Translate this Page

Rating: 3.0/5 (902 votos)



ONLINE
2




Partilhe este Site...

 

 

<

Flag Counter


JOHN KANOX
JOHN KANOX

                                            BIOGRAFIA DE JOHN KANOX 

 

 No sábado à noite, 24 de novembro de 1872, sendo a Ter-centenário da morte de John Knox, o Rev. Dr. Begg pregado na Igreja de John Knox, Edimburgo, um sermão sobre "Presente de Deus para a Escócia em John Knox e Reforma." A igreja estava lotada em excesso, e centenas não poderia obter a admissão. Após os habituais exercícios devocionais, Dr. Begg escolheu para seu texto Salmo 44: 1,

 

Ouvimos com os nossos ouvidos, ó Deus, nossos pais nos disseram,

o que o trabalho fizeste em seus dias, nos tempos da antiguidade.

 

Existem vários princípios de muita importância e de aplicação perpétua indicado nesta porção da Palavra Divina. A seguir pode ser especificado entre outros:

 

Um cristão deve ter em conta o passado em suas contemplações devotos, bem como para o presente eo futuro.

 

Todas as bênçãos do passado devem ser rastreados diretamente, além disso, a mão de Deus.

 

Homens e outros meios são empregados como instrumentos, mas o próprio Deus é o grande trabalhador, ea Ele pertence toda a glória.

 

Todas as bênçãos do passado, bem como do presente, deve dar origem, portanto, canções de gratidão.

 

Quando um grande trabalho está a ser feito Deus geralmente eleva-se instrumentos poderosos para realizar esse trabalho, e isso nunca foi mais maravilhosamente ilustrado do que no caso do nosso grande reformador. "O que fostes ver? Um caniço agitado pelo vento?" Se fizestes vós certamente deve ter sido decepcionado. Pelo contrário, vós viu um homem da maior firmeza, com compreensão singular da mente eo poder mental mais notável - uma rara combinação de fé forte, clara percepção, coragem destemida, o mais sensibilidade do concurso, eo patriotismo mais sincero. Princípio cristão do tipo mais decidido foi o substrato inquestionável de toda a sua personagem. Agora você vê-lo a partir das extremidades da cabeça imponente terra e ombros acima de todos os seus compatriotas. Scotland teve muitos homens eminentes e bons, mas não é por menosprezo a qualquer um deles dizer que ela só teve um John Knox. E como as montanhas mais altas parecem mais notável à distância, de modo que este grande homem, levantado por Deus, é visto hoje em três séculos imponentes cabeça e ombros acima do mais eminente dos escoceses. Houve uma combinação rara de dons e graças em nossa ilustre Reformador. Coragem física e moral não são sempre, são, na verdade raramente, combinado. Alguns homens podem estar na boca do canhão que encolher de confrontar seus semelhantes em debate; e outros podem encarar a montagem mais tempestuoso que iria encolher dos horrores da guerra. Mas, em ambos os elementos Knox foram combinados, e no mais alto grau. Podemos vê-lo em primeiro lugar levando a espada antes de Wishart. Em meio às dificuldades e prostração das galés francesas, e em face de inimigos scowling ele era corajoso e determinado, e inspirado com coragem seus desanimados companheiros de infortúnio. Ele pregava com determinação no rosto de homens armados que ameaçam a sua vida. Ele não estava com medo, mesmo quando "nenhum homem estavam com ele 'falar a verdade desagradável para os potentados da terra. Ele nos dá uma concepção mais elevada de um embaixador dos céus.

 

A rara combinação do teólogo e estadista em Knox foi igualmente notável. Ele lançou as bases desse sistema elevado de ética cristã e da ciência social que, quando realizada, ainda que parcialmente, feitas Scotland ilustre. A combinação de humor alegre e da maior firmeza, de imenso poder e desinteresse completo, determinação popa na vida pública, com a ternura mais notável de afeto doméstico, e também um profundo sentimento de simpatia para com os indefesos e oprimidos, constituiu um pouco mais da peculiaridades raros de Knox. em uma palavra, ele era um homem de muitas facetas e mais notável, e eminentemente qualificado por Deus tanto por dons e graças para o serviço de sinal para o qual foi chamado, e que agora resistido ao teste do três séculos de julgamento.

 

Que o cristianismo pessoal era a verdadeira base de seu personagem não precisa ser repetido. Knox era um homem de piedade sincera. Tais objetos como ele destinadas, e tal determinação inabalável como ele se manifesta só poderia primavera de tal fonte. Havia duas características de seu personagem, no entanto, para além de todos os outros, que eram certamente pré-eminente, e que foram especialmente necessários para o seu trabalho, viz., Inabalável firmeza, determinação e constância, e uma submissão inteira de sua mente e vontade à autoridade de Deus em Sua Palavra. A experiência da humanidade demonstra que não há nada tão raro como firmeza consistente em meio a dificuldade. O talento é muito mais comum do que tenacidade, e ainda é tenacidade que, pela bênção divina, carrega o dia. É especialmente necessário em empresas públicas e naqueles levantado por Deus para trabalhar livramentos na terra. Há um poder de contágio em determinação. Fraqueza e vacilação são incompatíveis com sucesso. Quando 'desmaia porta-estandarte "as tropas estão dispersas, e" se a trombeta der sonido incerto, quem se preparará para a batalha? " Daí a antiga proclamação do arraial de Israel, "Quem é de coração tímido, deixá-lo ir e voltar para sua casa, para que o coração do seu próximo desmaiar, bem como a dele."

 

Knox foi levantado por Deus como um poderoso instrumento de derrubar o gigantesco sistema de superstição ea idolatria que na época ficou entrincheirado na Escócia, fechando a luz da verdade do Evangelho, e subvertendo as bases da esperança humana. Os maiores objetos do nosso grande reformador foi que a Palavra do Senhor pode ter livre curso e seja glorificada. Tempo falharia era nós a entrar em detalhes, nem é necessário referir minuciosamente a natureza do Papado. É uma conspiração formidável, como Adam Smith disse, contra a religião e as liberdades da humanidade. Ela destrói a verdadeira religião e coloca o machado à raiz da liberdade e da moralidade social. Na Escócia, antes dos dias de Knox, era extremamente poderoso, e manifestou suas características mais repugnantes. Não há dúvida de que tinha sido enfraquecido pelas sátiras de Sir David Lindsay e outros, e por sua própria crueldade sangrenta, especialmente no assassinato de Patrick Hamilton e George Wishart. Ainda John Knox desferiu o primeiro golpe mortal neste tecido gigantesco, tomando-se o fundamento de que era a apostasia predestinada de Daniel, Paulo e João. "Quanto à sua Igreja Romana como agora é corrompido", disse ele, "que representa a esperança de sua vitória, eu não mais dúvida de que é a sinagoga de Satanás, ea cabeça dela chamou o papa para ser o homem do pecado de quem o apóstolo fala, que eu duvido que Jesus Cristo sofreu pela aquisição da igreja visível de Jerusalém. Sim, eu me ofereço por palavras ou por escrito para provar a Igreja Romana hoje, degenerada mais longe da pureza que foi nos dias de os apóstolos, que era a igreja dos judeus das ordenanças dadas por Moisés, quando consentiu na morte inocente de Jesus Cristo. "

 

Pela manutenção firme desta doutrina da Reforma escocesa foi assegurado, e, portanto, era mais profunda e completa do que movimentos similares em qualquer outra parte da Europa. Ele, no entanto, foi realizado em face das dificuldades esmagadoras e, especialmente, em face de Real e oposição da corte. A firmeza determinado e clareza de discurso do nosso grande reformador tem sido objeto de muita ataque infundado. Para uma mente bem constituído a ousadia de Knox em tais circunstâncias se aproxima a sublimidade absoluta, e é bom para nós e para todas as gerações de escoceses que os princípios servil, que muitos defendem agora, não tinha existência em sua mente intrépida. Toda a história do mundo mostra que a liberdade só foi assegurada por homens sob a influência do princípio cristão. Knox foi o verdadeiro antecessor e exemplo dos puritanos da Inglaterra, enquanto os puritanos da Inglaterra foram os verdadeiros fundadores da liberdade britânica e americana, civil e religiosa. Seu espírito era a do salmista:

 

Vou falar a tua palavra aos reis, e eu com vergonha não será movia; E vai deliciar-me sempre nas tuas leis, que eu lov'd.

 

 

 

Salmo 119: 46,47 (escocês Metrical Version)

 

Agora, é admitido em todas as mãos que os verdadeiros princípios da liberdade civil e religiosa eram, embora com imperfeições indubitáveis, primeiro abordado por Knox e seus companheiros de trabalho, e que os puritanos ingleses e escoceses Covenanters foram só os seus alunos. Estes princípios em comprimento tornou-se fundamental, e foram realizados até agora na realização prática na Revolução de 1688. Nossa atual Constituição está em cima deles. Seus grandes princípios são uma monarquia limitada eo governo sucessão protestante, e não como um arranjo arbitrário e convencional para a gratificação do capricho individual, mas como uma ordenança divina estabelecida para a glória de Deus eo bem público; e quem pode dizer quantos milhares de almas imortais terá motivo de bendizer a Deus por toda a eternidade para isso? Quando este grande homem, portanto, em circunstâncias de dificuldades peculiares, e em meio a deserção de amigos, estava trazendo coisas estranhas aos ouvidos de Queen Mary, ele estava deitado na maneira mais forte os verdadeiros fundamentos da liberdade civil e religiosa, em conexão com que só a Palavra de Deus tem tido livre curso e sido glorificado. Em sua entrevista com a rainha, formado em papista e princípios arbitrários, em Lochleven, ele declarou que se as leis foram executados os protestantes estaria satisfeito, mas não o contrário. A rainha exclamou: "Quereis permitir que eles devem tomar a minha espada em suas mãos? " "A espada da justiça é de Deus", respondeu calmamente o reformador ", e é dado a príncipes e governantes para uma final, que, se eles transgridem, poupando os ímpios e oprimir os inocentes - eles que, no temor de Deus, execute julgamento em que Deus ordenou, não tropeça Deus embora reis não, não ". Mais uma vez, "Ele deve ser rentável para sua Majestade a considerar o que é a coisa súditos de Sua Graça olhar para receber de Vossa Majestade, eo que é que vos deveis fazer-lhes por contrato mútuo. Eles são obrigados a obedecer-lhe, e que não, mas em Deus, sois obrigados a manter as leis que lhes Ye anseiam delas serviço;. anseiam de você proteção e defesa contra maus cumpridores Agora, Senhora, se vos negar o seu dever-lhes [que especialmente anseia que vos castigar. malfeitores] cuidais para receber obediência cheia deles? Temo, Senhora, não vos. "

 

"O que sois nesta comunidade?" exclamou Mary, em outra ocasião. "Um sujeito nascido dentro da mesma", disse Knox; "E embora, eu não ser nem Earl, Senhor, nem Baron nele, mas Deus me fez [como abjeta que sempre eu estar em seus olhos] um membro rentável dentro do mesmo. Sim, senhora, para mim não é menos pertence à forewarn de tais coisas que possam feri-lo, se eu prevejo eles, do que a qualquer Acaso, da nobreza, tanto para a minha vocação e consciência requerem clareza de mim. "

 

O trabalho de John Knox em derrubar o sistema romanista, na Escócia, foi quase perfeito. Para esta grande obra que ele trouxe energia incansável, um profundo conhecimento sobre todas as fontes de ação humana, e uma coragem que nunca fraquejou. Agora que a poeira da batalha está posta de lado, os nossos mais ilustres historiadores reconhecem plenamente o seu poder singular, e da grande obra que Deus lhe permitiu alcançar em meio a dificuldades indescritíveis. Este trabalho também ele vigiava com fidelidade incansável e incrível sagacidade para o fim de seus dias.

 

Falando de Knox, Froude diz:

 

"O objectivo dos nobres escoceses era política, nacional, patriótico. Para a religião, ela não era uma grande questão de qualquer maneira; e como tinham antes atuou com os protestantes, então agora eles estavam prontos para girar em torno, e abertamente ou tacitamente agir com os católicos. Amigos de Mary Stuart, na Inglaterra e no continente eram católicos, e, portanto, não faria para ofendê-los. Primeiro, ela foi autorizada a ter massa em Holyrood; em seguida, houve um movimento para uma tolerância mais ampla. Aquela massa, Knox disse, era mais terrível para ele do que 10 mil homens armados desembarcaram neste país; e ele tinha boas razões para dizer isso. Ele cuidadosamente entendeu que era o primeiro passo para uma contra-revolução, que com o tempo iria cobrir todos Escócia e Inglaterra, e levá-los de volta para o papado. No entanto, ele pregava a ouvidos surdos. . . . Mesmo os ministros do Kirk foram enganados e lisonjeado over. Maitland disse Mary Stuart que todos eles ganharam, exceto um. John Knox sozinho desafiou ambas as ameaças e suas convicções. Boa razão tem a Escócia para se orgulhar de Knox. Ele só nesta crise selvagem salvou a Kirk que ele tinha fundado, e salvo com ele liberdade escocês e Inglês. . . . Ela [a rainha Elizabeth] ainda não diria nada, prometer nada, ligam-se a nada; e, tanto quanto lhe dizia respeito, a guerra teria sido logo trouxe a um fim. Mas longe de St Andrews, John Knox, quebrado no corpo, e pouco capaz de escalonar a subir as escadas do púlpito, ainda trovejou na igreja paroquial, e sua voz, dizia-se, era como dez mil trombetas zurrando aos ouvidos do protestantismo escocês . Todas as terras baixas emocionado sob seus tons. "

 

O que importa todas as nuvens de reprovação e deturpações para Knox agora? Eles foram varridos do mapa para sempre, ea grandeza de sua obra e do próprio homem como um instrumento de sinal na mão de Deus, ter entrado em desenvolvimento claro e nobre. "O justo ficará em memória eterna; a memória dos ímpios apodrecerá."

 

O trabalho do nosso grande reformador, no entanto, não consistia simplesmente em derrubar o governo arbitrário e varrendo para fora da Escócia a massa de idolatria e superstição pela qual tinha sido anteriormente oneradas, mas na reconstrução da Igreja e da sociedade civil do país em bases bíblicas . A velha Confissão Escocesa, eo Primeiro Livro de Disciplina - principalmente o seu trabalho - são monumentos nobres de sua sagacidade Christian e julgamento maduro. O grande circulação desses livros no presente, bem como de sua nobre 'História da Reforma " , não poderia deixar de ser produtivo dos melhores resultados. A massa do povo escocês, nós suspeitamos, nunca vi esses documentos interessantes, e sem vê-los, é impossível compreender a história do nosso país, ou o quanto devemos a Deus sob a John Knox ea Reforma. . . .

 

Seus grandes princípios da educação cristã, no entanto, são de especial importância no momento presente. É revoltante ouvir homens citando Knox em favor de sistemas de ensino que teria enfaticamente rejeitadas. Deixe-os produzir, se puderem, qualquer comunidade de grandeza criados por mero ensinamento secular, mas nunca deixá-los absoluta a esse respeito o nome do nosso grande reformador. A verdade é que a tentativa de separar a natureza moral e intelectual das crianças é simplesmente absurda e profano. É uma tentativa de separar o que Deus uniu; e deve ser igualmente cruel para as crianças e desastroso para a comunidade. Eu sinceramente acredito que o povo escocês, agora que esse imenso interesse é submetido ao seu cuidado, vai cumprir a sua confiança de tal forma que, pela bênção divina, para conferir vantagens indizíveis nas gerações ainda por vir. As palavras de Knox deve ser escrito igualmente acima do Senado e da Câmara-escola. . . .

 

"Vendo que Deus resolveu que sua igreja aqui na terra deve ser ensinado não por anjos, mas por homens, e vendo que os homens nascem ignorantes de Deus e de toda a piedade, e vendo também Ele deixa de iluminar homens milagrosamente, de repente, mudando-os como ele fez os apóstolos e os outros na igreja primitiva; de necessidade é que suas honras ser mais cuidadoso para a educação virtuosa e educação piedosa dos jovens deste reino, se quer agora sede sinceramente o avanço da glória de Cristo, ou que ainda desejam a continuidade de seus benefícios à geração seguinte. "

 

Nosso Reformer, no entanto, tinha concepções como elevadas do superior como da educação comum. Com uma concepção nobre da irmandade do homem, um desejo sincero de difundir a luz do mais alto conhecimento universalmente - a determinação, se possível, colocar a escada do aprendizado na porta sempre pobre homem, para que seus filhos, se talentoso, pode subir aos mais altos cargos na Igreja e da Commonwealth, Knox proclamou que, além de universidades, faculdades de aprendizagem deve ser encontrado em toda parte. . . .

 

O trabalho de Knox, no entanto, muito tem entrado em decadência, e, de fato, está ameaçado de derrubada inteiro. Catolicismo é agora mais desafiante do que nunca no meio da sua aparente fraqueza. Com passos furtivos e desconfiados que está encontrando seu caminho de volta para a Grã-Bretanha. Ela já tem grande influência na nossa legislação, e atualmente recebe meio milhão de dinheiro anualmente do Governo britânico. Ele está buscando e obtendo poder na Igreja da Inglaterra, e seus emissários estão encontrando fácil acesso às terras de Cranmer e Knox. Os protestantes estão dormindo, dividido, e inativos, e muitos dos que reivindicam a descida de Knox repudiar seus princípios. Professando a buscar união e progresso que estão cegamente renegando o que foi especialmente vital na antiga luta da Reforma - a supremacia universal de Cristo e da necessidade de o ensino da Bíblia. Eles também estão agitando todo os fundamentos da verdade por parte da teoria de questões abertas, o que muda o fundamento da fé da autoridade divina para parecer humano, e em relação ao qual nenhum espírito de martírio ou lutas poderosas de verdade jamais poderia ter sido possível. Knox teria repudiado todas essas teorias. É uma coisa para construir os túmulos dos profetas, e outra bem diferente é aderir firmemente aos seus princípios. Ninguém pode deixar de observar a tentativa feita em alguns setores para separar entre Knox e seus princípios. Para comemorar um homem, além de princípios, é pura idolatria. Mas a tendência referida surge, em parte, da ignorância, e, em parte, do fato de que nos últimos anos, alguns que de bom grado reivindicar uma descendência de Knox ter abandonado completamente o terreno em que ele se levantou e conquistou.

 

Um de seus princípios fundamentais era que a nação em sua capacidade empresarial foi obrigado a honrar e servir a Deus, e que a Igreja eo Estado estavam inseparavelmente ligados. Ele diz que na Confissão escocesa de 1560:

 

"Além disso, a reis, príncipes, governantes e magistrados afirmamos que principalmente e mais principalmente a conservação ea purgação dos appertains religião, de modo que não só eles são nomeados para a política civis, mas também para a manutenção da verdadeira religião, e para supressão de idolatria e superstição que seja, como em Davi, Josafá, Ezequias e Josias, e outros altamente elogiado por seu zelo, nesse caso, pode ser avistado. "

 

Sua teoria do ensino bíblico nas escolas comuns, também era totalmente inconsistente com Voluntaryism. Não pode haver dúvida de que sobre os princípios agora mantidos por alguns que nunca poderia ter tido uma Reforma, e que, se tais princípios sempre adquirir supremacia, os dias da nossa Reforma estão contados. Voluntaryism manifestou pouco zelo e nenhum poder contra Roma. A teoria da indiferença nacional no que diz respeito à religião, é, manifestamente, ateu em espírito, e mais ruinoso em resultado. Unidas não pode ser neutra. Sua neutralidade fingiu é tratado por Cristo como hostilidade direta. Ele declara que "A nação eo reino que não servirem a Sua Igreja pereça, essas nações serão de todo assoladas." Não, Deus ainda pode empregar o nosso muito velho inimigo que muitos tratam de forma tão leve como o meio de nosso castigo.

 

Será que não podemos fazer o presente de uma abençoada oportunidade de se arrepender e fazer as primeiras obras? Sobre os fundamentos gerais e bíblicos do velho Reforma há um ponto de encontro nobre de todas as classes de escoceses patrióticos, e em meio a nossas distrações bem podemos ouvir a voz que ainda fala a nós a partir deste túmulo honrado.

 

Knox, em um de seus sermões nobres, diz:

 

"Irás, O Escócia, ter um rei para reinar sobre ti na justiça, equidade e misericórdia? Assunto-te ao Senhor, teu Deus, obedecer aos seus mandamentos, e magnificar tu que palavra que vos chama a ti, 'Este é o caminho vós, caminhada nele.' E se tu não quiseres, não te bajular. A mesma justiça permanece hoje em Deus para castigar-te, na Escócia, e de ti, Edimburgo, em especial, que antes punido na terra de Judá ea cidade de Jerusalém. Cada reino e nação [diz o profeta Isaías ] que assim offendeth, devem ser igualmente punidos. Mas se tu ver impiedade colocada no banco de justiça acima de ti, para que no trono de Deus [como Solomon Acaso reclamar] reina nada, mas a fraude e violência, acusam a tua própria ingratidão e rebelião, pois essa é a única razão pela qual Deus tira [como o mesmo profeta em outro lugar Acaso falar] o homem forte eo homem de guerra, o juiz eo profeta, o adivinho eo idoso, o capitão eo nobre, o conselheiro e os artífices. E eu vou nomear, diz o Senhor, as crianças a serem os seus príncipes, e crianças governarão sobre eles. . . Se essas calamidades, eu digo, apreender-nos, de modo que não vemos nada, mas a opressão dos homens de bem e de toda a piedade; e os homens ímpios, sem Deus reinar acima de nós, vamos acusar-nos como a única causa de nossas próprias misérias. Porque, se nós tinha ouvido a voz do Senhor, nosso Deus, e dado obediência a mesma, Deus deveria ter multiplicado a nossa paz, e deveria ter recompensado nossa obediência diante dos olhos do mundo ".

 

 

 

Meus queridos amigos, vamos ouvir a conclusão de toda a questão. Vamos dar toda a diligência para tornar a nossa vocação e eleição. Vamos buscar refúgio sob a dissimulada de sangue expiatório; e em fazer o bem a todos que temos oportunidade, façamos o desejo de ser imitadores dos que pela fé e paciência herdam as promessas, implicitamente confiando em nossa gloriosa celeste Rei e Mestre. Vamos procurar estar habilitado para obedecer a Sua vontade, totalmente confessar diante dos homens, e para se regozijar mesmo a ser considerados dignos de sofrer por amor a Ele. Os tempos são estranhos, e eles ameaçam, na língua de um dos velhos, para haver momentos "de muito sofrimento ou de muito pecar." Mas o grande Mestre é sempre o mesmo. Ele pode levantar-se novos instrumentos para manter a sua causa; ele pode, em resposta à oração, derrotar os desígnios dos homens ímpios ou equivocadas, braço Seus servos com a sabedoria necessária, fortaleza e paciência, e traço Seus inimigos em pedaços como um vaso de oleiro. Bem-aventurados todos eles e eles só que a confiança nEle.

 

FONTE www.avivamentonosul.blogspot.com