Translate this Page

Rating: 3.0/5 (914 votos)



ONLINE
3




Partilhe este Site...

 

 

<

Flag Counter


seitas e heresias e os falsos ensinos n.3
seitas e heresias e os falsos ensinos n.3

           SEITAS E HERESIAS FALSOS PROFETAS E ENSINOS PARTE N.3

 

SEITAS E HERESIAS FALSOS PROFETAS E ENSINOS PARTE N.3

 

Introdução

INTRODUÇÃO À 1 João 4

Neste capítulo, os cuidados apóstolo contra espíritos enganadores;aconselha a experimentá-los, e dá regras pelas quais eles podem ser conhecidos, e por que eles se distinguem dos outros; e, em seguida, retorna ao seu assunto favorito, o amor fraternal. Ele exorta os santos não creiais a todo o homem que veio com uma doutrina para eles, mas para julgá-los, uma vez que havia muitos falsos mestres no mundo; e dá uma regra segundo a qual eles podem ser julgados e julgados, como que tudo o que o professor é dono de Cristo para serem veio em carne é de Deus, mas ele não que não é de Deus, mas é o espírito do anticristo que deve vir, e Estava no mundo, 1 João 4: 1 , mas, para o conforto das pessoas a quem ele escreve, ele observa, que eram de Deus, e tinha superar esses falsos mestres, através do grande poder do Espírito divino neles, que é maior do que Satanás, e todos os seus emissários, 1 João 4: 4 . Ele distingue entre espíritos enganadores, e os ministros fiéis da palavra; o ex-são do mundo, falar das coisas do mundo, e os homens do mundo ouvi-los;mas os últimos são de Deus, e os que têm qualquer conhecimento espiritual de Deus ouvi-los; mas, como não são de Deus não curá-los, através da qual pode se soubesse o espírito da verdade do espírito do erro, 1 João 4: 5 . E então os retornos Apóstolo a seu ex-exortação ao amor fraterno, que ele impõe pelas seguintes razões, porque é de Deus, um fruto do seu Espírito e graça, e porque é uma evidência de ser nascido de Deus, e de ter um verdadeiro conhecimento dele; Considerando que ele é destituído de não conhecê-lo, vendo Deus é amor, 1 João 4: 7 , e ter afirmado que Deus é amor, ele prova que, pela missão de seu Filho, para propiciação pelos pecados de de tal forma que não o amava, e que por meio dele vivamos; Por isso, ele argumenta que, se Deus tinha o amor aos homens, para não o merecem, então os santos devemos amar uns aos outros, 1 João 4: 9 . Outros argumentos seguir, envolvendo a ela, como que Deus é invisível; e se ele é ser amado, então, certamente, o seu povo, que são visíveis; e que tal que se amam, Deus habita neles, e seu amor é perfeito em si; e que ele habita neles é conhecido pelo dom do seu Espírito para eles, 1 João 4:12 , e que Deus o Pai amou o mundo, como enviar o seu Filho para ser o Salvador do mesmo, antes de afirmar, é confirmada pelos apóstolos, que foram testemunhas oculares do fato; que também declarar que o que as confessa a filiação de Cristo, Deus habita nele, e ele em Deus; e que teve uma garantia do amor de Deus para eles, que é o próprio amor; de modo que aquele que habita em Deus, e Deus, nele, habita no amor, 1 João 4:14 . E grande são as vantagens decorrentes de tal, para o amor por este meio dos santos de Deus se aperfeiçoa; eles têm confiança no dia do julgamento, pois, como ele é, por isso são eles neste mundo, eo medo é expulso por ele, 1 João 4:17 , mas para que não muito deve ser pensado para ser atribuída ao amor, que é Diz-se que, devido ao amor de Deus para eles, que é anterior à deles a ele, e a razão disto, 1 João 4:19 . E o capítulo está fechado com a observação a contradição que existe entre a profissão de amor a Deus, e do ódio dos irmãos, vendo Deus, que é invisível, não pode ser amado, se irmãos que são vistas são odiados; e também o mandamento, que aquele que ama a Deus, ame também a seu irmão, 1 João 4:20 .

Versículo 1

Amados, não creiais a todo espírito , .... O apóstolo ter mencionado a palavra "espírito" na última parte do capítulo anterior, leva uma ocasião de lá para voltar para o que ele havia sugerido no "segundo" capítulo, relativo os muitos anticristos que então eram, e quem ele aponta, e aqui adverte contra. Por "todo o espírito", ele quer dizer, seja toda doutrina que se fingiu vêm do Espírito de Deus, ou a cada professor, que professa ser qualificados e enviados por ele, e para ter a sua luz, conhecimento e doutrina dele. Todo verdadeiro ministro do Evangelho tem o Espírito e os dons do Espírito, mais ou menos, para qualificá-lo para o seu trabalho; ele é separado, e chamou a ela por ele, e recebe o seu conhecimento luz find espiritual dele; ele é o que ele ensina a sã doutrina, e leva-o a toda a verdade, como é em Jesus, e traz toda a verdade necessária para a sua lembrança; e que consegue seus cuidados para o bem das almas: mas há alguns que se chamam os ministros do Evangelho, que, embora possam ter algumas habilidades naturais, e uma parte da aprendizagem humana, e um conhecimento teórico das coisas, ainda não nunca receberam presentes do Espírito graça ou; nem têm sempre foi chamado por ele; nem são suas ministrações de acordo com a palavra divina, que é inspirado por ele, nem participou com sua demonstração e poder; Portanto, embora alguns professando tem o Espírito de Cristo estão a ser acreditado, mas nem toda a gente; e se o Espírito não é para ser extinta em qualquer, nem profetizam a ser desprezado, mas deve ser tomado cuidado que é ouvido e recebeu: algumas pessoas são tão obstinados e incrédulos para não acreditar em qualquer coisa que seja declarada, ser a evidência o que vontade; como os judeus não acreditam que Cristo e seus apóstolos, embora o que eles disseram concordou com Moisés e os profetas, e foi confirmada por milagres; e outros são muito crédulos; ao mesmo tempo receber todos os professores, e abraçar cada doutrina arrivista: esta não deve fazer,

mas provai se os espíritos são de Deus ; não pela razão humana, especialmente quanto carnal e não santificado; pois, embora as doutrinas do Evangelho não são contrários à verdadeira razão, eles estão acima dele, e não para serem julgados por por ela, e são desaprovava e rejeitado por motivo carnal; mas pela palavra de Deus, que é o padrão de toda a doutrina; e concorda com o que quer que seja para ser recebida, e que não deve ser rejeitado. E assim a fazer é muito louvável, como se depreende do exemplo dos Beraeans, que nesta conta estão a ser dito mais nobres que os de Tessalônica, Atos 17:11 ; e para o louvor da igreja em Éfeso,Apocalipse 2: 2 . E isso é o que cada crente, cada cristão privado deve fazer; a eles pertence a ler e pesquisar as Escrituras, e provar todas as coisas, e julgar por si mesmos da verdade da doutrina; e para tal liberdade condicional ou julgamento dos espíritos, a luz espiritual, o conhecimento, o julgamento, o senso, experiência e orientação divina são necessárias, que devem ser feitas de Deus, e um aumento dos mesmos; e todos esses pesquisadores diligentes e inquiridores humildes, são capazes de fazer o julgamento das pessoas e doutrinas, sejam eles do Espírito de Deus ou não, para que o Espírito de Deus nunca fala contrária à sua palavra, e a razão pela qual tal julgamento Deve ser feita é,

porque muitos falsos profetas têm saído pelo mundo : tal que fingiu ou a uma revelação das coisas futuras, e de prever as coisas que virão; ou melhor, a um dom de profecia, ou de pregar em nome de Cristo, para ser "profetas" e os homens espirituais, e ministros da palavra, mas foram os "falsos"; que seja previsto o que não veio a acontecer, ou melhor, pregou a doutrina falsa, corrompendo a palavra, e manuseá-lo, enganosamente, e assim imposta e arruinou as almas dos outros, assim como enganou a sua própria: e não havia apenas um , ou dois, ou alguns deles, mas "muitos", como nosso Senhor havia predito, Mateus 24:11 ; e que faz com que a razão mais forte para não acreditar em qualquer espírito, mas experimentá-los; eo melhor, uma vez que não foram enviados de Deus, chamados quente por suas igrejas, mas foram "saído" de si mesmos; de suas próprias cabeças, e sem qualquer missão de Deus ou do homem; e "ao mundo" também; eles estavam em cada parte dela e, especialmente, onde havia quaisquer igrejas de Cristo; em que penetrou pela primeira vez em segredo e, de surpresa, mas depois tornou-se pregadores públicos da palavra, e depois separando a partir deles, criar abertamente no mundo por si mesmos.

Verso 2

Nisto conhecereis o Espírito de Deus , .... Esta é uma regra pela qual os crentes podem saber se um homem que professa tem o Espírito de Deus, e de serem chamados e enviados por ele, e se a doutrina que prega, é dele ou não:

todo espírito que confessa que Jesus Cristo veio em carne e osso ,

é de Deus ; ou do Espírito de Deus; ou seja, toda doutrina que leva essa verdade nele; ou todo o homem que possui, e professa, e publica essa doutrina a respeito de Cristo, está do lado de Deus e da verdade; e que contém vários artigos em que, respeitando a pessoa e ofício de Cristo; como que ele existia antes de ele veio na carne, e não na natureza humana, ou como homem, ou como um anjo, mas como o Filho de Deus, como uma pessoa divina, sendo verdadeira e propriamente Deus; para que esta confissão leva em sua filiação divina, e divindade adequada, e também o seu verdadeiro e real humanidade; que o Messias estava encarnado, contra os judeus, e era Deus e homem em uma pessoa;e que ele era realmente o homem, e não só na aparência, contra os hereges daqueles tempos: e também inclui seus escritórios, que Jesus de Nazaré era o Cristo, o Messias, que os judeus negado, e que ele foi o ungido profeta, sacerdote e rei; e por isso é uma confissão ou reconhecimento de todas as doutrinas do Evangelho, que veio por ele, como um profeta; e de sua satisfação, sacrifício e intercessão, como um sacerdote; e de todos os seus juízos e os comandos como um rei; e que ele é o único Salvador e Redentor dos homens. Agora, quem detém e declara este sistema de verdade, "é de Deus"; Não que todo aquele que consente a esta, ou prega, é nascido de Deus; um homem pode acreditar, e confessar tudo isso, como os diabos-se fazer, e ainda ser destituído da graça de Deus; mas o espírito, ou doutrina, que contém essas coisas nele, é certamente de Deus, ou vem dele; ou quem traz essas verdades com ele, e prega-los, ele é, tanto quanto ele faz isso, no lado de Deus e da verdade, e deve ser considerada.

Versículo 3

E todo espírito que não confessa , .... A divindade adequada e filiação de Cristo, a sua verdadeira e real humanidade, e seu Messias; ou qualquer um de seus escritórios, doutrinas e ordenanças; ou a sua satisfação e da justiça; ou que a paz, o perdão, a justificação, a vida ea salvação, são por ele; tudo que se entende por que se segue,

que Jesus Cristo veio em carne : esta cláusula é deixado de fora na versão Etíope, e que, sem ferir o sentido, uma vez que é facilmente fornecido a partir do versículo anterior; ea cópia de Alexandria, ea versão Vulgata Latina, somente leitura "Jesus": e este último lê todo assim ", e todo espírito que se dissolve Jesus"; que separa as duas naturezas, humana e divina, na dele, e faz com que duas pessoas de eles; ou nega qualquer um deles, ou que ele é verdadeiramente Deus, ou realmente o homem, ou nega que ele fosse Jesus, o Salvador; que, tanto quanto nele reside, destrói sua pessoa, escritório, e no trabalho, e torna sem efeito a sua obediência, sofrimentos e morte:

não é de Deus ; nem ele nem sua doutrina são de Deus; sua doutrina não pode vir de Deus, sendo contrário à Palavra de Deus; e ele próprio nem nasce de Deus, nem do seu lado.

E isso é que o espírito do anticristo : quem é contra Cristo, ou se opõe a ele; como aquele que nega sua filiação, sua divindade, sua humanidade, seus escritórios, e sua graça, manifestamente faz; toda doutrina que é calculado contra essas verdades é o espírito ea doutrina do anticristo:

do qual tendes ouvido que havia de vir, e agora já é o mundo ; nos falsos mestres, os precursores do anticristo; Veja Gill em 1 João 2:18 .

Versículo 4

Vós sois de Deus, filhinhos , .... Isto, com o que se segue, é dito para o conforto dos santos, e para entregá-los a partir dos medos de ser desviados pelos delírios dos falsos profetas, e anticristos; uma vez que pertencia a Deus, eram os seus eleitos, e, portanto, não poderia ser finalmente e totalmente seduzido; eles eram os filhos de Deus mediante a adopção de graça, e não poderia tornar-se servos dos homens; eles nasceram de Deus, e por isso foram guardados pelo poder de Deus para a salvação, como todos os que são gerados para uma viva esperança, são; eles foram iluminados pelo Espírito de Deus, e tinha um discernimento de verdade do erro e, portanto, não poderia ser imposta:

e os venceram ; os falsos profetas, sendo por uma boa causa, combatendo o bom combate da fé, e com boas armas, particularmente a espada do Espírito, que é a palavra de Deus, e os argumentos invencíveis dali; e também assistência graciosa do Espírito de Deus, que dá uma boca que ninguém pode fechar, e sabedoria a que não pode resistir; bem como uma experiência interna da verdade e do poder das doutrinas do Evangelho: um testemunho dentro de si, que vai ficar todo o choque e oposição do inimigo: a versão Vulgata Latina lê ", e tê-lo superado"; anticristo, cujo espírito era então no mundo;ou o próprio, ou Satanás, o deus do mundo do mundo; e assim a versão Etíope lê ", e já vencestes o maligno", como em 1 João 2:13 ; a razão de que a vitória, e que contribui para o conforto e apoio dos santos em sua guerra presente, é,

porque maior é aquele que está em vós do que aquele que está no mundo ; por "aquele que está no mundo" significa tanto o diabo, o príncipe e deus do mundo, e que vai para cima e para baixo nele, habita nos corações dos homens de que, sob cuja influência que eles são, e em quem trabalha efetivamente; ou anticristo, cujo espírito estava agora no mundo, e cuja doutrina foi propagada pelos falsos mestres, em quem ele começou a aparecer; mas aquele que é nos santos, seja Deus que habita neles, e sua nele, 1 João 4:15 ; é mais poderosa que o homem do pecado, e seus emissários, para manter e preservar de todas as corrupções, e todo caminho de falsidade; ou Cristo, que habita em seus corações pela fé, e é mais forte do que o homem forte armado, e capaz de salvar e fazer escapar das suas mãos; ou o Espírito de Deus; e assim a versão árabe lê, "o Espírito que habita em vós"; que é nos santos, como um espírito de regeneração e santificação, como o espírito de adoção, e o penhor de sua herança; ele é capaz de realizar o trabalho de graça neles, e terminá-lo, e vai fazê-lo; e ele, como um espírito de verdade, é mais poderoso do que o espírito do erro; e quando o inimigo vier como uma inundação, ou derrama em uma enxurrada de erros e heresias, ele levanta a bandeira contra ele, faz com que ele voe, e protege os santos de ser levado com ele: compare com esta versão Septuaginta deSalmo 124: 1 , "se tivesse sido não o Senhor, que esteve ao nosso lado"; que o tornam, assim, "se o Senhor não tivesse estado em nós".

Versículo 5

Eles são do mundo , .... Ou seja, os falsos profetas e mestres que foram passados ​​para o mundo, e teve o espírito do anticristo neles; estes eram como eram quando eles vieram ao mundo, sob a poluição, da culpa e do domínio do pecado, em um estado de unregeneracy, carnalidade, e as trevas; eles corretamente pertencia a ela, e andaram após o curso dela, e estavam sob a influência do deus dele, que os levou ao erro; e foram sensual, e eles próprios o espectáculo de paixões mundanas, e estavam buscando as coisas do mundo; suposto que o ganho foi de piedade, e tinha pessoas dos homens em admiração por causa da vantagem; sua natureza e disposição, seus princípios e práticas, e suas extremidades e pontos de vista, foram mundana; e foram bastante diferente de Cristo e seus apóstolos,João 17:14 ,

por isso falam do mundo ; eles falam a sabedoria do mundo, ou aquela em que o mundo pensa que está a sabedoria, e clama-se para o verdadeiro conhecimento e princípios corretos; E eles fazem isso com as palavras persuasivas de sabedoria humana, ou em palavras que o homem de sabedoria ensina;falando palavras arrogantes de vaidade, que levam com mentes vãs e carnais; e pregar doutrinas adaptados ao seu próprio gosto, e o gosto dos outros, como carnal e homens do mundo; tais como a pureza da natureza humana, em sua primeira concepção e nascimento, a sua liberdade de qualquer corrupção original, e de qualquer preocupação com o pecado de Adão, só com o pecado real de si próprio; e do poder de que ele faça o que é bom, manter a lei de Deus, e obter seu favor; a não necessidade de qualquer trabalho interno da graça eficaz, uma reforma da vida e costumes sendo pensado suficiente para tornar um homem agradável a Deus, e prepará-lo para a felicidade eterna; a doutrina da justificação e salvação pelas obras; todos que estão agradando a homens carnais: daí segue-se,

eo mundo os ouve ; os ímpios do mundo; os homens do mundo e não regenerados comparecer em seu ministério, aprovo o que eles oferecem, e recebê-lo com prazer, e acredite: isso expressa tanto a qualidade dos ouvintes dos falsos mestres, que são a parte do mundo, a pior parte de ele, que se encontra na maldade; ea quantidade deles, a maior parte do mundo, uma vez que foi predito por Cristo e seus apóstolos, que eles devem enganar a muitos, que muitos devem seguirão as suas dissoluções, e que eles devem chamar muitos discípulos após si; portanto os números que atendem tais pessoas, como ele não precisa se ​​admirar, uma vez que ambos os pregadores e ouvintes, e as doutrinas pregadas e ouvido, são todos iguais, eles são do mundo, por isso não deve ser tropeço para o povo de Deus .

Versículo 6

Nós somos de Deus , .... Não apenas como o escolhido de Deus, os filhos de Deus, os regenerados, e os crentes, mas como ministros do Evangelho; eles foram escolhidos, e chamou, e enviado de Deus para pregar o Evangelho, e foram qualificados para isso, por dons recebidos de ele, e teve sua doutrina dele, bem como a sua comissão e missão: eles não eram do mundo, e, portanto, não falar do mundo, nem as coisas adequadas para os homens do mundo; mas sendo de Deus, eles falaram as palavras de Deus, que foram agradável para ele, o que fez para a glória das três Pessoas divinas, e foram consistentes com as perfeições divinas; que manteve a honra e dignidade das pessoas na Divindade;que ampliou a graça de Deus na salvação, e aviltada a criatura:

quem conhece a Deus ; não só como o Deus da natureza e da providência, mas, como em Cristo, e que não só profissionalmente, mas praticamente; que tem um conhecimento experimental dele, que ele sabe como o exercício benignidade, tendo provado de sua graça e bondade; que o conhece de modo a confiar nele, e amá-lo; para tal conhecimento de Deus se entende, como tem verdadeira afeição real para ele se juntou com ele; de modo que ele é o que ama o seu nome, a sua glória, suas verdades, e os seus juízos: ele

nos ouve : não só externamente, constantemente participando no ministério da palavra, como tal,; mas internamente, a compreensão do que é ouvido, recebendo-o no amor, abraçando-o cordialmente, e acreditando firmemente que, e agir de acordo com ela:

aquele que não é de Deus ; que não é nascido de Deus, mas é como ele estava quando nasce no mundo, e é dele: e quem não pratica a justiça, nem ama a seu irmão, nem confessa a divindade, humanidade e ofícios de Cristo, e por isso não é do lado da verdade, nem tem a verdade da graça nele;veja 1 João 3:10 ; tal homem

não nos ouve ; ele é um mero homem natural, um homem carnal e não regenerado; e tal não se pode assistir a um ministério evangélico, ou receber doutrinas do Evangelho, que estão com ele sem sentido, estúpida, e noções tolas, sim, em si loucura; e não pode entendê-las e entender por ignorância, e querem, de um discernimento espiritual; eles são ditos difíceis, e ele não pode ouvir, nem suportá-las; e quando este for o caso, é um sinal claro de unregeneracy, e que essas pessoas não são de Deus; verJoão 8:47 .

 

Nisto conhecemos nós o espírito da verdade eo espírito do erro ; a diferença entre verdade e erro;pode distinguir um do outro, e discernir quem são os verdadeiros ministros de Cristo, e quem são os falsos mestres; para não só a palavra de Deus, as Escrituras da verdade, são o teste e padrão, a pedra de toque para trazê-los para, e julgá-los por; e as doutrinas que solidariamente trazem mostrar quem são; mas mesmo seus próprios ouvintes distingui-los. Espíritos, ou homens que fingem o Espírito de Deus, pode ser conhecido em grande medida por seus seguidores; os que têm o espírito do erro, e são do mundo, eles são seguidos, e acariciou, e aplaudido pelos homens do mundo, por pessoas não regenerados; os que têm o espírito da verdade, e são de Deus, eles são ouvidos e aprovado, e abraçado por homens espirituais, por tal que conhecem Deus em Cristo, e provaram que o Senhor é bom.

FONTE  John Gill

FONTE WWW.AVIVAMENTONOSUL21.COMUNIDADES.NET