento. AS vezes Queremos Ficar livres da Prova e libertos Fazer Problema. Deus nao impediu Que da OS Tres Amigos de Daniel fossem jogados na fornalha; Localidade: Não impediu Opaco Daniel fossa Jogado na cova dos Leões NEM Opaco Pedro fossa Paragrafo a Prisão. Deus Localidade: Não OS livrou da Prova, MAS na Prova.

 

III. O proposito da DAS Tentações (Tg 1.3,4,12)

 

Localidade: Não Deveria o crente Olhar Paragrafo UMA provação com Medo UO pesar, mas Olhar de Além da provação, Paragrafo OS Resultados Opaco Produz ELA.

1. Pará PROVAR A Nossa Fé (v.3).  quando Deus Chamou Abraão Paragrafo Viver Pela Fé, o Elemento provou a Fim de Aumentar ESSA Fé. Deus Semper nn Prova Paragrafo Fazer aflorar o Opaco TEMOS de Melhor; Satanas nn Tenta hum FIM de Fazer aflorar o Opaco TEMOS de Pior. A provação de Nossa Fé Mostra Que Somos, verdadeiramente, Nascidos de novo. Pois ASSIM when hum fe E provada los Meio Como Tentações e adversidade da Vida é Que ELA SE Transformação los Testemunho vivo de Fidelidade Diante de Deus.

A provação trabalha a favor Nosso, Nao NÓS contra. A hum Paragrafo Palavra "confirmada" Tradução de nd version REVISADA é "aprovada". Mais UMA Vez, o apóstolo Pedro nn Ajuda hum trocadilho Melhor ESSA Afirmação: "Para Que a Prova da Vossa Fé, Muito Mais preciosa Fazer Opaco o Ouro Opaco perece ee Provado Pelo fogo, se ache louvor em, e Honra, e Glória na Revelação de Jesus Cristo "(1Pe 1.7). Prova E hum Paragrafo Palavra USADA crisol los Provérbios 27.21 ( LXX ). O garimpeiro lev Amostras de Minério AO contrasteador Paragrafo Testa-la. A Amostra, EM si, Nao Vale Mais Que da que alguns trocados, mas de uma aprovação - UMA declaração oficial sobre o Minério - Vale Milhões! Dá AO garimpeiro UMA Certeza de Que TEM UMA mina de Ouro. A aprovação de Deus de Nossa Fé E oo preciosa o Porque Garante Que Nossa Fé E Autêntica. Portanto, Nao IMPORTA Quao Difícil OU SEJA UMA provação desagradável, E POR Meio Dela Que Deus ESTA aperfeiçoando o crente.  

2 Produzir hum Paciência (vv.3, 4).  Puedomos ver na biblia muitos Exemplos de PESSOAS cuja Paciência FOI SUA caracteristica de Caminhada com Deus. Tiago nsa aponta EAO Profetas: "Irmãos MEUS, Tomai POR Exemplo de aflição e Paciência Profetas OS Opaco falaram em Nome do Senhor" (Tg 5.10). He also fazer SE REFERÊ à Jó, cuja perseverança FOI recompensada: "Eis Que TEMOS POR Bem-aventurados sofreram OS Que Ouvistes quali FOI UMA Paciência de Jó, e Vistes o FIM Que o Senhor LHE DEU; oo o Porque o Senhor E Muito misericordioso e . Piedoso "(Tg 5,11). Abraão also was Paciente: "E ASSIM, Esperando com Paciência, alcançou UMA Promessa" (Hb 6.15). ASSIM Como Jesus EO Nosso Modelo los TODAS Como Encontra los em Coisas, de Ele demonstrou Ser o Modelo Perfeito com SUA Perseverança Paciente: "Olhando de Paragrafo Jesus, autor e consumador da Fé, o quali, Pelo gozo Opaco LHE estava proposto, suportou a cruz , desprezando UMA afronta, e assentou-se à destra do Trono de Deus "(Hb 12.2).

O Exercício da Paciência E UMA Qualidade Bastante Difícil nn Dias los Que Vivemos, principalmente devido AO corre-corre de Nosso dia a dia, mas de E imprescindível importancia do Pará o crente Que deseja ir morar no Céu. E nn momentos de testados Maior, em diante, Tensão Opaco Somos nessa Qualidade Fazer Fruto do Espírito Opaco ESTA NOS implantada los. E notado e louvado o Cristão Opaco consegue Ser Paciente Diante das adversidades Opaco surgem los Seu Viver terreno. Somente com a Ajuda do Espírito Santo E conseguimos Opaco Exercer Paciência e ajudar EAO Que o Estação de Nossa Volta, um passar pelas tribulações Fazer cotidiano.

Muitos crentes oram pedindo Paciência, Como se Fosse ESTA UMA Virtude comunicada diretamente e Exclusivamente POR Deus. Com o Fato de Que Uma Uma Paciência E Virtude aprendida, Resultante das provações da Vida, o apóstolo Paulo Concorda when escreve: "... a tribulação Produz hum Paciência" (Rm 5.3). Portanto, Que Nenhum de Nós se assuste AO ver multiplicada tribulações Como SUAS, POIs UMA Paciência, perseverança E Produzida los Meio de dificuldades e tribulações da Vida. A Única Maneira de o Sr. desenvolver Paciência los Nossa Vida e tribulações POR Meio Das. Um soluço Como Paciência Provas nn guardará de DiZer e Fazer Aquilo Que Nos prejudique a alma e EAO Que se Acham AO Nosso Redor. Sejam As Nossas provações cais cais cais Quais d'Orsay d'Orsay d'Orsay para, Coisa alguma nn PODE causar Sério Dano, Caso exerçamos Paciência.

3. Chegar à Perfeição. Deus Localidade: Não Edifica Nosso carater SEM Nossa Cooperação. Resistirmos SE Deus Localidade: Não Edifica Nosso carater SEM Nossa Cooperação. Resistirmos SE, VAI NOS disciplinar ATE rendermos NOS. Mas se nn sujeitarmos, Elemento Realiza SUA Obra. Deus Localidade: Não se contenta com hum Trabalho inacabado; Quer Realizar UMA Obra Perfeita e deseja Que o PRODUTO final, SEJA maduro e completo.

O Objetivo de Deus par Nossa Vida é UMA Maturidade. Seria trágico se NOSSOS Filhos permanecessem bebes Pelo resto da Vida. Gostamos de ve-los amadurecer, MESMO quando UMA Maturidade certos perigos Traz Consigo. Muitos cristãos Guardam-se das tribulações da Vida e, Resultado como, Nunca crescem.

Provado e Aprovado POR Deus, Davi PODE testemunhar capacidade Da SUA de esperar COM Paciência Localidade: Não senhor, EM Meio Como circunstancias de adversidades da Vida (Sl 40,1-3). Mas AO Contrário Fazer doce salmista de Israel, muitos crentes Temperatura perdido Excelentes Oportunidades de crescerem espiritualmente e de desenvolverem o Seu carater los Meio Como provações pelas cais cais cais Quais d'Orsay d'Orsay d'Orsay Passam.

Desenvolver hum carater Cristão requer Paciência e perseverança. David O. McKay Disse Que ASSIM COM hum escultor Opaco lev Sândalo ritmo de par moldar UMA Partir de hum materiais de Bruto e disforme UMA linda Obra, levamos UMA Vida de Pará esculpir A alma Nossa Própria. Se "Terminar deformada ELA Vai UO se revelará Algoritmo Admirável e belo", Depende de Nós, da Nossa Disposição los trabalhar Paragrafo ESSE FIM.

 

CONCLUSÃO

 

Tiago Procura nn DiZer Opaco, um Paciência Cristã E aprendida com Como provações da Fé, e UMA Vez Que HÁ UM Fruto Espiritual Resultante de Toda Demonstração provações de Fé NAS, entao ESTAS devem servi acolhidas com grande alegria e com tristeza Localidade: Não, oo o Porque São Oportunidades Para glorificarmos o Nome de Deus, e experimentarmos Seu Poder consolador e libertador, atraves delas, EM Crescimento rumo à Nossa Maturidade Espiritual.

DESTE modo, o Alvo da provação E Muito Mais Que Simplesmente Opaco Confirmar e aperfeiçoar a Nossa Fé, POIs se REFERÊ, sobretudo AO Nosso amadurecimento Espiritual. ASSIM, um Algoritmo Paciência E Paragrafo Ser aprendido e also Paragrafo Ser aplicado na Hora da provação. Dificuldades e aflições dolorosas PODE Ser hum Porcão ATÉ MESMO DOS MELHORES cristãos, ee Isto É Que o Espírito Nos Ensina pelas Palavras Fazer Apostolo Mais Que Fazer UMA Vida de Pará vivermos Neste Mundo HÁ UM Testemunho e UMA Obra Que devemos Fazer par Deus.

 

 

 

                                      j Lições Bíblicas CPAD

                          JOVENS E ADULTOS

 

 

3 º TRIMESTRE DE 2014

 

T í Tulo:  Fé e Obras - Ensinos de Tiago Paragrafo UMA Vida Cristã Autêntica

 

Comentarista:  Eliezer de Lira e Silva 

 

Lição 3:  A importancia da Sabedoria humilde

 

Dados:  20 de Julho de 2014

 

TEXTO Áureo

 

Localidade: Não desampares UMA Sabedoria, e ELA te guardará; ama-a e ELA te conservará " (Pv 4.6)

 

VERDADE PRATICA

 

A humilde Sabedoria Que Proceda de Deus E, POR ISSO, EQUILIBRA o crente circunstancias los TODAS Como da Vida.

 

Hinos SUGERIDOS

 

423, 482, 592.

 

Leitura diaria

 

Segunda - Tg 4.3

Oração com Propósito Sábio

 

 

Terça - Pv 3.35

Uma los Honra Sabedoria Resulta

 

 

Quarta - Pv 16.16

A Sabedoria E a Maior Riqueza

 

 

Quinta - Cl 4.5

A Sabedoria COM OS Não-crentes

 

 

Sexta - Pv 3.21b

A Sabedoria inclui hum Prudência

 

 

Sábado - 2Co 1.10

Deus Dá Sabedoria a QUEM o Pede

 

Leitura Bíblica EM CLASSE

 

Tiago 1.5; 3,13-18.

 

Tiago 1

5 -  E, se Sândalo De Vos TEM Falta de Sabedoria, PEÇA-a a Deus, Que a Todos Dá liberalmente e Localidade: Não o Lança los Rosto; e ser-LHE-á dada.

 

Tiago 3

13 -  QUEM VOS E dentre Sábio e inteligente? Mostre, Pelo Seu bom trato, Como SUAS Obras los Mansidão de Sabedoria.

14 -  Mas, se tendes amarga inveja e Sentimento faccioso los Vosso Coração, Nao vos glorieis, Nem mintais contra a Verdade.

15 -  ESSA Localidade: Não ê UMA Sabedoria Que VEM Fazer alto, mas de e terrena, animal e Diabólica.

16 -  oo o Porque, Onde HÁ inveja e Espírito faccioso, ia ha perturbação e Toda Obra perversa.

17 -  Mas a Sabedoria Que VEM do Alto E, primeiramente, pura, DEPOIS, Pacifica, Moderada, tratável, Cheia de Misericórdia e de bons frutos, Sem Juros e SEM Juros parcialidade hipocrisia.

18 -  Ora, o Fruto da Justiça SEMEIA-se na paz, Paragrafo OS Opaco exercitam a paz.

 

Interação

 

A Sabedoria do Alto gera de amor, BONDADE, benignidade e humildade. Ela Localidade: Não Estimula o crente a tornar-se soberbo UO arrogante los Relação AO Próximo, mas nn Dá Limites. FAZ-NOS sabre ATE ONDE PODEMOS IR. AINDA Opaco elevemos A Nossa Cultura, UMA LINGUA E Para nós Ligação Tantos Conhecimentos, NOS TEMOS Localidade: Não O Direito de n º s mostrarmos altivos, Os Donos da Verdade, POIs de Fato Localidade: Não o somos. A Sabedoria do Alto nn Dá bom senso! Quantos cheios de Sabedoria Localidade: Não Mais um demonstram Nenhum Relacionamento com o Outro? Teoricamente São sabios, mas relacionalmente imaturos. A Sabedoria do Alto Localidade: Não gera Coração soberbo, mas hum Coração humilde!

 

OBJETIVOS

 

APOS ESTA aula, o Aluno Devera Estar apto a:

  • Descrever a Sabedoria Que VEM de Deus.
  • Demonstrar na pratica hum humilde Sabedoria.
  • Compreender a Distinção Entre hum arrogante ea Verdadeira Sabedoria.

 

Orientação Pedagógica

 

Prezado professor, reproduza O Quadro abaixo Conforme Como Possibilidades SUAS. Para Iniciar o Primeiro Tópico da Lição, juntamente com OS SEUS Alunos, Completa Como Duas Colunas Fazer Esquema sugerido pedindo-lhes Opaco CITEM Como Características de Cada Coluna respectively. Em SEGUIDA, discuta com Enguias Como consequencias destas sabedorias de: Não Ambiente da Igreja local, da Família, da Escola, da Empresa Onde trabalham etc Conclua A Lição Desta Semana dizendo Que Deus e bom e da Uma SUA Sabedoria hum QUEM LHE Pede.

 

 

Comentario

 

INTRODUÇÃO

 

Palavra Chave

Sabedoria Humilde:  Nesta Lição, um Tipo de Sabedoria Que Só PODE vir de Deus.

 

Nesta Lição estudaremos OS ensinamentos da Palavra de Deus B-kin da importancia da Sabedoria divina Paragrafo O Nosso Viver Diário. Tiago Inicia hum Temática los tom de exortação, enfatizando a necessidade da Sabedoria divina Como Condição Básica de LeVar UMA Igreja de Viver a Palavra de Deus com alegria, coerência, Segurança e Responsabilidade. E ISSO Tudo SEM precisar Fugir das tribulações UO Negar Que o crente Passa POR Problemas. A Nossa Expectativa E Opaco Voce. ABRACE o Estilo de Vida proposto Pelo Santo Espírito Carta Nesta. Localidade: Não fugindo da Realidade da Vida, Mas enfrentando-um com Sabedoria do Alto e na Força do Espírito Santo.

 

I. A NECESSIDADE DE PEDIRMOS Sabedoria A DEUS (Tg 1.5)

 

1 Uma Sabedoria Que VEM de Deus.  Tiago Fala da Sabedoria Que VEM do Alto Paragrafo distingui-la da Humana, de Origem MA (Tg 3,13-17). Irrefutavelmente, a Sabedoria de Deus Que VEM E o Meio Pelo Qual o Homem alcança o discernimento da Boa, Agradável e Perfeita Vontade divina (Pv 2,10-19; 3.1-8,13-15; 9,1-6; Rm 12.1 , 2). Sem Sabedoria ESTA, o SER HUMANO vive à Mercê de SUAS Próprias Iniciativas, Emoções SUAS dominado POR, sujeitando-Se EAO MAIS drásticos efeitos Das SUAS Reações. Enfim, a Palavra de Deus n º s orienta a vivermos com Prudência. Todavía, when nn Como Achamos los Meio aflições E Possível Opaco nn Falte Sabedoria. Por ISSO, o Texto de Tiago Revelação AINDA a necessidade de o crente desenvolver-se, adquirindo Maturidade Espiritual.

2 DEUS É o Doador da Sabedoria.  Texto Bíblico O Localidade: Não detalha a Maneira Pela melho Deus concede Sabedoria. Tiago apenas Afirma Que o Altissimo a DA. Juntamente com a UMA súplica Pela Sabedoria Que fazemos AO Pai los Oração, Uma Epistola fornece ensinamentos riquíssimos (v.5):

a) O Senhor E Que Dá Sabedoria.  Jesus Ensina Que o Pai Atende Como Orações daqueles Que o pedirem (Mt 7.7,8).

b) O Senhor da TODAS Como Encontra los em Coisas.  SENTIDO Neste, dizem Como Sagradas Escrituras: "AQUELE Que NEM MESMO a Seu proprio Filho poupou, Os pingos, o entregou Por Todos nsa, Como nn Localidade :. Localidade: Não Dara also COM TODAS Ele Encontra los Coisas de Como? "(Rm 8,32 cf. Jó 2.10).

c) O Senhor da a de Todos os Homens.  Ele. Localidade: Não FAZ acepção de PESSOAS (At 10,34; Rm 2,11; Ef 6.9; Tg 2.1,9).

d) O Senhor da liberalmente.  É de Graça! Nosso Deus Localidade: Não vende bênçãos apesar de PESSOAS, EM Seu nome, "comercializá-las."

e) enguias Rosto O Senhor da SEM Lancar.  Uma Expressão e sinônima Fazer Adágio "Jogar na cara" popular. O Pai Celeste idade Localidade: Não forma Dessa.

3 Peca UMA Sabedoria Deus ..  AINDA Localidade: Não versiculo cinco, Tiago Estimula-SOE a fazermos Como seguintes perguntas: Falta-SOE Sabedoria Espiritual? Sentimental? Emocional? Relacionamentos n º s? Caso ache los si Falta de Sabedoria Los alguma, Nao desanime! Peca-a a Deus, Pois E Ele. QUEM Dá liberalmente. E Mais: Não Lança los Rosto! Ouca Como Escrituras e ponha los Prática Este ensinamento. Fazendo ASSIM, Teras Sabedoria do Alto.

 

 

SINOPSE DO topico (I)

 

A Sabedoria de Deus VEM. NOS. TEMOS UMA necessidade de pedirmos a Ele, POIs o Altissimo E o Doador.

 

 

II. A humilde Demonstração Prática DA Sabedoria (Tg 3.13)

 

1 .. A Sabedoria Prática los colocada  Tiago conclama OS servos de Deus, Mais notadamente aqueles Opaco exercem alguma Liderança na Igreja local, a demonstrarem Sabedoria divina atraves de ações concretas (Dt 1.13,15; 4,6; Dn 5.12). A Sabedoria e Virtude A Que devemos buscar e da cultivar NOSSOS EM Relacionamentos Mundo Neste (Mt 5,13-16). O Ritmo do verbo " mostrar ", Utilizado POR Tiago los 3,13, indica UMA Ação Contínua los Torno da Finalidade UO Fazer Resultado de UMA Obra. Desta Maneira, UMA Relacionamento biblia ESTA UMA determinando Atuação Cristã Opaco PROMOVA Como boas Obras de: Não Humano.

2 A humildade Como Prática Crista ..  Instruída Pela Palavra de Deus, Uma Promove humildade Cristã Como boas Obras na Vida Fazer crente (Tg 1,17-20;. cf Mt 11,29; 5.5). QUEM E Portador Dessa humildade Revelação a Verdadeira Sabedoria, produzindo Para Si alegria e Edificação (Mt 5.16). Um Fim de redundar los Honra e Glória AO nomo Fazer Senhor Jesus, Uma humildade Desen Serviços UMA Virtude Contínua. ISSO UMA Torna igualmente UMA Porta Fechada Paragrafo o crente Localidade: Não retornar As Velhas Práticas. O Homem Natural, dominado Pelo Pecado, nao tem o Temor de Deus NEM o Compromisso de Viver Paragrafo a Honra e Glória dEle. Porem, o Opaco nasceu de novo e, portanto, "ressuscitou com Cristo", Busca Ajuda do Alto Paragrafo Viver los plena Comunhão e humildade com o Seu Semelhante (Cl 3,1-17).

3 Obras los Mansidão de Sabedoria.  Vivemos los hum ritmo Onde PESSOAS Como se aborrecem POR Pouca Coisa, Onde Tudo E Motivo Paragrafo desejar o mal AO Outro. Vemos Descontrole de: Não Trânsito, o destempero na fila, um Pouca cordialidade com o Colega de Trabalho e Afins COISAS. Parece Opaco Como PESSOAS Localidade: Não convivem com espontaneamente Como Otras. Apenas se toleram! Nesse Contexto, o ensino de Tiago E de sobremodo Relevante: "Mostre, Pelo Seu bom trato Como SUAS Obras los Mansidão de Sabedoria" (v.13). Amor, cordialidade reclamados e Solidariedade de São ETICOS Valores Absolutos Nao Evangelho. Ouçamos A Voz SUA!

 

 

SINOPSE DO topico (II)

 

A Sabedoria Desen Ser colocada los Prática Como UMA Ação concreta atraves da humildade.

 

 

III. Arrogância O VALOR DA Verdadeira Sabedoria EA FAZER SABER Contencioso (Tg 3,14-18)

 

1. Administrando a Sabedoria.  Uma Sabedoria mencionada POR Tiago assinala a Vontade de Deus par um crente Vida Fazer. Uma Vez dada POR Deus, Sabedoria constitui-se tal Parte da Natureza Fazer crente. E Resultado Fazer novo carater lapidado Pelo Espírito Santo. E hum novo Pensar, um novo Sentir, um novo Agir. Deus Dá AO Homem ESSA Sabedoria Paragrafo Que Elementos administré bênçãos Como, dons e ósmio TODAS Como Esferas de Relacionamentos da Vida Humana. Quando Jesus de Nazaré expressou "assim brilhe a Vossa luz Diante dos Homens" (Mt 5,16), de Ele estava refletindo SOBRE o Propósito divino de o crente Viver a inteireza Fazer Reino de Deus Diante dos Homens.

2. Sabedoria Verdadeira arrogância e bis do Saber.  PESSOAS A Ha orgulhosas Opaco, Por se julgarem sabiás, Nao admitem Serem aconselhadas advertidas UO. SOBRE PESSOAS Taís Como Escrituras São Claras (Jr 9,23). Entre Os Filhos de Deus Localidade: Não HÁ UMA Pessoa Que SEJA TAO Sábia Que POSSA abrir Mão da necessidade de aconselhar-se com alguem. O Livro de Provérbios descreve Que HÁ Sabedoria e Segurança na Multidão de Conselheiros, POIs Fazer Contrário: O Povo perece (11.14). O rei Salomão Orou a Deus pedindo-LHE Sabedoria de Paragrafo ENTRAR e Sair perante o Povo Judeu (2Co 1.10). PODEMOS Disto concluir Opaco LIDAR COM O Povo SEM Depender dos sabios Conselhos de Deus E hum pedantismo trágico Paragrafo a Saúde Espiritual da Igreja. Portanto, leve los Conta a divina Sabedoria! E hum Bem indispensável Paragrafo Os Filhos de Deus. Para QUEM Sente Falta de Sabedoria, Tiago continua a aconselhar: "PEÇA-a a Deus".

3 Atitudes hum evitadas Serém.  "Onde HÁ inveja e Espírito faccioso, ia ha perturbação e Toda Obra perversa" (v.16). Aqui o autor da Epístola descreve o Resultado de Uma "Sabedoria" soberba e terrena. Sabedoria Classificando Tal, fortíssimos Tiago uti DOIS TERMOS, afirmando Que ELA é "animal" e "Diabólica". Animal, oo o Porque è acompanhada POR Emoções oriundas de hum instinto primitivo natural, irracional e carnal, POR ISSO Sendo destituída de QUALQUÉR Preocupação Espiritual. Diabólica, oo o Porque O Nosso adversário inspira PESSOAS hum transbordarem desejos Opaco los nada se assemelham EAO Que São oriundos do Fruto do Espírito, OS como os antes, egoísticos São Sentimentos, Que se identificam com a UMA Obras da carne (2Tm 4,1-3; Gl 5,19-21). Atitudes Que trazem contenda, facções, Divisão, gritarias e irritabilidade devem servi evitadas los Nossa Família, EM Nossa Igreja UO los quaisquer Lugares Onde nn relacionarmos com o Outro. O Senhor Nos Chamou Paragrafo paz e Localidade: Não Paragrafo Confusão. Vivamos, POIs UMA Vida Cristã Sábia enviar hum e paz com Deus los!

 

 

SINOPSE DO topico (III)

 

O valor da Verdadeira Sabedoria reflete a humildade; a arrogância, o Orgulho, a altivez ea soberba à Sabedoria terrena e Diabólica.

 

 

CONCLUSÃO

 

Estudarmos APOS O Tema "Sabedoria Humilde" E Impossível AO crente admitir UMA possibilidade de vivermos UMA Vida Cristã em Qualquer Esfera Humana SEM Depender da Sabedoria do Alto. A Sabedoria divina Localidade: Não Só Garante a Saúde Espiritual Entre OS Irmãos, mas da MESMA Maneira, um e psíquica Emocional. Ela estabelece Parâmetros do Pará o Convívio social, AO MESMO Sadio ritmo los Opaco nn PREVINE Paragrafo Opaco Localidade: Não caiamos nn escândalos e Pecados Opaco entristecem o Espírito Santo. Ouçamos o Conselho de Deus. Que possamos Viver de forma sobria, justa e piamente (Tt 2.12).

 

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

 

SWINDOOL, Charles R. Vivendo Provérbios: Sabedoria divina Paragrafo OS Desafios da Vida Moderna.  1 ª Edição, RJ:. CPAD de 2013 
STRONSTAD, Roger; ARRINGTON, Francês L. (Eds.)  . Comentário Bíblico Pentecostal Novo Testamento  2 ª Edição, RJ: CPAD, 2004.

 

Exercicios

 

1.  Qual E o Meio Pelo Qual o Homem alcança o discernimento da Boa, Agradável e Perfeita Vontade divina?

R.  A Sabedoria Que VEM de Deus.

 

2.  Sabedoria SEM Fazer alto, divina, Como viveria o SER HUMANO?

R.  Sem Sabedoria ESTA, o SER HUMANO viveria à Mercê de SUAS Próprias Iniciativas, Emoções SUAS dominado POR, sujeitando-Se EAO MAIS drásticos efeitos Das SUAS Reações.

 

3.  QUEM Tiago conclama a demonstrar Sabedoria divina atraves de ações concretas?

R.  Tiago conclama OS servos de Deus, Mais notadamente aqueles Opaco exercem alguma Liderança na Igreja local, a demonstrarem a Sabedoria divina atraves de ações concretas (Dt 1.13,15; 4,6; Dn 5.12).

 

4.  Ó Que indica o verbo mostrar Utilizado POR Tiago 3.13 los?

R.  Indica UMA Ação Contínua los Torno da Finalidade UO Fazer Resultado de UMA Obra.

 

5.  Segundo A Lição, Qual É O Propósito de Deus AO dar Sabedoria AO Homem?

R.  De o crente Viver a inteireza Fazer Reino de Deus Diante dos Homens.

 

Auxílio Bibliográfico I

 

Subsídio Teológico

 

"Embora Paulo Localidade: Não tenha Pregado a Acordo com UMA Sabedoria do Mundo, Todavía Elemento pregou a Sabedoria oculta de Deus Que Só PODE Serviços discernida when Deus Dá AO Homem UM EA DIREÇÃO Ajuda do Espírito Santo (1 Corintios 2,7-14). Deus deseja Opaco O Homem e tenha Conheça SUA Sabedoria (Tg 1.5) Ela E Espiritual e Consiste de: Não Conhecimento de SUA Vontade (Cl 1.9; Ef 1.8,9) .. Ela é 'Fazer alto' ee contrastada com a Sabedoria terrena e Humana Mundo dEste, Opaco PODE ATÉ Serviços Inspirada Pelos Hook Demônios gancho (Tg 3,13-17;. Cf. Cl 2,23; 1 Corintios 3.19,20; 2Co 1.12). 'dada' Uma Sabedoria de Deus Desen Serviços Revelada UO EAO Homens (Rm 11.33, 34; 2Pe 3.15; Lc 21,15) ISTO PODE Serviços conferido Pela Palavra de Deus e Pelo ensino Humano Dela (Cl 3,16 ;. 1,28; Ap 13,18; 17,9) Como Localidade :. Localidade: Não Caso da Sabedoria (Hb hokma .) do Livro de Provérbios, ELA permite Opaco o crente Saiba Como Agir los Relação Como Otras PESSOAS, e aproveitar AO Máximo Como SUAS Oportunidades espirituais (Cl 4.5) "(PFEIFFER, Charles F; VOS, Howard, F.Dicionário Bíblico Wycliffe. RJ: CPAD, 2009, p.1712).  

 

Auxílio Bibliográfico II

 

Subsídio Exegético

 

"Como Ações Revelam Como Origens da Sabedoria (3,13-18).

O Retrato Opaco Tiago nn oferece daquilo Opaco E considerado Como 'Sabedoria' Peia maioria das Pessoas e Bastante perturbador, precisamos Mas cuidadosos Serviços Paragrafo Localidade: Não entendermos erroneamente. Localidade: Não Ele. ESTA sugerindo Opaco Localidade: Não Exista QUALQUÉR Coisa boa na (fomos lembremos de Seu Aviso de Opaco "Feitos à Semelhança de Deus Humanidade '- 3,9) O Problema com ESSA Sabedoria." Terrena, animal e Diabólica 'é Opaco TEM SUA ORIGEM na alma Humana. Sendo ASSIM, Participação "inconstantes" dos Desejos Divididos DOS; E Capaz de Fazer o Bem ('bendizer a Deus e Pai' - 3,9), Mas also de muitas vezes LeVar UMA "Toda Obra perversa". Quando Nossa 'Sabedoria' é simbolizada Pela "Mansidão" (v.13), Que reconhece Opaco SUA Diretor Origem ESTA los Deus (1.5,21) e Localidade: Localidade: Não mesmos los NSA ("Ambição egoísta 'Como Resultado de Nossa vv 14,., 16) entao OS bons desejos existentes Dentro de Nós, Por TERMOS Sido criados à Semelhança de Deus, DESEM-se à Vontade Suá los UMA Vida Correta, e de bom trato (v.13).

. Tiago se Volta Como qualidades Opaco simbolizam o 'bom trato' nos versos 17 e 18 A Lista de Características e Virtudes Opaco Tiago nn oferece Aqui E Semelhante à DESCRIÇÃO Opaco Paulo FAZ Fazer "Fruto do Espírito" (Gl 5.22,23; cf. Tg 3,17). Tanto Paulo Como Tiago enfatizam Que essas characteristics devem Ser UMA CONSEQÜÊNCIA naturais POR UMA Vida Renovada de Deus.

O Que HÁ de especial nessa Interesse Lista de Tiago E o numéro de TERMOS Opaco expressam diretamente Ações AO INVES de Simples qualidades. Aqueles Que Tem los si mesmos a Sabedoria Que VEM da Palavra that was Neles 'enxertada' (1,21), Nao São apenas 'Amantes da Paz', 'pacificadores' Mas tambem. São atenciosos com OS SEUS semelhantes e Localidade: Não procuram apenas satisfazer SUA Ambição egoísta. São submissos UMA Vontade de Deus AO INVES de Serem "atraídos e engodados Pela SUA concupiscência Própria '(Veja 1.14) SEUS Atos São misericordiosos (cf. 2.12,13), São imparciais e sinceros e Localidade :. Localidade: Não Como aqueles Que demonstram favoritismo (. 2.1,9) O Resultado de Viver de a Acordo com a 'Sabedoria Que VEM do Alto' é UMA safra de Virtudes (cf. 2,21-23) "(STRONSTAD, Roger ;. ARRINGTON, Francês L. (Eds ) . Comentário Bíblico Pentecostal Novo Testamento 2 ª Edição, RJ: dapB, 2004, p.1680).  

 

SUBSÍDIOS ENSINADOR Cristão

 

A importancia da Sabedoria Humilde

 

"E Muito Sábio Localidade: Não Ser precipitado NAS Ações (Pv 19.2), Nem se posicionar obstinadamente vaidades los SUAS proprias Faz Parte Desta MESMA Sabedoria Localidade: ... Localidade: Não Acreditar los Tudo Que Voce Ouve UO acreditou Consulte alguem Opaco SEJA Sábio e consciencioso, e busque Serviços instruído POR ALGUEM MELHOR DO Opaco Voce, los Vez de Seguir SUAS Próprias Invenções (Pv 12.15) "(Thomas Kempis). Palavras Estás Fazer monge Alemão Agostiniano simbolizam a Sabedoria de Opaco Tiago ABORDA los SUA Epistola. Trata-se de Sabedoria de Vida, Nao apenas de letra; E Sabedoria de espírito; Localidade: Não apenas Teológica; E Sabedoria Ativa; Localidade: Não somente Passiva. E a Sabedoria Que o Pai deseja concedente hum de Todos os SEUS Filhos. E a Sabedoria divina!

Nesta Lição, professor o Desen estabelecer o Objetivo Geral Paragrafo Ser atingido na aula: o de demonstrar Que a Verdadeira Sabedoria, da quali Trata o Meio-Irmão Fazer Senhor, E humilde e FAZ Parte da nova Natureza Fazer crente. Só PODE tê-la QUEM E nascido da Água e do Espírito. NAO SE TRATA de Sabedoria UMA Fazer banco escolar. Tiago, Comunique-se à Sabedoria das Escrituras, Opaco E Espírito e Vida. Resultado de UMA Íntima Relação com Deus, Por Meio do Seu Filho Jesus e Pela Força do Espírito Santo. Por ISSO, entao, ESTA PODE Sabedoria Localidade: Não Ser negociada. Ela VEM Exclusivamente de Deus, Por Meio do Estudo e da Exposição das Sagradas Escrituras.

Um mito Serviços Desen repulsado na sala de aula: o de Opaco UMA Sabedoria VEM de Maneira mística UO "psicográfica". A humilde Sabedoria de Deus E o Porque oo ELA Localidade: Não se Revelação unívoca, arrogante e individual. Ela n Traz a Consciência de Opaco Localidade: Não sabemos Tudo e Opaco, POR ISSO, TEMOS de Estar dispostos a Aprender COM OS To Us Link. Retomo UMA Vez Mais UMA citação de Thomas Kempis: ". Consulte alguem Opaco SEJA Sábio e consciencioso, Serviços e busque instruído POR ALGUEM MELHOR DO Opaco Voce, los Vez de Seguir SUAS Próprias Invenções (Pv 12.15)" Para IstoÉ Acontecer los NÓS E Preciso ter humildade de reconhecer UMA Opaco Localidade: Não sabemos Tudo. A Ha QUEM Saiba Mais do Que nsa, e precisamos Aprender COM Enguias, POIs Deus EUA Como PESSOAS Paragrafo nn ensinar e cultivar a Verdadeira Sabedoria los NOS. Portanto, professor, Trabalhe ESTAS questões com a classe e-Incentivo a UM EA Leitura Meditação da Palavra.

 

Auxilios Complementares

 

 

 

Palavra Chave

Sabedoria Humilde:  O Conhecimento e Prática dos Requisitos Paragrafo UMA Vida piedosa e reta.

 

INTRODUÇÃO

 

Tiago los SUA Epistola Procura nn mostrar a Respeito da Sabedoria los Seu Aspecto global. Desta forma Elemento Revelação nn hum existencia de Dois TIPOS de Sabedoria: Um terrena ea divina. Ao estabelecer a Diferença Entre CADA UMA delas, o apóstolo exorta-SOE hum nn empenharmos na conquista da Verdadeira Sabedoria, Uma divina, Que Proceda do Alto.

Quantas e Quantas vezes, SEM Nosso DIA hum dia, precisamos Ter Sabedoria fazer decisões Pará tomarmos, decidirmos parágrafos Problemas, Darmos parágrafos UMA Palavra de Conforto, Darmos parágrafos UMA RESPOSTA Sábia, encararmos parágrafos dificuldades Como fazer um Dia dia. Na Verdade, a CADA Minuto de Nossa Vida TEMOS Opaco Tomar decisões e, muitas vezes, ELAS São Realmente Muito difíceis, e Paragrafo Tudo ISSO precisamos da Sabedoria divina, ELA E hum Tesouro Opaco Localidade: Não ESTA Exposto e Localidade: Não e Tao Fazer Fácil de se conseguir. Ela ESTA Escondida, Esperando Paragrafo Ser Descoberta. Buscamos Quanto MAIS UMA, Mais Queremos e precisamos Busca-la, e MAIS UM experimentamos Satisfação de sermos Felizes, adversidades NAS MESMO.

 

I. A NECESSIDADE DE PEDIRMOS Sabedoria A DEUS (Tg 1.5)

 

1 Uma Sabedoria Que VEM de Deus.  Uma Sabedoria E UMA das Características Mais mencionadas a Respeito de Deus. DEUS É classificado Como onisciente, OU SEJA, SABE OU conhece Como TODAS Encontra los em Coisas. O apóstolo dos gentios when fava Dela dizia: "Ó Profundidade Das Riquezas, Fazer Tanto da Sabedoria, Como da Ciência de Deus Quao insondáveis ​​Juízos São OS SEUS, e inescrutáveis ​​Quao OS SEUS Caminhos!" (Rm 11.33).

Na Biblia also E mencionada a Sabedoria do Rei Salomão, Filho do Rei Davi, Que era o rei Mais Próspero de Israel, also Sendo considerado o Homem Mais Sábio Fazer Antigo Testamento e hum dos Mais sabios de Toda a Biblia. Deus DEU UMA Salomão Sabedoria, discernimento e Extraordinário UMA abrangência de Conhecimento Tao imensurável Quanto a Areia Fazer era marco A Sabedoria de Salomão Maior Que Fazer hum de Todos os Homens do Oriente e Fazer Opaco Toda a Sabedoria do Egito (1 RS 4.29,30) .

Precisamos, urgentemente, de Sabedoria do Pará sermos bons Pais, Bons Filhos, boas Esposas, Maridos bons, bons Administradores, Prosperos nn Negócios, Prosperos nsa Relacionamentos, Prosperos de: Não com Relacionamento Deus. A Sabedoria Que VEM de Deus n º s lev hum Viver o Melhor de Deus. O Primeiro Passo Para se ter UMA Sabedoria de Deus Que VEM E obedecendo a Deus. TEMOS Que Ser cheios de Sabedoria Paragrafo Melhor Conhecer a Deus e SEUS propósitos e sermos Vencedores Aqui na Terra.

2 DEUS É o Doador da Sabedoria.  Vivemos los UMA Época Onde UMA Busca POR Conhecimento e Informação e valorizada e procurada constantemente. No entanto, Sabedoria dEste Mundo e orgulhosa, vaidosa e soberba. Geralmente ESTA Sabedoria conduz OS Homens UMA Localidade: Não darem Nenhum Crédito Como Coisas de Deus ea ridicularizarem a Palavra SUA. Ela exalta a autossuficiência Humana, Colocasia O Homem Nenhum centro de TODAS Encontra los em Coisas como, Fazendo dEste UMA Autoridade suprema los Tudo. This Sabedoria o proprio Deus UMA Loucura Qualificação Como: "oo o Porque a Sabedoria dEste Mundo E Loucura Diante de Deus; POIs ESTA Escrito: Ele apanha OS sabios na SUA Própria astucia" (1 Corintios 3.19).

AE Sabedoria doada POR DEUS:

a)  Pura - da Vai contra Conceitos OS Mundanos.

b)  Pacífica - Nao Contendas Traz.

c)  Moderada - E sobria, equilibrada.

d)  Tratável.

e)  Cheia de Misericórdia - Localidade: Não Olha Só Para Si, mas consola e Edifica Como PESSOAS.

f)  Imparcial - Localidade: Não E injusta.

g)  Sem hipocrisia - Tem UMA Aliança com a Verdade. Onde ha QUALQUÉR Sabedoria de Deus existe paz.

3 Peca UMA Sabedoria Deus ..  Texto O Afirma: "E, se Sândalo De Vos TEM Falta de Sabedoria, PEÇA-a a Deus, Que a Todos Dá liberalmente". Observe pontos seguintes Sistemas Operacionais:

a)  Necessidade. A Oração E "se Sândalo de Voces necessità de Sabedoria" a Primeira Parte de UMA declaração fatual n'uma frase condicional. O autor ESTA AO Leitor dizendo: ". Sei Que Voce Localidade: Não Vai admitir, mas voce necessità de Sabedoria.". Tiago Trata de hum Problema delicado, POIs Ninguem Quer Ouvir E Que tolo, Erros Que Comete e Precisa de Ajuda. E o SER HUMANO, Por Natureza, Independente. Quer resolver SEUS próprios Problemas e Tomar SUAS Próprias decisões. O teólogo do Século 18, John Albert Bengel, colocou de MoDo hum Tanto sucinto: "A ESTA MAIS Paciência Localidade: Não Poder de hum Homem bom Fazer UMA Opaco Sabedoria; UMA exercitada Desen Serviços Primeira, e ESTA Jornal Jornal jornal Última Desen Serviços pedida" . E Preciso Que o SER HUMANO supere o Orgulho do Pará admitir Que Precisa de Sabedoria. Mas a Sabedoria Localidade: Localidade: Não possui E Algo Que Elementos. Ela Pertence a Deus, Pois é Sua divina Virtude. QUALQUÉR hum Que admita a necessidade de Sabedoria DEVE IR ATÉ DEUS É PEDIR-LHE. Tiago apela Para O Leitor e Ouvinte individualmente. Escreve: "se Sândalo De Vos". Tiago da AO Leitor a chance de se examinar, de chegar à Conclusão de Opaco Precisa de Sabedoria e de Seguir o Seu Conselho Paragrafo Opaco hum hum PECA Deus.

b)  PEDIDO. O crente DEVE PEDIR Sabedoria de Deus. Tiago Deixa implícito Que DEUS É UMA Fonte de Sabedoria. Ela LHE Pertence. O Novo Testamento Afirma Que o Cristão recebe Sabedoria e Conhecimento de Deus (ver, Exemplo POR, 1Co 1.30). E Verdade Que fazemos UMA Distinção Entre Sabedoria e Conhecimento, when that dizemos o Conhecimento SEM Sabedoria E de Pouco valor. Donald Guthrie Observação Opaco "se a Sabedoria E o USO correto do Conhecimento, a Sabedoria Perfeita pressupõe Conhecimento Perfeito". Para tornar-se maduro e íntegro, o crente DEVE PEDIR a Sabedoria Deus. Deus deseja oferecer Sabedoria hum QUALQUÉR hum Opaco PEDIR com humildade. O Reservatório de Sabedoria de Deus E infinito e ele "a Todos Dá liberalmente".

c)  Dádiva. Deus Localidade: Não FAZ acepção. Ele. Dá a Todos, Nao IMPORTA QUEM SEJA, POIs Deus deseja dar. E UMA caracteristica de Deus. Ele. Dá continuamente. Toda Vez Que alguem Chega ATÉ Ele. com PEDIDO hum, de Ele abre Seu Reservatório e Distribui Sabedoria gratuitamente. ASSIM Como o sol continua a dar SUA luz, Deus continua Dando Sabedoria. PODEMOS NAO Imaginar hum sol Que deixe de dar luz, Muito Menos Pensar los Deus Deixando de dar Sabedoria. A DÁDIVA de Deus è GRATUITA, Juros de SEM, SEM o PEDIDO de Opaco si Pague de Volta. Ela E GRATIS.

Disso de Além, Deus DA "e Localidade: Não Lança los Rosto". Quando pedimos a Sabedoria POR DEUS, Nao devemos Temer Que ELE expresse desprazer UO n º s reprovação. Quando chegamos ATÉ Ele. com hum fe Como UMA Criança de uma, de Ele jamais nn manda de Volta vazios. TEMOS UMA Segurança de Opaco, when pedimos POR Sabedoria, ELA nos "dada sera". Deus Localidade: Não decepciona AQUELE Que Pede com ferro. QUEM TEM Pede Que faze-lo SEM Dúvida de nenhuma especie. Tem Que Estar Seguro Tanto do Poder Como Fazer Desejo de Deus los dar. O Maior empecilho Paragrafo Como respostas uma Oração Localidade: Não E Deus, mas de UMA incredulidade Nossa.

 

II. A humilde Demonstração Prática DA Sabedoria (Tg 3.13)

 

1 Uma los Prática Sabedoria colocada.  Sabedoria E also Olhar par hum com Vida OS Olhos de Deus. A pergunta FAZ Sabio E: Passos los MEUS, o Opaco faria Jesus? Como falaria Elemento, agiria reagiria Como, Como? Cristo Localidade: Não FOI UM mestre da Escola Clássica. ELE OS SEUS Discípulos ensinou na Escola da Vida. Ensinar a Sabedoria e Mais Importante Que Opaco apenas transmitir Conhecimento, mas sim, um Exemplo de Vida (ver 1.1)

Tiago ESTA contrastando Dois Diferentes TIPOS de Sabedoria: a Sabedoria da Terra Sabedoria eA do Ceu. Qual Sabedoria Governa hum SUA Vida? Por quali Caminho Voce esta trilhando? Que Tipo de Vida Voce esta Vivendo? Que frutos ESSE Estilo de Vida ESTA produzindo? Um doce SUA FONTE E Salgada Ou (3.12)?

Tiago Mostra, also, Que ESSA Sabedoria se reflete nn Relacionamentos, POIs ELA E Prática (3.13,14). Sábio E AQUELE Opaco E santo los carater, Profundo los discernimento e Útil nn Conselhos. Voce. conhece o Sábio EO inteligente Pela Mansidão da SUA Sabedoria e pelas SUAS Obras, OU SEJA, imitando a Jesus, Que era manso e humilde de Coração (Mt 11,29).

2 A humildade Como Prática Crista ..  A humildade E preciosa EAO Olhos de Deus e revelações da QUEM SERA MAIS Que possuir hum e Mais abençoado e Agraciado COM OS SEUS Cuidados; Ela conserva a alma na tranquilidade e contentamento, MESMO EM Meio Como dificuldades Diarias e gera hum Paciência e resignação nn momentos Mais difíceis Possíveis.

PODE-SE defini-la Como "Um Sentimento Que Leva UMA Pessoa a reconhecer limitações proprias SUAS; modéstia; Ausencia de Orgulho". Paulo n º s instrui dizendo: "Nada façam POR Ambição egoísta OU POR Vaidade, mas humildemente considerem OS Para nós Ligação Superiores de si mesmos" Fp 2.3 - NVI; Veja Pv 18.12). 

A humildade E hum Sentimento de extrema importancia no Coração Fazer Homem Que Procura santificar-se; na Realidade, SEM ESTA Evidência Fazer carater de Cristo, E Impossível SERVIR integralmente a Deus.

Na Palavra encontramos Textos Opaco hum descreve Como UMA imposição de Deus (Tg 4.10; Lc 22.26, 1Pe 5.5,6).

E UMA obrigação Nossa, Como Filhos de Deus, procurarmos a humildade e nn revestirmos com ELA (Cl 3,12-14), Paragrafo Que hum Vejam los NOSSOS Passos e Ações (Ef 4.1,2), e glorifiquem AO Senhor.

Na Biblia encontramos UMA Série de Homens Que São mostrados Como Exemplos da Verdadeira humildade. PODEMOS ENTRE ELES destacar: Cristo (Mt 11,29); Abraão (Gn 18.27); Jacó (Gn 32.10); Davi (2Sm 7,18); Paulo 1Tm 1,15), etc

FORAM servos Opaco Localidade: Não se preocuparam com a Própria Vida, Antes, o Seu Prazer estava Exclusivamente Nenhum Senhor e deixavam-se mover Pelo Espírito Santo, reconhecendo Que Nada ERAM e Opaco Tudo Provinha Fazer Eterno. Hoje, no Meio denominado Cristão, nos deparamos com a UMA triste UMA Verdade: Exceções Raras com, hum Falta de humildade Temperatura entrado e fincado raízes nn Corações, caracterizando UMA situacao Opaco contradiz claramente Como Fazer ordenanças Senhor Deus.

. 3 Obras los Mansidão de Sabedoria  Mansidão Localidade: Não E Fraqueza, MAS Poder soluço Controle. Um era par Palavra USADA hum cavalo Domesticado, Que tinha o Seu Poder soluço Controle. Uma Pessoa Que nao tem Controle Pessoal UO Domínio Proprio Localidade: Não E Sábia. Mansidão E o USO correto do Poder, ASSIM Como Sabedoria E o USO correto do Conhecimento.

Uma base de UMA Sabedoria E da Qualidade da Mansidão; EE ESSA Qualidade Opaco OS mestres e OS Líderes cristãos devem possuir, qualidades Acima de TODAS Como Demais. De Outro Modo, Serao ELES UMA Força Destruidora na Igreja, e Localidade: Não UMA Força edificante, porquanto Passarão Mais ritmo edificando SUA Própria Reputação e Orgulho Fazer Opaco exaltando a Cristo e edificando UMA SUA Igreja.

 

III. Arrogância O VALOR DA Verdadeira Sabedoria EA FAZER SABER Contencioso (Tg 3,14-18)

 

1. Administrando a Sabedoria.  Na Antiguidade, Sabedoria e Humildade inimigas ERAM Praticamente. A Visão grega da Sabedoria pressupunha o Orgulho. Uma Pessoa "Sábia" tinha Que se orgulhar de SUA POSIÇÃO. Para Tiago, porem, AFIRMAR Que Prova do SE Serviços UMA Pessoa Sábia era executando Obras com humildade Algoritmo Totalmente AQUELA contra Cultura Opaco Localidade: Não sabiá Administrar Bem SUA Sabedoria. Algo that also E contra Nossa Cultura Hoje. A Tendência Opaco TEMOS E de exaltar-SOE e orgulhar-SOE de NOSSOS próprios Feitos.

A soberba ESTA Muito Distante da humildade, caracteristica Básica de QUEM SABE SUA administar Sabedoria. E lamentável that algumas PESSOAS Só percebam sos comportamentos de: Não Definitiva de SUAS VIDAS, muitas vezes num leito de hospital when Muito Pouco PODEM FAZER Paragrafo reconstruírem o Opaco destruíram, nos Conosco ligação e, principalmente, EM mesmas si. É Preciso desenvolver UMA Consciência Opaco Seu valor enquanto Pessoa independe da POSIÇÃO OU Aquisição, Mas Que Acima de Tudo, Somos Todos Seres Humanos, EM Constante Processo de Evolução, Independente de: Não Que da TEMOS, mas com Certeza POR Aquilo Que somos.

O Novo Testamento E rico los Lições deixadas Por Cristo, Um verdadeiro Exemplo de alguem Que administrava a SUA Sabedoria.

2. Sabedoria arrogância Verdadeira eA sabre Fazer.  Uma arrogância E UMA doença maligna Espiritual e Silenciosa. Um dos efeitos Dessa Molestia E Que, em Geral, o arrogante se Acha hum humilde Pessoa Mais do Mundo - ele Localidade: Não se ve Como verdadeiramente É. Constantemente aponta OS Erros dos Outros, mas Localidade: Não consegue perceber Como UMA SUA Essência ESTA contaminada - e, se consegue, dez a arrogância de DiZer Opaco Localidade: Não E arrogante. Hoje ESTA Totalmente disseminado o Conceito antibíblico de Opaco E Possível Ser arrogante e Serviços hum Cristão Cheio de Sabedoria divina. Localidade: Não É. E Absolutamente Impossível Ser hum Homem Sábio e Serviços arrogante AO MESMO ritmo. São characteristics that Localidade: Não cabem Nenhum individuo MESMO.

Arrogância E sinónimo de Orgulho, altivez, soberba, prepotência. Mostre-me hum arrogante e LHE mostrarei hum Homem SEM o minimo de Sabedoria Espiritual. ESSE E UM Pecado Tao túmulo Que o salmista Diz AO Senhor los Salmos 5.5: "Os Arrogantes Localidade: Não São aceitos na tua Presença" - (NVI ). EM 2 Timóteo 3.1-2, andamentos O Apostolo Paulo FALA SOBRE O PERFIL dos Homens ultimos da NSA: "SABE, porem, Isto É :. Que nn Ultimos Dias sobrevirão Tempos trabalhosos porqué haverá Homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos . ". Sim, O Olhar altivo Fazer arrogante E hum dos Defeitos Que Deus Mais detesta, Como Salomão Deixa Claro los Provérbios 6,16-19.

Em contraste com a Sabedoria terrena descrita Acima logotipo (arrogância), Tiago ágora apresenta UMA Verdadeira Sabedoria, Que Desen Marcar como Palavras EO Comportamento dos Opaco Serviços desejam mestres. Tiago personificação a Sabedoria, Falando Dela Como se Fosse UMA Pessoa; TALVEZ SIGA o Modelo ENCONTRADO No livro de Provérbios, Nao quali UMA Sabedoria E descrita de forma Semelhante (Pv 8,1-36; 9,3-5). Paulo Emprega o MESMO artifício literário, when descreve o amor (1 Corintios 13,4-8).

A DESCRIÇÃO de Tiago Inicia com hum Procedência da Sabedoria: ELA VEM Lá do Alto, Isto É, de Deus (Ver 1.5,17; 3,15; Êx 36,2; um RS 3,9-12; Pv 2.6).

3 Atitudes hum evitadas Serém.  "Onde HÁ inveja e Espírito faccioso, ia ha perturbação e Toda Obra perversa" (v.16). Aqui TEMOS o Motivo Pelo Qual ("Por Que") Tiago consideração de Serviços almejam "Sabedoria" dos mestres Opaco terrena, animal e Demoniaca: Ela Produz TODO Tipo de Problema NAS Igrejas. Inveja (3.14) significa rivalidade invejosa e contenciosa POR CAUSA Das manifestações de ira e amargura Que ESSE Sentimento Produz. "Sentimento faccioso" ("Ambição Egoísta" - NVI ) E a Tradução de hum verbo Grego derivado de UMA Palavra Que significa trabalhar POR Salário. Veio a significar aqueles Opaco, motivados Pela Ambição, o Estação dispostos a obter Tudo Paragrafo SEUS Objetivos, ATE MESMO romper e separar-Se dos Outros, provocando facções e divisoes. 

Cessos Onde Sentimentos existem, e especialmente when existem no Coração daqueles Que se Acham sabios, ia ha perturbação e Toda Obra perversa. Aquilo Que E hum Sentimento interior Produz atitudes Exteriores. "Perturbação" VEM da MESMA Palavra Opaco Tiago usou Paragrafo descrever UMA Pessoa "inconstante" (1,8) ea Língua Como hum mal "incontido" (3.8). A ideia Geral E de hum Estado de Desordem, Que Expressa bem à situacao los Opaco FICAM Como Igrejas when predominam Líderes Cujo Coração ESTA Cheio de inveja amargurada e Sentimento faccioso (3,14). Um Exemplo de e Babel, Onde o Senhor "confundiu UMA Linguagem de Toda a Terra", Evento seguido Pela Dispersão daqueles Opaco Antes ERAM UM Único Povo (Gn 11,9). Disso de Além, Os Tais Sentimentos Causam "Toda especie de Encontra los COISAS ruinas" ("Toda especie de Homens" - NVI ). ESSA Expressão Genérica de Tiago Engloba Tudo Aquilo Que E vil, perverso, Malefico Paragrafo de comunidades Vida Das Cristas. Veja a Lista das Obras da carne los Galatas 5.20. Como Obras de Caim São chamadas de "más" e tiveram Origem na inveja amargurada Opaco nutriu contra Seu Irmão Abel (1Jo 3,12). 

 

CONCLUSÃO

 

A Vida Cristã Consiste los Semear e ceifar los. Alias, Toda Vida é ASSIM, e ceifamos exatamente o Opaco semeamos. O Cristão Que Segue a Sabedoria de Deus SEMEIA a humildade, Nao a arrogância; SEMEIA a paz, Nao UMA guerra. A forma de vivermos permite Que o Senhor PROMOVA Algo de bom na Vida de Outros. Por conseguinte, SO OS sabios São Humildes e SO OS Humildes São sabios. Como PESSOAS Humildes São aquelas Opaco percebem Que O Mundo Localidade: Não Terminais NEM Acaba los si. São aquelas that that percebem o centro do Mundo Localidade: Não ESTA los si. São, POIs, aquelas Opaco Localidade: Não Olham Para Si. São aquelas Que Olham Paragrafo fóruns de si. Ate O Mais alto Quis Descer ATÉ AO MAIS Baixo. E o Sábio Deus nn Ensinando a humildade.

Somos o Que Vivemos, EO Que da Vivemos e O Que da semeamos. Se vivermos Segundo a Sabedoria de Deus, semearemos UMA humildade e colheremos UMA exaltação divina (Mt 23,12 Lc 18,14). Se vivermos Segundo a Sabedoria do Mundo, semearemos Pecado e Guerra e colheremos "Confusão e Toda especie de Homens" (3.16 - NVI ). v 

 

 

 

                                                                    Lições Bíblicas CPAD

                                     JOVENS E ADULTOS 

 

                                 3 º TRIMESTRE DE 2014

 

Título:  Fé e Obras - Ensinos de Tiago Paragrafo UMA



 Vida Cristã Autêntica  Comentarista:  Eliezer de Lira e

 

 Silva

 

 

Lição 4:  Gerados Pela Palavra da Verdade



Dados:  27 de Julho de 2014

 

TEXTO Áureo

 

Sendo de novo gerados, nao de Semente corruptível, mas da incorruptível, Pela Palavra de Deus, viva e Opaco permanece par de Semper " (1Pe 1.23) . 

 

VERDADE PRATICA

 

Somente aqueles that foram gerados Pela Palavra da Verdade São guiados Pelo Espírito Santo.

 

Hinos SUGERIDOS

 

50, 106, 128.

 

Leitura diaria

 

Segunda - 1Pe 4.12,13

Alegrai-vos com UMA provação

 

 

Terça - Lm 5,21

Nossa Oração Pelo Perdão

 

 

Quarta - Jo 3.3

Novo nascimento e Reino de Deus

 

 

Quinta - 1Jo 5.4

A Vitória SOBRE o Mundo

 

 

Sexta - 2Co 6.2

Hoje é dia de Salvação

 

 

Sábado - 1Tm 2.4

Deus hum SALVAR Todos Quer

 

Leitura Bíblica EM CLASSE

 

Tiago 1.9-11,16-18.

 

9 -  Mas glorie-se o Irmão abatido na SUA exaltação,

10 -  E o rico los Seu abatimento; o Porque o o Elemento passará Como a flor da erva.

11 -  oo o Porque sai o sol com ardor, ea erva seca, ea SUA flor cai, ea formosa aparencia Fazer Seu Aspecto perece; ASSIM se murchará o rico also los SEUS Caminhos.

16 -  Localidade: Não erreis, AMADOS MEUS Irmãos.

17 -  Toda a boa DÁDIVA e TODO o dom Perfeito VEM Fazer alto, Descendo do Pai das Luzes, EM QUEM Localidade: Não HÁ Mudanca, Nem sombra de variação.

18 -  Segundo a Vontade SUA, Elemento n º s Gerou Pela Palavra da Verdade, Paragrafo Que fossemos Primicias Como das SUAS Criaturas.

 

Interação

 

Deus PODE Fazer o mal? O Contexto da Epístola de Tiago Mostra Opaco Ele. E bom e, portanto, um SUA Sabedoria Só PODE Fazer o Bem, jamais o mal. Nele, Nao HÁ variação de BONDADE e malignidade; trevas de luz UO. O Nosso Pai Celestial decidiu de UMA Vez POR TODAS, EM Jesus, Fazer O Bem Paragrafo reconciliar o Mundo Consigo MESMO. Por ISSO, a Sabedoria de Deus E pura, bondosa, benigna, humilde, cordata, temperante, etc oo o Porque Ele. E bom! Prezado professor, Que hum BONDADE de Deus inunde UMA SUA Vida ea dos SEUS Alunos. Que Enguias decidam amar o Próximo Como O Nosso Pai o ama.

 

OBJETIVOS

 

APOS ESTA aula, o Aluno Devera Estar apto a:

  • Analisar  a Relação Entre OS Pobres e Os Ricos da Igreja.
  • Defender  a Verdade Que Deus Só FAZ O Bem.
  • Compreender  primícias Opaco Os Filhos de Deus São Como dentre Como Criaturas.

 

Orientação Pedagógica

 

Prezado professor, Paragrafo concluir o Primeiro Tópico da Lição sugerimos Mais UMA Leitura dos versículos 9-11 Primeiro Capítulo de Tiago. Logo los SEGUIDA, explique EAO Alunos Que à luz das Escrituras, apesar de o pobre Ser marginalizado Pela Sociedade cuja Cultura predominaram E a de "ter" e nao de "ser", Elemento E convidado a gloriar-se los Cristo Pela SUA POSIÇÃO nova Filho de de Deus. Enquanto o rico, Nao Encontro com o Evangelho de Cristo, E convidado Por Cristo a se humilhar Paragrafo compreender a Natureza Passageira da SUA Riqueza. Sabendo ASSIM SUA B-kin da Missão de suprir o pobre necessitado. Conclua o Tópico afirmando Que Deus E o Senhor dos Pobres e dos Ricos.

 

Comentario

 

INTRODUÇÃO

 

Palavra Chave

Verdade:  Propriedade de ESTA CONFORME OS Fatos UO UMA Realidade.

 

Na Lição de Hoje Vamos Estudar B-kin da Qualidade relacional da Igreja nn Diversos níveis de Interação Entre PESSOAS geradas Pela Palavra. Veremos a Epistola de Tiago apontando Como distorções Sociais Opaco PODEM Existir los hum Ambiente eclesiástico UO de convivência Entre Irmãos. A Nossa Perspectiva E hum de possamos Opaco nn relacionar com O Outro Independente da SUA Condição Econômica e social. Ligados, sobretudo, Pelo Evangelho.

 

I. A Relação ENTRE OS Pobres E OS RICOS DA IGREJA (Tg 1,9-11)

 

1. Pobres de Os nd Igreja do Primeiro Século.  Fazer Ponto de vista social, Pobreza exclui o Ser Humano dos DIREITOS Básicos necessários hum SUA subsistencia. Localidade: Não E Difícil reconhecer Que a Igreja do Primeiro Século era constítuida Duas POR Aulas Sociais: Um dos Pobres ea dos Ricos, tendão evidentemente Mais Pobres los SUA Composição. UMa Vez Que NAO PODEMOS da Fazer acepção de PESSOAS (Rm 2,11; Cl 3.11), Os Pobres daquela Época, gerados Que FORAM Pela Palavra e inseridos Nenhum Corpo de Cristo - a Igreja - tinham Motivos de alegrar-se de: Não senhor , POIs Alem Fazer Novo Nascimento, ELES ERAM acolhidos Pela Igreja local (Gl 2.10).

. . 2 Os Ricos nd Igreja Antiga  POR-fold, Os Ricos São identificados nd biblia Como judeus proprietários de muitos Bens e Opaco negligenciavam Como Obrigações Opaco pesam SOBRE OS Opaco desfrutam de tal Condição (Lv 19,10; 23.22,35-55; Dt 15 , 1 18; E 1,15-17; Mq 6,9-16; 1Tm 6.9,17-19). Por Razão cuja, e atitudes pelas SUAS, ELES ERAM frequentemente repreendidos pelas Escrituras (Am ​​3,10; Pv 11.28; 1Tm 6,17-19; Lc 6,24; 18.24,25). Os Ricos e abastados Tem hum Tendência a desenvolverem a arrogância, a autossuficiência ea Postura de senhores Poderosos, Que Pensam Poder comprar UMA PESSOAS Como Preco QUALQUÉR. Como Escrituras São Claras em AFIRMAR Que o Reino de Deus Localidade: Não PODE Ser comprado POR DINHEIRO Sândalo. E Possível o Irmão rico Serviços Gerado Pela Palavra e tornar-se hum Filho de Deus? Sim, Claro (Lc 18,25-26). Porem, Elemento PODE encontrar Maior dificuldade de Pará desprender-se de SUAS Riquezas (Mt 19,23-26, cf. V.11). E imprescindível Opaco Os Mais abastados compreendam Opaco APOS entregarem-se a Cristo, obedecerão AO MESMO Evangelho Que OS Irmãos Pobres submetem-se. Aqui, Torna-se AINDA Mais clara a Verdade Bíblica: para Deus Localidade: Não HÁ acepção de PESSOAS (Rm 2,11; Cl 3.11).

3. Perante Deus, Pobres e Ricos São Iguais.  Uma Desen locais receber Igreja UMA Todos nenhuma Espírito do Evangelho, Isto É, Como Membros da Família de Deus, POIs atraves da Salvação los Cristo, independentemente da Condição Sociais Todos Tem hum Deus de Como Pai (Rm 8,14), ea Jesus Irmão Como (Lc 8,21). Coerdeiros De Somos, juntamente com Cristo, de UMA Herança eterna (1Pe 1.4), pertencentes hum Papai Família de Deus (Ef 2.19) e cidadaos de hum reino imutável (Hb 12.28). Na Família de Deus HÁ Lugar Paragrafo TODO SER HUMANO justificado Por Cristo. Portanto, o Irmão pobre EO Irmão rico Localidade: Não devem se envergonhar de SUAS CONDIÇÔES Sociais. Se o Evangelho alcançou SEUS Corações, o rico Sabera biblicamente o Que Fazer com a SUA Riqueza. E o pobre, de Igual forma, Como Vivera SUA Pobreza. O Importante E Que Cristo los Tudo SEJA exaltado!

 

 

SINOPSE DO topico (I)

 

Na Igreja do Primeiro Século, Pobres e Ricos ERAM acolhidos los de amor.

 

 

II. DEUS SÓ FAZ O BEM (Tg 1.16,17)

 

Localidade: Não erreis .. 1 (v.16)  Com ESSA advertencia o Meio-Irmão do Senhor Localidade: Não ESTA afirmando a doutrina da "Santidade plena" UO perfeccionista: a de Opaco O Homem, Uma Vez remido, Nao Mais pecará. Tal Palavra TEM Como Propósito conclamar o crente UMA Localidade: Não Dar Ouvidos a "Voz" da concupiscência carnal. Recapitulando hum dos MENSAGEM versículos 12 a 15, Que tratam Fazer Tema da Tentação, Os versículos 9 a 11 formam UMA Introdução ao Tema da Tentação, AO Passo o Opaco versiculo 16 E UMA advertencia Paragrafo OS crentes Localidade: Não se curvarem AOS desejos imorais e Infames Fazer Mundo, POIs DEUS É UMA Fonte de Tudo o Que e bom. Logo, PODEMOS NAO dar Crédito Aquilo Que è mau.

2 Todo dom e boa DÁDIVA VEM de Deus.  Um dom de Deus, Como UMA Sabedoria Que Torna UMA Pessoa espiritualmente madura (v.4), Nao PODE Ser Recebido Pelo crente atraves de esforço Humano. QUEM E o Distribui Deus. Este dom E Fruto da Graça do Pai Paragrafo NOS. Num ritmo Onde o ascetismo Religioso tende a Tirar o Foco da Glória de Deus e da SUA benignidade, tornando o SER HUMANO "Digno" do Céu, precisamos lembrar Que A Nossa Vida Espiritual Localidade: Não Depende de disciplinas Humanas Paragrafo receber dádivas de Deus. Depende de hum Relacionamento livre, espontâneo e sincero com o Pai das Luzes Mediante o Seu Filho, Jesus Cristo, e na Força do Espírito Santo.

3 Uma Origem de Tudo o Que e bom esta no Pai das Luzes.  Ao escrever Opaco "Toda boa DÁDIVA e TODO dom Perfeito Vem do Alto", Tiago declaração that apenas Como boas Virtudes Vem de Deus. Nao ha sombra de variação de: Não Pai das Luzes, IstoÉ, Nele Localidade: Não HÁ momentos de trevas e para nos link de Luzes. ASSIM h luz. Ele. Localidade: Não muda ee bom! Localidade: Não FAZ o mal AOS SEUS Filhos (Lc 11,11-13). Infelizmente, muitos TEM UMA VISAO Turva de Deus Como SE ELE Fosse hum carrasco Pronto UMA Castigar-Nós na Primeira OPORTUNIDADE. Localidade: Não devemos FALAR SOBRE o Pai Desta Maneira, lembremo-Nós do ensinamento joanino Que Fala SOBRE sermos defendidos e Advogados POR Jesus, o Filho de Deus (1Jo 2.1,2).

 

 

SINOPSE DO topico (II)

 

Tudo o Opaco e bom VEM de Deus, POIs Nele Localidade: Não HÁ Momento de BONDADE e maldade. Ele. è sempre bom!

 

 

III. Primicias de Deus ENTRE COMO Criaturas (Tg 1.18)

 

1. Algo Que somente Deus Faz.  Uma Regeneração E hum Milagre proveniente do Pai das Luzes, Segundo a SUA Vontade (v.17). FOI Ele. Que nn Gerou Pela Palavra da Verdade. Ser Gerado de novo E UMA AÇÃO realizada Exclusivamente Pelo Pai das Luzes atraves do Santo Espírito. Ele. Limpa O Homem dos SEUS Pecados (Is 1.18), Dando-LHE Perdão e implantando-LHE UM novo carater. Aqui, Acontece o Que o Nosso Senhor falou AOS SEUS Discípulos: "Se alguem me ama, guardará a Minha Palavra, e Meu Pai o amara, e viremos Paragrafo Elementos e faremos Nele morada" (Jo 14,23). O Pai e A Fonte de Nossa Vida Espiritual (Jo 1.12,13).

2 Uma Palavra da Verdade.  Dias Naqueles, Parte da Igreja estava dispersa, sofrendo muitas tribulações. Pará era SUPERA-las Preciso UMA inabalável Convicção de Que, apesar das Lutas, ELA Localidade: Não havia deixado de primícias Serviços de Como Fazer Senhor Empreendedorismo Como Criaturas. Por ESSE Motivo, Tiago enfatiza a Expressão "Palavra da Verdade". Fomos gerados e enxertados Pela Palavra Que salva a alma Nossa (v.21). ASSIM, a despeito de TODAS Como circunstancias difíceis da Vida, PODEMOS aplicar ESSA Verdade afirmando that Somos Filhos de Deus, primícias Como Empreendedorismo Como Fazer Criaturas Senhor.

3 O Propósito de Deus.  Uma Salvação e A Maior benção de Deus par a Humanidade. O Propósito divino Localidade: Não E primeiramente abençoar o crente com bênçãos materiais, o MAS FAZER DELE Primicias de SUAS Criaturas: OS salvos Pela Graça Mediante a Fé (Ef 2.8). No Antigo Testamento, primícias Como ERAM UMA Colheita Fazer Melhor Fruto (Lv 23.10,11 cf. Êx 23.19;. Dt 18,4). Fazer Ao referir-se primícias Como, Tiago dizia AOS Primeiros Irmãos, notadamente judeus, Opaco ELES FORAM escolhidos primícias Como Fazer Evangelho. Os Primeiros de muitos para nos link Que Deus havia começado UMA Colher. Alegre-se de: Não senhor! Voce. FAZ Parte Das primícias da SUA Geração. Escolhido POR DEUS É POR nomeado Ele. Paragrafo proclamar Como Fazer Virtudes Senhor Neste Mundo.

 

 

SINOPSE DO topico (III)

 

A Partir da Promessa da Salvação, Deus colhe primícias Como (SUAS Salvas OS) dentre Como Criaturas.

 

 

CONCLUSÃO

 

Inseridos no Processo de Aperfeiçoamento Espiritual, sofremos Os Mais Diversos TIPOS de provações, independentemente de Nossa POSIÇÃO Sociais, Econômica e cultural. Situações Taís aperfeiçoam-SOE e amadurecem-SOE Como PESSOAS. Quando ALGUEM E Gerado Pela Palavra da Verdade, Elemento E Chamado Pelo Pai a Viver o Evangelho los Fidelidade. PODEMOS NAO nn esquecer Fazer Nosso Maior Desafio: Fazer O distorcidos Evangelho Falar Num Mundo dominado POR Relacionamentos. Somos o Corpo de Cristo, a Igreja de Deus: a Coluna e firmeza da Verdade (1Tm 3,15).

 

Vocabulario

 

Ascetismo:  Doutrina de Pensamento UO de Fé Que consideração UMA ascese, Isto É, UMA disciplina EO autocontrole estritos do Corpo e do Espírito, um Caminho imprescindível los DIREÇÃO a Deus, A Verdade UO à Virtude. joanino: Referente AO Evangelho de João.
 

 

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

 

Pfeiffer, Charles F.; VOS, Howard . Dicionário Bíblico Wycliffe RJ:. CPAD de 2009 RICHARDS, Lawrence O. Comentário Histórico-Cultural do Novo Testamento. 1 ª Edição, RJ: CPAD, 2007.  
  

 

Exercicios

 

1.  Uma Igreja do era constítuida Aulas Duas POR Primeiro Século Sociais. Cais Cais cais Quais d'Orsay d'Orsay d'Orsay ERAM ELAS?

R.  Um dos Pobres ea dos Ricos, tendão evidentemente Mais Pobres los SUA Composição.

 

2.  QUEM ERAM OS RICOS NA identificados biblia?

R.  Os Ricos São identificados nd biblia Como judeus proprietários de muitos Bens e Opaco negligenciavam Como Obrigações Opaco pesam SOBRE OS Opaco desfrutam de tal Condição (Lv 19,10; 23.22,35-55; Dt 15,1-18; E 1, 15-17; Mq 6.9 -16; 1Tm 6.9,17-19).

 

3.  QUEM PODE DISTRIBUIR o dom da Sabedoria?

R.  Deus.

 

4.  Ser Gerado de novo E UMA Ação realizada Exclusivamente POR QUEM?

R.  Ser Gerado de novo E UMA AÇÃO realizada Exclusivamente Pelo Pai das Luzes atraves do Santo Espírito.

 

5.  Qual E a Maior benção de Deus par a Humanidade?

R.  Um Salvação.

 

Auxílio Bibliográfico I

 

Subsídio Histórico-Cultural

 

"Mas glorie-se o Irmão abatido na SUA exaltação, EO rico, EM Seu abatimento (1.9,10). Uma Primeira Palavra e  Hypsos , 'exaltação'. A PT Segunda  tapeinosis , 'humildade / humilhação'. O Perigo da Pobreza E Que UMA Pessoa PODE invejar Os Ricos e Sentir-se inferior, AO Passo Que o Perigo da Riqueza E Que UMA Pessoa PODE tornar-se orgulhosa e arrogante. Joe Cada Perigo E equilibrado Pela Perspectiva da Vida, Opaco E modelada Pela Fé. Ó Pobre Encontra CONFORTO e Identidade na Percepção de Opaco los Cristo Elementos FOI exaltado Ate a POSIÇÃO de hum Filho de Deus. Ó rico Recupera UMA humildade AO contemplar o Fato de Que UMA Riqueza Passageira de materiais e, e Opaco Paragrafo vir Ate O Senhor Elemento abandonou UMA dependencia de posses SUAS, aproximando-se de Deus Como hum Homem necessitado, PROCURANDO UMA Salvação Que ESTA enraizada na Graça "(RICHARDS, Lawrence O. Comentário Histórico-Cultural do Novo Testamento. 1 ª Edição, RJ: CPAD, 2007, p. 513).  

 

Auxílio Bibliográfico II

 

Subsídio Teológico

 

"O Nascimento atraves da Palavra (1,17-18).

Nesse Capítulo de Abertura, AO insistir Opaco "Toda boa DÁDIVA e TODO dom Perfeito Vem do Alto" (v.17), Tiago ESTA realçando Dois pontos cruciais de Seu Argumento.

Deixa Claro Que hum 'dom Perfeito', Como tal a Sabedoria, Paragrafo necessario tornar 'madura' UMA Pessoa ('madura' em 1.4 e 'Perfeita' em 1.17 São Traduções da MESMA Palavra grega,  teleios ), Nao PoDE Ser ATRAVES Recebido Fazer esforço Humano, POIs Este VEM somente de Deus.

AO AFIRMAR Que da 'Todos' ESSES TEM SUA Veste Origem los Deus, Tiago ESTA also declarando SUA Convicção de Que somente bons Veste Vem de Deus. Quando Diz Que Deus E o 'Pai das Luzes, EM QUEM Localidade :. Localidade: Não HÁ Mudanca, Nem sombra de variação ", ESTA UMA provavelmente Fazendo alusão UMA astronômicos fenómenos, OS Tais Como eclipses lunares solares UO, UO Como Fases da lua PODE- SE Confiar Que CADA dom de Deus Sera, Sera, Sera bom e Localidade: Não resultará em Qualquer Tentação UO provação (1,13 E COMENTÁRIOS).

A Vontade de Deus Difere da Localidade: Não Humana Só los SUA BONDADE Perfeita, O MAS TAMBEM EM efeitos SEUs. Enquanto a Vontade Humana, Pela SUA Inclinação AO mal, originaria de Nossa Natureza pecaminosa, lev hum Ações Que Irão AO JORNAL jornal Última morte resultar em, a Vontade de Deus Leva a Vida. Na Verdade, Tiago estabelece o contraste Deusas Diferentes Resultados POR Meio de Paralelos Entre OS Processos de Três Estágios Opaco se iniciam com a Vontade Divina ea Humana "(STRONSTAD, Roger; ARRINGTON, Francês L. (Eds). Comentário Bíblico Pentecostal Novo Testamento. 2 ª Edição, RJ: CPAD, 2004, p.1666).  

 

SUBSÍDIOS ENSINADOR Cristão

 

Gerados Pela Palavra da Verdade

 

Qual o Contexto los Sociais Que a Igreja localizada SUA ESTA local? Trata-se de UMA Cidade Nobre? UO de da periferia? QUEM OS SEUS São Alunos? Como si da Uma Relação EMPRE Sociais Alunos OS SEUS? O professor da Localidade: Não PODE Planejar ESSA Lição SEM Antes Fazer ESTAS perguntas e Responde-las com sinceridade.

Inicie a aula descrevendo Como como classes Sociais da Igreja do Primeiro Século. ISSO Pará, use o Comentário Bíblico Pentecostal Novo Testamento, POIs na Seção Bíblica de Tiago [Orgulhando-se da "Coroa da Vida" (1,9-12)], o teólogo Timothy B. Cargal Procura era responder como, UO Deveria Ser , um Relação dos crentes oriundos de distintos Contextos Sociais, IstoÉ, Entre Os Ricos e Pobres OS da Igreja. A Conclusão Que o teólogo CHEGA NESTA SEÇÃO Da Carta E Que da OS "Leitores estavam Muito conscientes de SUA POSIÇÃO, E NEM de Semper se aproveitavam das Oportunidades de Paragrafo demonstrar UMA Preocupação de Deus POR aqueles Que estavam Necessitados (2,14-17) . Ja se orgulhavam de SUA POSIÇÃO Elevada, TALVEZ POR considerarem 'Ricos', moralmente Superiores, MESMO quando se identificavam com hum Armadilhas das posições Elevadas e do Poder. ATE MESMO pensavam a Respeito de SUA Salvação utilizando a Imagem da SUA POSIÇÃO Sociais, Isto É E E, UMA Coroa da Vida "(p.1665).

Um desastre Opaco PODE ocorrer AO crente economicamente Bem sucedido E quando Elemento Interpretação Como Ocorrencias Cotidianas da Vida Como "acontecimentos espirituais". Ele. FAZ UMA Teologia Particulares SEM SE COM OS Para nós Ligação importar AO Redor. Por Exemplo, E Comum hum crente atribuir a Deus a Compra de materiais de hum Bem dizendo "Deus FOI QUEM DEU me!". Mas Elemento Localidade: Não PODE esquecer o Contexto Desta Aquisição. Ora, ESTAMOS num País economicamente equilibrado e Opaco, POR ISSO, LHE proporcionou UMA Linha de Crédito Paragrafo ESSE FIM. Se NÓS Localidade: Localidade: Não poderemos considerarmos OS Tais Realidades ENTRAR los questões Bem difíceis, OS Tais Como: Por Que Deus DEU UM Bem Paragrafo hum Irmão e Localidade: Não DEU AO Outro? Ambos nao Salvas São? E Preciso explicar o mal Que UMA individualista Teologia, Como UMA da PROSPERIDADE, PODE causar hum UMA Igreja local. PODEMOS NAO Ignorar o ensino da Palavra: a de Opaco o rico Desen suprir o necessitado, e este, Desen se alegrar POR SE Acar O filho escolhido POR Deus.

 

Auxilios Complementares

 

Elaboração:  Escriba Digital

 

Palavra Chave

Verdade:  Propriedade Fazer Opaco E real; Que se Conformação com a Realidade. Genuíno. Nesta Epistola a Palavra de Deus è identificada Como a Verdade.

 

INTRODUÇÃO

 

O ensino de Tiago SOBRE ESSE ASSUNTO E aplicado Paragrafo UMA Comunidade Opaco ESTA POR Passando Problemas Econômicos serios. A classe A Ha DIVERSAS DE Pobres na Comunidade de Tiago: aqueles Que o Estação da Desamparados e negligenciados SEM Propriá Culpa - viúvas e órfãos; aqueles vitimados economicamente - Trabalhadores Cujo ESTADO deplorável ocorria EM Virtude Da Ganância e indiferença DOS empregadores; aqueles e AINDA that estavam Reduzidos a Necessidades medonhas de Pobreza e miseria, TALVEZ POR Localidade: Não Terem DIREITOS Legais.

A Riqueza ea Pobreza, independentemente de SUAS Origens, São Fatos Comuns UMA Realidade da existencia Humana. Que era Evidentemente Nunca Propósito de Deus Que uns poucos tivessem Consigo tanta fortuna, enquanto uma maioria das Opaco PESSOAS vive UMA Vida Que abeira UMA Extrema Miséria. Entao, de a Acordo com o ensino de Tiago, Serviços quali desenvolvi UMA Relação Entre Pobres e Ricos? Tentaremos de RESPOSTA ESTA Questão analisando-a SEM Contexto da Igreja.

 

I. A Relação ENTRE OS Pobres E OS RICOS DA IGREJA (Tg 1,9-11)

 

1. Pobres de Os nd Igreja do Século Primeiro.  Tiago sabiá Que muitos Irmãos estavam Vivendo los profunda Pobreza e ocupavam OS Cargas de Menor Remuneração na Sociedade. Essas PESSOAS precisavam de Palavras de encorajamento, POIs Como CONDIÇÔES Econômicas ERAM opressivas e difíceis de trocadilho. No entanto Elemento Afirma Que Irmão Cristão (v.9) PODE regozijar-se MESMO debaixo da opressão da Pobreza. Ele. nao tem Prazer NAS SUAS privações, mas possui UMA Fonte da Verdadeira alegria Que Eleva o Seu Espírito Acima das limitações materiais. A exaltação E o Que a Comunhão com Cristo FAZ Pelo Sentimento de Dignidade de UMA Pessoa Diante de Deus. Quando UM SABE Homem Que Pertence a Cristo e Aprendeu UMA Valorizar OS Valores espirituais da Vida, Nao Precisa de muitas Vantagens materiais Paragrafo hum Ser Homem Satisfeito e alegre (Cf. Fp 4,10-13).

A adversidade externa Pobreza E UMA. Mas o Cristão pobre Desen se regozijar los Seu novo Estado los Jesus Cristo. Este Relacionamento DEU-LHE Verdadeira Riqueza. Ele. E hum Herdeiro de Deus e co-hum Herdeiro com Jesus Cristo! Desta forma TODO Cristão pobre E estimulado Localidade: Não apenas hum sabre de SUA POSIÇÃO Elevada Mas, tambem a orgulhar-se Dela. E Com. Orgulho Opaco aponta Paragrafo Seu Pai celeste e Seu Irmão, Jesus Cristo.

2 Os Ricos na Igreja Antiga.  Tiago Localidade: Não ESTA preocupado com Como Riquezas, mas com UMA Pessoa Que Quanto possui. Concluo, portanto, Opaco O Homem rico UO Localidade: Não vivia los Comunhão com Deus UO Localidade: Não E hum Cristão. Como PODE UMA Pessoa rica "orgulhar-se de SUA POSIÇÃO inferior"? O pobre orgulha-se de SUAS Riquezas espirituais, mas o Homem rico Opaco Localidade: Não vive los Comunhão com o Senhor UO Opaco rejeita DEUS É "abatimento" Cego espiritualmente e incapaz de ver Seu. Ele. se gloria de materiais SUA Riqueza, mas a Riqueza terrena "passará Como a flor da erva". Os Serviços de Bens Terrenos PODEM comparados Como Marés: ELES VEM e Vao.

Em UMA Única frase o autor descreve Como CONDIÇÔES Climáticas de Israel. Um dos principais Causa da seca E o CALOR ardente do sol Que se Levanta, especialmente when acompanhado do Vento causticante do Deserto. ESSA combinação FAZ Como Plantas murcharem rápidamente e SUA flor e Beleza desaparecem los Questão de Horas. Quando o Vento Chamado siroco sopra dia e Noite vindo do Leste, o Aspecto da Paisagem Transforma-se drasticamente.

"Assim se murchará o rico also los SEUS Caminhos". Certamente posses terrenas Como Homem que PODEM desaparecer num ritmo incrivelmente Curto, mas o Texto Localidade: Não Diz Que Como Riquezas desaparecerão. Afirma Que o "rico murchará". Em forma poética, ESTA E UMA DESCRIÇÃO DO SER HUMANO encontrada nenhuma Salmo 103.

A grande Verdade Que Tiago Procura mostrar E Que a Vida Fazer rico Chega Ao Fim enquanto Elemento se Ocupa los Ganhar Dinheiro. SUAS Riquezas Localidade: Não São capazes de prolongar SUA Vida, POIs Elemento contraditório posses Deixando Paragrafo Trás Como SUAS.

3. Perante Deus, Pobres e Ricos São Iguais.  Teria o Sábio Realmente Vantagem SOBRE o tolo, OU ISSO Seria apenas hum Conceito humana? Seria o pobre qualificado Paragrafo ter hum Espaço na Sociedade, UO somente Os Ricos estariam qualificados? Nos SEUS questionamentos irônicos, Salomão, com TODO Seu Conhecimento, parece deixar a Claro Que a superioridade do Conhecimento e de UMA boa Qualificação Sociais Localidade: Não nn FAZ Superiores a ninguem.

O Mundo ea Igreja o Estação cheios de PESSOAS Opaco, Por Terem UMA Condição Financeira OU UMA POSIÇÃO Melhor Sociais, se Acham Superiores Como Otras, e Elas Vivem a Vida julgando-se Mais Especiais. Deus Localidade: Não FAZ Diferença, Nao discriminação, NEM SEUS Filhos privilegia isoladamente. Ele Pará. Todos São Iguais, Todos TEM MESMO o de amor, Todos São SEUS Filhos e merecem UMA MESMA luz, a Proteção MESMA. Localidade: Não Importa a Raça, o sexo, o o Faça nenhuma no Nível cultural, se rico, pobre UO, se novo UO Velho; Todos São Iguais Paragrafo OS SEUS Olhos: "Nisto Localidade: Não HÁ NEM Judeu Grego; Localidade: Não HÁ NEM servo Livre; Localidade: Não HÁ NEM Macho Fêmea; Todos oo o Porque Vos sois hum los Cristo Jesus" (Gl 3,28) .

Dessa Falar Igualdade significa reconhecer Que Deus FOI TAO Justo na SUA Criação Opaco CRIOU O Homem Sua Imagem e Semelhança, nsa Dando hum Igualdade Como UMA Condição Primeira Fazer Homem Como SUA Criatura. Se Somos Todos Iguais EAO Olhos de Deus, Por Que O Homem do SE FAZ Diferente, criando indiferenças com o Irmão? Sejamos sim, Todos Iguais. Façamos Dessa Semelhança com o Criador A Nossa Perfeição Paragrafo UMA convivência fraterna com o Nosso Irmão, Nosso Semelhante. Reconheçamos ESSA Igualdade EAO Olhos de Deus e nn tornemos hum Ser Perfeito, ASSIM Como Perfeita FOI SUA Criação.

Deus nn CRIOU UM Sua Imagem e Semelhança (Gn 1,26), mas o Pecado VEM ESSA desqualificando Igualdade Que Deus colocou nn Seres Humanos. From that o Pecado Entrou No Mundo, Como Comparações e discriminações se tornaram Algoritmo evidenciados na Vida dos Seres Humanos. Na Luta Pela incontida SOBREVIVÊNCIA, NOS Queremos saber QUEM É O Melhor EO Maior.

 

II. DEUS SÓ FAZ O BEM (Tg 1.16,17)

 

1 Localidade: Não erreis (v.16).  Localidade: Não Tirem CONCLUSÕES Falsas POR UMA Meio de Lógica aparente (UO Consciente Inconsciente). O SER HUMANO Que Tenta se AFIRMAR contra Deus empenha de MULTIPLAS Maneiras SUA capacidade Paragrafo mentais Justificar ESSA atitude errada. VER UMA SITUAÇÃO corretamente constitui o Primeiro Passo Para Que possamos obter Auxílio.

Localidade: Não vagueiam Tanto Localidade: Não Seu Pensamento hum Ponto de Acreditar Que QUALQUÉR provação UO Tentação, com hum Propósito mal, VEM de Deus. Ele. Os crentes TEM Medo de Quê cessos possam CAIR Localidade: Não Erro da Dúvida Quanto à BONDADE de Deus, o Que poderia servi hum fatal fe. ISSO E UM Argumento com base de de de na ideia Oposta; POIs ASSIM Como Deus E o autor de TODO O Bem, ASSIM E also Absurda UMA suposição Opaco Elemento E o autor o Faça mal. Um He. Pertence Fazer o Bem; e de a Acordo com hum Suá Natureza, e da Parte dEle, TODAS Como Encontra los em Coisas boas chegam ATÉ NOS. Portanto, QUALQUÉR maldade Que Exista Localidade: Não Concorda com a Suá Natureza.

AINDA HOJE alguns cristãos Opaco São provados e testados perdem UMA Perspectiva Correta e questionam a Providência divina. Se Deus Todo-Poderoso E, Por Que Ele. Localidade: Não evita Como Tragédias e Calamidades? O Homem PODE multiplicar Como acusações verbais e Não-verbais contra Deus, mas Localidade: Não Desen faze-lo.

2 Todo dom e boa DÁDIVA VEM de Deus.  DEUS É UMA personificação da BONDADE, a Fonte de Tudo o Que E BOM, POIS UMA BONDADE se origina dEle. Deus Dá POR Meio da Criação do Céu e da terra; Deus Dá when Envia Seu Filho; Deus Dá AO derramar Seu Espírito. Como dádivas Que Deus a Colocasia à Disposição de Seu Povo São boas e Perfeitas - CADA UMA DELAS. Elas incluem dádivas espirituais e materiais.

TODAS Encontra los em Coisas Como São nn Dadas pelas Mãos de Deus, POIs recebemos dEle Tanto a PROSPERIDADE Quanto a adversidade. Deus Dá AO Seu Povo provações e testículos Opaco, POR vezes, tomam UMA forma de Calamidades. ASSIM Diz o profeta Amós Paragrafo O Povo de Israel: "Sucederá Sândalo mal à Cidade SEM Que o Senhor o tenha Feito" (3,6 - ARA ). 

Deus ESTA Completamente Sem Controle de CADA situacao e SABE o Que E Melhor Paragrafo SEUS Filhos. "Se, vos, POIs, Sendo maus, sabeis dar boas Encontra los em Coisas EAO Vossos Filhos, Quanto Mais Vosso Pai, Que estabele nsa CEUs, Dara Bens AOS Opaco pedirem lhos?" (Mt 7.11; comparar com Lc 11.13).

3 Uma Origem de Tudo o Que É BOM ESTA Nenhum Pai das Luzes.  Olhê AO Redor e equacionaríamos a BONDADE de Deus (1.17). Quando satanas tentou Eva Localidade: Não Jardim do Deserto de: Não Éden e Jesus, Elemento questionou o amor de Deus. A BONDADE de Deus E o grande escudo contra a Tentação do Diabo. Quando sabemos Que DEUS É BOM, precisamos NAS NAO CAIR Armadilhas parágrafos Fazer Diabo Nossas suprir Necessidades. E Melhor Estar Faminto Dentro da Vontade de Deus Fazer Opaco Estar farto e Cheio fóruns da Vontade de Deus (Dt 6,10-15). Jesus was categórico com satanas: "... Nem Só de Pão Vivera O Homem, mas de Toda a Palavra Que sai da boca de Deus" (Mt 4.4). Uma Coisa E Ser tentado, outra Coisa E ceder à Tentação. Localidade: Não E Pecado tentado ser, mas sim ceder à Tentação. Lutero costumava DiZer: "Voce Localidade:. Localidade: Não PODE impedir Que hum Pássaro Voe Sobre a SUA Cabeça, mas VOCE PODE impedir Opaco Elemento FACA SUA ninho los Cabeça".

Tiago apresenta Três Fatos Sobre a BONDADE de Deus: Deus Dá somente boas dádivas. Tudo o Que Deus da e bom, COMEU Como Provas. O espinho na carne de Paulo FOI UM dom Estranho, mas FOI UMA grande benção de Pará de He (2Co 12,1-10). Deus constantemente DA. O verbo "Descendo" E hum Presente Particípio, Cujo significado E: continua Semper Descendo. Dons SEUs Deus Localidade: Não Da apenas ocasionalmente, mas constantemente. Deus muda nao. Deus Localidade: Não PODE Mude Para O Pior o o Porque Ele. E santo. Ele. Localidade: Não PODE Mudar oo parágrafo Melhor o Porque Ele. E Perfeito. O Primeiro escudo contra a Tentação E o Julgamento de Deus. O Segundo E a BONDADE de Deus.

Tudo o Que Deus nn da e bom. Toda Boa Dádiva PROCEDE Das Mãos SUAS. Ele, muitas vezes, pedimos nsa Da Nao O QUE DA, precisamos Mas O QUE DA. Seríamos destruídos SE DEUS deferisse TODAS Nossas Orações. Muitas vezes Pedra pedimos uma, Pensando Que ESTAMOS pedindo hum pão; pedimos UMA serpente, Pensando Que ESTAMOS pedindo hum peixe. Deus, entao, e Tao Fazer Bondoso, Que nao nsa Da O Que da pedimos, necessitamos Mas O QUE DA.

 

III. Primicias de Deus ENTRE COMO Criaturas (Tg 1.18)

 

1. Algo Que somente Deus Faz.  Tiago Afirma Que "ele nn Gerou". A Regeneração Expressa UMA EXPERIÊNCIA DO Recebimento da Nova Vida, da Vida eterna. Acontece quando ISSO O Homem se Encontra com Deus na Busca da Salvação. Por ISSO FAZ ISSO Então ele ..

O novo nascimento significa UMA Entrada do Homem HÁ Reino de Deus (Jo 3.3). Ninguem PODE Ser Contado Como Cidadão Antes de Nascer. Fazer MESMO modo, ninguem pertencer PODE AO Reino de Deus Antes de Nascer de novo. A Biblia Diz: "Ó Senhor, AO FAZER DESCRIÇÃO dos Povos, Dira: Este E nascido ali" (Sl 87,6). São OS Nascidos de novo Que São Inscritos Nenhum Livro da Vida (Lc 10.20).

ESSA nova Natureza E Cristo los nos (cf. Cl 3,4). QUALQUÉR Que E de novo Gerado, E Gerado de "Uma Herança incorruptível" (1Pe 1.23), "Uma SUA Semente [de Deus] permanece Nele" (1Jo 3,9). O crente nasceu de novo Pela Semente divina e, POR ISSO, E Participante da Natureza divina (cf. 2Pe 1.4), e also Participação da Santidade de Deus (Hb 12.10). Cumpre-se o Milagre Opaco Ezequiel predisse: "E vos Darei hum Coração novo e porei Dentro de Vos hum Espírito novo; e tirarei o Coração de Pedra da Vossa carne e vos Darei hum Coração de carne E porei Dentro de Vos O Meu Espírito. e farei Opaco andeis nn MEUS estatutos, guardeis e Juízos Os Meus, e observeis OS "(Ez 36.26,27). Quando UMA vara enxertada E na Árvore, ELA SE Torna Participante, Nao So da Raiz e da seiva (Rm 11.17), MAS also da Natureza da Árvore, o Opaco se na verificação Qualidade Fazer Fruto Opaco ESSA vara ágora Produz (Jo 15,1 -5). ASSIM also Acontece com aqueles los Cujas VIDAS, Pelo novo nascimento, operou UMA divina Influência. ESSA Influência OS impulsiona andar nn Caminhos do Senhor: "Ou dizeis Opaco A Árvore E boa EO Seu Fruto, bom, UO dizeis Opaco A Árvore E Má EO Seu Fruto, mau" (Mt 12,33-35). Que Milagre! Que Maravilha E o novo nascimento! Por Meio Dessa Operação da Graça divina, Deus restaura a nenhuma moral Imagem da SUA Semelhança Homem, POIs Paragrafo ISSO CRIOU o (Gn 1.26,27).

Ele, OS Antes, estava escravizado Pela Própria carne. Agora, Pelo novo nascimento, tornou-se hum Filho de Deus (Jo 1.12), um Ser Livre, um súdito Fazer Reino de Deus (Jo 3.5; Ef 2.19). Tudo Aconteceu oo o Porque o Espírito Santo habita Nele ágora (1Co 3.16; 6.19; Rm 8.9), e exerce Domínio SOBRE Elementos de Modo Totais, o Opaco DEU Origem à Transformação da Personalidade SUA. O Homem POIs recebe, Pela Regeneração, Tanto UMA DIREÇÃO Nova SOBRE SUA Vida, Como Poder de Deus Paragrafo Seguir ESSA DIREÇÃO. O Homem regenerado Sente Opaco, ágora:

   • Seu Pensamento Mudou; Elemento PENSA diferentemente, de Conformidade com a Vontade de Deus (Cl 3.10; Fp 4.7).

   • Seu Entendimento se abriu Pará Como Coisas de Deus, POIs Antes Localidade: Não entendia Como (1Co 2.15; 2Co 4.6) e Deus o Paragrafo renova o Conhecimento (Cl 3.10).

   • O Registo Seu Sentimento o gozo Pela Presença de Deus (cf. Sl 16,11); Elemento ágora ama a Deus (1Jo 4.19) e EAO Irmãos (1Jo 3,14).

   • A Vontade SUA, Opaco Antes era escravizada Pela carne (Ef 2.2,3; E 53,6), Conformação se com a Vontade de Deus (Mt 6.10; 1Pe 1,22; 4,2; AS 13.22).

   • A Consciência SUA, Purificada ágora (Hb 9.14), Torna-se sensivel à DIREÇÃO de Deus (Rm 2.15).

   • Localidade: Não ESTA Mais debaixo da carne, mas do Espírito (Rm 8.9). A carne SUA, a Velha Natureza SUA, Nao FOI aniquilada, POIs Elemento possui hum AINDA, porem ELA ESTA dominada Pela nova Natureza e FOI entregue à morte (Gl 5.16,17; Rm 8.12,13), Uma cruz (Gl 2.20).

"O TODO o o Porque o Opaco E nascido de Deus vence o Mundo, e ESTA E UMA Vitória Que vence o mundo:.? Uma Nossa Fé QUEM E Que vence o Mundo, SENAO AQUELE Que Crê Que Jesus E o Filho de Deus" ( 1Jo 5.4,5). O Que nasceu de novo vive e se mover los Jesus (At 17.28). Disse Jesus: "Estai Enguias Mim, e Eu, EM VOS" (Jo 15,4). Por Jesus Estar los NOS, "O Homem Velho", a Nossa Natureza caída Que OS Antes atendia Como Tentações do Mundo (Ef 2.2,3) ágora ESTA crucificada (Rm 6,8) e despida (Ef 4,22), com o Opaco ficamos livres da lei da morte (Rm 8.2). Cristo ESTA NOS los, EA Nossa Força (Fp 4.13). Por ISSO, AQUELE Opaco E nascido de Deus vence o Mundo. ESSA Transformação interna Opaco UMA Regeneração n º s oferece Por Cristo Viver los NOS, UMA also Opera Transformação exterior radical na Nossa Vida - Localidade: Não Mais nn conformamos com o Mundo (Rm 12.2). A Biblia Diz: "Que QUALQUÉR E nascido de Deus Localidade: Não comete Pecado" (1Jo 3,9). Pecado significa ISSO NAO PODEMOS MAIS Que los da Viver, Isto É, continuamente pecando. Se surgir Sândalo Problema, se chegarmos a pecar, Nossa nova Natureza imediatamente nn impulsiona a buscar Perdão, Restauração, Renovação da Íntima Comunhão com Deus, Que, Pelo Pecado, Ficara interrompida (1Jo 2.1,2). ASSIM poderemos continuar '' 'vencendo o Mundo.

2 Uma Palavra da Verdade.  O Conceito da "Verdade" VEM DESAFIANDO a Humanidade POR milhares de Anos. Filosofos da Antiga Grécia debatiam a Natureza da Verdade. ELES discutiam se era ELA Verdadeira e absoluta, relativa e ilusória UO. SUAS Dúvidas PODEM ter Sido refletidas n'uma Questão de Pilatos: "Que EA Verdade" (Jo 18,38).

Os Humanos PODEM andar los Dúvida e Incerteza, MAS inequívoco Jesus E. Fala SOBRE Ele. A Verdade Como Algoritmo Exato e Objetivo. Em outra Parte Elemento nn Fala Que a Verdade ea Palavra de Deus Revelada. Quando Elemento falou com Seu Pai (Jo 17,17), Elemento Disse: "Tua Palavra e A Verdade". Quando Jesus falou Sobre a Verdade, Elemento Localidade: Não estava Falando SOBRE UMA vaga Abstração Resultante de hum intenso Pensamento Humano, Meditação, um debate Logica UO de um. Localidade: Não definiu Ele. A Verdade TERMOS EM subjetivos Como UMA Coisa QUALQUÉR Opaco Como PESSOAS escolheriam Acreditar. Jesus definiu a Verdade Como hum Fato Revelado e eterno! A Palavra de Deus E Verdadeira independentemente do Fato de eu concordar com ISSO, de eu Aceitar e obedecer, OU Rejeitar e contestar.

Para nós Ligação Opaco escreveram o Novo Testamento fizeram afirmações Similares Sobre a Palavra de Deus, Achada NAS Escrituras. Em 2 Timóteo 3.16-17, Paulo Disse: "Toda Escritura Inspirada E POR DEUS É Útil Paragrafo o ensino, repreensão par UMA, Paragrafo UMA Correção, Paragrafo a Educação na Justiça, um Fim de Opaco O Homem de Deus SEJA Perfeito e perfeitamente habilitado Paragrafo Toda boa Obra "(ARA ). Paulo also Disse Que Seu ensinamento Localidade: Não tinha Palavras de Sabedoria Humana, e sim Palavras Reveladas Pelo Espírito Santo (Veja 1 Corintios 2,9-13).

Deus revelou a Verdade Como Certa e absoluta. Deus Localidade: Não N º S DEU meramente ideias subjetivas Paragrafo Serém moldadas de Modo de si ajustarem situações Como Nossas. Ele. Localidade: Não Aprova distorções UO modificações das Escrituras Paragrafo Opaco se ajustem AOS NOSSOS Caprichos. Deus certamente nao nsa deixou Num mar de Dúvidas ONDE PODEMOS Nada sabre com Certeza.

Devemos escolher Como respondedor hum ESTA Revelação de Deus. PODEMOS NOS obedecê-la UO rejeitá-la. TEMOS UMA Liberdade de Aceitar Tudo o Que Deus Disse, UO somente Como contraditório Opaco nn interessam. Mas when decidirmos Como responder a ELA, devemos lembrar de que Nada o Opaco fizermos IRA SE SE Mudar a veracidade de SUAS Palavras. Aproximado de Três Mil Anos Atrás o Escritor de Salmos Disse: "A Palavra Tua, Senhor, Paragrafo Semper ESTA firmada nn CEUs." (Sl 119,89 - NVI ). 

3 O Propósito de Deus.  Deus intencionalmente Gerou Novas Criaturas com o Propósito Definido de Fazer delas Como primícias de SUAS Criaturas. "Primicias" e Termo judaico, Que Seria MUITO BEM entendido Pelos Gancho Gancho Leitores judeus cristãos. Era Representa Aquilo Que Separado Paragrafo Deus, Antes Que o Restante fossa USADO Paragrafo QUALQUÉR Coisa, Como A Melhor Parte de UMA Colheita UO As Melhores Ovelhas de hum Rebanho. ERAM OS "Primeiros Frutos" ( NVI ). No Novo Testamento o Termo E USADO Paragrafo se referir AOS cristãos, primícias Que TEM Como fazer Espírito (Rm 8,23), EAO judeus, that ERAM Como primícias da massa (Igreja) (Rm 11.6), um cristãos UM indivíduos Opaco FORAM OS Primeiros hum se conversor los UMA Região (Rm 16,5; 1Co 16.15), um Cristo, Como UMA Primeira Parte da Ressurreição dos Mortos (1Co 15.20,23). Tiago provavelmente EUA UMA EXPRESSÃO parágrafos SE AO FATO de referir Que da OS regenerados São O Ápice da Criação de Deus, AQUELA PARTE Das SUAS Criaturas Que Deus DA intentou Tomar Para Si, Paragrafo qué da si tornassem santos Paragrafo o senhor, ASSIM Como OS Primeiros Frutos consagrados ERAM a Ele. E Nesse SENTIDO Opaco o Termo ocorre los Apocalipse 14.4: "Estes São OS Que dentre OS Homens FORAM comprados Como primícias Paragrafo Deus e do Pará o Cordeiro".

Deus deseja UMA Geração Que SEJA Exclusiva Para Si, separada Para Si, si Consagrada para. E ESSE anseio do Coração de Deus se Revelação los Toda Biblia. Escolhidos E hum Cuidado DA PARTE DE DEUS COM OS SEUS. Sem UMA Santidade, Ninguem Verá o Senhor, Isto É, Nao entrará Nenhum Reino de Deus. A Santidade Localidade: Não PODE Serviços protelada Paragrafo se buscar nn momentos de agonia, de Sofrimento na Vida. QUEM Localidade: Não se preparar e figado Vida na Terra de Santa, Nao tera Santidade na Eternidade. A requerida Santidade E na Vida Presente. Todo AQUELE Que Crê los hum Deus Santo Desen buscar Ser santo. Ser santo Localidade: Não E Sugestão, mas Imperativo Paragrafo TODO AQUELE Que se tornou Filho de Deus.

 

CONCLUSÃO

 

Como Igreja de Jesus Cristo, o Senhor fez nn e nn comprou a Todos. Localidade: Não HÁ Diferenças los Cristo Jesus. TEMOS UM MESMA Salvação, Uma Esperança MESMA, mesmas Como dificuldades ea MESMA Expectativa Futura. Desenvolvi Haver de amor Mútuo, Respeito e Alegria los CADA UM OS e parágrafos COM To Us Link. QUALQUÉR outra atitude, Como inveja, Lutas UO ressentimento, E Fazer inferno. Que da Uma Igreja de Jesus Cristo atraves POSSA ProsperAr do Amor, e SEM QUALQUÉR acepção de PESSOAS.

Amados, Nao IMPORTA o Quao pobre UO rico voce E NAS Encontra los em Coisas dEste Mundo, o Senhor o escolheu los abençoado Filho Paragrafo A Vida e eternas Como Riquezas Seu. Ele. escreveu o Seu Nome Nenhum Livro da Vida, e Ele o predestinou de hum Paragrafo Glória ea Riqueza eterna. Deveríamos Serviços capazes de cantar OS SEUS louvores Paragrafo semper, POIs O Nosso Céu Localidade: Não exceder Como Futuro los Muito Como Riquezas Vazias Neste Mundo Perverso. Portanto, O Nosso Cântico Desen Serviços de Semper: Santidade AO Senhor!

 

 

 

                           3º TRIMESTRE DE 2014

 

Título:  Fé e Obras - Ensinos de Tiago Paragrafo UMA Vida Cristã Autêntica  Comentarista:  Eliezer de Lira e Silva 

 

Lição 5:  O Cuidado AO ea Falar Religião pura

 

                          Dados:  03 de Agosto de 2014

 

TEXTO Áureo

 

[...] Mas TODO O Homem SEJA pronto para Ouvir, Tardio Para Falar, Tardio Para se irar "  (Tg 1.19) .

 

VERDADE PRÁTICA

 

As Nossas Palavras PODEM, OU NAO, evidenciar a Sabedoria de Deus.

 

Hinos SUGERIDOS

 

101, 185, 376.

 

Leitura Diaria

 

Segunda - Êx 19,5

Ouçamos a Voz do Senhor

 

 

Terça - Ec 3.7

Tempo de Falar e de calar

 

 

Quarta - Ef 4.26,29

A ira E UMA porta de par o Pecado

 

 

Quinta - 1Pe 1,23-25

Gerados los de amor Pelo Poder da Palavra

 

 

Sexta - Sl 68.5

E Deus Pai dos órfãos e juiz das viúvas

 

 

Sábado - Ef 1.3-6

Santos e irrepreensíveis los de amor

 

Leitura Bíblica EM CLASSE

 

Tiago 1,19-27.

 

19 -  Sabeis ISTO, MEUS AMADOS Irmãos; mas TODO O Homem SEJA pronto Ouvir para, Tardio Para Falar, Tardio Para se irar.

20 -  o o Porque a ira do Homem Localidade: Não opera a Justiça de Deus.

21 -  Pelo Que, rejeitando Toda a imundícia e acúmulo de malícia, recebei com Mansidão a Palavra enxertada los Vos, um quali PODE SALVAR uma alma Vossa.

22 -  E sede cumpridores da Palavra, e de: Não somente ouvintes, enganando-vos com Falsos Discursos.

23 -  o o Porque, se alguem E Ouvinte da Palavra, e de: Não cumpridor, E Semelhante AO varão Que Contempla AO Espelho o Seu Rosto natural;

24 -  o o Porque se Contempla a si MESMO, E FOI-SE, e logotipo se esqueceu de epoca Como.

25 -  AQUELE, porem, que atenta Bem Pará UMA lei Perfeita da Liberdade e persevera Nisso, Nao Sendo Ouvinte esquecido, mas fazedor da Obra, Este tal Sera, Será, será Bem-aventurado de: Não Feito Seu.

26 -  Se alguem Entre Vos Cuida Ser Religioso, e de: Não refreia a SUA Lingua, pingos Engana o Seu Coração, um desse Religião e VÃ.

27 -  A religião pura e imaculada par com Deus, o Pai, E ESTA: Visitar órfãos e viúvas OS Como NAS SUAS tribulações, e guardar-se da Corrupção do Mundo.

 

Interação

 

Ouvir Localidade: Não E UMA Fácil atitude. Demanda tempo, Paciência, perseverança e Concentração. O ato de ouvir e UMA Obra doadora. QUEM Ouve UMA Pessoa, doa o Seu ritmo ea SUA Atenção. A Princípio, QUEM PODE Ouve aparentar UMA Passiva atitude, MAS NA Verdade ESTA Pessoa Realiza UMA ATIVIDADE Intensa de Pensar e de raciocinar. E Tratando-se da Palavra de Deus, UMA ATIVIDADE Intensa de Alimentar a Própria Alma. Entao, quando o crente abrir a boca SUA Paragrafo Falar, Falara de Maneira Sábia e Poderosa. Portanto, Como Escrituras Nos aconselham a Ouvir Falar Mais ea Menos; articularmos Paragrafo quando As Palavras, o fazermos com Autoridade e coerência.

 

OBJETIVOS

 

APOS ESTA aula, o Aluno Devera Estar apto a:

  • Aprender  SOBRE Estar "Para pronto Ouvir" e "Tardio Para Falar".
  • Compreender  a importancia de Ser praticante, e Localidade: Não Só Ouvinte.
  • Saber  Qual E a religião pura e Verdadeira.

 

Orientação Pedagógica

 

Prezado professor, Paragrafo concluir a Lição Desta Semana, reproduza a seguinte pergunta na lousa: "O Que É religião". Peca AOS Alunos Paragrafo responderem à pergunta. Ouca-os com Atenção. Em SEGUIDA, de um a Acordo com o Auxílio da Palavra-chave, DeFina Paragrafo uma classe o Termo "religião". Logo DEPOIS, leia com OS Alunos Tiago 1.27 e explique o valor da Verdadeira religião de um a Acordo com o ensinamento de Tiago, o meio-Irmão do Senhor. Conclua A Lição afirmando que a Verdadeira religião los Deus Localidade: Não Consiste los ritual e Regra Humana, MAS los Vida de amor a Deus e AO Nosso Próximo. Boa aula!

 

Comentario

 

INTRODUÇÃO

 

Palavra Chave

Religião:  Geralmente caracteriza-se Pela Crença na existencia de hum Poder OU Princípio superior, sobrenatural, Fazer qua Depende o Destino Fazer SER HUMANO AO qua e se Desen Respeito e obediência.

 

De Na Lição Dessa Semana de Vamos Estudar UMA Maneira adequada de o crente USAR UM Instrumento Maravilhoso, Mas AO MESMO tempo, potencialmente Perigoso: a Fala. Este ASSUNTO ESTA Interligado à Temática da Verdadeira religião que AGRADA a Deus. O Fenômeno DA FALA E UMA das Fontes de Expressão do Pensamento Humano, Como também E Responsável Pelo Processo de Comunicação e de Formação da Identidade Sociedade de UMA cultural. Como PESSOAS querem Falar ÀS Otras Aquilo Que pensam. O crente, Todavía, Tem o Compromisso de Nao apenas Falar O Que PENSA, mas Agir Como propõe o Evangelho.

 

I. PRONTO PARA OUVIR E TARDIO PARA FALAR (Tg 1.19,20)

 

1 Pronto para Ouvir.  alguns crentes Pará, Uma Pessoa Sábia E UM que Semper TEM Algo a Falar. Ouvir E hum Empreendimento trabalhoso e, ISSO POR, muitos ignorado Por. Diferentemente, Como Escrituras admoestam-SOE hum Ser Prontos para Ouvir. No versiculo 19, Tiago introduz o Seu ensino SOBRE o "Ouvir" EO "Falar" destacando a Expressão Sabei Isto É . Com ESSA Expressão, ELE demonstra UMA SUA Preocupação COM OS SEUS Leitores pastorais. Outro None Termo versiculo 19 Chama-SOE UMA Atenção: pronto . No Grego, a Palavra significa "Rápido", "ligeiro" e "veloz". Ali, o Escritor sacro incentiva-SOE UMA Estar disponível UMA Ouvir. E UMA atitude que Depende de UMA disposição e também da decisão los Ouvir O Outro. A Exemplo do profeta Samuel, que a partir de um SUA infância FOI ensinado a Ouvir a Voz divina (1Sm 3.10; 16,6-13), O Povo de Deus DEVE persistir los desígnios escutar OS do Pai, sas POIs ultimos dias TEM Ele Falado atraves Fazer Seu Filho, o Verbo Vivo de Deus (Hb 1.1; cf. Jo 1,1).  

2. Tardio Paragrafo Falar.  QUEM Ouve com Atenção adquire UMA rara capacidade de opinar Acerca de QUALQUÉR ASSUNTO. E justamente POR ISSO Que a Carta de Tiago exorta-SOE hum Sertardios Paragrafo Falar (v.19). Uma Palavra dita SEM Pensar, fóruns de tempo, e SEM Conhecimento dos Fatos, PODE provocar verdadeiras tragédias. QUEM Nunca se arrependeu de ter Falado Antes de Pensar? Diante de Faraó, o Imperador do Egito Antigo, o patriarca José aproveitou sabiamente hum Momento ímpar los SUA Vida. Antes de perguntas de resposta ÀS SOBRE OS Sonhos Fazer monarca, José Como ouviu e refletiu SOBRE ELAS. Em SEGUIDA, orientado Pelo Senhor, respondeu sabiamente Faraó (Gn 41.16). TEMOS de Aprender a refletir SOBRE O Que Vamos Falar DiZer e Localidade: Não Certo ritmo. Pese Bem Como Palavras, e Minério Como o rei Davi: "Põe, ó Senhor, Uma guarda A Minha boca; guarda a porta dos MEUS Lábios" (Sl 141,3).  

. 3 Controle a SUA IRA  Uma Terceira admoestação encontrada nenhuma versiculo 19 da Carta de Tiago Expressa o seguinte: Tardio Pará se irar . A ira E hum profundo Sentimento de odio e rancor contra A Outra Pessoa. Uma Vez descontrolada, ELA Localidade: Não Produz UMA Justiça de Deus, mas UMA Justiça Segundo o Critério da Pessoa Que sofreu o Dano: a Vingança. A Palavra de Deus Localidade: Não proíbe o crente de Ficar indignado contra a injustiça (Is 58.1,7; Lc 19,45). Contudo, AO MESMO tempo, a biblia estabelece Limites Paragrafo O Nosso temperamento de: Não se Acar irrefletido, descontrolado, Deixando-SOE impulsivamente irados (Ef 4.26; Pv 17.27). O Cristão, Templo do Espírito Santo, TEM De Levar a SUA Mente Cativa a Cristo (2Co 10.5) e manifestar o Fruto do Espírito Santo: o Domínio Proprio (Gl 5.22 - ARA ). Fuja da aparencia do mal. Tenha autocontrole.  

 

 

SINOPSE DO topico (I)

 

À luz da Palavra de Deus aprendemos Que o crente DEVE Ser Tardio Para Falar e pronto para Ouvir. Por ISSO, um crente ira E hum Sentimento Que DEVE Ser Controlado Pelo.

 

 

II. Praticante E NAO APENAS Ouvinte DA Palavra (Tg 1,21-25)

 

1. Enxertai-vos da Palavra (v.21).  A Palavra de Deus E o Guia Maior do crente. E Paragrafo Que UMA Palavra atinja efetivamente o Coração do servo de Deus, Este Precisa Acolhe-la com Pureza e sinceridade. Isto É, UMA firmar posição Toda rejeitando hum radical Mundana imundícia ea malícia (v.19); recebendo o Evangelho com Mansidão e sobriedade. Leia OS Evangelhos! Persiga los Conhecer UMA MENSAGEM divina de Cristo Jesus, mas, igualmente, abra o Coração para Ouvir a Voz do Senhor.

2. Praticai a Palavra (vv.22-24).  Escritor O sacro Não Tem Interesse los que o Leitor da Epistola apenas acolha a Palavra no Coração, Antes Que o crente deseja hum pratique (v.22). Localidade: Não PODE HAVER incoerência entre O Que se "Diz" EO Que se "FAZ" Para QUEM E Discipulo de Jesus. Se amar a Deus e AO Próximo São OS MAIORES DOS mandamentos, entao, devemos porfiar los Vive-los. QUEM Acolhe a Palavra rejeita Tudo o Que É imundo, maligno, perverso, injusto, dissimulado, insincero. Localidade: Não apenas ISSO, mas igualmente abre a porta do Pará coração "Tudo o Que É verdadeiro, Tudo o Que É honesto, Tudo o Que É justo, Tudo o Que É puro, Tudo o Que É Amável, Tudo o Que É de boa fama "(Fp 4.8). Do contrario seremos identificados com O Homem Que Contempla a Própria Imagem SEM Espelho E Depois se retira esquecendo-se Completamente Dela. HÁ PESSOAS Que Olham Para o Evangelho e ouvem, mas SEM Memoria e perseverança, Nao Dão nenhuma RESPOSTA OU AO Sequência Chamado de Jesus Cristo (vv.23,24). Deus Nos Livre desse engodo!

3. Persevere Ouvindo e agindo (v.25).  Tiago CONCLUI este ponto da Epistola da seguinte Maneira: QUEM E cuidadoso Paragrafo com UMA lei, Nela persevera; Localidade: Não apenas Ouvindo-a negligentemente, mas-praticando hum zelosamente. Felicidade plena los Tudo É UMA Promessa Paragrafo QUEM Ousa Viver o Evangelho cônscio das implicações espirituais e materiais das Consequências. Alguem, um dia, Disse Que OS EVANGÉLICOS São Poderosos de: Não Discurso, mas fracos na Prática Fazer MESMO Discurso. Falamos, MAS Localidade: Não Vivemos! Precisamos analisar Nossa Vida em Amor e sinceridade. Entremos nd Presença de Deus com o Rosto Descoberto, Coração Rasgado e alma despida. No ritmo los Que Vivemos Localidade: Não Da despercebidos Para passar nd dissimulação, OU SEJA, fingindo Ser Algo Que na Verdade de: Não somos.

 

 

SINOPSE DO topico (II)

 

O crente DEVE encher-se da Palavra, praticar a Palavra e perseverar na Palavra.

 

 

III. A RELIGIÃO PURA E Verdadeira (Tg 1.26,27)

 

1 A falsa religiosidade.  Apesar de algumas PESSOAS se considerarem Religiosas POR frequentarem hum Templo, Como Escrituras revelam o significado da Verdadeira religião. Ela reprova TODO o ativismo Religioso Feito em "Nome de Deus", mas los detrimento do Próximo. Aqui, a Língua Fazer crente TEM UM Papel Importante. Tiago Diz Que É Possível engañar o proprio Coração quando deixamos de refrear a Nossa Língua. Ora, o Coração E a sede dos Desejos, dos Sentimentos e das vontades. E a boca Só Fala daquilo Que o Coração ESTA Cheio (Mt 12,34). E com incompatível o Evangelho, viver a Graça de Deus SEM mergulhar no Reino dEle. QUEM SE Localidade: Não Entrega inteiramente AO Senhor pratica UMA religião VÃ e falsa. NAO PODEMOS Ser Como UMA Pessoa Capaz de Fazer UMA Belíssima Oração POR UM faminto, E Depois despedi-lo SEM LHE dar hum Único Grão de Arroz.

2 A Verdadeira religião (v.27).  Uma religião pura, santa e imaculada, de um a Acordo com o autor sacro, E UMA suprir necessidade Fazer Próximo: "Visitar órfãos e viúvas OS Como NAS SUAS tribulações". O Problema Hoje é Que a Nossa Atenção, Quase semper, ESTA voltada par o Prazer Pessoal. Fechados TEMOS OS Olhos Paragrafo OS Necessitados Que na maioria das vezes cultuam a Deus, assentados, AO Nosso Lado. Lembremo-SOE da Vida de Jesus Cristo! Ele Localidade: Não apenas olhou Paragrafo marginalizados do sistema operacional, mas FOI ATÉ OS Enguias e acolheu lhes amor (Mt 25,35-45). A religião que AGRADA a DEUS É aquela cujos Discípulos professam e bendizem o Seu nome, Visitando e acolhendo aflições OS Necessitados NAS.

3. Guardando-se da Corrupção (v.27).  de Além de Recomendar a obrigatoriedade de visitarmos OS órfãos e viúvas como, UMA Epistola de Tiago menciona Outro Aspecto da Verdadeira religião: guardar-se da Corrupção do Mundo. A ESTA religião falsa mergulhada no egoísmo, na Corrupção e nn Interesses maléficos Fazer Sistema pecaminoso. A MANTER-SE DEVE Igreja Longe da Corrupção. ESTAMOS No Mundo, mas Localidade: Não fazemos Parte do Seu Sistema! O Evangelho nada TEM COM OS SEUS Valores e preceitos. Portanto, Nao flerte com o Modo de Viver corrupto do Mundo (Tg 4.4). Amemos e desejemos o Evangelho de TODO O Nosso Coração.

 

 

SINOPSE DO topico (III)

 

A Verdadeira religião ESTA los olharmos par o necessitado, Irmos ATÉ ELE e Acolhe-lo.

 

 

CONCLUSÃO

 

Nessa Semana aprendemos SOBRE o Cuidado Que devemos ter com o OE Ouvir Falar. Estudamos também ACERCA da religião pura e imaculada Que alegra a Deus: OS visitar órfãos e viúvas Como NAS tribulações e guardarmo-SOE da Corrupção do Mundo. Que OS NOSSOS Ouvidos estejam Prontos para Ouvir, A Nossa Língua Paragrafo Falar sabiamente ea Nossa Vida Pará praticar Tudo Quanto aprendemos Fazer Evangelho. Embora estejamos los hum Mundo turbulento, devemos exalar o bom perfume de Cristo formos POR ONDE (2Co 2.15).

 

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

 

RICHARDS, Lawrence O. Comentário Histórico-Cultural do Novo Testamento.  1ª Edição, RJ .: CPAD, 2007 
STRONSTAD, Roger; ARRINGTON, Frances L. (Eds.)  Comentário Bíblico Pentecostal Novo Testamento.  2ª Edição, RJ: CPAD, 2004.

 

Exercicios

 

1.  Tiago introduz o Seu ensino SOBRE o "Ouvir" EO "Falar" destacando a Expressão "Sabei Isto É". O Que ELE deseja demonstrar com ESSA Expressão?

R.  Com ESSA Expressão, ELE demonstra uma pastoral com SUA Preocupação OS SEUS Leitores.

 

2.  Segundo A Lição, o Que É ira?

R.  A ira E hum profundo Sentimento de odio e rancor contra A Outra Pessoa.

 

3.  Qual É O Guia Maior crente Nao?

R.  A Palavra de Deus.

 

. 4  S que quando Localidade: Não ocorre nn entregamos inteiramente AO Senhor?

R.  QUEM Localidade: Não se Entrega inteiramente AO Senhor pratica UMA religião VÃ e falsa.

 

5.  Segundo A Lição, Qual E uma religião que AGRADA a Deus?

R.  A religião que AGRADA a DEUS É aquela cujos Discípulos professam e bendizem o Seu nome, Visitando e acolhendo OS Necessitados NAS SUAS aflições.

 

Auxílio Bibliográfico I

 

Subsídio Histórico-Cultural

 

"Se alguem E Ouvinte da Palavra e Localidade: Não cumpridor, E Semelhante AO varão Que Contempla AO Espelho o Seu Rosto natural; o o Porque se Contempla a si MESMO, E FOI-SE, e logotipo se esqueceu de época Como (1.23,24 ). O verbo Traduzido Como "Contempla 'é  katanoounti , que indica 'um escrutínio atento'. Este Pequena alegoria descreve UMA Pessoa Que Encontra hum Espelho e intensamente Olha Para Si MESMA.

A alegoria Depende de UMA Questão Simples. Por Que Como PESSOAS Olham-se no Espelho? Embora alguns possam Simplesmente desejar admirar-se, na maioria DOS CASOS NOS olhamos SEM Espelho Para guiar NOSSOS Atos. Como devo pentear o Meu Cabelo? Meu Rosto ESTA sujo? E NÓS agimos com base de de Nao Que vemos. Mas O Que Acontece se olharmos com Atenção, e nn afastarmos, Simplesmente esquecendo a sujeira los Nosso Rosto, OU aquela mecha que FICA los Pé de Maneira TÃO Selvagem? Entao O Espelho Tera Provado Ser Totalmente irrelevante e Nosso Exame Completamente SEM significado. Da MESMA Maneira, Tiago argumentA Que Olhar Para a Palavra de Deus e de: Localidade: Não significa Agir de um a Acordo com o Que vemos ali que O Que encontramos NAS Escrituras Não Tem significado Paragrafo NOS. Localidade: Não E UMA Pessoa Que conhece o Que Diz a Biblia Que É Abençoada, mas sim UMA Pessoa Que FAZ O Que Diz a Biblia "(RICHARDS, Lawrence O .. Comentário Histórico-Cultural do Novo Testamento. 1ª Edição, RJ: CPAD , 2007, p.514).  

 

Auxílio Bibliográfico II

 

Subsídio Teológico

 

. Uma Religião Pura e Imaculada (1.26,27)  Fazendo eco com Seu conselho anterior de ser 'Tardio Localidade: Não Falar "(1,19), e antecipando DISCUSSÕES Mais detalhadas do Discurso Humano que aparecerão posteriormente (3,2-12; 4 , 11-16), Tiago Revela, Ponto Nesse, Que hum dos Sinais Para se saber se o Comportamento Religioso de alguem E OU Localidade: Não Agradável a Deus, E a capacidade de 'MANTER a Língua Solúcar rédeas Curtas'.

Nesse conselho ELE UMA inclui proibição Discursos vulgares contra UO intencionados mal, porem Os Dois Exemplos de Discurso impróprio, colocados imediatamente apos ESSA declaração, ilustram Otras ofensas da Linguagem Humana que devem sor refreadas cristãos Pelos Hook.

OS crentes devem Estar Seguros de que SUAS Palavras e Ações SUAS sejam Consistentes com UMAs Como Otras. Tiago Ilustra ESSE Problema, AO lembrar hum SEUS Leitores Que JÁ ofenderam a Honra das PESSOAS Que estao a Seu Lado, e que também acreditam Que Deus ESTA especialmente preocupado com o USO de UMA Linguagem Que mostre favoritismo Dentro da Comunidade da Fé, O Que destroi UMA Unidade da Vontade de Deus (2.1-5).

O Discurso Humano Tanto PODE Ser USADO Como Sinal dos Cuidados de UMA piedade religiosa Como SERVIR Ate de Pretexto Pará UMA Falta da Prática daqueles Atos Que Deus desejar Poderia (2.15,16). ASSIM, OS crentes deveriam Falar apenas daquilo Que o Estação desejosos de colocar los Prática: devem "praticar o Que pregam ', e de: Não CAIR em' vazios Religiosos". Uma Pessoa Que Localidade: Não ControlA SUA LINGUA, Seu Modo de Falar, Engana a si proprio, é Sua religião de: Não nada servem para (v.26).

[...] Aos Olhos de Deus, Uma religião pura e imaculada TEM Tanto a ver com O Que fazemos Como com O Que deixamos de Fazer. Em Parte POR SUAS ter Raízes Nos Movimentos de Renovação da Santidade, EM contraditório POR Causa de SUA rejeição 'Movimento de: Não Evangelho sociais "AO Fazer Início do Século Vinte, Os pentecostais foram Rápidos los realcar a Santidade das Pessoas e lentos AO se pronunciar a Respeito . da Responsabilidade Social Tiago nn lembra Que ISSO Localidade: Não E UMA Questão de 'Fazer ISTO OU Aquilo' mas de Fazer 'Tanto Isto É Como Aquilo "(STRONSTAD, Roger ;. ARRINGTON, Frances L. (Eds) Comentário Bíblico Pentecostal. Novo Testamento 4ª Edição, RJ: dapB de 2004, pp.1669,70).  

 

SUBSÍDIOS ENSINADOR Cristão

 

O Cuidado AO ea Falar Religião pura

 

A Ha na Atualidade Pouca disposição los se Ouvir, Estudar, trocadilho, compreender Pará expor hum ASSUNTO. Localidade: Não! Muitos querem Falar SOBRE Tudo. AINDA Localidade: Não se TEM UM Maturidade intelectual e querem Sair POR aí questionando e opinando SOBRE de Todos os Temas.

Ouvir E UMA arte. Quando se Ouve alguem, Quer atraves da Comunicação verbal, Escrita OU oral, Quer atraves da Comunicação Localidade: Não verbal, admiti-se a possibilidade de Aprender Para Conhecer. Como ensinar se de: aprendemos Nao? Espera-se de Quem Fala SOBRE UM ASSUNTO o minimo do Conhecimento Necessario hum Respeito Fazer Tema proposto.

Professor, VOCE DEVE ter lido Livros SOBRE Como melhorar a UMA Escola Dominical. Como DICAS São muitas: Marketing, café da Manhã Entre docentes, café da Manhã trimestral; Passeio no parque etc Mas UMA Questão de Fundamentos Quase Nunca focada E o bom Planejamento da aula do Professor. Ou SEJA, se o Localidade: Professor Localidade: Não figado de conteudo de nada adiantarão cafés Fazer, Passeios e Comercialização de desenvolver parágrafo hum ED. Mas par se ter Conteúdo é Preciso Estar disposto a Ouvir. Este è o ensino Central Desta Seção Bíblica de Tiago.

NAS Seções Anteriores (1,2-18) o ASSUNTO era central a necessidade de pedirmos a Sabedoria do Alto. Na Seção Atual o Escritor disseca Mais SOBRE Como devemos USAR ESTA Sabedoria na Comunidade Cristã OU fóruns Dela. Os crentes deveriam se apresentar coerentes com o Evangelho. Na Concepção do Meio-Irmão do Senhor E Impossível Que o Discipulo de Cristo tenha hum Comportamento dobre. De Que adianta Falar "Deus Pai Todo-Poderoso" e Localidade: Não Viver Segundo a Vontade de Deus Pai? Localidade: Não E o Discurso Que Determina Quem Somos, MAS A Nossa Ação.

Vivemos UMA Geração Fazer Discurso Vazio: "Tudo Posso", "sou mais Que Vencedor", "E, parágrafo Vitória!". Mas ESTAS Palavras Localidade: Não passam de Discursos Pobres, desprovidos de UMA Consciência oriunda do Evangelho. Como PESSOAS Localidade: Não saberão o Tipo de Fé OU Sabedoria Que TEM Pelo Seu Discurso, mas pelas SUAS Ações. ELAS SE Falam na Hora Certa; Fazer Modo Certo; se lhes Tudo O Que fazem Aparece o Respeito, a ternura, o amor amor. Virtudes ESTAS intensamente comunicadas AO Homem Pelo Evangelho. Primeiro ouçamos com Atenção! DEPOIS falemos!

 

Auxilios Complementares

 

Elaboração:  Escriba Digital

 

Palavra Chave

Religião:  Neste Livro de São crenças e Práticas relacionadas à Convicção de Que HÁ Algo OU ALGUEM Superiores AO SER HUMANO individuo, UMA Devoção um considerado sagrado Tudo Que É, DESEM que SEUS seguidores NUMA MESMA Comunidade moral, Chamada Igreja.

 

INTRODUÇÃO

 

Muitos cristãos precisam Parar de se engañar. A ênfase Desta Lição E SOBRE o engano proprio. "Enganando-se a si MESMO" (Tg 1.22 - NVI ); "Engana-se a si MESMO" (Tg 1.26). Se hum Cristão peca o Satanás o Porque o Engana, E UMA Coisa. Mas se o Cristão Engana a si MESMO, UMA Questão E Muito Mais Séria. 

Muita gente Engana a si MESMA convencendo-se de Que TEM UMA Salvação, quando, na Verdade, tenha PODE Ser Que Localidade: Não (Ver Mt 7.22,23). No entanto, ha cristãos autênticos que enganam a si mesmos com Respeito à SUA Vida com Deus. Pensam Que São espirituais, quando, na Verdade, Nao o São Paulo. Uma das Características da Pessoa madura E UMA capacidade de Olhar Para Si MESMA com Honestidade, Conhecer a si MESMA e reconhecer SUAS Necessidades.

A Realidade Espiritual E resultante de hum Relacionamento correto com Deus POR Meio de Suá Palavra. A Palavra de Deus É Verdade (Jo 17,17), e se nn relacionamos corretamente com a Verdade de Deus, Nao E Possível Ser desonestos hipócritas Nem. Nestes versículos, Tiago Afirma Que TEMOS TRES Responsabilidades Paragrafo com UMA Palavra de Deus e, se cumprirmos a três, teremos UMA Vida Cristã Bem Melhor, e Localidade: Não apenas UMA religião aparente.

 

I. PRONTO PARA OUVIR E TARDIO PARA FALAR (Tg 1.19,20)

 

1. Pronto Ouvir para.  Uma Comunicação e UMA chave Paragrafo hum Relacionamento Saudável. Comunicamos Dependendo da Maneira Como NOS, PODEMOS dar Vida OU Matar hum Relacionamento. No Século da Comunicação virtual, ESTAMOS CADA Vez Mais Próximos das Máquinas e Mais distantes das PESSOAS. O verdadeiro crente DEVE saber se Controlar Tanto verbal Quanto emocionalmente. DEVE sabre LIDAR com a Palavra e também com a UMA ira. Analisaremos o conselho de Tiago.

Em Lugar Primeiro, ELE DEVE Ser pronto para Ouvir (1.19a). O Termo "pronto", Nao Grego, E  táxys, de Onde VEM Nossa Palavra táxi (Rápido). O Táxi E hum Carro de Serviço. ELE DEVE Estar Semper DISPONÍVEL. Seu Objetivo E atender o Cliente, semper. Se Vamos USAR UM táxi, E TEMOS o Porque o Pressa. PODEMOS Nao esperar.

ASSIM também ocorre com a Comunicação. Devemos ter rapidez para Ouvir. Zenão, o Pensador Antigo, dizia: "TEMOS Dois Ouvidos, mas apenas UMA boca; PODEMOS ASSIM escutar Mais e Falar menos". TEMOS de considerar AINDA que NOSSOS Ouvidos São externos, Mas Nossa Língua ESTA amuralhada de Dentes. E Preciso Que estejamos Prontos para Ouvir a Voz de Deus, A Voz da Consciência, A Voz de Nosso Próximo. Hoje ESTAMOS perdendo o Interesse los Ouvir, EO Resultado Disso E hum los desarmonia Família, e A Sociedade fragmentada. Se NÓS estivéssemos Prontos Ouvir para, com a MESMA disposição que ESTAMOS Prontos a Falar, certamente haveria Menos ira e Mais Encontros abençoadores e Saudáveis ​​Entre Nós.

Ouvir E UMA arte Difícil de se Dominar, POIs significa ter hum forte Interesse Pela Pessoa Que ESTA Falando. Ouvir E a arte de fechar a boca e abrir OS Ouvidos EO Coração. Ouvir e amar o Próximo Como a si MESMO: SUAS preocupações e Problemas São Importantes o Suficiente Paragrafo Serem Ouvidos.

"O Que guarda a boca conserva a alma SUA SUA, mas o Que Muito abre OS SEUS Lábios TEM perturbação" (Pv 13.3). "Dezenas Visto hum Homem precipitado NAS SUAS Palavras? Maior Esperança HÁ dum tolo Fazer que DELE" (Pv 29.20). "Não Te apresses no teu Espírito a irar-te, porqué a ira abriga-se no seio dos Tolos" (Ec 7.9). Uma Pessoa Sábia e verdadeiramente piedosa NAS Escrituras Localidade: Não E UM que Semper TEM Algo hum DiZer, mas è UMA Pessoa Que Ouve Para nós Ligação OS, Que Tudo Que sejam considerados los Espírito de Oração E, Pará moderados entao FALA EM TERMOS.

Precisamos também Ouvir O Que a Palavra de Deus TEM UM nn DiZer, Caso Contrário o Eterno de: Não Ópera de Los Nossa Vida hum Menos Que possamos dar Ouvidos a Suá Palavra. Jesus Localidade: Não Disse apenas "Considerem Atentamente O Que Voces o Estação Ouvindo" (Mc 4.24 - NVI ), MAS também "Vede POIs Como ouvis" (Lc 8,18). Muitas PESSOAS encontram-se na triste SITUAÇÃO los que "vendo, Nao veem; e, Ouvindo, Nao ouvem NEM compreendem" (Mt 13,13).

2. Tardio Falar para.  Lugar Em Segundo, ELE DEVE Ser Tardio Paragrafo Falar (1,19bi). Para Ouvir Enguias deveriam Ser rapidos e dispostos, mas Paragrafo Falar deveriam Ser tardios. Precisamos Estar atentos SOBRE O Que Falamos, Como Falamos quando Falamos, com QUEM Falamos e Por Que Falamos. John MacArhur Jr. Comenta SOBRE ESSA Questão Fazer Muito Falar:. "Estimado E que, em Media, Como PESSOAS Falam 18.000 Palavras los hum dia, o Suficiente Paragrafo preencher 54 Páginas de hum Livro EM UM Ano, ESSE Montante Sera, Será, será Suficiente Paragrafo preencher 66 volumes de 800 Páginas! ... Um a Assim, EM Media, Como PESSOAS passam hum quinto de Seu ritmo de Vida Falando ".

A Palavra "Tardio", sem, E Grego  Brady . ESSA Palavra da Uma ideia de UMA Pessoa Que TEM dificuldades Intelectuais Paragrafo compreender logotipo de inicio O Que LHE FOI Dito; e necessità, portanto, de ritmo Paragrafo Reflexão. O Que Quer DiZer E Tiago Que devemos refletir Primeiro, e de: Não Falar de Imediato. E Preciso saber a Hora de Falar e também O Que Falar. O Que TEMOS UM DiZer E verdadeiro? E oportuno? Edifica? Transmite Graça AOS que ouvem?

Geralmente Falamos Antes de Pensar, de Ouvir, de ORAR, de Medir Como Consequências. Devemos ter Muito Cuidado com ISSO, POIs: "A Vida ea Morte estao no Poder da Língua ..." (Pv 18.21). As Palavras PODEM dar Vida OU Matar.

HÁ UM Proverbio Inglês Que Diz: "Tu és Senhor da Palavra de: Não dita, A Palavra dita E teu senhor". Por ISSO, Davi orava a Deus e pedia: "Põe, ó Senhor, Uma guarda A Minha boca: guarda a porta dos MEUS Lábios" (Sl 141,3). Sócrates dizia Que precisamos de Semper passar Nossas Palavras POR TRES peneiras: É Verdade; E com a Pessoa Certa?; E oportuno?

3 Controle a SUA IRA.  Terceiro Lugar Em, DEVE ELE Ser Tardio Paragrafo irar-se (1.19). Novamente encontramos O Termo  Brady . Tiago ESTA dizendo que a UM DEVE SER COM IRA reflexos lentos tratada. A autodomínio Maior Demonstração de Força ESTA SEM, e Localidade: Não de: Não Domínio SOBRE OS To Us Link. "Melhor E o longânimo Fazer o Que valente, EO Que governa o Seu Espírito que fazer O Que toma UMA Cidade" (Pv 16.32). Em Geral, Uma Humana ira E desgovernada, Destruidora e pecaminosa. E Obra da carne, e de: Não opera a Justiça de Deus.

A Ha Dois perigos com Respeito à ira: Primeiro, a Explosão da ira, OU SEJA, o temperamento indisciplinado. Segundo, a implosão da ira, OU SEJA, o temperamento encavernado. Uns atacam e quebram Tudo a SUA Volta quando estao irados. Para nós Ligação Guardam a ira e levam-na de par o interior Seu. Mas ESSA fera enjaulada destroi Tudo POR Dentro: a Saúde, a paz ea Comunicação com Deus e com o Próximo.

Precisamos Aprender a LIDAR COM NOSSOS Sentimentos. Um provoca individuo temperamental Grandes Transtornos na Família, no Trabalho, na Igreja e na Sociedade. Muitas PESSOAS tentam encobrir SEUS Pecados dizendo que São sinceras, Que Localidade: Não levam desaforo Pará Casa e Que, DEPOIS de explodirem, Tudo Volta à normalidade. O Problema E Que, na Explosao da ira, ELAS jogam estilhaços para Todos OS Lados. Alguem Que Não Tem Domínio Proprio fere e machuca QUEM ESTA AO Redor Seu. Por Lado Outro, o congelamento da ira E hum mal Terrível. A Ha muitos que ficam Como hum Vulcão los efervescência. O Estação los aparente calma, Mas Como incandescentes lavas lhes queimam POR Dentro. A mágoa Produz Grandes Transtornos. Onde prevalece Ela, reina hum doença, e Satanás Acaba levando Vantagem (2Co 2.11).

 

II. Praticante E NAO APENAS Ouvinte DA Palavra (Tg 1,21-25)

 

1. Enxertai-vos da Palavra (v.21).  tempos Nestes ultimos, ó Senhor TEM Derramado Suá Palavra los profusão. VOCE TEM Muito Recebido. Mas è O Momento de se perguntar: "Como tenho Recebido Tudo ISSO". O Que o Senhor LHE Dá è sempre precioso, Uma Semente boa que TEM los si Toda a capacidade de Gerar frutos. Que Tipo de terreno TEM Sido Seu Coração? O proprio Jesus se preocupa com ISSO. Entao, apresenta UMA Parábola that Semeador (ver Mt 13,4-9).

E o Momento de se perguntar: "Que Tipo de terreno tenho Sido?". Existe AQUELE terreno Que Acolhe a Palavra, mas Localidade: Não UMA retém, Nao a guarda, recebe a Palavra apenas festivamente (com leviandade), mas Localidade: Não UMA Acolhe, Não Tem profundidade. Entao, O Que Acontece? Lá ESTA o demonio, Girando los Torno DELE, Querendo arrancar-LHE a Semente da Palavra. O demonio idade Semper ASSIM, Nao Quer Que a Palavra caia los Seu Coração e produza frutos los SUA Vida. Como ave faminta, Procura de Semper arrebatar UMA Semente quando Ela comeca a frutificar.

A Ha Outro Tipo de terreno: o Pedregoso solo. A Palavra Caiu e voce a acolheu com alegria, mas Localidade: Não a deixou que fincasse raízes. O proprio Jesus Explica ESSA inconstância: sobrevindo UMA dificuldade, um Problema, Uma tribulação OU Perseguição POR Causa Dela [Palavra], logotipo Voce Deixa um. E Como TEMOS agido ASSIM! Parece Que Localidade: Não TEMOS Força nenhuma, NEM QUALQUÉR Coragem, Somos cristãos SEM fibra, SEM têmpera, Pensando Que Deus Pai DEVE TRATAR nn Como "filhinhos de papai", retirando TODAS Como dificuldades e Os Problemas do Nosso Caminho. Diante da Primeira tribulação, Somos JÁ terreno Pedregoso, Onde a Palavra de: Não PODE Fincar raízes.

Outro Tipo de terreno E AQUELE Cheio de Espinhos. Voce ouviu bem à Palavra, com alegria, recebeu, acolheu, mas OS Cuidados Fazer das Mundo EA Sedução riquezas sufocam a ea tornam infrutuosa. Infelizmente, ISSO TEM acontecido com Muita gente! Recebem Palavra, um passam Pela Conversão, batizados São None Espírito Santo, dons afloram OS ... mas OS Cuidados dEste Mundo, Trabalhos OS, afazeres fazer Operacional Sistema, riquezas Como, o Conforto, o comodismo, Os compromissos Sociais e Tantas Otras Encontra los em Coisas Vao sufocando UMA Graça recebida É Tudo embora Vai.

Muitos cristãos começaram Bem, caminharam POR UM BOM tempo, mas Localidade: Não abriram Mão da Vida Que Viviam, do Caminho que estavam trilhando. Quiseram Ser cristãos, mas AO MESMO tempo, Viver a Vida Antiga. Entao, Tudo Que receberam se esvaziou. Compromissos de Os Sociais, reunioes Como, festas de Como, O Conforto, a necessidade de ter Mais Dinheiro, a necessidade de Seguir a moda, Tudo ISSO FOI sufocando a Palavra, a Graça, o Espírito Santo dons com SEUS e frutos ... E Tudo SE FOI. Sera Que Voce Não Tem Sido ESSE terreno?

Por FIM, Jesus Fala da Semente caída num terreno bom. ELE NEM Fala de hum terreno especial, mas de hum bom terreno los que Uma Semente Caiu e frutificou. Um terreno que acolheu a Palavra e produziu frutos. E Preciso Que sejamos ASSIM!

VOCE TEM Recebido Muito, Graças a Deus! O Senhor ESTA investindo los voce. Localidade: Não desperdice a abundante Graça TÃO que TEM Sido derramada los SUA Vida.

. 2 Praticai a Palavra (vv.22-24)  "E sede cumpridores da Palavra, e De: nao somente ouvintes, enganando-vos com Falsos Discursos" - ESSA exortação Diz Respeito AO CIDADÃO QUE SE das autocongratula Pelo Elevado Conhecimento Que TEM Escrituras e Pelo Domínio das Tradições Apostólicas concernentes a Jesus. Localidade: Não E Que Tal Pessoa tenha falhado, Deixando de Aprender o ensino apostólico. ESSE Irmão PODE Ser erudito NAS Escrituras, um "escriba" Especializado NAS Palavras de Jesus. Todavía, represen OS Que São ouvintes somente. Pouco IMPORTA UMA tremenda Extensão do Conhecimento escriturístico Fazer crente e quão Espantosa SUA Memória: se ISSO É Tudo Que ha, Nao Passa de auto-engano.

"Sede cumpridores da Palavra" - Este É O Ponto crucial. O que Vale É O Que o crente FAZ, O Que Nao ELE SABE. O verdadeiro Conhecimento SERVIR de Prelúdio à Ação; Localidade: Não FIM, O Que Conta E a obediência à Palavra.

Tendo declarado SUA TESE Localidade: Não versiculo anterior, Tiago ágora Ilustra a posição dos ouvintes com somente UMA Metáfora Tirada da Vida Diaria. ELES São Como UMA Pessoa Que Pela Manhã EXAME Seu Rosto AO Espelho. Cuidou da barba, o Cabelo ESTA Bem Penteado, Ou UMA maquiagem FOI Bem Aplicada. Nesse Momento, contemplar-se a si proprio SEM Espelho E ocupação que ritmo LHE toma. Contudo, terminadas como abluções e OS Cuidados matinais, cessa Toda Atenção à aparencia Física; UMA Pessoa esquece-se de Imediato de época Como. Com FREQUÊNCIA UMA Pessoa trabalha o dia INTEIRO na base de de de UMA auto-Imagem Que NEM Semper condiz com a Realidade. Se Localidade: Não Caso do Conhecimento das Escrituras ocorrer o MESMO, UMA erudição escriturística, OU UMA Teologia da Pessoa TEM exatamente o MESMO valor Paragrafo SUA Vida, Que o valor daquele Exame matutino facial.

3. Persevere Ouvindo e agindo (V.25).  ja imaginou si Deus mandasse hum anjo Pará si Sentar Fazer Nosso Lado de Durante alguns Dias Então fazemos Paragrafo anotar Tudo Aquilo Que? Se ELE VIESSE Paragrafo observar Como atitudes, Pensamentos de Sistema Operacional, Como Reações que TEMOS NOSSOS Nos relacionamos e lhes Nossa Fala? Aí, imagine que a Partir de Tudo Que o anjo tivesse Ouvido, ELE começasse a escrever hum manual de Descrição Bíblica da Nossa Vida e anotar a Partir da Nossa Conduta e Ação Tudo Aquilo Que estivesse casando com a Palavra de Deus. Quantos versículos OU Principios Bíblicos comporiam Nosso manual de Descrição Bíblica?

Na Prática, creio Que a exortação de Tiago expresse Algo ASSIM: que perseveremos Ouvindo e agindo de tal forma Que Nossa Vida reflita los Todos SEUS Aspectos a Própria Palavra. Mas Paragrafo Que ISSO aconteça, precisamos Ser Praticantes da Palavra. Literalmente, o Texto Diz Que devemos "atentar bem" Pará Palavra. Ouvir, Sem praticar, Paragrafo Tiago e Pará Nosso Senhor, Nao Passa de Loucura e autoengano. A Palavra implantada que TEM Poder Paragrafo SALVAR E imprescindível, mas TEM de Ser praticada com perseverança.

Muito Diferente E o individuo que "atenta Bem Pará UMA lei Perfeita da Liberdade". Duas Palavras contrastam com a seriedade Que ELE atenta Paragrafo a Palavra: 1) "Atenta Bem" (Gr  parakupsas  - A Palavra Que comunica a Maneira Como João olhou par o sepulcro de Jesus Onde pouco ressurgira Antes, EM João 20,5); 2) persevera (gr.  parameinas ) que sugere que, de Além de se preocupar com o ensino da Palavra, continua ELE praticando a Palavra.

Localidade: Não ESTAMOS COM ISSO tentando AFIRMAR que colocar los Prática Tudo Aquilo Que ouvimos de Deus E Fácil. Quando Jesus chamou o apóstolo Paulo Paragrafo Ser Seu Discipulo, ELE Disse Que mostraria Paragrafo Este o Quanto LHE importava sofrer Pelo Seu Nome (At 9.16). Em algumas ocasiões ATÉ MESMO OS Discípulos foram desafiados na SUA forma de Pensar, Paragrafo Que entendessem Que o Chamado Que Deus tinha Paragrafo Enguias era hum Chamado de Pará perseverar, o o Porque haveria muitas dificuldades Pela longa jornada Que teriam Pela Frente AO Seu Lado.

TAMBEM NAO PODEMOS esperar Vida Fácil. Quando um devemos Palavra Nos Diz Que confessar NOSSOS Pecados uns AOS To Us Link, EM Nenhum Lugar Afirma-se que ISSO Seria Fácil. Ou Que devemos suportar Como falhas UNS dos Outros. Ou perdoar constantemente alguem. Nada Disso Acontece Naturalmente. Mas se Torna Mais Fácil à Medida Que perseveramos los colocar essas Verdades los Prática.

 

III. A RELIGIÃO PURA E Verdadeira (Tg 1.26,27)

 

1 A falsa religiosidade.  Uma Palavra traduzida Religião e  threskeia  e Seu significado de: Não e tanto religião Como hum Expressão religiosa externa Mediante ritual, liturgia e cerimónias. O Que Tiago ESTA dizendo E Isto É: "O Mais Belo ritual ea liturgia Mais excelente que PODEM oferecer a Deus E o Serviço AOS Pobres ea Pureza Pessoal". Para Tiago, o verdadeiro Culto de: Não residem los Elaboradas vestimentas, liturgia prazerosa, musica majestosa e cerimónias cumpridas à perfeição, mas sim fazer Consiste no Serviço Prático à Humanidade e na Pureza da Própria Vida Pessoal.

Tiago ESTA confirmando que OS Aspectos externos de Atividades Religiosas Localidade: Não São aceitáveis ​​Paragrafo Deus hum Menos Que estejam acompanhados de UMA Vida de Santa e hum Serviço de amor. Ritos e rituais Nunca foram hum Substituto adequado Pará Serviço e sacrificio. A coletiva Adoração Dentro da Igreja Localidade: Não PODE Ocupar o Lugar de Obras indivíduos instâncias da Igreja. A Profissão de Fé Pessoal DEVE Estar Associada à Expressão Pública da Fé Pessoal.

Tiago Alerta Para O Perigo de hum temperamento doente e explosivo e de UMA Língua Solta (1.19,26). Jesus Disse Que UMA Pessoa Que Nutre Raiva, Cujo Sentimento desemboca los ofensa AO Próximo, E passível do Fogo do Inferno (Mt 5,22). Disse Jesus: "Mas eu vos digo Que de Toda a Palavra ociosa Que OS Homens disserem hao de dar Conta no Dia do Juízo O porqué POR Tuas Palavras seras justificado e POR Tuas Palavras Seras Condenado." (Mt 12.36,37). Tiago COMPARA a Língua com hum cavalo fogoso Freios SEM, com hum Navio SEM leme Que PODE espatifar-se NAS Rochas, com UMA fagulha Que incendeia UMA Floresta, com UMA Fonte contaminada, COM UMA Árvore Que Produz Frutos venenosos, com hum mundo de iniquidade OU COM UMA fera indomável. Jesus Disse Que É UMA Língua Que Revela o Coração (Mt 12,34-35). Uma Língua Controlada significa hum Corpo Controlado (3.1), mas UMA Língua desgovernada provoca Grandes tragédias. A maledicência E o Pecado Que Deus Mais abomina (Pv 6.19). A irrefletida Palavra, Uma Conversa torpe, Uma mentira leviana, Como acusações maldosas, Como orquestrações urdidas na calada da Noite Para destruir UMA Dignidade das PESSOAS São incontestáveis ​​Provas do Grande Poder destruidor da Língua, ASSUNTO isso que trataremos na Lição 8.

2 A Verdadeira religião (v.27).  Uma Vez Que OS órfãos e viúvas de: Não tinham Assistência na Sociedade Antiga, ERAM Exemplos tipicos daqueles Que precisavam de Ajuda. De Além da Caridade amplificada, a Manutenção da Pureza Pessoal E Outro Meio Pelo Qual a Verdadeira religião se Expressa. O Cuidado dos Necessitados Localidade: Não E o Conteúdo do cristianismo, MAS SUA Expressão. A Preocupação Prática da religião de UMA Pessoa e O Cuidado Pelos Gancho Outros. A Religião e UMA Prática da Fé. E UMA Ação Fé em. Seremos Julgados com Base de Dados Nesse Aspecto Prático da religião (Mt 25,34-46). Quando olhamos nos no Espelho da Palavra, Deus Nos vemos hum, hum NÓS mesmos e, também, O Nosso Próximo (Is 6,3-8). Palavras de: Não substituem Obras (2,14-18; 1Jo 3,11-18).

Visitar órfãos e viúvas OS Como NAS SUAS aflições Localidade: Não E apenas pietista cortesia. O Serviço AOS Pobres e Enfermos, o anunciar o Evangelho AOS Perdidos, Nao DEVE Ser deixado Paragrafo Comissões UO Paragrafo a Caridade Organizada. Localidade: Não E hum desencargo de Consciência. Trata-se de socorro, de Envolvimento, de empatia, de compaixão manifestada na Ajuda concreta e None suprimento das Necessidades reais daqueles Que carecem e sofrem.

De Além de pregarmos o Evangelho, também devemos ajudar OS Necessitados e ASSIM poderemos DiZer Que Vivemos hum cristianismo Prático POR completo. Diante Disso, o Melhor Exemplo Paragrafo NÓS E Dorcas, Uma Mulher Que Nos Mostra Que Ter Fé lhes Cristo E sinónimo de ajudar o Próximo. Ela entregou-se a Jesus POR completo e de Além de se Sentir Abençoada com SUA decisão, também se permitiu Ser UMA Necessitados benção Paragrafo OS (Ver Atos 9,36-42).

3. Guardando-se da Corrupção (v.27).  Uma religião Verdadeira Localidade: Não E UM Simples ritual, Nao E misticismo OU encenação, mas è ter UMA Vida separada Paragrafo Deus. E guardar-se incontaminado do Mundo, OU SEJA, Fazer Sistema de Valores pervertidos, corruptos, sujos, imorais e inconsequentes. ESSES desbastam OS Valores de Deus, corroem OS Absolutos da Palavra e instauram o relativismo, o conformismo, o imediatismo EO hedonismo Que levam AO comprometimento com o Pecado.

Ser Religioso Autêntico e Com conformismos OS inconformar-se do Mundo, Paragrafo conformar-se com OS inconformismos de Deus. A religião que AGRADA AO Senhor E rechaçar o mal AINDA que mascarado de Bem. O Mundo e atraente. Ele arma hum Cenário encantador Paragrafo nsa atrair. Contudo, O Mundo jaz no maligno. James Boyce, corretamente Afirma: "Nos Vivemos, Como Tiago, EM UMA Época caracterizada POR imundície moral O PERIGO DA Contaminação Pelo Mundo POR SUAS Meio de Diversões, Revistas, Livros ea Vida do dia-a-dia, conhecemos E Algo Que Nos. . Muito Bem Tiago ESTA dizendo Que devemos Nos MANTER livres de Tudo ISSO e Que Localidade: Não devemos Ser contaminados com Taís Encontra los em Coisas ". Portanto, ESTAMOS No Mundo de: Não Paragrafo Que ELE Nos contamine, mas de sermos parágrafo Nele Instrumentos de Transformação.

 

CONCLUSÃO

 

Quando Tiago Diz Que HÁ UMA religião pura e SEM mácula aceitável Diante de Deus, significa DiZer Que HÁ UMA religião Que Localidade: Não E aceitável par Deus. Qual E ELA? E aquela apenas de Palavras, de UMA Fé Que Não Tem Obras. Segundo, Benção Pessoal (1.25): "... Este Sera, Será, será Bem-aventurado de: Não Fizer isso". Voce Quer Que Deus o abençoe? Entao, leia a Palavra, descubra o Que Ela Diz e viva de um a Acordo com a Palavra.

A DEVE Igreja enfatizar o Conceito de religião Conforme elaborado por Tiago e Fazer DELE UM Requisito Obrigatório Paragrafo QUALQUÉR hum Que deseja Tomar-se Membro da Igreja? Certamente! A DEVE Igreja ensinar a Verdade das Escrituras registradas Nesta Parte da Epístola de Tiago. O Princípio da religião pura e imaculada E amar a Deus e AO Próximo.

 

 

Lições Bíblicas CPAD

JOVENS E ADULTOS 

 

3º TRIMESTRE DE 2014

 

Título:  Fé e Obras - Ensinos de Tiago Paragrafo UMA

 Vida Cristã Autêntica

Comentarista:  Eliezer de Lira e Silva

 

 

 

Lição 6:  A Verdadeira Fé Localidade: Não FAZ acepção de PESSOAS

Dados:  10 de Agosto de 2014

 

TEXTO Áureo

 

Todavía, se cumprirdes, Conforme a Escritura, a lei real: Amaras a teu Próximo Como a ti MESMO, Bem fazeis. Mas, se fazeis acepção de PESSOAS, cometeis Pecado e sois redarguidos Pela lei Como transgressorTodavía, se cumprirdes, Conforme a Escritura, a lei real: Amaras a teu Próximo Como a ti MESMO, Bem fazeis Mas, se fazeis acepção de PESSOAS, cometeis Pecado e sois redarguidos Pela lei Como transgressores. " (Tg 2.8,9) . 

 

VERDADE PRÁTICA

 

PODEMOS Nao Fazer acepção de PESSOAS, POIs o Senhor de: Não Fez Conosco.

 

Hinos SUGERIDOS

 

11, 17, 23.

 

Leitura Diaria

 

Segunda - Dt 1.17

Diante de Deus, Somos Iguais

 

 

 

Terça - At 2.44

Uma Igreja Solidária

 

 

 

Quarta - Jó 5.16

Esperança Para O pobre

 

 

 

Quinta - 1Co 1.28

O paradoxo divino

 

 

 

Sexta - Fp 2.5-8

Nosso referencial de humildade

 

 

 

Sábado - 1Pe 2.9

Das trevas Para a luz

 

Leitura Bíblica EM CLASSE

 

Tiago 2,1-13.

 

1 -  Irmãos MEUS, Nao tenhais a Fé de Nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor da Glória, EM acepção de PESSOAS.

2 -  o o Porque, se de: Não Vosso Ajuntament ENTRAR algum Homem com Anel de Ouro no dedo com, com vestes preciosas, e também algum pobre ENTRAR com sórdida vestimenta,

3 -  e atentardes Para O Que Traz hum Veste preciosa e disserdes LHE: Assenta-te tu aqui a lista de Lista, num Lugar de Honra, e disserdes AO pobre: ​​Tu, FICA aí los Pé OU Assenta-te abaixo do Meu estrado,

4 -  porventura Localidade: Não fizestes distinção Dentro de Vos mesmos e Localidade: Não vos fizestes Juízes de maus Pensamentos?

5 -  Ouvi, AMADOS MEUS Irmãos. Porventura, Nao escolheu Deus AOS Pobres dEste Mundo Para Serem Ricos na Fé e Herdeiros do Reino Que Prometeu AOS Que o AmAm?

6 -  Mas Vos desonrastes o pobre. Porventura, Nao vos oprimem Os Ricos e Localidade: Não vos arrastam AOS Tribunais?

7 -  porventura, Nao blasfemam Enguias o Bom Nome que SOBRE VOS FOI invocado?

8 -  Todavía, se cumprirdes, Conforme a Escritura, a lei real: Amaras a teu Próximo Como a ti MESMO, Bem fazeis.

9 -  Mas, se fazeis acepção de PESSOAS, cometeis Pecado e sois redarguidos Pela lei Como transgressores.

10 -  o o Porque QUALQUÉR Que guardar Toda a lei e tropeçar los hum Só Ponto tornou-se culpado de Todos.

11 -  o o Porque AQUELE Que Disse: Não cometerás adultério, também Disse: Não matarás. Se tu, POIs, Nao cometeres adultério, mas matares, Estás Feito transgressor da lei.

12 -  um a Assim Falai e procedei ASSIM, Como devendo Ser Julgados Pela lei da Liberdade.

13 -  o o Porque o Juízo Sera, Será, será SEM Misericórdia SOBRE AQUELE Que Localidade: Não Fez Misericórdia; ea Misericórdia triunfa SOBRE o Juízo.

 

Interação

 

QUEM E o pobre dEste Mundo? Este E UMA pergunta Que Exige UMA RESPOSTA Complexa. Naturalmente Localidade: Não poderemos Responde-la satisfatoriamente Neste Espaço. Entretanto, NOS TEMOS UMA Tendência de enxergar o pobre apenas hum Solúcar Perspectiva Econômica. Este Localidade: Não Deixa de Ser Um Olhar verdadeiro e correto. Por Lado Outro, precisamos LeVar los Conta Que o Conceito de pobre Localidade: Não se Aplica apenas à Perspectiva Econômica, mas igualmente à Perspectiva Educativa, áreas Psicológica UO de Otras. Em tese, o pobre E o desprotegido. O analfabeto, Por Exemplo, PODE ter Dinheiro, mas Encontra-se vulnerável podendo Ser ludibriado. Apesar de O Texto de Tiago si referir AO Aspecto Econômico DA SUA ÉPOCA, E Importante refletirmos SOBRE Para nós Ligação tipos de injustiças e pobrezas de: Não Contemporaneo Mundo.

 

OBJETIVOS

 

APOS ESTA aula, o Aluno Devera Estar apto a:

  • Destacar  o ensino de Tiago de que a Fé Localidade: acepção de: Não FAZ.
  • Apontar  a ESCOLHA de Deus Pelos Pobres AOS OLHOS DO MUNDO.
  • Distinguir  a Lei Mosaica das Leis de verdade e da Liberdade.

 

Orientação Pedagógica

 

Professor, leve hum par sala de aula recortes de Revistas Jornais OU SOBRE Temas Que revelem Como Diversas Aulas Sociais no Brasil. Divida a turma Grupos enguias. Em SEGUIDA, PEÇA AOS Grupos de Pará escolherem UMA reportagem e identificarem UMA classe social POR ELA representada. De hum ritmo Paragrafo Que OS Alunos leiam e debatam a Matéria los Grupo. Encerrado o ritmo de DISCUSSÃO, o o Faça perguntas Como Paragrafo OS Grupos de um a Acordo com o Esquema abaixo. Ouca Como respostas e conclua dizendo Que No Brasil HÁ DIVERSAS Aulas Sociais - Hoje classificadas los A, B, C, D e E. ISSO significa Que O Nosso Pais E plural. Afirme que Como Escrituras São taxativas Quanto AO Pecado de discriminação de PESSOAS Socialmente Menos abastadas.

 

PERGUNTAS PARA DEBATE

 

   • Qual a representada na classe social, a Matéria?

   • Em SUA Opinião HÁ Desigualdade social, a Brasil Nao?

   • Voce Percebe ESTA Desigualdade los SUA Igreja local?

   • Como voce lida com Realidade tal?

   • Voce Acha Certo Haver discriminação social na Igreja local? Por Que?

 

Comentario

 

INTRODUÇÃO

 

Palavra Chave

Acepção:  Predileção POR ALGUEM; Tendência los favorecer de Pessoa (s) POR SUA classe social.

 

A discriminação contra a PESSOAS de classe social inferior E vergonhosa e ultrajante, principalmente, quando praticada no Âmbito de UMA Igreja local. Nesta Lição estudaremos Sobre a Fé Que Localidade: Não FAZ acepção de PESSOAS. Veremos que erramos - e MUITO - quando julgamos Como PESSOAS Solúcar Perspectivas subjetivas Tais Como UMA aparencia Física, posição social, a posição, um intelectual Bagagem, etc ISSO o OS o Porque os tais características de: Não determinam o carater (Lc 12.15). ASSIM, Uma Lição Dessa Semana TEM o Objetivo de mostrar, pelas Escrituras, que Uma Verdadeira Fé ea acepção de PESSOAS São atitudes incompatíveis Entre si e, justamente POR ISSO, PODEM Nao coexistir na Vida de Quem aceitou AO Evangelho (Dt 10,17; Rm 2.11).

 

I. A FÉ NAO PODE FAZER ACEPÇÃO DE PESSOAS (Tg 2.1-4)

 

1 Em Cristo a Fé E imparcial.  O Primeiro conselho de Tiago Paragrafo a Igreja E o de Nao TERMOS UMA Fé Que FAZ acepção de PESSOAS (v.1). Mas è Possível Haver Onde favoritismo Como PESSOAS sociais dizem-se geradas Pela Palavra da Verdade? Como Escrituras mostram que sim. Aconteceu na Igreja de Corinto, quando da celebração da Ceia do Senhor (1 Corintios 11,17-34). Hoje, Nao São poucos discriminadas OS RELATOS DE PESSOAS devido a SUA condição social na Igreja. Ora, recebemos UMA nova Natureza em Cristo (Cl 3.10), POIs de He derrubou o muro Que Fazia UMA Separação Entre OS Homens (Ef 2.14,15) tornando Possível um Enguias Igualdade entre, OU SEJA, estando lhes Jesus: "Localidade: Não HÁ NEM Grego Judeu, circuncisão NEM incircuncisão, Bárbaro, cita, servo UO Livre; mas Cristo É Tudo los todos "(Cl 3.11). É, portanto, inaceitável e inadmissível Que Exista tal Comportamento discriminatório e preconceituoso Entre Nós.

2 O amor de Deus TEM de manifesto Ser na Igreja local.  Havia na Congregação, por Tempo de Tiago, Uma acepção de PESSOAS. Segundo a condições Econômicas, "um Homem com Anel de Ouro SEM dedo, com trajes PRECIOSOS" era convidado a assentar-se no Lugar de Honra, enquanto o "pobre com sórdido traje" era Recebido com indiferença, Ficando los Pe, abaixo do púlpito (vv.2,3). Tudo ISSO acontecia num Culto solene a Deus! A Igreja de Cristo TEM Como Princípio eterno Produzir hum Ambiente Regado de amor e 'Acolhimento', e Paragrafo Isto É "Localidade: Não HÁ NEM Judeu Grego; Localidade: Não HÁ NEM servo Livre; Localidade: Não HÁ NEM Macho Fêmea; o o Porque Vos sois hum Todos los Cristo Jesus "(Gl 3,28).

3. Nao sejamos perversos (v.4).  Uma Expressão "Juízes de maus Pensamentos" Aplicada no Texto Bíblico Paragrafo Qualificar OS que discriminavam o Pobre NAS reunioes solenes, Nao se REFERÊ Como autoridades Judiciais, mas AOS Membros da Igreja Que, de um a Acordo com a condição social, ,, se faziam julgadores dos próprios Irmãos. O Símbolo da Justiça E UMA Mulher de Olhos vendados, Sem Braço Esquerdo Tendo UMA Balança e, no Direito Braço, Uma espada. Tal Imagem simboliza a imparcialidade da Justiça los hum Relação QUEM ESTA Sendo Julgado. Portanto, um Exemplo Fazer Símbolo da Justiça, fomos chamados a Nao Ser perversos "Juízes", mas PESSOAS Que vivam Segundo a Verdade Fazer Evangelho. Este Nos desafia a amar o Próximo Como a NÓS mesmos (Mc 12,31).

 

 

 

SINOPSE DO topico (I)

 

Em Cristo, o crente Localidade: Não PODE se mostrar parcial e, ISSO POR, o amor de Deus DEVE Ser manifestado na Igreja atraves locais DELE. O crente Localidade: Não PODE ter hum Coração perverso.

 

 

 

II. DEUS ESCOLHEU OS Pobres AOS OLHOS DO MUNDO (Tg 2,5-7)

 

1 A ESCOLHA Soberana de Deus.  e Bem Verdade Que muitas PESSOAS ricas TEM Sido alcançadas Pelo Evangelho. Mas ouçamos com clareza O Que Diz a Biblia ACERCA dos Pobres. DEUS É SOBERANO los SUAS Escolhas. E de um a Acordo com a SUA Soberana Vontade, de He escolheu OS Pobres dEste Mundo. De Retórica Maneira, Tiago Afirma: "porventura Localidade: Não escolheu Deus AOS Pobres dEste Mundo Pará Serem Ricos na Fé, e Herdeiros do Reino Que Prometeu AOS Que o AmAm?" (V.5). E Possível que Como Igrejas ÀS cais cais Quais d'Orsay d'Orsay Tiago dirigiu UMA Epistola TALVEZ tivessem se esquecido de Que É Pecado Fazer acepção de PESSOAS. AINDA PODEMOS Hoje Nao negligenciar ensino ESSE! O Senhor Jesus falou dos Pobres Nos Evangelhos (Lc 4.18; Mt 11.4,5) e, Mais Tarde, Nao repetiu Sermão da Montanha: "Bem-aventurados Vos, Pobres OS, o Vosso E o Porque o reino de Deus" (Lc 6, 20).

2. hum razao diretor Pará Nao desonrar O Pobre (v.6).  Apesar de Deus ter escolhido Pobres OS, a Igreja do ritmo de Tiago fez UMA Opção contraria. Entretanto, o meio-Irmão do Senhor Traz à memória da Igreja que QUEM UMA era oprimia justamente Os Ricos. De Estes OS arrastaram AOS Tribunais. Como Enguias podiam desonrar OS Pobres, escolhidos POR Deus, e favorecer Os Ricos Que OS oprimiam? E triste quando escolhemos o Contrário da ESCOLHA de Deus. As Palavras de Jesus AINDA continuam a Falar Hoje: "O Espírito do Senhor E SOBRE MIM, POIs Que me ungiu Paragrafo evangelizar OS Pobres, enviou-me hum SO quebrantados curar do Coração, a apregoar cativos Liberdade AOS, a dar vista AOS CEGOS, UMA POR 'em' oprimidos Liberdade OS, a anunciar o Ano aceitável FAZ Senhor "(Lc 4.18,19). Somos Discípulos OS SEUS? Entao Pará sermos coerentes com o Evangelho de encarnar TERMOS UMA Missão de Jesus. Desonrar o pobre E Pecado!

3. Desonraram o Senhor.  apos lembrar a Igreja da ESCOLHA de Deus los Relação AOS Pobres dEste Mundo, Tiago exorta OS Irmãos a reconhecerem o favoritismo Que HÁ Dentro da Comunidade Cristã: "Mas Vos desonrastes o pobre" (v.6). Ja Os Ricos, São recebidos com Toda a pompa. No versiculo 7, o meio-Irmão fazer pergunta Senhor: "porventura, Nao Enguias blasfemam [Os Ricos] o Bom Nome que SOBRE VOS FOI invocado?" (V.7). ESTAMOS Frente a reprovável Algol Diante de Deus: a discriminação social na Igreja. Por ISSO E Que o favoritismo, a parcialidade e quaisquer tipos de discriminação devem sor combatidos com rigor na Igreja local, principalmente Pela Liderança. Este DEVE dar o Maior dos Exemplos. QUEM discriminação de: Não compreendeu o Que É o Evangelho!

 

 

 

SINOPSE DO topico (II)

 

Como Escrituras mostram a principal Razão Para o crente de: Não desonrar OS Pobres: Deus escolheu OS AOS OLHOS DO MUNDO.

 

 

 

III. A LEI REAL, A LEI EA LEI MOSAICA DA LIBERDADE (Tg 2,8-13)

 

. 1 A Lei Verdadeiro  A lei Verdadeira E ESTA: "Amaras o teu Próximo Como a MESMO ti" (v.8). ESSA E a conclamação de Tiago que OS crentes obedeçam a Verdadeira lei. O Termo "real", Nao versiculo 8 ,, Comunique-se Aquilo Que É o Mais Importante da lei, A Essência SUA própria. Portanto, QUEM FAZ acepção de PESSOAS ESTA quebrando a Essência da lei. O Amor AO Próximo E o Coração de Toda lei: "A ninguem devais Coisa alguma, a Localidade:. Localidade: Não Ser O Amor Que vos com Ameis UNS AOS To Us ligação; o o Porque QUEM AMA AOS Para nós Ligação cumpriu a lei [.. .] O Amor Localidade: Não FAZ mal AO Próximo, de sorte Que o cumprimento da lei E o amor "(Rm 13.8,10). Só o Amor é Capaz de impedir quaisquer tipos de discriminação. QUEM AMA, Nao Precisa da lei (Gl 5.23).

2 A Lei Mosaica.  Na Época los Que a Epistola de Tiago FOI Escrita, Os judeus faziam distinção entre Como colares Religiosas Mais Importantes e Como Menos Importantes, Segundo OS criterios estabelecidos POR Enguias mesmos. OS judeus julgavam que o de: Não cumprimento de hum Só mandamento acarretaria a culpa somente daquele mandamento desobedecido. Mas quando a Biblia Afirma "o o Porque AQUELE Que Disse: Não cometerás adultério, também Disse: Não matarás", ESTA asseverando o aspecto coletivo da lei. Isto É, QUEM desobedece hum Único preceito, quebra, tempo AO MESMO, toda a lei. Embora OS crentes da Igreja Localidade: adulterassem Nao, faziam acepção de PESSOAS. ELES Localidade: Não atendiam a necessidade dos órfãos e das viúvas e, ISSO POR, tornaram-se "transgressores de Toda a lei". No Sermão da Montanha, Nosso Senhor ensinou Sobre a necessidade de se cumprir Toda a lei (Mt 5,17-19; cf. Gl 5,23; Tg 2.10).

3 A Lei da Liberdade.  Uma Lei da Liberdade E o Evangelho. Por ELE O Homem Torna-se Livre. Liberto do Pecado, dos preconceitos e da Maneira de Pensar Mundana (Rm 6,18). QUEM E verdadeiramente Discipulo de Jesus desfruta, abundantemente, de tal Liberdade (Jo 8,36; Gl 5.1,13). Entretanto, Como orienta Tiago, tal Liberdade DEVE vir acompanhada da coerência: "assim Falai, e procedei ASSIM" (v.12). O crente PODE Falar, PODE ATÉ ensinar e escrever SOBRE O Pecado de Fazer acepção de PESSOAS. Mas na Verdade, E a SUA Conduta los Relação AOS Irmãos que demonstrará se ELE E, de Fato, um liberto los Cristo OU hum escravo dEste Pecado.

 

SINOPSE DO topico (III)

 

A Lei Mosaica Destaca-se da verdade e da Liberdade. Estás representam um com Nova Aliança de Deus a Humanidade; enquanto aquela, Uma Antiga.

 

CONCLUSÃO

 

O Segundo Capítulo da Epístola de Tiago E UMA Voz do Evangelho de tempos Ecoar ATRAVES DOS. Ele rotula a acepção de PESSOAS Como Pecado, lembrando-SOE de que Deus escolheu OS "Pobres dEste Mundo Pará Serem Ricos na Fé e Herdeiros fazer Reino Que Prometeu AOS Que o AmAm". ASSIM, SE A Nossa Vontade estiver de um a Acordo com a Vontade de Deus, amaremos OS Pobres Como hum mesmos NOS. E conscientizar-nn emos de que verdadeiras ESSE de amor Exige de Nós Ações, sinceras, e Localidade: Não apenas de Vas Palavras Religiosas que ATÉ MESMO o Vento se encarrega de LeVar (cf. Tg 2,15-17).

 

Vocabulario

 

Sórdido:  Que E OU ESTA sujo, Que TEM sujeira no Corpo e na Roupa. Retórica: A arte de Bem argumentar.
 

 

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

 

. EDREDEG, John Um Mestre Fora da Lei: Conhecendo hum Surpreendente, perturbadora e extravagante Personalidade de Jesus . 1ª Edição, RJ .: CPAD, 2013. HENRY, Matthew Comentário Bíblico Novo Testamento: Atos a Apocalipse . 1ª Edição, RJ: CPAD, 2010.  
  

 

Exercicios

 

1.  Segundo A Lição, Qual É O Primeiro conselho de Tiago Paragrafo uma Igreja?

R.  O Primeiro conselho de Tiago Paragrafo a Igreja E o de Nao TERMOS UMA Fé Que FAZ acepção de PESSOAS (v.1).

 

2.  Haver E Possível favoritismo Como sociais Onde PESSOAS dizem-se geradas Pela Palavra da Verdade?

R.  Como Escrituras mostram que sim. Aconteceu na Igreja de Corinto, quando da celebração da Ceia do Senhor (1 Corintios 11,17-34).

 

3.  Por Que o favoritismo, a parcialidade e quaisquer tipos de discriminação devem sor combatidos com rigor na Igreja local, principalmente Pela Liderança?

R.  ESTAMOS Frente a reprovável Algol Diante de Deus: a discriminação social na Igreja.

 

4.  Uma Que se REFERÊ o Termo "real", Nao versiculo 8?

R.  O Termo "real", Nao versiculo 8 ,, Comunique-se Aquilo Que É o Mais Importante da lei, A Essência SUA própria.

 

5.  De um a Acordo com A Lição, o Que É a Lei da Liberdade?

R.  A Lei da Liberdade E o Evangelho.

 

Auxílio Bibliográfico

 

Subsídio Teológico

 

"' Mas Vos desonrastes o pobre "(v.6). A acepção de PESSOAS, Nao SENTIDO Desta Passagem, POR SUAS Conta das riquezas e da aparencia exterior, E apresentada Como hum túmulo Pecado Muito, EM Virtude dos prejuízos devidos à Riqueza e grandeza mundanas, ea tolice Que HÁ nenhuma Fato de cristãos prestarem consideração indevida POR aqueles Que Não Tem consideração alguma Enguias NEM POR Seu Deus NEM POR: " porventura, Nao vos oprimem Os Ricos e Localidade: Localidade: Não vos arrastam AOS Tribunais porventura, Nao blasfemam Enguias o Bom Nome Que o SOBRE VOS FOI invocado? ' (Vv.6,7). Considerai Como E Comum que Como riquezas sejam Incentivos AOS vicios e AO Dano da blasfemia e da Perseguição. Pensai NAS muitas Calamidades Que Vos mesmos tolerais, e NAS Grandes afrontas Que São lançadas SOBRE Vossa Fé e Vosso Deus POR Homens de posses, Poder e Mundanos Grandeza; é Isso Vai Fazer Vossos Pecados parecerem extremamente pecaminosos e Tolos, AO construirdes Aquilo Que tende a vos destruir, ea destruir Tudo Que estais edificando, ea desonrar ESSE Nome Pelo Qual sois chamados 'O Nome. de Cristo E hum nomo Digno; (. HENRY, Matthew ELE reflete Honra, e Dá Dignidade AOS Que Usam o " Comentário Bíblico Novo Testamento: Atos a ApocalipseRJ .: CPAD, 2010, p.833).  

 

SUBSÍDIOS ENSINADOR Cristão

 

A Verdadeira Fé Localidade: Não FAZ acepção de PESSOAS

 

Imaginem UMA Hora do Culto Vespertino! O coral se apresenta de Maneira solene e, de Repente, adentra recinto AO hum mendigo; sujo, Bêbado, Gritando. Qual Seria A tua Reação? O Exemplo ora citado E extremo. Mas passível de Acontecer em Qualquer Igreja. Todavía, O Público o quali Tiago ESTA se referindo Localidade: mendigos de: Não Diz Respeito apenas AOS, mas ÀS PESSOAS economicamente Menos abastadas. Para Tiago, o pobre Localidade: Não E apenas o mendigo, mas quaisquer que PESSOAS los hum Dado Momento da Vida precisam de Algol necessario à SUA Subsistência.

Professor, Aqui, E Necessario Fazer UMA Reflexão. Sera Que Não Tem algum Aluno na classe Que se Sinta discriminado na Igreja? SEJA Pela cor da Pele OU aparencia Física OU classe social? Prepare ESTA Lição com Cuidado e Respeito, POIs quando ministrada, ELA PODE Revelar Sentimentos Diversos de PESSOAS vitimas de discriminação ATÉ MESMO na Igreja local. MESMO Que inconscientemente!

Tendemos a Encontra Pensar Que CERTAS los Coisas de: Não acontecem na Igreja, POIs ELA E hum Lugar santo. Sim, E santa, mas, Todavía, Composta de santos Humanos. E Possível perceber certos comportamentos na Igreja Que hum professora secular, Por Exemplo, lida TODO o Instante los sala de aula. Atitudes CERTAS do Mundo acontecem secular los NOSSOS Espaços sacros e, POR ISSO, precisamos Estar capacitados Pará se deparar com ESTAS Realidades e agirmos com a Sabedoria do Alto.

Portanto, professor, Trabalhe o Tema Central da Presente Lição abordando a SUA TESE principais: a de Que É inadmissível a discriminação na Igreja. A Palavra Diz Que "noutros tempos, éreis gentios na Carne e chamados incircuncisão Pelos Que, na Carne, se Chamam circuncisão Feita Pela Mão dos Homens; Que, naquele ritmo, estáveis ​​SEM Cristo, Separados de da Comunidade de Israel e Estranhos AOS concertos da Promessa, Nao tendão Esperança e SEM Deus No Mundo. Mas, ágora, EM Cristo Jesus, vos, que Antes estáveis ​​Longe, JA Pelo Sangue de Cristo chegaste Perto. Ó o Porque ELE E a Nossa Paz, [...] e, Pela cruz, [...] Matando com ELA Como inimizades "(Ef 2,11-16). PODEMOS Nao Reconstruir hum que UMA Parede Vez o proprio Senhor derribou hum! Boa aula!

 

Auxilios Complementares

 

Elaboração:  Escriba Digital

 

INTRODUÇÃO

 

Palavra Chave

Acepção de Pessoas:  Separar OU escolher, dar Atenção Especial a PESSOAS POR Causa da SUA Riqueza, estado Seu Sociais, SUA posição de Autoridade, SUA Popularidade, SUA aparencia OU SUA Influência.

 

Aprofundamo-nos no Estudo das escrituras com o Propósito de Conhecer Mais e Mais UMA Mente de Cristo. Isto É Deveria Gerar los NOS UM Sentimento CADA Vez Maior de humildade e Servidão. Mas los Geral - e infelizmente, Nao E Isto É Que Acontece. E Fácil perceber a soberba de Quem alcançou UMA posição, um Título OU acrescentou UMA TRADUÇÃO hum Mais de: Não Seu Currículo Diante dos Menos favorecidos (nenhum inclusive Evangélico Meio). Localidade: Não SE TRATA Culturais de UMA Questão, MAS los de Todos os níveis, EM TODAS Como Culturas, los de Todos os Segmentos Sociais HÁ UMA Tendência reinante no Homem de se reconhecer "o Melhor". Hostilidade e Competição fazem Parte da Nossa Natureza. Existem Três Moedas,, de Muito valor que cultuamos los Nossa Sociedade, Que São: Beleza, Inteligência e Riqueza. Quanto Mais Você possuir, Mais Bem Aceito Voce Sera. Este è o Padrão do Mundo, Nao de Deus. A Igreja POR vezes assimila tal Conduta e Passa a Viver Localidade: vivamos de: Não lhes função da forma Que Deus Espera Que, mas nn Padrões da Sociedade Humana.

 

I. A FÉ NAO PODE FAZER ACEPÇÃO DE PESSOAS (Tg 2.1-4)

 

1 Em Cristo a Fé E imparcial.  alg los Nosso Senhor Jesus Cristo TEM de Ser exercida SEM Nenhum Tipo de discriminação a PESSOAS, Isto É, UMA Conduta de hum crente Pará com Outro TEM de LeVar los Conta OS DIREITOS da Humanidade Comum e de UMA Salvação Comum, desconsiderando Como distinções baseadas ª Raça, na nacionalidade, na tribo, na casta, SEM sexo, nos Títulos, honras NAS, na na Riqueza, OU na Pobreza posição social.

Os judeus daquele ritmo buscavam reconhecimento e Honra e competiam uns com OS Para nós Ligação POR louvores; Localidade: Não entanto Jesus Localidade: Não Fazia acepção de PESSOAS. ATE MESMO OS Inimigos de Jesus reconheceram: "... Mestre, Bem sabemos que es verdadeiro, e ensinas o Caminho de Deus, SEGUNDO A Verdade, e de ninguem se Te Da, o de o Porque: Não olhas à aparencia dos Homens" ( Mt 22,16). O Senhor de: Não Olhava UMA aparencia exterior, mas sim o Coração. Localidade: Não se impressionava com riquezas Como NEM COM UMA posição social. A Viúva Pobre que era DEU SUA Única Moeda hum Maior SEUS Olhos Do Que o fariseu rico e alardeador com SUA Contribuição suntuosa (Mc 12,41-44).

Vivemos los hum ritmo Onde o SER HUMANO E Localidade: Não valorizado Pelo Seu carater, MAS POR SEUS Bens e digitos nd Conta Bancária. Um Ritmo ONDE OS Valores Morais e cristãos estao desvalorizados Sendo Joe Cada diametro. Infelizmente Localidade: Não digo ISSO los Relação AO Modo Que a Sociedade de: cristãos de: Não alcançada Pelo Evangelho Trata OS, mas falo O Que TEM ocorrido Dentro da Comunidade Cristã los Geral. Algo Ruim Muito, Haja vista TEM atrapalhado los Muito O Crescimento do Evangelho los Razão da acepção de PESSOAS. ISSO E Algo Que TEM ocorrido los NOSSOS Dias. Paulo enfatiza Bem SOBRE ISSO, e descreve SOBRE OS perigos Desta Prática preconceituosa. Quando hum com Ministério E Formado NAS de base de Escrituras, jamais Estes soros, Sera Formado somente POR PESSOAS Que tenham UMA SITUAÇÃO Financeira vantajosa SOBRE OS Demais Irmãos, MAS Sera, Será, será hum Ministério Formado POR Homens e Mulheres idôneos de carater, que frutificam de Fato OS frutos do Espírito Santo. No entanto, quando hum Líder se afasta da Palavra de Deus, ELE tende a se tornar avarento, interesseiro, materialista e Passa a preferir AO SEU LADO Homens e Mulheres Ricos e Passa a desprezar OS Pobres financeiramente, ele, MESMO Pensando Estar Abastado e rico , pobre ESTA, enfermo, frio espiritualmente e nu!

Muitos Irmãos e Irmãs los Cristo sofrem Perseguição área nessa. Existem muitos Casos de Pastores que, AO chegar na Igreja hum rico OU hum Politico, e Este se associar Como Membro da Congregação, Passa A Melhor Trata-eis Dando Cargas ministeriais inclusive SEM nenhuma DIREÇÃO do Espírito Santo! Fora OS Casos Onde Obreiros e obreiras, Pobres Quanto ÀS Finanças, São desprezados e substituídos POR Obreiros e obreiras que possuem altas somas los SUAS contas. Localidade: Não Estou Fazendo Aqui UMA apologia à Pobreza, mas sim a Igualdade, sas tempos Onde OS Ensinos de Jesus TEM Sido desprezados POR aqueles Que deveriam, No Mínimo, Ensina-los.

2 O amor de Deus TEM de manifesto Ser na Igreja local.  que O Tiago deseja que eles percebam E a Maneira Como Deus VE OS cristãos Pobres. Primeiro, Como Ricos na Fé. Tiago introduz ESSE Ponto Com UMA pergunta Retórica: "... de: Não escolheu Deus AOS Pobres dEste Mundo Para Serem Ricos na Fé, e Herdeiros do reino Que Prometeu AOS Que o AmAm?" (V.5). A ênfase na Sentença grega Recai SOBRE Deus: Ele é Quem escolheu OS Pobres do Mundo Paragrafo Serem Ricos na Fé, EM contraste com a ESCOLHA da Igreja los menosprezá-los. ELES São chamados de "Pobres dEste mundo", Isto É, Pobres da Perspectiva da Humanidade Geral em, desprovidos, SEM Recursos OU condições de UMA Vida Confortável e segura. A Estes Deus "escolheu" Para Serem Ricos na Fé. Isto É Nos Mostra o Quanto o grande amor de DEUS É imparcial. ASSIM também O Amor Genuíno, Profundo, Constante e uns auto-sacrificial Pelos Para nós Ligação E o carater Que distingue o Cristão. E Pela Manifestação Dessa Qualidade gloriosa Que OS Discípulos do Mestre PODEM esperar Exercer Influência SOBRE O Mundo, de MoDo Que OS Homens começarão a reconhecer Que a Cristo ea Ninguem Mais sos crentes pertencem. Dessa Maneira, Todos começarão a ver Cristo no Cristão e na Igreja.

Amar AO Próximo Como um mesmos NSA (Mc 12,33) independe da classe social, a hum que pertença ELE, se constitui los hum mandamento divino. Neste Caso Todos devem Ser Alvo do Amor da Igreja, SEJA rico, SEJA pobre, preto OU Branco. A Igreja Localidade: Não E hum clube cuja grandeza E Medida Pelo NÍVEL freqüentadores SEUs de social. Como TODAS PESSOAS São Iguais AOS Olhos de Deus e devem Ser Amadas e consideradas Pelo Seu valor intrínseco. Por ISSO, Deus Espera Que a Igreja lhes Tudo SEJA a Agência continuadora da Ação amorosa Fazer Seu Filho Jesus Cristo no Mundo.

3. Nao sejamos perversos (v.4).  Tiago Localidade: Não Fala Pará Juízes eleitos oficialmente, mas Paragrafo OS Membros da Igreja. A DEVE Congregação perceber a plena Extensão Fazer Seu Pecado de discriminação. ESSE Localidade: Não E hum Pecado Que PODE Ser considerado insignificante. De um a Acordo com Tiago, O Que ESTA em Jogo E UMA injustiça, POIs o Coração dos crentes perversos ESTA Cheio de Pensamentos. Um juiz cujos Pensamentos São perversos Localidade: Não PODE JAMAIS Ser imparcial, um exerce Justiça Que ELE E UMA farsa. DESDE OS tempos Mais Remotos, UMA Justiça E retratada vendados Como UMA Mulher Com Os Olhos, segurando los SUA Mão UMA Balança. A venda impedem Que Ela Veja QUALQUÉR hum, de MoDo Que POSSA SERVIR à Causa da Justiça com imparcialidade. Dentro do Contexto da Fé Cristã, a Prática da discriminação E exatamente o oposto Fazer amar AO Próximo Como a si MESMO.

Localidade: Não IMPORTA SE Tiago cita, Aqui, um incidente Que Realmente Aconteceu na Igreja OU SE CRIA UM Exemplo de Algo Que poderia Acontecer. O Que IMPORTA E Que OS crentes los Cristo devem lançar fóruns o Pecado da discriminação. Em RESUMO, "Localidade:. Localidade: Não façam acepção de PESSOAS"

Para Que o Evangelho proclamado SEJA A Toda classe social, "SEM perversidade" é Preciso Que ISSO SEJA Feito los Palavras e Ações. O crente Mostra Seu Coração repleto de amor quando estende a Mão Paragrafo ajudar. O Amor do Senhor Jesus, quando E genuinamente levado àqueles Que ouvem o Evangelho, Constrói com eficacia o Corpo de Cristo.

Perversidade Localidade: Não E apenas ceifar a Vida de alguem com arma de fogo UMA OU UMA arma branca. O Dicionário também Definir perversidade Como alguem fácilmente corrompido; em que o HA Corrupção; depravação; Que ato, Demonstrando Excesso de crueldade, E praticado com o Propósito de ocasionar prejuízo hum UO Sofrimento (Dano) Maior à Vitima. E quando fazemos discriminação Tudo ISSO E praticado.

 

II. DEUS ESCOLHEU OS Pobres AOS OLHOS DO MUNDO (Tg 2,5-7)

 

1 A ESCOLHA Soberana de Deus.  Tiago FAZ UMA pergunta que até PODE Ser respondida na Afirmativa. "Porventura Localidade: Não escolheu Deus AOS Pobres dEste Mundo Para Serem Ricos na Fé?". E Claro Que sim. Como Escrituras ensinam claramente que, EM SUA Graça eletiva, Deus Localidade: Não FAZ UMA ESCOLHA COM BASE Sem Mérito, Mas Localidade: Não de amor com par Seu Povo (ver, POR Exemplo, Dt 7.7). Deus dirige Seu amor amor AOS Pobres e Necessitados, env SEUS OLHOS o Estação Semper SOBRE Enguias (Jó 5.15,16; Sl 9,18; 12,5; Pv 22.22,23). Certamente Localidade: Não HÁ nenhuma Texto QUALQUÉR indício de que de Todos os Pobres o Estação incluidos e Que Deus escolheu somente OS Pobres, POIs à Pobreza ea Riqueza los si Localidade: Não conferem AO Homem Nenhum Bem OU mal. A aparente Preferência de Deus Pelos Pobres se DEVE AO Fato de Que estes, via de Regra, São Mais Abertos a Graça de Deus, e Mais acessíveis AO Evangelho Fazer que a maioria dos Ricos. E POR ISSO que desde o Princípio "Localidade: Não São muitos OS sabios Segundo o carnê, Elm muitos poderesos SO, NEM OS muitos Nobres Que São chamados" (1Co 1.26). A ESCOLHA E Obra de Deus, Como ENSINA Paulo. "Deus escolheu Como COISAS Humildes ... um Fim de Que ninguem se vanglorie na Presença de Deus" (1 Corintios 1.28,29 - ARA , e ver Ef 1.4). 

Outra Coisa que também devemos destacar quando Tiago Afirma "porventura Localidade: Não escolheu Deus AOS Pobres dEste Mundo Para Serem Ricos na Fé?". E o Fato de muitas Igrejas da Atualidade destacarem a Riqueza de tal forma Como se Fosse a centralidade ISSO Fazer Evangelho. O Fato de crermos Que Deus PODE dar Riqueza UMA alguem pobre de: Não significa Que possamos Que sejam considerados-lo UMA MENSAGEM principais da Igreja. A centralidade do Evangelho e A morte de Cristo ea Salvação los Cristo.

2 Um dos principais Razão Paragrafo Localidade:. Localidade: Não desonrar o pobre (v.6)  Na Época dos Profetas, havia UMA Consciência de Que a piedade levava algumas PESSOAS à Pobreza, Exploradores quando SEM escrúpulos se aproveitavam das PESSOAS Pobres e honestas. Os que exploravam aulas Como Menos privilegiadas, forçando-as a vender terras SUAS, muitas vezes comercializavam Como Escravos aqueles Que Localidade: Não conseguissem saldar SUAS Dívidas. O Que faziam estava los conformidade com Como fazer colares Civis país, mas era hum nojo de um a Acordo com a leis morais e Religiosas da Nação. ISSO levou Profetas Como Amós a clamar Exploradores OS contrapartida dos Pobres (Am ​​2,6; Ez 16,49).

Quando aumento o cristianismo, cristãos Os Primeiros, na maioria SUA, Pobres ERAM, e, de Além Disso, explorados Pelos Ricos. Tiago apresenta Três principais Razões da Igreja Localidade: Não Agir da forma Como Vinha agindo (privilegiando Os Ricos e Pobres discriminando OS). Os Motivos ERAM: Os Os Ricos oprimiam, OS arrastavam AOS Tribunais e blasfemavam o Bom Nome que eles Entre era invocado. Ou SEJA, UMA atitude praticada Pelos cristãos de: Não era recíproca. Longe de estarem devolvendo BONDADE POR BONDADE, Os cristãos estavam cobrindo de Honra justamente aqueles Que se envolveram ativamente los oprimir e perseguir UMA Pequena Comunidade de crentes. Tal opressão incluiu hum Exploração Econômica:  katadynasteuō  (oprimem) com Aparece FREQUÊNCIA na Septuaginta Paragrafo descrever a Exploração dos Ricos Pobres contra (Ver Am 4,1), órfãos e viúvas (Ver Ez 22,7). Agindo de Modo exatamente Contrário ÀS exigências da "religião pura" (1,26-27). O Ponto de Tiago E que aquelas PESSOAS Que tratamento especial hum recebiam na Igreja Pelo Fato de Serem Ricas ERAM mesmas Como que denunciavam e arrastavam cristãos OS Leitores AOS Tribunais romanos POR Serém.

3. Desonraram o Senhor.  Em Primeiro Lugar, encontramos a Igreja de Deus a desonrar-Lhe o Santíssimo Nome. Em consequencia de SUA atitude discriminatória e celetista. Ao distinguir o rico, uma desonra Igreja também um Deus (vv.6,7). Tiago Localidade: Não concordaria com algumas Correntes teológicas surgidas HÁ alguns Anos (Como UMA Chamada Teologia da Libertação , Por Exemplo) que "sacramentam" o pobre, tornando-o Objeto Exclusivo Fazer favor de Deus, Voltando-se contra Os mais aquinhoados economicamente. O Que Tiago Mostra E Que a bajulação AOS Ricos E imprópria à Igreja, POIs desonra AO Seu Criador. 

PODEMOS Nao Abraçar Dois evangelhos: hum Paragrafo DiZer AOS desafortunados que eles devem se arrepender de SEUS Pecados, SENAO Irão Para o inferno; e Outro, Paragrafo DiZer AOS Afortunados Que Nos sensibilizamos com o SUAS visitas AOS NOSSOS Templos. Mas, infelizmente, muitos São OS Líderes que, em Vez de exaltar a Cristo, desonram-no com UMA SUA Postura Mundana e notoriamente discriminatória. AINDA Que se declarem Homens de Deus, VEM desviando a muitos da Verdade. O Que Todos devemos saber, porem, E Que "Deus Localidade: Não se Deixa escarnecer; o o Porque Tudo O Que O Homem semear, também ceifará ISSO" (Gl 6.7).

Em Lugar Segundo, Os Ricos também desonravam AO Senhor, POIs ERAM Enguias Que blasfemam o Bom Nome daquele a QUEM a Igreja pertencia. Tiago acrescenta UMA Acusação de Natureza religiosa. O Nome de Jesus havia Sido outorgado cristãos AOS, uo (de Modo MAIS literal) EM SEU batizados em Nome haviam Sido. Agora cristãos OS "pertenciam" a Cristo. Seu Senhor E Cristo. Todavía, Os Ricos Falam mal desse nome, quando escarnecem de Jesus OU quando seguidores insultam SEUs. Localidade: Não ESTA esclarecido se faziam ISSO None tribunal, Como Parte do Processo opressivo, OU SE estavam insultando um NAS Cristo sinagogas e NAS Praças. Nem UMA NEM outra Ação Correta era.

 

III. A LEI REAL, A LEI EA LEI MOSAICA DA LIBERDADE (Tg 2,8-13)

 

1 A Lei Real.  A Essência da lei de DEUS É O Amor AO Próximo Como um mesmos NSA (2,8-11). Uma Questão de: Não é Quem É O Meu Próximo, mas Paragrafo QUEM eu Posso Ser o Próximo? O Amor EO cumprimento de Toda a lei. Amar E TRATAR Como PESSOAS Como Deus Nos Trata. O Sacerdote EO levita tinham UMA Fé Ortodoxa. ELES Serviam de: Não Templo. Mas Enguias falharam los Viver a Fé Amando o Próximo. A era Ortodoxa Fé, mas estava morta (Lc 10.31,32). QUEM AMA E Localidade: Não transgressor da lei. E se tropeçarmos los hum Único Ponto, Somos culpados da lei inteira (2.10).

Na era moderna, e especialmente No Mundo materialista EM Vivemos Que, adaptar o Sonho de "amor AO Próximo" A Nossa Realidade E Muito, Muito Difícil. Localidade: Não Ámbito PODEMOS NOS Familiares doar, Fazer Sacrificios, fazemos e OS NA maioria Das vezes, de bom grado. Mas, Como Fazer ISSO COM "Nosso Próximo", OU SEJA, COM Nosso irmão da Igreja, Vizinho, alguem do Trabalho Que te sacaneia de Semper? Pará devemos Fazer ISSO, primeiramente, amar um mesmos NOS, Nao Maneira de egoísta, mas Realista. Amar a si MESMO Quer DiZer aceitar Nossas limitações e também saber reconhecer talentos NOSSOS. Amar a si MESMO Quer DiZer Valorizar e Amar mesmos CADA Porcão de NOS, SEJA nenhuma Físico Que No Emocional e Espiritual nao. Amar a si MESMO Quer DiZer aceitar Que Somos Feitos de UMA determinada Maneira e Que, principalmente, Cristo Nos tornou Dignos de amor, Que merecemos Ser AMADOS da Maneira Que somos. EE justamente ESSE Tipo de amor Que devemos devotar AO Nosso Próximo.

No Primeiro mandamento eu concentro a ansia de ser feliz firmemente los Deus e apenas Nele. No Segundo mandamento eu abro TODO hum mundo de alegria los Deus lhes Expansão, e digo: Como PESSOAS, OS Seres Humanos, Onde Quer Que eu OS Encontre, foram designados Paragrafo receber alegria los Deus atraves de MIM. Ame-os Fazer Modo Que voce ama a si MESMO. Mostre-lhes, de-lhes POR QUALQUÉR Meio Prático DISPONÍVEL O Que Voce encontrou Paragrafo Voce MESMO los Deus.

2 A Lei Mosaica.  Sem ritmo de Tiago, Os judeus faziam distinção entre Como UMA leis Mais Importantes e Como que ERAM Menos significativas. Consideravam a lei de Deus Como Sendo prioritária, mas Localidade: Não consideravam TÃO Importantes Para mandamentos nos unem, Como AQUELE contra o Juramento, ERAM POIs Visto com a lei de Moisés (ver Mt 5,33-37; Tg 5.12).

Apesar de Tiago ter Escrito SUA Epistola, um Princípio, Paragrafo cristãos de Descendência judia, Nao excluiu ninguem da obrigação de observar a lei de Deus e obedecer a ELA. Todo Leitor da Carta Desen Estar CIENTE da Unidade da lei de Deus. PODEMOS AFIRMAR Que Nao obedecer AO mandamento "Localidade: Não matarás" e Mais Importante Que Fazer observar AQUELE Que Diz "Localidade: Não cobiçarás". Como Escrituras de: Não nn permitem julgar o valor dos mandamentos. Na Verdade, Nao Sermão do Monte, Jesus ENSINA que nenhuma Parte da lei desaparecerá "Comeram Que Tudo se cumpra" (Mt 5,17-19), e Paulo FAZ Referência à obrigação de obedecer à lei Como hum TODO (Gl 5.3). ASSIM, EM SUA DISCUSSÃO Sobre a lei, Tiago também enfatiza que a lei de Deus Localidade: Não Consiste de mandamentos indivíduos, mas de UMA Unidade. Certamente, a lei è formada mandamentos POR VARIOS, mas transgredir hum DELES significa quebrar a lei de Deus. Se bato hum dedo do Pé, Nao Só AQUELE dedo, MAS TODO O Corpo Sente UMA dor. Joe Cada Parte Do Meu Corpo ESTA integralmente relacionada com o resto. "Se hum Membro sofre, Todos sofrem com ele" (1Co 12.26). Se quebro hum dos mandamentos de Deus, peco contra Toda a lei de Deus.

O proprio Deus CRIOU e formulou SUA lei. Ele também hum Ordena ea FAZ cumprir, POIs POR Meio da lei ELE Expressa SUA Vontade. Disse Deus: "Localidade: Não adulterarás". Disse também: "Localidade: Não matarás." ESSES Dois mandamentos São Parte da lei, Isto É, Fazer Decálogo (Êx 20.13,14; Dt 5.17,18), e TEM UMA MESMA los si Autoridade divina Que o resto da lei de Deus.

3 A Lei da Liberdade.  Uma Biblia E a grande Lei da Liberdade. Ela Nos Mostra Que, se a obedecermos e perseverarmos los cumpri-la, seremos Bem aventurados los Tudo Que realizarmos e livres. DESDE OS Tempos Antigos, O Homem TEM lutado Pela Liberdade. Atualmente, None Oriente Medio, Como Nações TEM POR lutado Liberdade. Mas ESSA Liberdade que EUA da Violência, Que provoca derramamento de Sangue, E Humana, carnal e Demoniaca. Mas o Que É a Liberdade? Os Conceitos Humanos e malignos ensinam Que a Liberdade São situações Como NAS cais cais Quais d'Orsay d'Orsay Como PESSOAS fazem o Que querem, Sem dar Satisfação a ninguem. Mas ISSO Localidade: Não E Liberdade, ISSO E anarquia, UMA SITUAÇÃO SEM Governo, Sem lei. Mostra Deus Nós na SUA Palavra a Verdadeira Liberdade.

Libertar-se E se tornar Livre de Algo Que Nos aprisiona. Muitas vezes, ESTAMOS Presos los Algo Que Localidade: Não Queremos aceitar. Chegamos a FICAR acorrentados los Ações, atitudes, Pensamentos ruins e comeu Mentiras. E o Pior: percebemos nao.

A Palavra de Deus PODE nn tornar livres. O Problema E Que MESMO ASSIM O Diabo Localidade: Não Desiste e Tenta (SEM cessar) nsa aprisionar los Algo com o Objetivo Único de nn abalar, entristecer e destruir.

Um zumbido biblia Funciona Como Espelho. Ela Mostra OS Defeitos e falhas de Nosso carater que contrastam com o Perfeito carater de Deus. O apóstolo Paulo Afirma Que "Pela lei VEM o Conhecimento do Pecado" (Rm 3.20).

E Pela Palavra de Deus e SEUs santos preceitos que PODEMOS perceber atraves da Atuação do Espírito Santo, Que Nossa Vida Localidade: Não se harmoniza com a Vontade de Deus. A biblia Torna-se hum Instrumento ATRAVES Fazer qua, o Espírito Santo utiliza-se de par convencer-SOE do Pecado.

Apontando A Nossa condição de pecadores, Como Santas Escrituras Nos apresenta o autor da MESMA, AQUELE Que ESTA pronto a perdoar e redimir. Desta Maneira, um indica Palavra de Deus Nos hum Jesus, um Fim de Que recebamos a Salvação. Jesus Disse Que "todo AQUELE Que comete Pecado E escravo do Pecado" (Jo 8,34). Quando transgredimos a Lei do Senhor de: Não Nos achamos Em liberdade. Por ISSO, viver Segundo OS Limites do Santo Livro significa Liberdade das Garras cruéis do Pecado Que escraviza e destroe, das liberta-SOE amargas Consequências do Pecado.

 

CONCLUSÃO

 

O Segundo Capítulo da Epístola de Tiago E UMA Voz do Evangelho de tempos Ecoar ATRAVES DOS. Ele rotula a acepção de PESSOAS Como Pecado lembrando-SOE de que Deus escolheu os "Pobres dEste Mundo Pará Serem Ricos na Fé e Herdeiros do Reino Que Prometeu AOS Que o AmAm". ASSIM, SE A Nossa Vontade estiver de um a Acordo com a Vontade de Deus, amaremos OS Pobres Como hum mesmos NOS. E conscientizar-nn emos de que verdadeiras ESSE de amor Exige de Nós Ações, sinceras, e Localidade: Não apenas de Vas Palavras Religiosas que ATÉ MESMO o Vento se encarrega de LeVar (cf. Tg 2,15-17).

 

Lições Bíblicas CPAD

JOVENS E ADULTOS

 

 

 

3º TRIMESTRE DE 2014

 

Título:  Fé e Obras - Ensinos de Tiago Paragrafo UMA Vida Cristã Autêntica

Comentarista:  Eliezer de Lira e Silva

 

 

 

Lição 7:  A Fé se manifes los Obras

Dados:  17 de Agosto de 2014

 

TEXTO Áureo

 

um a Assim resplandeça a Vossa Luz Diante dos Homens, Paragrafo Que Vejam Como vossas boas Obras e glorifiquem o Vosso Pai, Que ESTA Nos Céus " (Mt 5,16) . 

 

VERDADE PRÁTICA

 

Uma Vez Salvos los Cristo, O Amor, materializado POR Meio das Boas Obras, Torna-se A Nossa Identidade Cristã.

 

Hinos SUGERIDOS

 

17, 75, 79.

 

Leitura Diaria

 

Segunda - 1Ts 1,3

A Fé e Obras de São Inseparaveis

 

 

 

Terça - 2Ts 1,11

A preceder Oração UMA Ação

 

 

 

Quarta - Hb 11.17

Como Obras da Fé abrangem UMA Ação

 

 

 

Quinta - Ap 2.19

O Senhor conhece As Nossas Obras

 

 

 

Sexta - 2Tm 4,6-8

A Esperança fortalecida pelas Obras

 

 

 

Sábado - como 7,60

Uma Fé A Toda Prova

 

Leitura Bíblica EM CLASSE

 

Tiago 2,14-26.

 

14 -  Irmãos MEUS, Que aproveita se alguem Disser Que TEM Fé e Localidade: Não figado Como Obras? Porventura, a Fé PODE Salvá-lo?

15 -  E, se o Irmão UO a Irmã estiverem nus e tiverem Falta de mantimento cotidiano,

16 -  e algum de Vos Disser lhes: Ide los paz, aquentar-vos e fartai-vos; e lhes derdes Nao Como Encontra los COISAS necessárias Paragrafo O Corpo, Que proveito Vira dai?

17 -  um a Assim tambem a FE, SE Localidade: Não figado Como Obras, E morta los si MESMA.

18 -  Mas Dira alguem: Tu dezenas de Fe, e eu tenho Como Obras; Mostra-me a tua Fé SEM Como Tuas Obras, e eu te mostrarei a Minha Fé pelas Minhas Obras.

19 -  Tu cres Que HÁ UM Só Deus? Fazes Bem; também OS Demônios o creem e estremecem.

20 -  Mas, O Homem VAO, queres tu saber Que a Fé SEM Como Obras e morta?

21 -  porventura Abraão, O Nosso pai, Nao FOI justificado pelas Obras, quando ofereceu SOBRE o altar o Seu Filho lsaque?

22 -  Bem Que Ves a Fé cooperou com o SUAS Como Obras e Que, pelas Obras, UMA aperfeiçoada FOI Fé,

23 -  e cumpriu-se a Escritura, Que Diz: E creu Abraão los Deus, e FOI-LHE ISSO imputado Como Justiça, e FOI Chamado o amigo de Deus.

24 -  Vedes, entao, Que O Homem E justificado pelas Obras e Localidade: Não somente Pela Fe.

25 -  Ede Igual Modo Raabe, a meretriz, Nao foi também justificada pelas Obras, quando recolheu OS emissários e OS despediu POR Outro Caminho?

26 -  o o Porque, Assim Como O Corpo SEM o espirito ESTA Morto, ASSIM também a Fé SEM Obras e morta.

 

Interação

 

Imaginem hum presidente que Localidade: Não governa? Um juiz Que Localidade: Não julga? Um Advogado Que Localidade: Não advoga? Um Médico Que Localidade: Não clinica? Um policial Que Localidade: Não protege? UM professor Que Localidade: Não ENSINA? Um Cientista Que Localidade: Não Pesquisa? Um Arquiteto Que Localidade: Não desenha? Um filosofo Que Localidade: Não filosofa? Imaginou? ASSIM É O crente Que Localidade: Não Produz Boas Obras. Que Localidade: Não ama! Como estudamos E na Epistola de Tiago, Como jibóias OBRAS São OBRAS de Misericórdia, IstoÉ, Ações encharcadas de: Não de amor. A Carta de Paulo AOS Romanos Nos Diz Que "Quem ama AOS Para nós Ligação cumpriu a lei", POIs "O Amor de: Não FAZ mal AO Próximo, de sorte Que o cumprimento da lei E o amor" (13.8,10).

 

OBJETIVOS

 

APOS ESTA aula, o Aluno Devera Estar apto a:

  • Destacar  Que a Fé e Obras de São Relacionais.
  • Apontar  OS Exemplos de Fé com Obras no Antigo Testamento.
  • Compreender  a Metáfora fazer proposta Corpo SEM Espírito POR Tiago.

 

Orientação Pedagógica

 

Prezado professor, Paragrafo concluir UMA aula Desta Semana sugerimos Que Voce reproduza o Esquema abaixo de um a Acordo com o SUAS Como Possibilidades. Peca AOS Alunos Que de Exemplos de atitudes Que retratam a "Fé SEM OBRAS Como" EA "Fé com Quanto Obras", de um a Acordo com a Coluna sugerida. Em SEGUIDA releia com a classe Tiago 2,14-17; Léia também Romanos 13,8-10 e Marcos 12.30,31. Entao, Afirme Que o ensino de Tiago ESTA los harmonia com o de Paulo los Romanos e No Evangelho de Marcos. Nas Escrituras, subentende-se que AMAR E Agir Pelo Bem do Próximo. Conclua A Lição dizendo Que a Fé SEM Como Obras demonstram Que o crente de: Não conhece o Evangelho. Tal Fé E morta!

 

 

 

Comentario

 

INTRODUÇÃO

 

Palavra Chave

Manifestação:  Ato de dar a Conhecer; Revelação, Expressão.

 

A Lição de Hoje Trata da Fé manifestada atraves das Obras (Tg 2,14-26). De Além de tal ASSUNTO Ser imprescindível à Vida Cristã -, POIs, Sem Fé E Impossível agradar a Deus (Hb 11.6) -, é Preciso reafirmar Que o crente E salvo Pela Graça, Por Meio da Fé (Ef 2.8,9). Devendo o Cristão andar POR ELA (2Co 5.7), tendão los vista de que Tudo Aquilo Que Localidade: Não E de Fé, Pecado culmina em (Rm 14.23). Entretanto, a Fé Localidade: Não E UMA fuga da Realidade. Por ISSO, Jesus ensinou Que a praticada Fé DEVE Ser (Mt 5,22-48). Nesta Lição, igualmente, Tiago Mostra Que UMA Fé viva E autenticada Pela Produção de Boas Obras, POIs Localidade: Não HÁ antagonismo algum entre Ambas - Fé e Obras. Conforme aprenderemos, na Vida Cristã, Fé e Obras Localidade: Não São distintas, mas Complementares.

 

I. Diante do NECESSITADO, A NOSSA FÉ SEM OBRAS E MORTA (Tg 2,14-17)

 

1. Fé e Obras.  Ao LER desavisadamente a Epistola de Tiago o Leitor PODE AFIRMAR Que Ela contradiz OS ensinamentos Fazer apóstolo Paulo Quanto à doutrina da Salvação Pela Fé (Rm 4,1-6). Todavía, AO estudarmos cuidadosamente o Tema los Questão, Veremos Que OS Ensinos paulinos e OS de Tiago los hipótese alguma se contradizem. Quando Paulo escreve SOBRE Como Obras, ELE SE REFERÊ à Lei - o Orgulho Nos rituais judaicos e na obediência a hum Sistema de Regras Religiosas - equanto que Tiago, Conforme Obras de Misericórdia AO Próximo necessitado. O meio-Irmão do Senhor de: Não se OPOS AO apóstolo DOS gentios. Enquanto Paulo anunciava AO pecador UMA Mediante Salvação Pela Graça a Fé (Ef. 2.8), Tiago doutrinava OS crentes Sobre a impossibilidade de vivermos UMA Fé de Cristo manifestar SEM OS Frutos de Arrependimento (Mt 3.8). O Primeiro preocupou-se com a Causa da Salvação EO Segundo, com o Efeito Dela.

. 2 O Cristão ea Caridade  "A Fé de: Não acompanhada de Ação e morta", declaração Tiago. "Fazer", "Realizar" e "Agir" São atitudes que integram UMA religião pura e imaculada: ajudar OS Necessitados NAS SUAS Necessidades. A Fé, quando Localidade: Não Produz OS Tais frutos, E morta. A FIM de ilustrar tal Verdade, Tiago perguntar retoricamente OS servos de Deus dizendo Que se oferecermos, hum hum Irmão UO a Irmã uma, Que estejam padecendo necessidade, apenas UMA Palavra de "Incentivo" e Localidade: Não lhes dermos Como Coisas de que eles necessitam, ISSO Localidade: Não resolverá o Problema. Diante de alguem necessitado, O Que Precisa Ser Feito? Orar e despedi-lo SEM nada? Procedermos ASSIM SE, Nossa Oração de: Não servirá para nada. Alias, Como ENSINA João, Uma Pessoa Que Localidade: Não se compadece dos Necessitados Não Tem o amor de Deus los SUA Vida (1Jo 3.17,18). Tal Aspecto JÁ havia Sido ensinado POR Jesus AO DiZer Que, SEM socorro àqueles Que precisam de Ajuda, acolhemos o proprio Senhor (Mt 25,40).

. 3 A "morte" da Fé  A Concepção de Fé apresentada na Epístola de Tiago E a Confiança los Deus: "Tu cres Que HÁ UM Só Deus?" (V.19). Logo, Como Obras de que Tiago Fala, consistem na Expressão da Vontade de Deus, OU SEJA, amar o Próximo, Enfermos visitar OS, OS DIREITOS defensor dos Pobres, praticar a Justiça, etc Isso E uma Fé viva los Deus! A Epistola Nos ENSINA Que se amamos o Outro, amamos Nao Segundo Como concupiscências, mas Nossas Segundo o amor de Deus POR NOS. Este de amor Nos Estimula a amar o SER HUMANO independentemente de QUEM ELE SEJA. Ame o Próximo e mostrará UMA Fé viva. Localidade: Não ame, e se confirmará: a tua EFE ESTA morta.

 

 

 

SINOPSE DO topico (I)

 

Tiago Nos Mostra Que Diante de UMA necessidade do Próximo, o crente Localidade: Não PODE espiritualizar um material SUA necessidade, Os pingos DEVE Supri-la. Do Contrário, Nao HÁ Fe.

 

 

 

II. Exemplos VETEROTESTAMENTÁRIOS DE FÉ COM OBRAS (Tg 2,18-25)

 

1 Localidade: Não basta "CRER".  Tiago Afirma Que a Crença Teórica los Deus Localidade: Não significa Muita Coisa. Demônios OS, igualmente, creem e estremecem Diante do Altissimo (Lc 8,26-33; Mc 5,1-10). Em Otras Palavras, ELES "creem", OU Sabem, Que Jesus E o Filho de Deus. Entretanto, a Confissão dos Demônios de: Não implica hum Compromisso de obediência a Deus. A Fé Verdadeira, porem, manifes-se na Prática coerente Fazer servo de Deus com Tudo Aquilo Que ELE los Diz CRER. O autor da Epístola demonstra Que a Fé de: Não Consiste Autêntica los hum Discurso, MAS los Convicção, SEGUIDA da Prática de Obras de amor, POIs E justamente ISSO Que Jesus fez e AINDA FAZ (At 10,38; Hb 13,8) . Exemplificando ESSE ensino da Fé compromissada com a Ação, Tiago utiliza Dois Ricos Exemplos Fazer Antigo Testamento.

2 Abraão.  patriarca Abraão O, conhecido Como "pai da Fé", obedeceu a Deus quando o Senhor pediu LHE Seu amado Filho, Isaque. O patriarca de Israel JÁ havia demonstrado Confiança los quando Deus decidiu, POR UM ATO de Fé e obediência, Partir Paragrafo UMA terra Desconhecida (Hb 11.8,9). Agora, Abraão estava Diante de UMA Prova de Fé AINDA Mais dura: imolar o Seu Filho amado e oferecê-lo los sacrificio a Deus. Uma Fé levada ATÉ Como Ultimas Consequências! A Obra de Abraão demonstrou UMA SUA Confiança los Deus Independente circunstâncias DAS. E NOS, Como ESTAMOS Diante de Deus? Cremos quando Vai Bem Tudo, e ESTA Tudo Certo cremos circunstâncias OU apesar Das?

3. Raabe.  Outro Exemplo apresentado POR Tiago E o de Raabe, Uma Mulher Gentia e prostituta Que vivia los Jericó Durante a conquista da terra de Canaã Pelos judeus. Quando Josué enviou OS Espias Paragrafo olharem a terra, Raabe OS escondeu e, Mais Tarde, OS ajudou a Escapar dos guardas de Jericó. A atitude de Raabe levou OS Espias a prometerem que nenhum mal aconteceria a ELA quando OS israelitas tomassem UMA Cidade (Js 2,1-24). Raabe Teve Fe Nenhuma Deus de Israel! Na Certeza de Que Deus daria aquela Cidade AO Seu Povo, ELA Agiu Paragrafo Proteger OS Espias enviados POR Josué. Por ISSO, Raabe, a prostituta de Jericó, FOI justificada e constítuida na linhagem do Nosso Salvador, Jesus Cristo (Mt 1.5). E UMA grande Mulher Que CONSTA Como UMA heroína da Fé (Hb 11.31).

 

 

 

SINOPSE DO topico (II)

 

Como Ações de Abraão e Raabe São Dois Grandes Exemplos Fazer Antigo Testamento Quanto à Fé compromissada com a Obras.

 

 

 

III. A exemplificar PARA Metáfora do Corpo SEM O ESPÍRITO A FÉ SEM OBRAS (Tg 2.26)

 

1 Uma analogia do Corpo SEM Espírito.  Pará OS Que conhecem a Palavra de Deus, E inconcebível a ideia de hum Corpo vivo SEM o Espírito ea alma (At 20.9,10; 1Ts 5,23). O teólogo Britânico, John Stott, escreveu: "O Nosso Próximo E UMA Pessoa, um SER HUMANO, CRIADO POR Deus E Deus Localidade:. Localidade: Não o CRIOU Como UMA alma SEM Corpo (Paragrafo Que pudéssemos amar somente SUA alma), NEM Como hum Corpo SEM alma (para que pudéssemos preocupar-SOE Exclusivamente com Seu Bem-Estar Físico), NEM tampouco hum Corpo-alma los isolamento (Paragrafo Que pudéssemos preocupar-SOE com ELE somente Como hum individuo, SEM Nos preocupar com a Sociedade em Que ELE vive) Localidade:.! Localidade: Não Deus fez o Homem hum Ser Espiritual, Físico e sociais Como SER HUMANO, O Nosso Próximo PODE Ser Definido Como ". hum Corpo-alma los Sociedade "( Cristianismo Equilibrado , CPAD ). Sem o Espírito, o fôlego de Vida, o SER HUMANO Localidade: Não E nada. PODEMOS entao Ser considerados Humanos quando Como Esferas Espiritual, Física e o Estação Sociais Inseparaveis. Qual a Relação com a Fé desse ASSUNTO? 

2. Da MESMA Maneira: FE SEM Obras e morta.  "assim Como o Corpo SEM o Espírito ESTA Morto, ASSIM também uma Fé SEM Obras e morta" (v.26). Tiago nn ENSINA Que Localidade: Não FAZ SENTIDO expressarmos UMA Fé verbalmente se ELA Não Tem Ação concreta. Como Como PESSOAS constatarão Que eu creio De todo Coração los Deus? A MEDIDA que Os Meus Atos los Relação hum ELAS revelarem O Amor do Criador. Se Localidade: Não Houver Obras de Misericórdia, Amor, Honestidade e carinho AO Próximo, A estara morta Nossa Fé, sepultada. Puedomos citar de cor e salteado o Credo Apostólico, o credo da Nossa demominação e milhares de versículos da bíblia. Mas se de: Não Houver Ação, Tudo de: Não passará de Argumentos SEM Vida. Deus Nos Livre Dessa ignomínia!

 

 

 

SINOPSE DO topico (III)

 

ASSIM Como o Corpo SEM o Espírito Não Tem Vida, Fé SEM Como Obras e morta.

 

 

 

CONCLUSÃO

 

Sabemos Que o SER HUMANO ESTA vivo o o Porque ELE TEM ATIVIDADE intacta cerebral, Os pulmões funcionam rotineiramente, o Coração bombeia o Sangue, irrigando TODO O Corpo. Isto É, o Corpo humano ESTA se movimentando Naturalmente. Da MESMA forma E a Fe. Uma Fé viva los atraves Deus Fazer Seu Filho, Jesus Cristo, justifica o Homem de TODO o Pecado (Rm 5.1; Tg 2,18-25). Mas UMA Fé SEM Obras ESTA morta! E Como hum Corpo humano Que Não Tem Vida. Localidade: Não respira Mais. Que possamos Viver TODAS Como implicações reais de Nossa Crença los Deus.

 

Vocabulario

 

Antagonismo:  Princípio OU Tendência contraria; . Oposição Distinta: Que Localidade: Não E Igual; . Diferente Imolar: Matar los sacrificio a Deus. Ignomínia: Grande desonra infligida POR UM Julgamento Público; degradação social; opróbrio.
 
 
 

 

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

 

STRONSTAD, Roger; ARRINGTON, Frances L. (Eds.) Comentário Bíblico Pentecostal Novo Testamento. 2ª Edição. RJ :. CPAD, 2004 STOTT, John. Cristianismo Equilibrado. RJ: CPAD, 2009.  
  

 

Exercicios

 

. 1  O Que ocorre com a Fé se de: Não POR acompanhada de Ação?

R.  Ela se Achara morta.

 

2.  Como E a Concepção de Fé apresentada na Epístola de Tiago?

R.  A Concepção de Fé apresentada na Epístola de Tiago E a Confiança los Deus: "Tu cres Que HÁ UM Só Deus?" (V.19).

 

3.  Segundo A Lição, Como se Manifesta a Verdadeira Fé?

R.  A Verdadeira Fé, porem, manifes-se na Prática coerente Fazer servo de Deus com Tudo Aquilo Que ELE los Diz CRER.

 

4.  Cais cais Quais d'Orsay d'Orsay Os Dois Ricos Exemplos de Fé do Antigo Testamento utilizados POR Tiago?

R.  A disposição de Abraão lhes entregar O Seu Filho de Deus e de Raabe los Esconder e Espias Proteger OS.

 

5.  Segundo A Lição, Como poderão constatar Como PESSOAS Que cremos los de Deus TODO Coração?

R.  A MEDIDA que Os Meus Atos los Relação hum ELAS revelarem O Amor do Criador.

 

Auxílio Bibliográfico I

 

Subsídio Teológico

 

"Somos ensinados a considerar a Fé constítuida de mera especulação e Conhecimento Como Sendo de Demônios: 'Tu cres Que HÁ UM Só Deus fazes Bem, também OS Demônios o creem e estremecem" (v.19). O Exemplo de Fé Que o apóstolo Aqui escolhe mencionar E o Primeiro Princípio de Toda religião: 'Tu cres Que HÁ UM Só Deus, contra OS ateus; e Que HÁ somente hum Deus, OS contra idólatras; fazes Bem: ATE Aqui esta tudo bem. Mas se descansares Aqui, e assumires UMA boa Opinião de ti MESMO, OU Fazer teu Estado Diante de Deus, meramente POR Conta Fazer teu CRER Nele, ISSO Vai te tornar miserável SEM finais: OS Demônios o creem e estremecem. Se tu te contentas com hum mero consentimento Com Os Artigos de Fé, e algumas especulações Enguias SOBRE, COMEU ESSE Ponto OS Demônios Vao. E Como a Fé EO Conhecimento que eles TEM entao SIRVA Paragrafo excitar o horror, ASSIM los pouco ritmo o fara UMA Tua Fé "A Palavra estremecer E geralmente considerada Como tendão hum bom Efeito Sobre a Fé;. Mas Aqui a Lista DEVE Ser entendida Como hum Efeito Negativo, quando e Aplicada à Fé dos Demônios ELES estremecem, Nao POR reverencia, MAS POR Ódio e Oposição AQUELE Deus lhes QUEM Enguias creem recitar AQUELE Artigo da Confissão de Fé:.. Creio no Deus Pai Todo-Poderoso e Localidade: Não entreguemos Vai Nos distinguir dos Demônios NAO, NAO UM SER QUE NOS UM DEUS ágora Como O EVANGELHO NOS Orienta, amemos em OT, e tenhamos Prazer Nele, sirvamos EO Finais, O Que OS Demônios Localidade: Não fazem e Localidade: Não PODEM FAZER "( . HENRY, Matthew Comentário Bíblico Novo Testamento: Atos a Apocalipse 2ª Edição RJ.:. CPAD, 2010, p.836). 

 

Auxílio Bibliográfico II

 

Subsídio Bibliológico

 

"Sermão Neste [do Monte] - Que Lord Acton definiu Como UMA Verdadeira Revelação de UMA Sociedade moralmente nova - o Senhor Jesus Contrasta ideias espirituais Que sustentam a Conduta adequada moral, com exigências de Como meramente Exteriores da lei ELE ENSINA que que Traz ira Como. Fruto o Assassinato E errada; Que a Reconciliação com hum Irmão e Mais essencial Fazer que o desempenho de Atos Exteriores de Adoração; Que o cultivo de Pensamentos lascivos tornam Como PESSOAS TÃO culpadas Quanto à Prática Fazer adultério proprio; Que SEUS seguidores devem Ser extremamente comprometidos com a Verdade, um Ponto de OS juramentos tornarem-se desnecessários; Que a Vingança de e maligna; Inimigos Que OS, Assim Como Os Amigos e benfeitores, devem receber Nosso de amor; Que destacar OS Defeitos da Vida dos Outros, e tentar remodelar a Vida destes de forma intrometida, e Tudo Isto É atraves de UMA atitude de censura, São repreensíveis; Que o Exercício da Piedade Como a Doação de esmolas, orações Como, EO jejum devem sor destituídos de ostentação; Que o Cristão Só PODE ter hum Senhor.

Muitas passagens Notáveis ​​PODEM Ser destacadas Neste Sermão. Existem Como parábolas Que Falam da luz interior (Mt 6.22,23), e casas Das DUAS (Mt 7,24-27). A Oração do Senhor, CITADA POR Mateus, EM SUA Primeira Seção Trata dos deveres de par com Deus, e, na SUA Segunda, Trata dos deveres de par com o Próximo. O Senhor Jesus preparou Este Modelo a Partir de hum Contexto judaico, Dando hum Exemplo de Como alma uma, MESMO com poucas Palavras, PODE FALAR COM Deus [...].

A 'Regra Áurea "(Mt 7,12) FOI ASSIM Chamada de: Não Século XVIII POR Richard Godfrey e Isaac Watts. Willian Dean Howells los Seu romance Silas Lapham (1985) usou ESTA frase Que ágora nn E familiar. Este Princípio de reciprocidade, Que de um a Acordo com Wesley E RECOMENDADO Pela Própria Consciência Humana, tornou-se base de UMA fazer Sistema Ético de John Stuart Mill Este Princípio também E refletido na afirmação de Kant de UMA Pessoa Que DEVE Agir Como se SUA Regra de Conduta estivesse destinada -. ​​Pela Força de Vontade SUA -. a se tornar UMA lei universal da Natureza A Diferença Entre a Ordem categórica de Kant ea "Regra Áurea" de Cristo E Que a Ordem de Kant Não Tem Conteúdo, enquanto Cristo retomar o Conteúdo da Segunda Tábua da lei moral . de Deus O Senhor Jesus Cristo exemplificou a 'Regra áurea'na Parábola do Bom Samaritano (Lc 10.25ss.) "(PFEIFFER, Charles F;. VOS, Howard, F. . Dicionário Bíblico Wycliffe  1ª Edição RJ .: CPAD, 2009 , p. 1.803-1.804).

 

SUBSÍDIOS ENSINADOR Cristão

 

A Fé do SE manifes los Obras

 

Como chegar AO lar de UMA Pessoa Que se Encontra los Necessidades materiais e apenas orarmos POR ELA dizendo "Deus esta no Controle de Tudo"? Tal atitude E UM que Tiago Chama de Fé SEM Obras. A Fé Vivida apenas no campo da mera especularização Espiritual E UMA Fé SEM Vida, encanto e Compromisso com o Outro. A Verdadeira Fé do Consiste los amar a Deus Acima de TODAS Como Encontra los em Coisas, com Toda a Nossa Força, de TODO O Nosso Entendimento, de Toda a Nossa alma e de TODO O Nosso Coração (Mc 12.30,31). Uma Fé Simples, entretanto, de UMA implicação inimaginável.

A Fé do Evangelho ESTA AO diametralmente entrelaçada de amor. Localidade: Não a toa Ela Aparece Como UMA das Três Virtudes teologais, juntamente com o amor (1Co 13.13). DEste, o apóstolo Paulo Diz: "o o Porque QUEM AMA AOS Para nós Ligação cumpriu a lei [...] e, se HÁ algum Outro mandamento, Tudo Nesta Palavra se resume:. Amaras AO TEU Próximo Como a ti MESMO O Amor de : Não FAZ mal AO Próximo, de sorte Que o cumprimento da lei E o amor "(Rm 13,8-10). Contra O Amor Localidade: lei de: Não ha. A Vontade de Deus E Que o SER HUMANO viva UMA Vida sem que a determinar, POIs QUEM AMA PODE Localidade: Não Fazer outra Coisa SENAO O Bem (Jr 31.33).

Quando Tiago Fala de boas Obras sabemos Que ELE SE REFERÊ Como Ações concretas de misericórdias. Entao, logotipo remetemo-SOE AO ​​Tema da Salvação pelas Boas Obras. TALVEZ Pelo Medo de relacionar boas Obras à Salvação, muitos em Nossas Igrejas VEM ignorando O mandamento de Jesus Pará fazermos alguma Coisa lhes favorecem dos Pobres. Disso de Além, precisamos ponderar com OS NOSSOS Alunos Que Localidade: Não São de Obras Que Salvam, mas, POR Lado Outro, São ELAS QUE SE revelam de Fato Somos salvos UO Localidade: (. Ef 2,8-10) NAO. E hum dia, Todos seremos Julgados, pelas OBRAS QUE realizamos los hum Relação Humano Outro Ser Cujo Senhor, Jesus, PODE Ser ENCONTRADO los CADA Estado de necessidade (Mt 25,31-46).

Use O Espaço Desta Lição, professor, Paragrafo ensinar Que Localidade: Não se PODE Fazer dicotomia Entre UMA Ação Fé ea. Do contrario a Fé se mostrará morta Como hum Corpo Que SEM o fôlego de Vida. De UMA olhada los Volta da SUA Igreja local. TALVEZ ELA se situe los Meio a carente UMA Comunidade. Uma pergunta PODE Ser Feita à SUA classe: O Que Fazer PODEMOS de Ação Pela Sociais Nossa Comunidade?

 

Auxilios Complementares

 

Elaboração:  Escriba Digital

 

INTRODUÇÃO

 

Palavra Chave

Manifestação:  Ação de tornar Público; Evidência, exibição, Exposição, Revelação, Prova.

 

Voce acreditaria los alguem Que Diz Ser cozinheiro, mas Localidade: Não SABE Fazer nenhuma comida? Voce creria los alguem Que Diz Ser Mecânico, Nao entanto NAO SABE Carros Mexer Em? Voce confiaria los hum matemático Que Localidade: Não SABE Fazer UMA Conta de multiplicar? O apóstolo também Quer saber Como PODE ALGUEM TEM DiZer Que Fé, porem ISSO Localidade: Não PODE Ser demonstrada atraves de SUAS Obras?

Os Religiosos de hum MoDo Geral tomam o Efeito Pela Causa UO UMA Causa Pelo Efeito SEM tocante à Prática das Boas Obras. Alguns O Que Quero Dizer E acreditam que boas AO praticarem Obras PODEM ASSIM alcançar Graça e Perdão Diante do Eterno. Enquanto que, para nós Ligação acreditam que DEPOIS de salvos Localidade: Não HÁ necessidade de praticarem boas Obras, POIS SUA alg los DEUS É Suficiente Paragrafo Salvá-los. Afinal de Contas QUEM ESTA Certo? Aqueles Estes UO? Esta Lição Nos Trara valiosos esclarecimentos SOBRE O ASSUNTO.

 

I. Diante do NECESSITADO, A NOSSA FÉ SEM OBRAS E MORTA (Tg 2,14-17)

 

. 1 Fé e Obras  Tiago Inicia o ASSUNTO de forma questionativa: "... que aproveita se alguem Disser Que TEM Fé, e Localidade: Não figado Como Obras?". Ele Eua los SUA Epistola o Termo "Fé" em Três Sentidos los SUA Carta:

  (1)  Fé Pessoal de: Não Senhor Jesus Cristo, Que E pelas tribulações provada (ver 1.3);

  (2)  Confiança na Revelação de Deus e de Jesus Cristo, o SUAS Promessas, Poder e disposição de par atender o crente (Ver 1.6);

  (3)  aderência ÀS doutrinas Fazer Cristianismo, Uma Profissão de Fé los e Deus lhes Jesus Cristo (Ver 2.1). Parece Que ESSE ÚLTIMO SENTIDO E o USADO Aqui.

Se a SUA Profissão de Fé Localidade: Não E acompanhada de Obras, Revela-se Como Meras Palavras (Veja o contraste Entre o Ouvinte negligente EO operoso praticante los 1,15; VEJA AINDA Jr 7,8). Lembramo-SOE das Palavras de Paulo los 1 Corintios 13,1-3, Texto SEM qua o apóstolo declaração, fortes EM TERMOS, que as manifestações espirituais, Sacrificios, Conhecimento e revelações São inúteis se de: Não FOREM acompanhados de amor. Aqui TEMOS Mais um Ponto Que Tiago Aprendeu com o Senhor Jesus (Mt 5,20; 7,21-26, etc).

"Obras" ocorre los Tiago Quase Exclusivamente los 2,14-26 (a Exceção de e 3.13). O Termo DEVE Ser entendido de Além dos Atos de obediência à Vontade de Deus, MAS também, Como Atos de Misericórdia do Pará com OS Necessitados (2.15,16).

DESDE o Princípio da Igreja, None C aDESDE o Princípio da Igreja, None Capítulo 6 de Atos, ESTA registrado que havia necessidade de Cuidar das viúvas da Igreja de Jerusalém. Compreendemos, ASSIM, ESSE que era Princípio de Partilha de Bens Bastante Comum Nos primórdios da Igreja (At. 2.44,45, 4.34,35). Essa, entretanto, era Nao UMA Prática apenas dos crentes de Jerusalém. Os cristãos de Antioquia compartilharam SUAS bênçãos materiais com SO de Jerusalém (At; 11,27-30). Por Causa da Perseguição romana, Os crentes judeus ficaram los SITUAÇÃO de Pobreza Extrema. ISSO Mostra Que NEM Semper hum Prosperidade E resultante de Pecado OU desobediência à Palavra de Deus. Era Uma Contribuição AOS Necessitados, sobretudo, um ato de amor e Prova de genuina espiritualidade.

Uma Profissão de Fé Cristã Que Localidade: Não POR acompanhada das Obras Correspondentes que atestam SUA genuinidade Localidade: Não E de proveito algum: porventura a Fé PODE Salvá-lo? A pergunta de Tiago FOI elaborada gramaticalmente Paragrafo obter UMA RESPOSTA negativa. O "proveito" da Fé e A Salvação. Uma Fé SEM Obras Não Tem proveito algum o o Porque è falsa. Portanto, Nao PODE SALVAR. A lógica de Tiago E ESTA: a Salvação E Mediante a Fé; a Fé Produz Obras; Onde Localidade: Não HÁ Obras, a Fé de: Não existe; logotipo, Profissão de Fé SEM Obras Que a acompanham Não Tem QUALQUÉR proveito. A Fé e A seiva Que corre invisivelmente Dentro da Árvore ea mantém viva; o Fruto E UMA Manifestação externa, a Prova incontestável de que A Árvore viva ESTA. Fé e Obras São Dois Lados da Moeda MESMA. Onde UMA ESTA, ESTA A Outra. E, Onde UMA Falta, certamente também Falta A Outra.

O Concílio de Jerusalém, presidido POR Tiago, e Realizado los Torno de 49 dC, reuniu-se Paragrafo TRATAR da Inclusão dos gentios na Igreja (At 15). Na OCASIÃO, Tiago, Junto Com Os apóstolos e presbíteros, FOI confrontado com a Questão da Salvação Pela Fé SEM Como Obras da lei. A decisão do Concilio, apos reconhecer Que o Coração de e purificado Pela Fé (At 15,9), FOI de Nao exigir Obras da lei de parágrafo UMA Salvação. Conforme VIMOS na Introdução, Tiago PODE ter Escrito ESTA Carta los meados da Década de 40 De QUALQUÉR forma, FICA Claro Que Nunca Tiago defendeu Salvação POR Obras, mas sim Salvação Pela Fé lhes Jesus Cristo, a qua se manifes Mediante Obras de amor e obediência .

2 O Cristão ea Caridade.  que O Tiago Localidade: Não PODE tolerar E a Profissão de Fé SEM UMA Prática, Como Palavras SEM Obras. E de Pará esclarecer Seu Pensamento escolhe UMA Vivida ilustração. Suponhamos Que Não Tem alguem NEM Roupas Para cobrir-se NEM comida Paragrafo Alimentar-se; suponhamos também que hum ASSIM Chamado amigo Expressa-LHE SUA Mais sincera simpatia Pela condição triste em que se Acha; e suponhamos, Disso Alem, Que Tal Simpatia Localidade: Não Vai de Além das Palavras e Que Localidade: Não FAZ esforço algum par aliviar um desafortunado SITUAÇÃO Fazer. Do Que SERVIR ISSO? Que valor TEM UMA Simpatia Pará SE Localidade: Não acompanhada de algum efeitos práticos intento de traduzi-la em? Por ISSO - assinala Tiago - UM SEM Fé Obras e morta.

Se formos analisar, Veremos que Tiago AO enfocar Este ASSUNTO ESTA perfeitamente correto. Nada HÁ TÃO Perigoso Como experimentar repetidamente UMA bela Emoção SEM Fazer intento algum de Transforma-lo em Ação. E hum Fato comprovado Que CADA Vez Que alguem experimenta hum Elevado Sentimento SEM Transforma-lo em Ação, E Menos provável Que algum dia oo o Faça. Num SENTIDO E justo DiZer Que ninguem TEM Direito de Sentir piedade e simpatia a Localidade: Não Ser Que AO Menos busque Transformar ESSA piedade E Essa simpatia em Ação. Uma Emoção Localidade: Não E Algo los de que gloriar-se; E Algo Que, à Custa de esforços, Lutas, disciplina e sacrificio, um conversor Precisa Pessoa los substancia da Vida.

3 A "morte" de-fé.  é Preciso Estar Claro Que a Fé hum que Tiago se REFERÊ E a Profissão de Fé AO Cristianismo, o ato de declarar-se Cristão, crente lhes Jesus Cristo. QUALQUÉR Pessoa PODE declarar-se Cristã, e na Verdade muitas o fazem. Contudo, dada a Natureza Fazer Cristianismo - especialmente Seu Poder regenerador e renovador Mediante o Espírito Santo -, verdadeiros Adeptos de: Não somente professarão a Coisa Certa, mas agirão da forma Certa. Fé e OBRAS Andam juntas. PODEMOS Nao, EM Reação AO Erro Fazer Espiritismo e Catolicismo romano Fazer, negligenciar OU menosprezar Como Obras Como Parte Integrante da Fé Salvadora.

Como principais Características da morte da Fé São apontadas POR Tiago:

  (1)  E UMA Fé Que Localidade: Não desemboca los Vida de Santa. A Fé morta ESTA divorciada da Prática da Piedade. HÁ UM hiato, um Abismo Entre o Que UMA Pessoa Professa EO Que UMA Pessoa vive. Ela Cre na Verdade, mas Localidade: Não E POR ESSA transformada Verdade.

  (2)  E UMA Fé meramente intelectual. A Pessoa com consente CERTAS Verdades, mas Localidade: Não E POR ELAS transformada.

  (3)  E UMA Fé Que Localidade: Não Produz frutos Dignos de Arrependimento. ESSA Fé E ineficiente, inoperante e Localidade: Não Produz Nenhum Resultado. Ela TEM Sentimento, mas Localidade: Não Ação.

  (4)  E UMA Fé SEM valor None. Ela E Inútil. A SEM Fé Obras e inoperante (2,20). Se, de forma Geral de Fe E Inútil, ELA também o E Localidade: Não Caso da Salvação.

  (5)  E UMA Fé incompleta. Tiago Diz Que a Fé SEM Como Obras ESTA incompleta (2.22), a Visto Que São Como Obras que consumam hum Fe. Como Obras São hum Evidência da Fé. Somos salvos Pela Fé Pará Como Obras (Ef 2,8-10). Se Não Tem Obras, Não Tem Fé!

  (6)  E UMA Fé morta. Tiago E Claro los AFIRMAR Que a Fé SEM ESTA Obras Como morta (2,17; 2,26), e UMA Fé morta Localidade: Não salva ninguem. ESSA Fe intelectual, Inútil, incompleta e morta de: Não salva ninguem. Ortodoxia SEM piedade Produz morte.

 

II. Exemplos VETEROTESTAMENTÁRIOS DE FÉ COM OBRAS (Tg 2,18-25)

 

1 Localidade: Não basta "CRER".  JÁ VIMOS Como, UMA Fé morta E UMA Fé Que atinge apenas o intelecto. A Fé dos Demônios atinge o intelecto e também Emoções Como. Os Demônios TEM UM Estágio Mais Avançado de Fé Que muitos crentes. A Fé dos Demônios Localidade: Não E apenas intelectual, MAS também Emocional. ELES creem e tremem!

Crer e Tremer Localidade: Não E UMA Experiência Salvadora. Voce Localidade: Não conhece UMA Pessoa salva Pelo Conhecimento Que adquire NEM pelas Emoções Que demonstra, mas pela Vida Que vive (Tg 2.18).

Localidade: Não creem Demônios Que Sistema Operacional? Warren Wiersbe Responde uma pergunta ESSA, dizendo: em Primeiro Lugar, Os Demônios creem Que DEUS É UM ASSIM. De Os Demônios creem na existencia de Deus. ELES Localidade: Não São NEM NEM ateístas agnósticos. ELES creem na " shemma "judaica:" Ouve, ó Israel, o Senhor Nosso Deus É O Único Senhor ". Mas ESSA Crença dos Demônios Localidade: Não PODE Salvá-los.

Em Segundo Lugar, creem OS Demônios na divindade de Cristo. Os Demônios corriam Paragrafo ajoelhar-se Diante de Cristo Paragrafo Adora-Lo (Mc 3.11,12). ELES sabiam era QUEM Jesus. ELES se prostravam AOS PES FAZ Senhor Jesus.

Em Lugar Terceiro, Os Demônios creem na existencia de hum Lugar de penalidades eternas. ELES Sabem Que o inferno FOI CRIADO Paragrafo O Diabo e SEUS anjos. ELES Sabem Que o inferno E destinado para Todos aqueles cujos nomos de: Não FOREM Encontrados nenhuma Livro da Vida. ELES Localidade: Não negam a existencia do Inferno (Lc 8,31). ELES creem NAS penalidades eternas.

Em Lugar Quarto, Os Demônios creem Que Cristo E o supremo Juiz Que OS julgará. Os Demônios Sabem Que Terao de comparecer Diante de Cristo, o supremo juiz. ELES Creem no ÚLTIMO Julgamento. ELES creem que TODO Joelho se dobrará Diante de Cristo. Entretanto, Os Demônios estao Perdidos, eternamente Perdidos. Uma Fé meramente intelectual e Emocional coloca-SOE apenas no Patamar dos Demônios.

2 Abraão.  Deus o chamou POR Liberdade e Graça, e Localidade: Não S o Porque Abraão tivesse Sido Uma "categoria especial" em TERMOS morais OU Religiosos. Abraão creu nessa ESCOLHA misericordiosa de Deus Paragrafo hum Serviço especial, também POR Meio do povo Que descenderia DELE (a despeito de TODAS Como Evidências). Em Virtude Dessa Fé Deus justificou Abraão (Gn 15,6; Rm 4.3; Gl 3.6).

Contudo, AO MESMO RITMO a Fé de Abraão também era Ação. ISSO SE Evidencia particularmente de: Não Comeco e Localidade: Não Definitiva de SUA Trajetória de Fé: na Partida (Gn 12.4) e se dirigir AO AO monte Moriá, Onde Deveria sacrificar o Filho (Gn 22). Do Contrário Deus Localidade: Não o Terios USADO Paragrafo SEUS Objetivos, é Sua Fé Localidade: Não Teria Sido aprovada. A Fé de Abraão, portanto, também foi hum RENOVADO ato de Fe. Localidade: Não Teria bastado se Abraão tivesse permanecido los SUA tenda, imerso los Reflexões devotas. Constantemente tinha de Por-se hum Caminho. Tambem Hoje a Fé, Paragrafo Ser genuina, Pôr-se Precisa de hum Caminho regularmente, rumo à terra Desconhecida, de tarefas complexas e bis Sacrificios.

Abraão de: Não retornou do Monte Moriá da forma Como FOI para la: experimentara hum grande fortalecimento e incremento los SUA Fe. Localidade: Não OS Teria obtido se tivesse permanecido em Casa e se Negado a obedecer. Atualmente Frequente E UMA Busca POR Fórmulas Para estimular Como PESSOAS NA Fé, e Chega-se Como Mais exoticas respostas. Aqui nn e Dito singelamente: viva a obediência da Fé, de Passos de Fé, SIRVA com Fé, Sofra Pela Fé, e Ela se fortalecerá e Sera, Será, será aperfeiçoada! Obediência e Conhecimento o Estação interligados.

3. Raabe.  Raabe, Uma Mulher de ma fama, acolheu los Sua Casa OS espiões de Israel e OS ajudou a Fugir da Jericó Vigiada. A Biblia Diz Que ela "creu" (Hb 11.31). Declarou AOS Homens de Israel: "Eu sei Que o Senhor vos DEU a terra ó Senhor, Vosso Deus, E Deus Localidade: Não Alto dos Céus e aqui Sobre a terra." (Js 2.9,11). Mais Tarde Veio ATÉ MESMO UM Ser UMA matriarca da Dinastia de Davi e, consequentemente, também de Jesus (Mt 1.5s). Localidade: Não Teria obtido NEM SUA Preservação quando A Cidade FOI Tomada, NEM SUA posição na História da Salvação se de: Não tivesse aceitado Como Consequências Práticas Dessa SUA Percepção de SUA Fé, comportando-se em conformidade com ELA Diante dos espiões de Israel.

Fé e Obras São proeminentes nd Vida de Raabe, e São de Natureza tal que Tiago pergunta: "Localidade: Não FOI também justificada pelas SUAS Obras?". Sim, É Permitido hum Raabe ter hum Lugar ao Lado de Abraão, também POIs Ela demonstrou SUA Fe Nenhuma Deus de Israel e Agiu Pela Fe. Por ESSA Razão, ELA E considerada justificada. ASSIM Como Abraão, Raabe colocou SUA Fé los Pratica HÁ cotidiano e condições precárias de soluço. Deus a justificou POR Causa de SUA Fé, Que É demonstrada POR SUAS Meio de Obras.

 

III. A exemplificar PARA Metáfora do Corpo SEM O ESPÍRITO A FÉ SEM OBRAS (Tg 2.26)

 

1 Uma analogia do Corpo SEM Espírito.  Agora Tiago EUA UMA ilustração do Corpo (v.26) que SEM Espírito ESTA Morto, Paragrafo mostrar UMA CONCLUSÃO Que deseja Confirmar. Um Corpo Espiritual SEM SUA Parte (Alma e Espírito) de: Não Passa de hum cadáver, inerte, SEM possibilidade de se movimentar, Pensar Agir UO mostrar QUALQUÉR Sinal de Vida. Boas Obras Localidade: Não PODEM Ser realizadas POR Pedras; NEM UM do Corpo Morto PoDE Produzir Ações. Igualmente Impossível Seria Que a Fé transformadora deixasse de Produzir manifestações Dessa Fe. A Fé Como um existe Própria Vida Mostra Que POR SUAS Ações.

O Corpo Precisa da Parte Espiritual Paragrafo Permanecer vivo, POIs ELA E UMA Depositária da Vida; ELA Figura los Tudo Que Pertence AO Sustento, AO Risco, e à Perda da Vida. A Vida é o entrosamento do Corpo com a SUA Parte Espiritual. Quando o Espiritual EO Corpo se separam, o Corpo de: Não existe Mais; O Que Resta E apenas hum Grupo de particulas materiais num Estado de Rápida decomposição. Desta forma PODEMOS entendre o porqué de Tiago ter Feito ESTA analogia.

2. Da MESMA Maneira: FE SEM Obras e morta.  "assim Como o Corpo SEM o Espírito ESTA Morto, ASSIM também uma Fé SEM Obras e morta" (v.26). O Que Tiago FAZ Questão de mostrar E Que UMA ortodoxia morta Não Tem valor. A "Fe", e Localidade: Não o Que "fazemos", estabelece o Nosso Relacionamento com Deus. No entanto, ESSA Fé Precisa de Conteúdo, OU SEJA, UMA Fé genuina Semper Produz UMA Vida justa na Prática. Uma Fé Bíblica de: Não existe separada da obediência a Deus. ISSO E UM corretivo Paragrafo aqueles Que Acham Que Fé significa Simplesmente concordar intelectualmente com algumas afirmações SOBRE Deus.

Muitos mencionam Tiago Simplesmente Pela SUA aparente Contradição Com Os Ensinos de Paulo da justificação Pela Fé somente. O Que precisamos trocadilho E que Paulo e Tiago Falam Paragrafo Audiências los Diferentes situações e utilizam alguns TERMOS de Maneiras levemente distintos. Estes precisam entendidos Ser, Paragrafo Que Localidade: Não entendamos de Maneira errada O Que o Estação Querendo ensinar. Em Paulo, o Termo justificação E USADO Tanto Para O Início da Vida Cristã, Nao qua Deus Nos Aceita com base de de na Obra de Cristo, Como também Paragrafo A Nossa absolvição da ira de Deus Localidade: Não Julgamento. Por havermos justificados Sido, (SEM Passado) ISSO antevê a Nossa absolvição não ÚLTIMO Julgamento. Tiago ESTA Falando Paragrafo PESSOAS JÁ Que se consideravam Cristas e que estavam se desviando do Caminho Certo. Ele Como lembra de que Uma delas Fé Precisa Ser evidenciada POR Obras [o que também Afirma Paulo (Gl 5,2-23; 6,7-10)]. E Possível Que Tiago estivesse Escrevendo Paragrafo PESSOAS Que haviam interpretado erroneamente Paulo, dizendo Que a Graça de Deus Nos salva e Que Localidade: Não HÁ implicações éticas. ISSO E Totalmente Contrário AO Que Paulo Fala, POIs ELE insiste Que Como PESSOAS precisam Viver de Modo Digno Fazer Evangelho (Fp 1.27). Nesse Caso, Tiago Localidade: Não ESTA indo contra Paulo, Todavía UMA contra Interpretação errada de Paulo. Tiago ESTA Falando Paragrafo PESSOAS Que achavam que concordar intelectualmente com o Evangelho era Suficiente. Mas ATE OS Demônios fazem ISSO. Para Tiago, um Pessoa Depende da Graça de parágrafo se tornar hum Cristão, O Que Exige UMA Fé Que desenvolva de UMA Pessoa Toda (NAO apenas o intelecto). A Prova Dessa Fé São Como Obras. QUEM Não Tem Obras, Não Tem perseverança e TEM UMA Mente dividida [joga nsa Dois-fold] - logo Não Tem Fe. Tiago Luta contra a PESSOAS Que achavam que estavam justas Diante de Deus POR Causa de SUA ortodoxia, enquanto que Paulo ESTA Falando Que OS gentios Localidade: Não precisavam se tornar judeus Paragrafo Serem aceitos POR Deus.

 

CONCLUSÃO

 

Se Igreja, Hoje, um CRER PODE que "Tudo Que dantes FOI Escrito, Paragrafo Nosso ensino FOI Escrito ... Para Que O Homem de Deus SEJA Perfeito, e perfeitamente instruído Paragrafo UMA Toda boa Obra" (Rm 15,4; 2Tm 3 , 17), ELA PODE Localidade: Não desprezar o ensino de Tiago Quanto à Fé e As Obras. A Igreja Localidade: Não DEVE olvidar Que Jesus E o Melhor Modelo da Prática das Boas Obras. Jesus tinha UMA Consciência de Que o Espírito do Senhor o havia ungido Paragrafo evangelizar OS Pobres, curar Os de Corações dilacerados, Como soltar algemas EAO cativos, restaurar a Visão AOS CEGOS, OS libertar oprimidos e anunciar AOS Homens Que a havia Oportunidade da Salvação JÁ chegado (Lc 4.18,19). Anos DEPOIS Lucas Registra que "Deus ungiu a Jesus de Nazaré com o Espírito Santo e com Virtude; o qua Andou Fazendo o Bem, e Curando um oprimidos Todos OS do Diabo, o o Porque Deus era com ele" (At 10,38). Neste, ASSIM Como Nos Demais Aspectos, o divino ideal E Que Tal Qual FOI Jesus, sejamos NÓS também Neste Mundo (1Jo 4,17).

A Localidade: Não DEVE Igreja esperar Que o Governo CUIDE das viúvas, órfãos e Demais Necessitados Que a compõem, tampouco DEVE Depender de verbas do Município, do Estado UO da Federação Paragrafo LeVar hum Efeito UMA Obra de Assistência AOS SEUS Pobres. Esta Obra TEM Que Ser UMA Obra de Fé, ea Obra do Cristão Que Localidade: Não E resultante da Fé, E Pecado (Rm 14.23).

A Igreja Precisa Mais Que Fazer ortodoxia, ELA Precisa de ortopraxia. Ortodoxia significa "doutrina Correta". Ter doutrina Correta E Muito Importante e necessária. Mas, a Palavra Que Expressa a necessidade da Igreja Hoje é ortopracia, Que significa "Conduta Correta". A Conduta condizente com a Fé, eis o de que Uma Igreja necessità Hoje. A eficacia Fazer Discurso da Igreja Só alcança ATÉ Onde Vai a Ação SUA. O ensino do Espírito Santo atraves de Tiago e: "assim Falai, e procedei ASSIM ..." (Tg 2.12).

O Cristão Que TEM Fé, mas Localidade: Não idade Demonstrando ESSA Fé, dificilmente ESTA SITUAÇÃO los Melhor Que o espírita, Que Crê Localidade: Não Aperfeiçoamento atraves das Obras Independente da Fé.

 

Lições Bíblicas CPAD

JOVENS E ADULTOS 

 

 

3º TRIMESTRE DE 2014

 

 

Título:  Fé e Obras - Ensinos de Tiago Paragrafo

UMA 

 

Vida Cristã Autêntica

 

Comentarista:  Eliezer de Lira e Silva

 

 

 

Lição 8:  O Cuidado com a Língua

 

Dados:  24 de Agosto de 2014

 

TEXTO Áureo

 

Todos tropeçamos o Porque o muitas EM COISAS Se alguem de:. Localidade: Não tropeça los Palavra, o tal varão E Perfeito e Poderoso Paragrafo também refrear TODO O Corpo " (Tg 3.2) . 

 

VERDADE PRÁTICA

 

A Nossa Língua PODE destruir Vidas, portanto, sejamos cuidadosos com O Que Falamos.

 

Hinos SUGERIDOS

 

77, 224, 302.

 

Leitura Diaria

 

Segunda - Sl 12.3

A soberba da Língua

 

 

 

Terça - Pv 6,16-19

A mentirosa Língua

 

 

 

Quarta - Sl 15.3

A difamadora Língua

 

 

 

Quinta - Sl 34.13

Guarde a Língua Fazer mal

 

 

 

Sexta - Sl 66.16,17

Exaltemos a Deus com a Nossa Língua

 

 

 

Sábado - Sl 119.172

Anunciando a Palavra de Deus

 

Leitura Bíblica EM CLASSE

 

Tiago 3.1-12.

 

1 -  Irmãos MEUS, muitos de Vos Localidade: Nao sejam mestres, sabendo Que receberemos Mais duro Juízo.

2 -  o o Porque TODOS tropeçamos muitas EM COISAS. Se alguem de: Não tropeça los Palavra, o tal varão E Perfeito e Poderoso Paragrafo também refrear TODO O Corpo.

3 -  Ora, NOS pomos Freio NAS BOCAS dos Cavalos, Paragrafo Que Nos obedeçam; e conseguimos dirigir TODO o Seu Corpo.

4 -  Vede Como também que naus, Sendo TÃO Grandes e levadas de impetuosos ventos, se viram com hum Bem Pequeno leme Pará Onde Quer UMA Vontade daquele que governa Como.

5 -  um a Assim também a LINGUA E hum Pequeno Membro e gloria-se de Grandes Encontra los em Coisas. Vede quão grande bosque hum Pequeno fogo incendeia.

6 -  A Língua E também hum fogo; Como mundo de iniquidade, a Língua ESTA posta Entre OS NOSSOS Membros, e contamina TODO O Corpo, e inflama o Curso da Natureza, ee inflamada Pelo inferno.

7 -  o o Porque Toda a Natureza, TANTO de bestas-feras Como de Aves, Tanto de répteis Como de animais do Mar, se amansa e FOI domada Pela Natureza Humana;

8 -  mas Nenhum Homem PODE domar hum LINGUA. E hum mal Que Localidade: Não do SE PODE refrear; ESTA Cheia de peconha mortal.

9 -  Com ELA bendizemos a Deus e Pai, e com ELA amaldiçoamos OS Homens, Feitos à semelhança de Deus:

10 -  UMA MESMA de boca PROCEDE Benção e Maldição. Irmãos MEUS, Nao convém que IstoÉ se o o Faça ASSIM.

11 -  porventura, Deita alguma Fonte de hum MESMO Manancial Água Doce e Água amargosa?

12 -  Irmãos MEUS, PODE UMA também figueira Produzir Azeitonas UO hum Videira, figos? ASSIM, tampouco PODE UMA Fonte dar Água salgada e doce.

 

Interação

 

Prezado professor, Dando prosseguimento AO Estudo da Epístola de Tiago, Hoje aprenderemos hum Tema Atual Relevante e Bem - o Cuidado Que devemos ter com a Nossa Língua. Tiago FAZ dos Primeiros versículos Fazer Capítulo Três Um verdadeiro TRATADO a Respeito da disciplina da Língua. Porem, Este ASSUNTO E Destaque los Toda a Epistola. Observe OS seguintes Textos da Epistola: 1.19, 26; 4.11,12; 5.12. Sabemos Que a LINGUA E hum Pequeno Membro do Nosso Corpo, Todavía Seu Poder è sempre ambiguo. Sim, a Língua TEM Poder Paragrafo Construir e Paragrafo destruir, POR ISSO, ELA Precisa Ser Controlada Pelo Espírito Santo. Sozinhos Localidade: Nao conseguiremos refrear Nossa Língua e somente utilizá-la de par Glória de Deus. Precisamos da Ajuda Fazer Criador. Segundo Tiago, O Homem Que domina ESSE Pequeno Orgão E hum Homem Perfeito, com UMA capacidade de também refrear Como Demais contraditório Fazer Seu Corpo.

 

OBJETIVOS

 

APOS ESTA aula, o Aluno Devera Estar apto a:

  • Analisar  a Responsabilidade dos mestres na Igreja.
  • Conscientizar-se  a Respeito da capacidade da Nossa Língua.
  • Rejeitar  a possibilidade de alguem utilizar a Língua de Modo ambiguo.

 

Orientação Pedagógica

 

Professor, reproduza o Esquema abaixo de: Não Quadro. DEPOIS, utilizando-o, características Como ressalte des quando A Nossa Fala E motivada Pelo Diabo. Em Seguida ressalte características Como da Língua quando ELA E POR Controlada Deus. Enfatize OS Danos terríveis Que UMA Língua descontrolada PODE causar na Família, na Igreja e no Ambiente Corporativo. Conclua explicando Que No Dia do Juízo, teremos que dar Conta AO Nosso Senhor de Toda Palavra ociosa proferida Pela POR NOS. Leia com OS Alunos o Texto de Mateus 12.36.

 

 

Comentario

 

INTRODUÇÃO

 

Palavra Chave

Língua:  Orgão SITUADO muscular na boca e na faringe Responsável Pelo paladar e auxiliar na mastigação, deglutição e na na Produção de Filhos.

 

Nessa Lição Veremos o Quanto o crente DEVE Ser cuidadoso na Maneira de FALAR COM OS To Us Link. Tema do Terceiro Capítulo da Epístola, o meio-Irmão do Senhor escreve SOBRE UM Pequeno Membro do Nosso Corpo: a Língua. Este acanhado, MAS Poderoso Orgão Humano, PODE destruir OU edificar a Vida das PESSOAS. Por ISSO, A Nossa Língua DEVE Ser Controlada Pelo Espírito Santo hum Fim de sermos Canais de bênçãos Paragrafo aqueles Que nsa Ouve.

 

I. A seriedade DOS MESTRES (Tg 3.1,2)

 

1 O rigor COM OS mestres.  Uma Palavra hebraica Paragrafo mestre E  Rabino , Cujo significado é "Meu mestre". OS MESTRES honrados ERAM los Toda a Comunidade judaica, Gozando de grande Respeito e Prestígio. Na Realidade, O Oficio das Rabínico da era posições UMA Mais almejadas Pelos judeus, POIs era notória a Influência dos Mestres SOBRE Como PESSOAS (Mt 23,1-7). Dai o porqué de muitos ambicionarem tal posição. E è exatamente alarmado POR ISSO Que Tiago Inicia entao o Capítulo Três, referindo-se AOS que acalentavam ESSA Aspiração, visando obter Prestígio, Privilégio e fama, um que tivessem Cuidado (v.1). Antes de almejarmos o Ministério da Palavra devemos Estar cônscios de Nossa Responsabilidade e de Que hum dia o Altissimo Nos pedirá Conta dos Atos e dos talentos de hum dispensados ​​nos.

2 Um mestres seriedade com SO NA Igreja (v.1).  Em Mateus 5.19 lemos Sobre a advertencia de Jesus Quanto UMA seriedade ea Fidelidade DOS Discípulos no Ensino Fazer Evangelho. Devido a importancia SUA, Jesus estabeleceu o ensino Como hum Meio de propagar o Evangelho A Toda Criatura e, Assim, ordenou a SUA Igreja Que fizesse seguidores do Caminho Pelo Mundo (Mt 28.19,20). E Interessante notarmos o Paralelo que Tiago FAZ los Relação à advertencia proferida POR Jesus em Tempo anterior: QUEM FOI vocacionado Paragrafo Ser mestre Localidade: Não PODE ter o "Espírito" dos fariseus, mas o de Cristo (Mc 12,38-40).

3. Perfeição Que domina o Corpo (v.2).  QUEM domina OU ControlA a Língua SUA, delitos excessos SEM cometer, (descontroles, julgamentos precipitados, difamações, etc), Sem Dúvida, E "perfeito". O Controle da Língua significa Que uma Pessoa TEM UMA capacidade de Controlar Como Demais áreas da Vida, POIs hum LINGUA E Poderosa "Para refrear também TODO O Corpo". QUEM TEM Domínio Sobre a Lingua, TEM igualmente o Coração preservado, POIS a boca Fala Que Fazer o Coração ESTA Cheio. Discipline-se! O o Faça hum Propósito com Deus e Consigo MESMO: Não empreste OS SEUS Lábios Paragrafo Fazer o mal.

 

 

 

SINOPSE DO topico (I)

 

A LINGUA E hum Pequeno orgão Fazer Nosso Corpo, porem Seu Poder E comparado a hum fogo destruidor.

 

 

 

II. A CAPACIDADE DA LÍNGUA (Tg 3,3-9)

 

1, com um Encontra Pequenas los em Coisas None Governo Fazer TODO (vv.3-5).  Tiago FAZ UMA analogia ACERCA da Nossa capacidade de usarmos UMA Língua. Ele Remete-SOE AO Exemplo do Leme dos Navios e Fazer Freio dos Cavalos. Apesar de OS such Objetos Serem Pequenos, porem, São Fundamentos de Paragrafo Controlar e dirigir Transportes Grandes e Pesados. ASSIM, o apóstolo Nos Mostra Que, apesar de Pequena, um LINGUA E Capaz de Realizar Grandes Empreendimentos - edificantes destrutivos UO. Como hum Pequeno Membro E Capaz de "Acender hum bosque INTEIRO"?

2 "A Língua também E hum fogo" (vv.6,7).  Quantas PESSOAS Localidade: Não frequentam Mais As Nossas reunioes o o Porque foram feridas com Palavras? VOCE JÁ SE FEZ ESSA pergunta? É Preciso USAR Nossa Língua sabiamente, POIs "a morte ea Vida estao no Poder da Língua [...]" (Pv 18.21). Grande Parte dos Incêndios NAS Florestas Inicia atraves de UMA Pequena fagulha. Todavía, ESSA Faisca Alastra-se podendo destruir Grandes áreas de Vegetação. Da MESMA forma, Como pronunciadas São Palavras POR NOS. Se Localidade: Não FOREM proclamadas com bom senso, muitas tragédias PODEM Acontecer.

3 Para Dominar a Língua.  AINDA Localidade: Não versiculo Sete, Tiago FAZ outra ilustração los Relação AO USO Fazer Tema da Língua. Ele Mostra Que a Natureza Humana conseguiu domar e adestrar Como bestas-feras, aves Como, répteis e SO OS animais fazem março Mas a Língua Fazer SER HUMANO ATÉ Hoje Localidade: Não houve QUEM Fosse Capaz de Dominar. Por esforço proprio O Homem Localidade: Não tera Forças Paragrafo domar o Seu Desejo e Como SUAS vontades. Mas quando Deus Passa hum nn governar, a Língua Fazer crente Deixa de Ser hum orgão de Destruição e Passa a Ser hum Instrumento Poderoso e abençoador, USADO Paragrafo o louvor da Glória do Eterno. A FIM de Dominar A Nossa Lingua, devemos entregar O Nosso Coração inteiramente AO Senhor, "Pois o Faça Que HÁ los Abundancia no Coração, Disso Fala a boca" (Mt 12,34).

 

 

 

SINOPSE DO topico (II)

 

Aprendemos com o meio-Irmão do Senhor Que embora a Língua SEJA UM Pequeno orgão Fazer Nosso Corpo, ELA TEM Poder Paragrafo edificar e destruir Pessoas e Instituições. Precisamos submétrico Este Pequeno orgão AO Criador.

 

 

 

III. NAO PODEMOS AGIR DE DUPLA Maneira (Tg 3,10-12)

 

1 Benção e Maldição (v.10).  Tiago ATÉ reconhece a possibilidade de alguem USAR UMA Língua de Modo ambiguo. Entretanto, DEVE UM MESMA Língua que Expressa o Amor a Deus, deixar-se USAR Paragrafo destruir PESSOAS? Apesar de o meio-Irmão do Senhor DiZer Que Tudo Que existe obedece SUA Própria Natureza, se experimentamos o novo nascimento, tornamo-SOE UMA nova Criação, IstoÉ, adquirimos outra Natureza. Isto TEM de Ser manifes los Nosso Falar e Agir. Portanto, se voce FOI transformado Pela Graça de Deus Mediante a Fé de Cristo, a SUA Língua Localidade: Não PODE Ser hum Instrumento maligno. A fofoca, a mentira, a difamação ea Calúnia São Obras carnais e Localidade: Não PODEM ter Lugar los Nossa Vida.

2 Exemplos da Natureza (vv.11,12).  Ó Líder da Igreja de Jerusalém EUA Dois Exemplos da Natureza Paragrafo apontar UMA incoerência de agirmos duplamente. Tiago question a possibilidade de UMA Fonte Que jorra Água Doce Água Salgada jorrar igualmente. Para PROVAR UM Fenômeno dEste Naturais impossibilidade, o meio-Irmão do Senhor pergunta, de Maneira Retórica, se UMA figueira poderia Produzir Azeitonas, ea Videira, figos. Naturalmente, um E RESPOSTA hum sonoro NAO! Portanto, Uma Pessoa Que bendiz AO Senhor de: Não maldiz o Próximo. Se Deus e Amor, PODEMOS Como odiar alguem?

3. Uma Única Fonte  AQUELE Que bebe da Água da Vida Localidade: Não PODE Fazer jorrar agua para morte. QUEM bebe da Água Limpa do Cristo de Deus Localidade: Não PODE transbordar Água Suja. Portanto, a Palavra proferida POR UM Discipulo de Cristo DEVE edificar Irmãos OS, dar Graça AOS que ouvem e sarar QUEM SE Encontra ferido.

 

 

 

SINOPSE DO topico (III)

 

Como servos de Deus, PODEMOS Nao utilizar Nossa Língua Paragrafo expressar Palavras de Adoração AO Senhor lhes enviar hum e utilizá-la SEGUIDA Paragrafo destruir O Nosso Próximo.

 

 

 

CONCLUSÃO

 

Uma Vez Que Disse Salomão a Boca do justo E Manancial de Vida (Pv 10.11), e Que As Palavras da Boca do Homem São Águas Profundas (Pv 18.4). Tomemos o devido Cuidado Com a Maneira Como usamos a Nossa Língua. Localidade: Não esqueçamos Que, Nao Dia do Juízo, daremos Conta hum Deus de Toda Palavra ociosa proferida Pela Nossa boca (Mt 12,36).

 

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

 

ARRINGTON, L Francês; STRONSTD (Eds.). Comentário Bíblico Pentecostal Novo Testamento. Volume 2 4ª Edição. RJ, CPAD, 2009.  

 

Exercicios

 

1.  Qual E a Palavra hebraica utilizada par mestre? Qual É O Seu significado?

R.  A Palavra hebraica Paragrafo mestre E rabino, Cujo significado é "Meu mestre".

 

2.  Devido a importancia SUA, Como Jesus estabeleceu o ensino?

R.  Jesus estabeleceu o ensino Como hum Meio de propagar o Evangelho A Toda Criatura e, Assim, ordenou a SUA Igreja Que fizesse seguidores do Caminho Pelo Mundo (Mt 28.19,20).

 

3.  Ó Que significa o Controle da Língua?

R.  O Controle da Língua significa Que uma Pessoa TEM UMA capacidade de Controlar Como Demais áreas da Vida, POIs hum LINGUA E Poderosa "Para refrear também TODO O Corpo".

 

4.  Segundo A Lição, O Que devemos Fazer hum Fim de Dominar A Nossa Língua?

R.  A FIM de Dominar a Nossa Lingua, devemos entregar O Nosso Coração inteiramente AO Senhor ", POIs Fazer que HÁ los Abundancia no Coração, Disso Fala a boca" (Mt 12,34).

 

5.  De um a Acordo com Salomão, O Que São As Palavras da Boca do Homem (Pv 18.4)?

R.  As Palavras da Boca do Homem São Águas Profundas (Pv 18.4).

 

Auxílio Bibliográfico

 

Subsídio Teológico

 

"Tiago Emprega Duas metáforas do Pará descrever a habilidade da Língua em 'refrear TODO O Corpo" - o Freio NAS bocas dos Cavalos EO leme de: Não Navio. Nos Dois Exemplos, o das QUALQUÉR UMA Menores contraditório E Capaz de Controlar a DIREÇÃO e Como Ações de TODO Conjunto. No entanto, a Relação Entre a Língua EO Resto do Corpo e Diferente daquela de hum Freio com o cavalo Ou de hum leme com o Navio; ELA Localidade: Não ControlA diretamente Como Ações de UMA Pessoa. Devido à Imperfeita Adaptação Dessa analogia, alguns comentaristas sugeriram que Tiago ESTA estendendo SUA DISCUSSÃO AO Papel dos Professores da Igreja. E a 'Língua' do mestre que ControlA TODO o 'Corpo' da Igreja. Porem, a principal Preocupação de Tiago nessa Seção da Carta ESTA Dirigida ÀS atitudes DOS indivíduos crentes, e A Vida de: Não coletiva da Igreja (UMA Questão Que ELE Analisa los 5,13-20). ASSIM Sendo, [...] PODE AINDA Estar Fazendo UMA ilustração da ideia dos ensinamentos de Jesus quando Fazer Diz Que 'que HÁ los Abundancia no Coração, Disso Fala a boca "(Mt 12,34; Tg 3.10), Onde o Desejo Fazer indeciso Coração Humano profere Tanto a benção Quanto a Maldição) "(Arrington, L Francês; .. STRONSTD, Roger (Eds). . Comentário Bíblico Pentecostal Novo Testamento  . Volume 2 4ª Edição RJ, CPAD, 2009, pp.873-74 ).

 

SUBSÍDIOS ENSINADOR Cristão

 

O Cuidado Com a Língua

 

Houve None e O Movimento Evangélico Brasileiro hum muitos ritmo los Que acreditavam na Palavra  Rhema  - um existe Bem da Verdade AINDA, mas o frenesi Cessou. A ideia desse Movimento era hum de Que A Nossa Palavra TEM o Poder Tanto Paragrafo abençoar Quanto Paragrafo amaldiçoar UMA Pessoa. Mas ESTA OU Benção Maldição era embasada n'uma Perspectiva Mágica, Como se o Que se falassë acontecesse instantaneamente. E o Texto USADO Paragrafo justificar Este Tipo de "Experiencia" era this de Tiago 3.9,10. Naturalmente, Este Localidade: Não E o ensino de que se referia o meio-Irmão do Senhor.

Em Primeiro Lugar, o Tema Central do Texto E o desdobramento do Capítulo 1 Sobre a Sabedoria do Alto. PODEMOS Nao, AO Longo da Lição, Perder ESTA Perspectiva de vista, POIs de um a Acordo com ELA o Líder da Igreja de Jerusalém DESENVOLVE TODO o Seu Argumento. O mestre POR Certo E UMA função que DEVE Ser exercida com a Sabedoria do Alto. E Qual o Veículo USADO Pelo mestre Paragrafo transmitir a Sabedoria de Deus? A LINGUA. Por ISSO Tiago Inicia o Capítulo Três admoestando a QUEM deseja inadvertidamente galgar UMA função de mestre somente POR Orgulho. Diante do Pai, o mestre Sera, cobrado Será, será Muito ACERCA Fazer conteudo QUE ENSINA, portanto, Nao ha ambiciosos Lugar para.

Em Segundo Lugar, Tiago Ilustra a Natureza Perigosa de hum orgão TÃO Pequeno Quanto à Língua. Semelhante AO leme Responsável POR guiar hum gigante los alto mar, AO FREIO na boca dos Cavalos Para Dominar o Seu Corpo e, Bem como, UMA faísca que PODE incendiar UMA Floresta, ASSIM E a POTÊNCIA da Nossa Língua Tanto Para Fazer O Bem Quanto Pará o mal.

Quantas Confusões foram feitas POR Causa do mal da Língua? Atraves desta, PESSOAS Matam Como Otras. Ofendem, denigrem, caluniam, humilham e Localidade: Não demonstram QUALQUÉR Respeito à Dignidade Humana. IstoÉ pronunciar UMA Maldição Para nós Ligação OS contra Como a Biblia Revela. Que Poder de proporção Destruidora de Língua TEM! E palpável Quase. Quando alguem maltrata O Outro verbalmente, maldiz a Imagem ea semelhança de Deus. Isto É Pecado contra o Pai enviar um e contra o Próximo.

Mas o USO da Língua PODE Ser Maravilhoso. Com ELA SE PODE alguem elogiar, Pessoas Consolar, Animar almas cansadas e sedentas POR Esperança. PODEMOS Fazer Raiar hum "mundo novo de amor e paz" Paragrafo QUEM ESTA Vivendo hum "inferno em Chamas".

 

Auxilios Complementares

 

Elaboração:  Escriba Digital

 

INTRODUÇÃO

 

Palavra Chave

Língua:  em Nome de hum DOS Membros do Corpo SITUADO na boca e de grande Utilidade, auxiliar da mastigação, deglutição e Participação na Formação dos fonemas da Fala; orgão responsavel Pela Articulação DOS Filhos.

 

Sabemos Que a lingua, referida Aqui no Texto, se relaciona a Fala ee UMA Porta de saida Maior Que TEMOS Fazer Nosso Homem interior. NOSSOS de Os Sentidos (Visão, Audição, olfato, paladar e tato) E Que passam Toda a informaçao do Mundo exterior. Somos "Uma casa" com "Portas UO Janelas" (Que São OS Sentidos) ea Maior delas E a Lingua, POIs POR ELA sai Muita Coisa louvável e também Muita Coisa Ruim Que PODE danificar a Vida. E atraves da Língua Que a alma E atingida e muitas vezes de Modo incurável. Se TEMOS ESSE Membro los NOS, e precisamos DELE Paragrafo Viver, o ASSUNTO Nos interessa, MESMO Sendo "amargo". A Biblia Nos Diz Que precisamos Aprender a possuir O Nosso Corpo, O Nosso Espírito ea Nossa alma; UMA Língua, um Membro do Corpo, na SUA ATIVIDADE da Fala, Influencia diretamente a alma e PODE afetar o Espírito. Sera Que sabemos USAR Bem A Nossa Língua? Tiago orienta OS Irmãos da Igreja Acerca de SUAS Palavras Pará Ajuda-los a compreender e aplicar a Vontade de Deus Nesta área de SUAS Vidas.

 

I. A seriedade DOS MESTRES (Tg 3.1,2)

 

1 O rigor COM OS mestres.  Na Igreja Primitiva, a Responsabilidade era Fazer ensino do Mestre Altamente respeitado e Horado. ASSIM, alguns foram tentados Pará se tornarem mestre Pelo Desejo de se destacarem, Paragrafo Brilhar Entre OS Para nós Ligação Irmãos. Por hum Lado, havia UMA possibilidade de que hum mestre VIESSE a danificar o ensinamento com o Seu ensino enquanto ministrava a Palavra. ELES poderiam LeVar UMA Pessoa à Destruição, ensinando UMA falsa doutrina (2Ts 2,10-12). Portanto, era intuito Seu advertir aqueles Que estavam desejosos de ensinar na Igreja e mostrar alguns Pará Que ja estavam ministrando O Grande rigor Enguias Divino Pará COM.

E de suma importancia trocadilho que Tiago Localidade: Não ESTA desencorajando OS Irmãos a se tronarem mestres. O Novo Testamento incentiva Como PESSOAS um tomarem-se mestres das boas-novas. Jesus Ordena, Por Exemplo, Que façamos Discípulos de TODAS Como Nações e OS ensinemos (Mt 28.19,20), EO Escritor de hebreus repreende SEUS Leitores POR Localidade: Não haverem se Tomado mestres DEPOIS de hum PERÍODO de Treinamento (5,12). Localidade: Não apenas OS judeus por Tempo de Jesus (Mt 23,7), Mas também a Igreja Primitiva, davam grande proeminência AO Ofício Fazer ensino. Um mestre tinha Autoridade e Influência, e muitas PESSOAS procuravam obter ESSA posição. Tiago Adverte SEUS Leitores a Localidade: Não desempenharem O Papel de mestre, um Menos Que estejam plenamente qualificados. ELE se inclui na DISCUSSÃO E Chama a Atenção Para o Resultado que acabara vindo: "Todo AQUELE Que desobedecer a hum Desses mandamentos, AINDA que dos Menores, e ensinar OS To Us Link a fazerem o MESMO, Sera Chamado Menor nenhuma Reino dos Céus" (Mt 5,19; ver 18.6). Portanto, ensinar E UMA grande Responsabilidade com consequencias duradouras, POIs, Nao Dia do Julgamento, Deus pronunciará o veredito (Rm 14,10-12).

2 Um mestres seriedade com SO NA Igreja (v.1).  Tiago Diz Que Quer Ser do SE Voce hum mestre Precisa Tomar hum grande Cuidado. Localidade: Não SEJA ilegítimo que aspirar à Liderança, sobretudo se Deus lhe DEU ESSA capacidade. Mas Saiba de UMA Coisa, o mestre TERA UM Juízo Maior. Quanto Mais Conhecimento e Experiência VOCE TEM, Mais Responsável Voce se Torna Diante de Deus e dos Homens. O Critério Fazer juizo Vai Ser rigoroso Mais. O mestre Conhecer Professa, EM Elevado grau, a Vontade de Deus ea SUA Revelação AOS Homens, e arroga-se o Direito de conduzir OS Homens Pelo Caminho Espiritual. Se ELE falhar deveres SEUS EM, mostrando-se indolente, mesmos OU OS pervertendo, O Seu Julgamento Será,, Sera Mais severo. (Comparar ESSE Pensamento com Lc 12,47). Ele Sera, Será, será considerado Responsável Pelo Seu doutrinamento (ver 1Tm 4.1ss. E 6.3). Ele Sera, Será, será responsabilizado POR Seu Exemplo (ver 1Co 11.1). Como hum pai Paragrafo SEUS Filhos, ASSIM E hum mestre Paragrafo Com Os Demais Irmãos na Fé. ELE DEVE Paragrafo Enguias Três Encontra los em Coisas principais: Exemplo, Exemplo, Exemplo.

Um dos Maiores Problemas da Igreja evangélica brasileira é Sua Liderança. MAIS e MAIS desejam si mestres Tomar, EO fazem SEM Que Haja criterios Claros e serios POR PARTE Das denominações, Que colocam na despreparadas Liderança PESSOAS Absolutamente, Que Localidade: Não foram treinadas NEM provadas Quanto à fé, à capacidade e As motivações. Tais mestres ocupam OS Púlpitos evangélicos e proferem Palavras e Discursos Que envergonham o Nome de Cristo Diante do Mundo; incautos OS desviam, desavisados ​​confundem OS, confundem OS crentes e Mentiras espalham no Meio do Povo. Duro Juízo Caira SOBRE Enguias.

3. Perfeição Que domina o Corpo (v.2).  AUMENTA O Perigo Muito Pelo Fato de Que "todos tropeçamos muitas EM Encontra los em Coisas". Tiago menciona hum Proverbio Que significa Que OS cristãos Localidade: Não apenas PECAM com freqüência, MAS também PECAM de muitas Maneiras Diferentes. Esta Verdade e Reconhecida POR Toda a Escritura (2Co 6.36; Jó 4,17-19; Sl 19,3; Pv 20.9; Ec 7.20; Rm 8,46; 1Jo 1,8). Dizendo "se alguem de: Não tropeça los Palavra", Tiago focaliza hum Pecado especial Que o preocupa: a Língua Solta. A necessidade de um Controlar era Língua Bem conhecida no judaísmo e cristianismo Localidade: Não (Pv 10.19; 21.23; Ec 5.1). Tiago salienta Aqui, Como o fez los 1,26, a importancia de Controlar a Lingua, POIs Afirma a Respeito de Quem Pará Capaz de Doma-la: "o tal varão E Perfeito e Poderoso Paragrafo também refrear TODO O Corpo". ISTO significa Que Tal Pessoa e madura, TEM carater Cristão completo (1.4) e, Assim, capacitada a enfrentar TODAS Como provações e Tentações, ea Controlar de Todos os Impulsos maus (1,12-15). E Como Disse Ben Zoma: "QUEM E PODEROSO AQUELE QUE subjuga SUAS Paixões". Ou Como perguntou Alexandre da Macedônia AOS anciãos do sul: "Quem EO Herói Responderam-LHE: AQUELE Que ControlA SUAS Paixões más". Tiago Caminha hum Passo à Frente dos rabinos. O Controle dos Impulsos maus e bom (e Paulo concorda com Tiago, 1Co 9,24-27), mas OS Impulsos Mais difíceis de Controlar São OS da Língua. Mantenha UMA Pura Fala, Fácil EO Resto Ser; eis UMA Marca Fazer Cristão maduro.

Falhamos Obviamente QUE TODOS NOS JA, tropeçamos JA EM Nossa Própria Lingua. Quantas vezes ficamos envergonhados JÁ de Falar Aquilo Que Localidade: Não deveríamos ter Falado, na Hora los Que Localidade: Não deveríamos ter Falado, com UMA Pessoa Que Localidade: Não deveríamos ter Falado, com hum volume de EO Intensidade da Voz Que Localidade: Não deveríamos ter USADO. Uma Palavra Falada E Como UMA seta Lançada, Não Tem Jeito de retorná-la. E Como hum saco de penas Soltas do Alto de Montanha UMA, Nao se PODE Mais recolhê-las.

 

II. A CAPACIDADE DA LÍNGUA (Tg 3,3-9)

 

1, com um Encontra Pequenas los em Coisas None Governo Fazer TODO (vv.3-5).  Uma Língua TEM o Poder de dirigir Tanto Para O Bem Como Para o mal. Tiago EUA Duas Figuras para mostrar o Poder da Língua: o Freio EO Leme (3.3,4). Para que SERVIR hum cavalo indomável e Selvagem? Um indócil animais Localidade: Não PODE Ser Útil, pingos, E Perigoso. Mas, se voce coloca Freio Nesse cavalo, voce o conduz Pará Onde Voce Quer. ATRAVES Fazer Freio UMA inclinação Selvagem E subjugada, e ELE SE Torna dócil e Útil. Tiago Diz Que a LINGUA E Fazer MESMO Jeito. Se voce consegue Controlar a SUA Lingua, também conseguirá Dominar OS SEUS Impulsos, a SUA Natureza e canalizar Toda UMA SUA Vida Paragrafo hum FIM proveitoso.

Tiago EUA também uma Figura do Leme. Um Navio Transatlântico E dirigido para la UO Paragrafo cá, Pelo Timoneiro, Por Meio de hum Pequeno leme. Imaginem O Que Seria hum Navio SEM o leme. Colocaria los Risco de Vida dos tripulantes, a Vida dos Passageiros ea Carga Que transporta. ISSO Seria hum grande desastre. Sem leme, um Navio Seria hum Instrumento de morte, de naufrágio, de Loucura. O leme, porem, PODE conduzir ESSE grande Transatlântico, fugindo dos rochedos, das Rochas submersas e PODE Transportar los Paz e Segurança Passageiros OS, OS tripulantes ea Carga Que Nele ESTA.

O Que Tiago ESTA dizendo E Que se NÓS Localidade: Não controlarmos A Nossa Língua, NOS seremos Como hum Transatlântico SEM leme e SEM DIREÇÃO. Se Localidade: Não controlarmos Nossa Lingua, Vamos arrebentar Nos rochedos NOS, Vamos Nos destruir e destruir Vamos AINDA QUEM ESTA Perto de Nós, o o Porque a Língua TEM Poder de dirigir Paragrafo Bem UO Paragrafo o mal.

2 "A Língua também E hum fogo" (vv.6,7).  Tiago ágora enfatiza o potencial de Destruição Que a Língua possui "vede quão grande bosque hum Pequeno fogo incendeia" - ELA E traduzida Tanto POR quão grande Como POR Pequeno. Usada dEste Modo na MESMA Sentença, Ela alcança UMA Certa Simetria antitética. Como Figura, o Avanço Rápido destruidor Fazer era fogo USADO COM FREQUÊNCIA Paragrafo transmitir UMA advertencia SOBRE o Efeito de Paixões desenfreadas. O Antigo Testamento COMPARA o Discurso de hum tolo AO "fogo ardente" (Pv 16.27) e Siraque Afirma Que a Língua "Não Tem Poder SOBRE OS HOMENS piedosos, OS cais cais Quais d'Orsay d'Orsay de: Não Serao abrasados ​​los SUAS chamas" (eclesiástico 28.22 - Biblia Católica ). A Floresta Palavra traduzida POR ( hyle ) na Biblia de Jerusalém ( ARC  Traz "bosque") PODE Ser UMA Referência AO matagal que cobria Tantas Colinas na Palestina, o qua, naquele clima seco do Mediterrâneo, poderia Fácil e desastrosamente se incendiar. Quando a Língua Localidade: refreada Localidade: Não E, MESMO Sendo Pequena, também o resto do Corpo provavelmente tera de: Não Controle NEM disciplina.

O Fogo e UMA boa ilustração do Pará explicar o grande Efeito daquilo Que Falamos. A destrutivo Nossa Fala TEM Muito Poder, Como UMA Faisca los UMA Floresta. A LINGUA E hum porta atraves da qua a Influência maligna do inferno PODE se espalhar Como hum fogo Que Acende TODAS Como áreas da Vida Que toca. Aqui, O Corpo (Gr.  soma ) represen Toda a Pessoa. No entanto, também PODE se referir à Igreja. Ele COMPARA AO FOGO a Língua nenhuma SENTIDO de que esta Fora de Controle e destroi Tudo o Que É Combustível Que se encontre no Caminho Seu.

Deduzindo o Contexto parece Melhor aceitar que Tiago TEM o Conceito de que hum Linguagem e hum vasto Sistema de iniquidade. TODAS Como caracteristicas Ruinas de hum Mundo Caído, Ganância SUA, SUA idolatria, SUA blasfemia, SUA Sensualidade, predatoria Inveja SUA, Encontra Expressão POR Meio da Linguagem.

3 Para Dominar a Língua.  Uma Língua Localidade: Não E apenas Semelhante AO fogo, mas também um zumbido animais Perigoso. E UMA fera irrequieta ("mal Que Localidade: Não do SE PODE refrear") Que Procura SUA presa E Depois UMA Ataca e mata. Alguns animais venenosos São, Como também algumas Línguas São venenosas. O veneno de e enganoso, POIs trabalha de Modo oculto e lento e, DEPOIS, mata. Quantas vezes UMA Pessoa Maliciosa injeta hum pouco de veneno los Conversa uma, na Esperança de Que se Espalhe e, FIM POR, Chegue ATÉ A Outra Pessoa Que desejava Ferir? Como Cristão Que sou, tenho Visto Línguas venenosas causarem Grandes estragos na Vida de indivíduos, EM Familias, EM Aulas de inteiras Escola Dominical E los Igrejas. Voce soltaria Leões Famintos UO cobras atiçadas no Meio do Culto de domingo? Claro Que Nao! Mas a Língua incontida Produz mesmos exatamente OS Resultados.

Tiago lembra Que OS ANIMAIS PODEM Ser domados e, aliás, o fogo também PODE Ser Controlado. Um dos animais Antes feroz PODE Ser domado e se tornar Útil Paragrafo O Trabalho. O Homem TEM TODAS domado Como Formas Superiores de Vida animais soluço Seu Controle. Por Exemplo, Como PESSOAS foram ensinadas a domar Leões, tigres e macacos a faze-los Saltar atraves de aros. ELES foram ensinados a colocar papagaios e Canários Paragrafo Falar e cantar. Treinam cobras. ELES treinaram Golfinhos e Baleias Realizar acrobacias e tarefas Diferentes. Ancestrais de Os tinha Orgulho na capacidade dos Seres Humanos do Pará domesticar e Controlar o reino dos animais.

Tiago parece pessimista Aqui Quanto à possibilidade do Domínio da Língua, mas devemos lembrar de nsa Que ISSO Só ocorre quando ELA ESTA inflamada Pelo inferno (3.6). Muito embora Como Escrituras Nos advirtam, continuamente, SOBRE O Poder da Língua Paragrafo Fazer o mal, oferece-SOE UMA possibilidade de Domina-la Mediante o Poder do Espírito. Tiago Localidade: Não desconhece ESSA possibilidade. Ele Localidade: Não coloca o Domínio da Língua Absolutamente Alem do Controle Humano. Ele Localidade: Não Que sejam considerados UMA Língua Como hum Caso Perdido. Nesse MESMO Capítulo, Mais Adiante, ELE Vai Falar das boas Obras de Sabedoria Que OS mestres PODEM ostentar e, entre ELAS, um OSU adequado das Palavras (3.13,17-18). O radicalismo de Tiago Quanto à selvageria da Língua SE DEVE à ênfase que dar ELE deseja, momento Nesse, EAO perigos QUE ELA Traz crentes EAO em Geral e EAO mestres los Particulares.

 

III. NAO PODEMOS AGIR DE DUPLA Maneira (Tg 3,10-12)

 

1 Benção e Maldição (v.10).  Aqui Tiago Currículo o Ponto Dessa Seção Sobre a incoerência da religião superficial, SEJA OU, Benção e Maldição procedem da MESMA boca. Palavras de Adoração e louvor a Deus São Elaboradas Pela MESMA Língua Que, num Outro Momento, expele Palavras Que desejam o mal daqueles Que Deus fez à SUA semelhança. Na Verdade Nossa boca Deveria Ser Reservada Exclusivamente AO SERVICO hum Deus. Quando entrava no Santuário, o sumo Sacerdote de Israel trazia na Cobertura de SUA Cabeça de Palavras: "Santo Pará o Senhor" (Ex 28,36; 39,30), OU SEJA, ELE era Propriedade de Deus e Reservado Exclusivamente AO Serviço DELE . Do MESMO MoDo Nosso Senhor, Que nos "comprou POR PRECO" (1Co 6.20), a Visto Praticamente "inscrever" a frase "Santo Pará o Senhor" em Nossa Vida, EM especial SOBRE Nossa LINGUA E NOSSOS Lábios, declarando-SOE pertencentes a ELE e Reservados Exclusivamente Para O Seu Serviço (Sl 51,17; 71,23). A Carta de Tiago E Pregação los prol da santificação, e da santificação também FAZ UMA Parte nova Natureza agradavel a Deus.

Que benção Voce Poder USAR SUA Língua Como UMA Fonte de Refrigerio Pará Como PESSOAS, Paragrafo abençoá-las, encorajá-las e consola-las. Como E precioso trazer UMA Palavra boa, animadora e restauradora Paragrafo UMA alma Aflita.

2 Exemplos da Natureza (vv.11,12).  Uma Fonte Que jorra Dois tipos de Agua. "Deita porventura alguma Fonte de hum MESMO Manancial Água Doce e Água amargosa?" (V.11). A RESPOSTA óbvia UMA pergunta ESTA E UMA MESMA que Fonte Localidade: Não Produz Água Doce e Água amargosa. Da MESMA Maneira, Uma Língua that Cristão, Diferente da Língua Fazer ímpio, Nao PODE Produzir Dois tipos de Palavras, Uma de benção ea de Maldição. CADA Fonte Produz hum Tipo de Agua. Um E o Que Falar Cristão; Outro E o Falar do ímpio. O Paragrafo divino ideal o Cristão E Que a SUA Palavra SEJA "temperada com o sal" Fazer Temor a Deus, Paragrafo Que Saiba Como convém responder a Pessoa CADA (Cl 4.6). A Árvore Que Produz frutos Segundo uma especie SUA. "PoDE também UMA figueira Produzir Azeitonas, OU UM figos Videira?" (V.12). Por UMA Questão de sensatez Todos hao de concordar Que a figueira Produz figos e Localidade: Não Azeitonas, e que hum Videira Produz uvas e figos de: Não. Isto É, frutos Joe Cada Árvore Produz Segundo uma especie SUA, de um a Acordo com a SUA Natureza. ATRAVES DESTA pergunta oportuna fazer apóstolo Tiago, o Espírito Santo dirige a Nossa Atenção de: Não SENTIDO de refletirmos nenhuma Fato de Que Localidade: Não DEVE Haver duplicidade de frutos los Nosso Viver. Produza, entao, o Cristão o Fruto que DELE SE Espera.

Em SEGUIDA Tiago Responde a SUA pergunta afirmando: "assim tampouco PODE UMA Fonte dar Água salgada e doce" (v.12). Se pudermos Tomar UMA Fonte Que Produz Água Salgada Como Fazer Tipo Homem de: Não regenerado, entao UMA Fonte de Água Doce Seria hum Tipo Fazer Homem convertido, crente nao. E Desta Fonte Que O Mundo Precisa Beber UMA Água Cristalina, Que É UMA Palavra de Deus, OU SEJA, Boas Precisa Ouvir Palavras, Palavras de Consolo, de Ajuda e de edificação. Agora, se nn Falta ESSA Palavra de Esperança de Quem O Mundo ouvira?

3 Uma Única Fonte.  Como a Água, Nossas Palavras também PODEM dar Vida. Mas, se de: Não Pará Controlada, a Água PODE causar morte e Destruição. Um grande Exemplo Disso FOI Visto los dezembro de 2004, um terremoto de magnitude 9,1 na costa da Província Indonésia de Aceh desencadeou hum tsunami no Oceano Índico, Que causou a morte de cerca de 226 mil pessoas NA Indonésia, Sri Lanka, Índia, Tailândia e paises Para nós Ligação Nove. "A Vida ea Morte estao no Poder da Língua" (Pv 18:21).

Quando, porem, nos inclinamos SOBRE UMA Fonte Paragrafo Beber hum gole de Água Fresca, raramente lembramos de enchentes. Pensamos apenas na DÁDIVA preciosa Fazer Refrigerio Que VEM de hum gole de Agua. Localidade: Não Seria Possível ter Saúde Sem Água.

Um Diretor Marca que Cristão maduro E Ser Parecido com Jesus, o varão Perfeito. Uma das principais características de Jesus era que esse Semper animada UMA Pessoa chegava Aflita Perto DELE Saia, Restaurada, com novo entusiasmo pela Vida. Quando Como PESSOAS chegam Perto de Você, ELAS SAEM Mais animadas e Encantadas com avida? Elas SAEM Cheias de entusiasmo, dizendo Que valeu a pena conversar com voce? VOCE TEM Sido UMA Fonte de Vida Pará Como PESSOAS? Suá Família E Abençoada pelas SUAS Palavras? SEUS Colegas de escola UO do Trabalho de São encorajados com a Maneira de Falar voce?

 

CONCLUSÃO

 

ESSA duplicidade de: Não OSU da Língua Localidade: Não E caracteristica Naturais, mas desnaturada e culposa. ISSO É O Que Nos Diz a biblia incessantemente (Êx 20.16; Sl 34.14; Mt 5.22; Rm 12.14; 1Pe 3.9, etc). Localidade: Não DEVE e Localidade: Não Precisa Ser Mais ASSIM. O o Porque "se alguem ESTA Cristo em, nova Criatura é" (2Co 5.17). PODEMOS, mas Localidade: Não Somos Mais Obrigados a pecar (Jo 8,36).

 

Que possamos nn permitir Ser tratados POR Deus nessa área TÃO Difícil de Nossas Vidas. Que Nossas motivações sejam Revistas e AO sentirmos Que Nossa Língua TEM TIDO Maior Domínio SOBRE Nós do que a Palavra de Deus, Que possamos dar Palavra de Ordem e Exercer o Domínio Proprio Que É Fruto do Espírito lhes NOS. Se o Que dizemos de: Não Edifica, maldiz, OU ALGUEM fere, fiquemos Calados. O Sábio e Mais Sábio Escuta o o Porque Mais do Que Fala.

A Verdadeira Sabedoria se Manifesta na 

Prática



31 de Agosto de 2014


TEXTO Áureo 
"Quem dentre VOS E Sábio e inteligente? Mostre, Pelo Seu bom trato, Como o SUAS Obras los Mansidão de Sabedoria" Tg 3.13


VERDADE PRÁTICA

A Verdadeira Sabedoria de: Não se manifes na Vida fazer atraves crentes Fazer Discurso, mas das Obras.

 

Leitura Bíblica EM CLASSE

 

Tiago 3,13-18

 

INTRODUÇÃO

Aprenderemos Nessa Lição que obter Informação, OU Conhecimento intelectual, Nao significa Adquirir Sabedoria. Algumas PESSOAS São Bem Inteligentes, mas AO MESMO ritmo inaptas Paragrafo relacionarem-se com Otras PESSOAS. Hoje estudaremos a Sabedoria Como a habilidade de Exercer UMA Ética Correta com vistas a praticar o Que É Certo. Veremos UMA Pessoa Sábia Como alguem Que se Mostra madura los TODAS Como circunstâncias da Vida, POIs e No cotidiano Que a Sabedoria Fazer crente DEVE se mostrar.

 

I. - A Conduta PESSOAL SE DEMONSTRA A NOSSA Sabedoria E DIVINA OU Demoniaca (Tg 3,13-15)

 

 

1 A Sabedoria de: Não se Mostra com Discurso (v 13)..

Segundo Como Escrituras, QUEM E Sábio? De um a Acordo com O Que Nos ENSINA Tiago, E aquela Pessoa Que apresenta "bom trato com OS To Us Link" e "Obras de Mansidão". Nota Que OS Conceitos de Sabedoria, Expostos Conforme SEM Texto, apenas PODEM Ser provados Pela Prática. QUEM se julga Sábio e inteligente, Paragrafo Fazer jus AOS TERMOS, DEVE demonstrar Sabedoria e habilidade na Vida Diaria, TANTO Paragrafo com OS de Dentro da Igreja, Quanto Pará com OS de Fora.

 

2. Inveja e Facção (v. 14).

Se Paragrafo Ocupar a posição de mestre UMA Pessoa parágrafo motivada Pela inveja, OU POR UM Sentimento faccioso, de nada valera o ensino POR ELA ministrado. O Que Tiago apresenta na Passagem em Estudo de: Não Diz Respeito AO Conteúdo ministrado Pelo mestre, mas à Postura soberba e arrogante adotada POR ELE AO ministra-lo. Como INFORMAÇÕES PODEM ATÉ Ser corretas e ortodoxas, mas hum Postura adotada Pelo mestre Láncara POR terra, OU NAO, o Discurso POR ELE proferido. O mestre, Por vocação, compreende um SUA posição de servo. Ele Gösta de Estar com Como PESSOAS. ASSIM, Naturalmente, ELE ensinará o Aluno com Eficiência, mas principalmente, com o Seu Exemplo e Respeito (Mt 23,1-39).

 

(1 v. 5) 3. Sabedoria do Alto e Sabedoria Diabólica.

A Fonte da Verdadeira Sabedoria E o Temor AO Senhor (SI 51,6; 111,10; Pv 9.10). Mediante a Nossa reverencia e Confiança depositada no Altissimo, o proprio Deus concede- -nos Sabedoria Paragrafo vivermos. Mas Localidade: Não PODEMOS nn esquecer da falsa Sabedoria. Esta, afirma- -nos Tiago, é "terrena", "animal" e "Diabólica", POIs Localidade: Não Edifica, mas destroi; Localidade: Não une, MAS Dividir; Localidade: Não E humilde, mas soberba. E na Arena da Prática Que A Nossa Conduta Pessoal demonstrará O TIPO de Sabedoria Que obtemos - se do Alto où se terrena. Deus guarde OS Números da falsa e Diabólica Sabedoria!

 

II. ONDE PREVALECEM A Inveja E SENTIMENTO FACCIOSO, PREVALECE TAMBEM O MAL (Tg 3.16)

 

 

1 A maldade do Coração Humano.

"Quem Quiser Ser Realmente o Maior DEVE tornar-se o Menor de Todos, e AQUELE Que desejar o Lugar de Governo TEM de se apresentar Como servo". E o Que o Senhor Jesus ENSINA Nos Evangelhos (Mt 20,25-28; Mc 10,42-45; Lc 22,24-27). Apesar de UM EA Vaidade ambição Serem Sentimentos Que despertam desejos latentes de: Não Humano Ser (Pv 17.20), Os Discípulos de Cristo Localidade: Não PODEM permitir que tais desejos OS dominem. 

 

2 A inveja ea Facção instauram UMA Desordem.

Jesus de Nazaré sabiá de antemão que hum Vaidade Dominária O Coração de muitos seguidores DOS SEUS. Por ISSO Ele ensinava tal Realidade Nos Evangelhos. A Epístola de Tiago relata exatamente OS Problemas Anteriormente abordados POR Jesus. Dias Nós do meio-Irmão do Senhor, a "inveja" EO assolavam "Espírito faccioso", Como Igrejas locais (Tg 3.16). Atualmente, muitos São OS PROBLEMAS Dessa Natureza em Nossas Igrejas. Injustiças e perseguições ocorrem los comunidades Nossas ATÉ MESMO em Nome de Deus, quando sabemos Que o Senhor nada TEM OS atitudes com Taís (Jr 23,30-40). 

 

3. Perversas Obras.

Como E do Conhecimento de Cada salva los Cristo, Onde ha "inveja" e "Espírito faccioso", o mal impera. Em hum Ambiente Onde a perversidade ea malignidade o Estação presentes, muitas PESSOAS "adoecem" e comeu "morrem" espiritualmente (1 Jo 3.15). Maldades contra o Irmão, Mentiras contra o Próximo, mexericos e falatórios, enfim, São atitudes Como PESSOAS que que passam a frequentar UMA Igreja local, Naturalmente, esperam de: Não encontrar. Tais Problemas listados evitados Acima PODEM fácilmente Ser (Rm 2,17-24). Depende apenas de Cada Um Olhar Para Jesus, DEPOIS Para Si MESMO UM e Iniciar Processo de Correção de imperfeições SUAS e más Tendências. Agindo ASSIM, o Senhor certamente dispensará Sabedoria Paragrafo O Nosso Bem Viver (Tg 1.5-8).

 

III. AS QUALIDADES DA Verdadeira Sabedoria (Tg 3.17,18)

 

1 Características da Verdadeira Sabedoria.

O Objetivo de Tiago los classificar Como Diferenças Entre a Sabedoria Que VEM do Alto, e da terrena e Demoniaca, E mostrar que Ambas PODEM Ser fácilmente identificadas atraves da Prática cotidiana. A da Primeira Qualidade "Sabedoria Que VEM Fazer alto", ressaltada Pelo Líder de Jerusalém, e A Pureza. O Termo de e hum adjetivo Grego, hagnós, Que se REFERÊ Aquilo Que É "sagrado", "casto" e "SEM mancha". A Sabedoria Que VEM do Alto E pura, Nao HÁ SENTIDO Humano da Palavra, MAS Algo Que VEM Exclusivamente de Deus nn par. 

 

2 Características Mais Sete.

Apos assegurar a Primeira caracteristica da Sabedoria Que Proceda de Deus, a Pureza, Tiago elenca Otras Sete: Paciência, Moderação, Conciliação, Misericórdia, bons frutos, imparcialidade e Verdade. Nota Que, de alguma forma, TODAS TEM Relação com o autodomínio, uo com o "Domínio Proprio" (Gl 5.22,23 - ARA). O Evangelho Adverte-SOE hum Ser Mais Humanos e parecidos COM Jesus, SEJA OU, autoritários Nao, inflexíveis, coléricos, SEM Misericórdia, parciais com um Pessoas e Muito Menos mentirosos. ISSO o OS o Porque os tais más qualidades São provenientes da Sabedoria Demoniaca, animal e terrena (Gl 5,19-21). O Senhor Nos chamou de parágrafo o BEM (Ef 2.10). Procuremos Fazer o Bem Com Amor e Verdade (Gl 6.9). 

 

3 O Fruto da Justiça (v.18).

"Bem-aventurado QUEM TEM Fome e sede de Justiça" (Mt 5.6). Ja imaginou ESSA Verdade compreendida e assumida POR CADA crente Onde Quer Que esteja presente? Ja imaginou o Tipo de Mundo Que teríamos se compreendêssemos Como implicações reais dos TERMOS "Fome" e "sede de Justiça"? Tiago Diz Que o Fruto da Justiça na Vida do crente DEVE Ser semeado na paz de Deus. Ele, porem, acrescenta que ESSA Realidade E Paragrafo OS Que, sabiamente, "exercitam a paz". Em Otras Palavras, é Preciso trabalhar pela Paz. SEJA Sábio, semeie, portanto, o Fruto da Justiça e tenha paz!

 

CONCLUSÃO

 

A Nossa Conduta Pessoal demonstrará se TEMOS UM "Sabedoria do Alto", Que É pura, Pacifica, moderada, tratável, Cheia de Misericórdia, de bons frutos, SEM parcialidade e SEM hipocrisia; OU SE Somos Portadores da terrena, animal e Diabólica, Que Produz inveja, Espírito faccioso, perturbação e Obras Perversas. Qual o Tipo de Sabedoria ESTA Presente los SUA Vida? Fomos chamados a Localidade: Não Tomar UMA forma dEste Presente Século, mas Paragrafo ISSO precisamos da Sabedoria do Alto. Só ASSIM produziremos frutos Que se coadunam com a Sabedoria Que VEM Fazer alto. Busque a Verdadeira Sabedoria de: Não Senhor com Fé e Você Será,, Sera hum Testemunho vivo do Poder de Deus!