Translate this Page

Rating: 3.0/5 (909 votos)



ONLINE
6




Partilhe este Site...

 

 

<

Flag Counter


historia da perseguições na reforma protestante
historia da perseguições na reforma protestante

Por que eram os nossos reformadores queimado?

 

Há certos fatos da história que o mundo se esforça para esquecer e ignorar. Esses fatos ficam no caminho de algumas das teorias favoritas do mundo, e são altamente inconveniente. A conseqüência é que o mundo fecha os olhos contra eles. Eles são considerados como intrusos ou vulgares, ou passado por furos como cansativas. Pouco a pouco eles afundam fora da vista dos estudantes de história, como navios em um horizonte distante. De tais fatos o assunto deste artigo é um exemplo vivo: "The Burning dos nossos reformadores ingleses, ea razão pela qual eles foram queimados."

Está na moda em alguns círculos a negar que haja qualquer coisa como certeza sobre a verdade religiosa , ou qualquer opinião por que vale a pena ser queimada. No entanto, há 300 anos, havia homens que estavam certos de que havia descoberto a verdade, e se contentavam em morrer por suas opiniões. Está na moda em outros trimestres de deixar de fora todas as coisas desagradáveis ​​na história, e para pintar tudo com uma tonalidade rosada. Uma história muito popular de nosso Inglês Rainhas dificilmente menciona os martírios de dias de Queen Mary! No entanto, Maria não foi chamado "Bloody Mary" sem razão, e dezenas de protestantes foram queimados em seu reinado. Última - mas não menos importante, é pensado muito mau gosto em muitos trimestres para dizer qualquer coisa que lança descrédito sobre a Igreja de Roma. No entanto, é tão certo que a Igreja de Roma queimou os nossos reformadores ingleses - como é que William, o Conquistador, venceu a batalha de Hastings.Estas dificuldades me encontrar cara a cara como eu ando-se ao assunto que gostaria de desenvolver-se desse papel. Eu sei que a sua magnitude, e eu não posso evitá-los. Eu só peço aos meus leitores a me dar um paciente e audição indulgente.

Afinal de contas, eu tenho grande confiança na honestidade das mentes dos ingleses. Verdade é verdade, por mais longa que pode ser negligenciados. Fatos são fatos, não importa quanto tempo eles podem estar enterrado. Eu só quero desenterrar alguns fatos antigos que as areias do tempo cobriram de novo, para trazer para a luz do dia alguns monumentos antigos ingleses que têm sido negligenciadas, para desentupir alguns poços velhos que o príncipe deste mundo tem sido diligentemente enchimento com a terra. Peço aos meus leitores a me dar sua atenção por alguns minutos, e eu confio para ser capaz de mostrar-lhes que é bom para examinar a questão: "Por que nossos reformadores queimado?"
 

I. As grandes fatos do martírio de nossos reformadores são uma história bem conhecida e logo disse. Mas pode ser útil para dar um breve resumo desses fatos, a fim de fornecer um quadro para o nosso assunto.

Edward VI ", que o jovem príncipe incomparável", como Bispo Burnet justamente o chama, morreu no dia 6 de julho de 1553. Nunca, talvez, que qualquer personagem real nesta terra morrem mais verdadeiramente lamentou, ou deixar atrás de si uma reputação mais justa. Nunca, talvez, para o julgamento pobre falível do homem, fez a causa da verdade de Deus em Inglaterra receber um golpe mais pesado. Sua última oração antes da morte não deve ser esquecido: "Ó Senhor Deus, defender este reino de papismo , e manter sua verdadeira religião. " Foi uma oração, creio eu, não oferecido em vão.

Depois de um esforço insensato e deplorável para obter a coroa de Lady Jane Grey, Edward foi sucedido por sua irmã mais velha, Maria , filha de Henrique VIII, e mais conhecido na história do Inglês pelo nome de mau agouro do "Bloody Mary". Mary tinha sido criado a partir de sua infância como um aderente rígida da Igreja de Roma. Ela era, de fato, muito papista de papistas, consciencioso, zeloso, intolerante e intolerante ao extremo. Ela começou imediatamente a puxar para baixo o trabalho de seu irmão em todas as formas possíveis, e para restaurar o papado em suas formas piores e mais ofensivos.Passo a passo, ela e seus conselheiros marcharam de volta a Roma, atropelando um por um todos os obstáculos, e tão completo como Senhor Stratford em ir para a frente a sua marca. A missa foi restaurado; o serviço de Inglês foi tirado; foram proibidas as obras de Lutero, Zwinglio, Calvino, Tyndale, Bucer, Latimer, Hooper, e Cranmer. Cardeal Pole foi convidado para a Inglaterra. O protestantes estrangeiro residente na Inglaterra foram banidos. Os principais teólogos da Igreja Protestante da Inglaterra foram privados de seus escritórios, e, enquanto alguns fugiram para o continente, muitos foram colocados na prisão. Os antigos estatutos contra a heresia foram mais uma vez trouxe para a frente, preparado e carregado. E assim, no início de 1555, o palco estava desmarcado, e que a tragédia sangrenta, na qual bispos Bonner e Gardiner jogado tão proeminente uma parte, estava pronto para começar.

Pois, infelizmente para o crédito da natureza humana, conselheiros de Maria não se contentaram com privando e aprisionando os principais reformadores ingleses. Ele estava decidido a fazê-los abjurar seus princípios - ou para colocá-los à morte. Um por um, eles foram chamados antes Comissões especiais, examinou sobre suas opiniões religiosas, e chamado a retratar-se, sob pena de morte ii eles recusaram.No terceiro curso, nenhuma alternativa foi deixado para eles. Eles eram ou a desistir protestantismo e receber papado - ou então eles estavam a ser queimados vivos! Recusando-se a retratar-se, eles eram um por um entregue ao poder secular, trouxe publicamente e acorrentados a estacas, publicamente cercado com bichas, e enviou publicamente fora do mundo por que mais cruel e dolorosa das mortes - a morte pelo fogo. Todos estes são fatos gerais que todos os apologistas de Roma nunca pode contradizer ou negar.

É um fato amplo que durante os quatro últimos anos do reinado da rainha Mary, nada menos que 288 pessoas foram queimadas na fogueira para a sua adesão à fé protestante. 
Em 1555, 71 foram queimados 
em 1556, 89 foram queimados 
Em 1557, 88 foram queimados 
Em 1558, 40 foram queimados

De fato, as bichas nunca deixou de incêndio enquanto Maria estava viva, e cinco mártires foram queimados em Canterbury apenas uma semana antes de sua morte. Fora destes 288 sofredores, seja lembrado, um era um arcebispo, quatro eram bispos, vinte e um eram clérigos, cinqüenta e cinco eram mulheres e quatro eram crianças.

É um fato amplo que estes 288 pacientes não foram condenados à morte por qualquer crime contra a propriedade ou pessoa. Eles não eram rebeldes contra a autoridade da Rainha. Eles não eram ladrões, ou assassinos, ou bêbados, ou homens e mulheres de vida imoral. Pelo contrário, eles eram, com apenas uma exceção, alguns dos mais sagrados, mais pura, e melhores cristãos na Inglaterra, e vários deles os homens mais instruídos de seu dia.

Eu poderia dizer muito sobre a injustiça e injustiça com que foram tratados em seus diversos exames.Seus ensaios , se é que pode ser chamado de ensaios, fosse uma mera paródia de justiça. Eu poderia dizer muito sobre a abominável crueldade com a qual a maioria deles foram tratados, tanto na prisão e na fogueira. Mas você deve ler Livro dos Mártires de Fox sobre esses pontos.

Nunca fiz Roma fazer-se tais danos irreparáveis ​​como ela fez no reinado de Maria. Mesmo as pessoas ignorantes, que não podia discutir muito, viu claramente que uma Igreja que cometeu tal carnificina horrível dificilmente poderia ser a única verdadeira Igreja de Cristo! Mas eu não tenho tempo para tudo isso. Devo concluir este esboço geral desta parte do meu assunto com duas breves observações.

Por um lado, peço aos meus leitores nunca esquecer que para a queima dos nossos reformadores, a Igreja de Roma é total e inteiramente responsável. A tentativa de transferir a responsabilidade da Igreja ao poder secular, é um subterfúgio miserável e desonesto. Os homens de Judá não matar Sansão; mas eles entregues, maniatado, nas mãos dos filisteus! A Igreja de Roma não matar os Reformadores; mas ela condenou-os, eo poder secular executado a condenação! A medida precisa da responsabilidade que deve ser dispensado a cada um dos agentes de Roma na matéria, é um ponto que eu não me importo se contentar. Senhorita Strickland, em seus "Vidas do Queens of England", tentou em vão transferir a culpa do infeliz Maria. Com todo o zelo de uma mulher, ela tem trabalhado duro para encobrir seu caráter. O leitor de sua biografia vai encontrar pouco sobre martírios. Mas isso não vai fazer. O volume do Sr. Froude conta um conto muito diferente. A rainha, e seu Conselho, e ao Parlamento, e os bispos papistas, eo cardeal Pole - deve ser conteúdo para compartilhar a responsabilidade entre eles. Só uma coisa é muito certa. Eles nunca terá sucesso em transferir a responsabilidade dos ombros da Igreja de Roma. Como a judeus e Pôncio Pilatos, quando nosso Senhor foi crucificado - todas as partes têm de suportar a culpa. O sangue é sobre todos eles.

Por outro lado, eu gostaria que meus leitores lembrar-se que a queima dos mártires marianos é um ato que a Igreja de Roma nunca foi repudiado , pediu desculpas para, ou se arrependeu de - até o presente dia. Lá está o enorme mancha em seu escudo; e lá está o fato de enorme lado a lado - que ela nunca fez qualquer tentativa de limpá-lo afastado.

Nunca ela se arrependeu de seu tratamento cruel dos valdenses e os albigenses; 
não tem ela se arrependeu dos assassinatos por atacado da Inquisição espanhola; 
nunca se arrependeu do massacre de São Bartolomeu de; 
nunca se arrependeu da queima do Inglês Reformadores!

Devemos fazer uma nota desse facto, e deixá-lo afundar-se em nossas mentes. Roma nunca muda.Roma nunca vai admitir que ela cometeu erros. Ela queimou nossos reformadores ingleses há 300 anos.Ela se esforçou para acabar com a violência do protestantismo que ela não podia evitar a propagação por argumentos. Se Roma teve apenas o poder, não estou certo de que ela não iria tentar jogar o jogo inteiro de novo!
 

II. A pergunta pode agora surgem em nossas mentes: quem foram os principais reformadores ingleses que foram gravados Quais eram seus nomes, e quais foram as circunstâncias que rodearam a morte? Estas são perguntas que podem muito bem ser perguntado, e perguntas para que eu prossiga de uma vez para dar uma resposta.

Nesta parte do meu papel eu sou muito sensível que vou parecer a muitos para ir mais velho chão. Mas eu sou ousado para dizer que é facto que deveria muitas vezes ter ido embora de novo. Eu, por exemplo, quer os nomes dos nossos mártires reformadores para ser "Household Words" em cada família protestante em toda a terra. Vou, portanto, não fazem nenhuma desculpa para dar os nomes dos nove principais mártires ingleses na ordem cronológica de suas mortes, e para fornecer-lhe com alguns fatos sobre cada um deles. Nunca, creio eu, uma vez que Cristo deixou o mundo, fez os homens cristãos sempre encontrar uma morte cruel com tal fé glorioso, e esperança e paciência, uma vez que estesmártires marianas . Nunca fez morrer os homens deixam atrás de si uma rica loja de ditos nobres, provérbios que merecem ser escrito em letras douradas em nossas histórias tal, e transmitida para os filhos dos nossos filhos.

(1) O primeiro líder Inglês Reformer quem quebrou o gelo e atravessou o rio, como um mártir no reinado de Maria, foi John Rogers , um ministro Londres. Ele foi queimado em Smithfield na segunda-feira, dia 4 de fevereiro de 1555. Rogers foi um homem que, em um aspecto, tinha feito mais para a causa do protestantismo do que qualquer um de seus companheiros de sofrimento. Ao dizer isto refiro-me ao fato de que ele tinha assistido Tyndale e Coverdale em trazer para fora uma versão mais importante da Bíblia em Inglês, uma versão comumente conhecido como Bíblia Matthews '. Na verdade, ele foi condenado como "Rogers, aliás Matthews." Esta circunstância, com toda a probabilidade humana, fez dele um homem marcado, e foi uma das causas por que ele foi o primeiro que foi trazido para o jogo.

Exame Rogers 'antes Gardiner nos dá a idéia de ele ser um corajoso, completa protestante, que tinha totalmente fez a sua mente em todos os pontos da controvérsia romana, e foi capaz de dar uma razão para suas opiniões. De qualquer forma, ele parece ter silenciado e envergonhado seus examinadores ainda mais do que a maioria dos mártires fez. Mas o argumento, é claro, foi para nada. "Consternação ao conquistado!" Se ele tinha a Escritura - os seus inimigos tinham a espada .

Na manhã de seu martírio foi despertado às pressas em sua cela em Newgate, e quase não deu tempo para vestir-se. Ele foi então levado diante de Smithfield em pé, dentro da vista da Igreja do Sepulcro, onde ele havia pregado, e pelas ruas da freguesia onde tinha feito o trabalho de um pastor. No esquecimento estava sua esposa e dez filhos (um deles um bebê) quem Bispo Bonner, em sua crueldade diabólica, tiveram recusou-lhe permissão para ver na prisão. Ele apenas os viu - mas quase não foi autorizado a parar, e então caminhou calmamente para o jogo, repetindo o Salmo 51. Uma imensa multidão alinhou a rua, e encheu toda mancha disponível em Smithfield. Até aquele dia os homens não poderia dizer como reformadores Inglês iria se comportar em face da morte, e mal podia acreditar que alguns poderiam realmente dar seus corpos para serem queimados por sua religião. Mas quando viram John Rogers, o primeiro mártir, caminhando de forma constante e com firmeza em uma sepultura de fogo, o entusiasmo da multidão não conhecia limites. Eles alugar o ar com trovões de aplausos. Mesmo Noailles, o embaixador francês, escreveu para casa uma descrição da cena, e disse que Rogers foi para a morte ", como se ele estava caminhando para o seu casamento!" Por grande misericórdia de Deus que ele morreu com relativa facilidade. E assim o primeiro mártir Marian faleceu.

(2) A segunda principal reformador que morreu pela verdade de Cristo no reinado de Maria era John Hooper , Bispo de Gloucester. Ele foi queimado na Gloucester na sexta-feira, o 09 de fevereiro de 1555.

Hooper foi, talvez, o mártir mais nobre de todos eles. De todas Edward bispos do Sexto, nenhum deixou atrás de si uma reputação mais elevada para a santidade pessoal, e pregação diligente e trabalhar na sua diocese. Nenhum, a julgar seus restos literários, tinha mais claras e mais visões bíblicas sobre todos os pontos em teologia. Alguns poderiam dizer que ele era muito calvinista; mas ele não era mais do que os trinta e nove artigos. Hooper era um homem de grande visão, e viu o perigo de deixar aninhar-ovos para o catolicismo na Igreja da Inglaterra.

Um homem como Hooper, firme, caule, não naturalmente agradável, inflexível e implacável em sua denúncia do pecado, era a certeza de ter muitos inimigos. Ele foi um dos primeiros marcado para destruição tão rapidamente quanto Papismo foi restaurado. Ele foi convocado para Londres em um estágio muito precoce da perseguição Marian, e, após persistente 18 meses de prisão, e atravessando a forma de exame por Bonner, Gardiner, Tunstall, e Day - foi degradada a partir de seu escritório, e condenado a ser queimado como herege.

Na primeira, foi totalmente esperado que ele iria sofrer em Smithfield com Rogers. Este plano, por alguma razão desconhecida, foi entregue, e para sua grande satisfação, Hooper foi enviado para Gloucester, e queimado na sua própria diocese, e em vista de sua própria catedral. Em sua chegada lá, ele foi recebido com todos os sinais de tristeza e respeito por uma vasta multidão, que saiu na Cirencester estrada para encontrá-lo, e foi apresentado para a noite na casa de um senhor Ingrain, que ainda está de pé , e provavelmente não muito alterado. Há Sir Anthony Kingston, a quem o bom Bispo tinha sido o meio de conversão de uma vida pecaminosa, suplicou-lhe, com muitas lágrimas, para poupar a si mesmo, e pediu-lhe para lembrar que "A vida era doce - e morte era amargo." Para este o nobre mártir voltou esta resposta memorável, que "A vida eterna era mais doce - e da morte eterna era mais amargo."

Na manhã de seu martírio, ele foi levado adiante, caminhando, para o local da execução, onde uma imensa multidão o aguardava. Foi-dia do mercado; e isso lhe foi imputado que cerca de 7000 pessoas estiveram presentes. O jogo foi plantado 100 jardas em frente à Catedral. O local exato é marcado agora por um belo memorial na extremidade leste do adro. A janela de cima da porta, onde frades papistas assistiu agonia do Bispo, fica inalterado até hoje.

Quando Hooper chegou a este ponto, ele foi autorizado a rezar, embora estritamente proibidos de falar com as pessoas. E lá ele ajoelhou-se e rezou uma oração que foi preservado e gravadas por Fox, e é de caráter requintadamente comovente. Mesmo assim, uma caixa foi colocado diante dele contendo umperdão total , se ele só iria se retratar. Sua única resposta foi: "Fora com ele, se você ama a minha alma, afastado com ele!" Ele foi então preso à estaca por uma corrente em volta de sua cintura e lutou sua última luta com o rei dos terrores . De todos os mártires, nenhum talvez, exceto Ridley, sofreu mais do que Hooper fez. Três vezes as bichas tinham de ser iluminado, porque não queimar corretamente. Três quartos de hora a nobre sofredor suportou a agonia mortal, como diz Fox, "nem se movendo para trás, para a frente, nem para qualquer lado", mas apenas orando: "Senhor Jesus, tem misericórdia de mim; Senhor Jesus, recebe o meu espírito; " e batendo no peito com uma mão, até que foi gravado em um coto! E assim o bom Bispo de Gloucester faleceu.

(3) A terceira principal reformador que sofreu no reinado de Maria foi Rowland Taylor , diretor de Hadleigh, em Suffolk. Ele foi queimado em Aldham comum, perto de sua própria paróquia, o mesmo dia em que Hooper morreu em Gloucester, na sexta-feira, o 09 de fevereiro de 1555.

Rowland Taylor é um dos quais sabemos muito pouco, exceto que ele era um grande amigo de Cranmer, e um doutor em teologia e direito canônico. Mas que ele era um homem de alta posição entre os reformadores é evidente, a partir de seu ser classificados por seus inimigos com Hooper, Rogers, e Bradford; e que ele era um divino extremamente capaz e pronto resulta do seu exame, gravado pela Fox. Na verdade, não há praticamente nenhuma das pessoas que sofrem de quem o velho Martyrologist reuniu tantas coisas tocantes e surpreendentes. Alguém poderia pensar que ele era um amigo pessoal.

Impressionante foi a resposta que ele fez para seus amigos em Hadleigh, que o incitaram a fugir, como ele poderia ter feito, quando ele foi convocado primeira a aparecer em Londres antes de Gardiner - "O que você vai que eu faça eu sou velho, e já ter vivido muito tempo para ver estes dias terríveis e mais perversos. Apresse, e não como sua consciência leva você. Eu acredito que diante de Deus que eu nunca vou ser capaz de fazer para o meu Deus, o bom serviço que eu possa fazer agora! "

Impressionante foram as respostas que ele fez para Gardiner e seus outros examinadores. Nenhum falou mais pithily, weightily, e poderosamente do que fez isso compete Suffolk.

Marcante e profundamente comovente foi o seu último testamento e herança do conselho para sua esposa, sua família, e paroquianos, apesar de muito tempo para ser aqui inserido, com exceção do último período - "Pelo amor de Deus tem cuidado de papado Por que ele parece ter na mesma unidade - ainda o mesmo é vaidade e Antichristianity , e não na fé e na verdade de Cristo ".

Ele foi enviado para baixo de Londres para Hadleigh, para seu grande prazer, para ser queimado diante dos olhos de seus paroquianos. Quando chegou dentro de duas milhas de Hadleigh, o xerife de Suffolk perguntou-lhe como se sentia. "Deus seja louvado, Mestre Sheriff", foi sua resposta, "nunca mais! Por agora estou quase em casa. Me falta, mas apenas dois stiles para passar por cima, e eu estou mesmo a casa de meu Pai! "

Enquanto ele andava pelas ruas da pequena cidade de Hadleigh, achou-os alinhados com as multidões de seus paroquianos, que tinham ouvido da sua abordagem, e saíram de suas casas para cumprimentá-lo com muitas lágrimas e lamentações. Para eles, ele só fez um endereço constante: "Eu já vos pregamos a Palavra de Deus e da verdade -. E vim neste dia para selá-lo com o meu sangue"

Ao entrarem Aldham comum, onde ele estava a sofrer, disseram-lhe onde ele estava. Então ele disse: "Graças a Deus, estou ainda em casa!"

Quando ele foi despojado de sua camisa e pronto para o jogo, ele disse, com voz forte: "Boas pessoas, eu lhe ensinou nada, mas Santa Palavra de Deus, e as lições que eu tiro da Bíblia, e eu sou vem cá para selá-lo com meu sangue! " Ele provavelmente teria dito mais, mas, como todos os outros mártires, ele estava estritamente proibido de falar, e até agora foi atingido violentamente na cabeça para dizer estas poucas palavras. Em seguida, ele se ajoelhou e orou, uma mulher pobre da paróquia insistindo, apesar de todos os esforços para evitar que ela, ajoelhando-se em com ele. Depois disso, ele foi acorrentado à estaca, e repetindo o Salmo 51, e clamando a Deus, "Pai Misericordioso, pelo amor de Jesus Cristo, recebe a minha alma em tuas mãos!" ficou em silêncio em meio às chamas sem chorar ou em movimento, até que um dos guardas tracejadas os miolos com um machado. E assim este bom e velho Suffolk Compete faleceu.

(4) A quarta principal reformador que, sofrida no reinado de Maria era Robert Ferrar , Bispo de St. David, no País de Gales. Ele foi queimado na Carmarthen na sexta-feira, dia 30 de março de 1555. Pouco se sabe sobre este homem bom, além do fato de que ele nasceu em Halifax, e foi a última prévia de Nostel, em Yorkshire, um cargo que ele se rendeu em 1540. Ele também foi Capelão ao Arcebispo Cranmer, e essa influência que ele devia sua elevação ao banco Episcopal.

Ele foi preso pela primeira vez para várias acusações triviais e ridículas sobre questões temporais, e mais tarde foi levado perante Gardiner, com Hooper, Rogers, e Bradford - sobre o assunto muito mais sério de sua doutrina . Os artigos expostos contra ele mostram claramente que em todas as questões de fé, ele era de uma mente com seus companheiros mártires. Como Hooper e Taylor, foi condenado a ser queimado no lugar onde ele era mais conhecido, e foi enviado para baixo de Londres para Carmarthen.O que aconteceu lá na sua execução está relacionada muito brevemente pela Fox, em parte, sem dúvida, por causa da grande distância de Carmarthen de Londres naqueles dias pré-férreas; em parte, talvez, porque a maioria dos que viram Ferrar queimado podia falar nada, mas Welsh. Um fato único é gravado o que mostra o bom Bispo de coragem e constância em uma luz impressionante. Ele havia dito a um amigo antes do dia da execução que se o visse uma vez misture o fogo da dor de sua queima, ele não precisa acreditar que as doutrinas que ele havia ensinado. Quando chegou o momento terrível, ele não esqueceu sua promessa, e, pela graça de Deus, ele manteve-lo bem. Ele ficou em chamas, segurando as mãos até que eles foram queimados até tocos, até que um espectador em misericórdia golpeou-o na cabeça, e colocar um fim ao seu sofrimento. E assim o Bispo Welsh faleceu.

(5) A quinta principal reformador que sofreu no reinado de Maria era John Bradford , Prebendary de St. Paul, e Capelão ao Bispo Ridley. Ele foi queimado em Smithfield segunda-feira, 1º de julho, o de 1555, com a idade de trinta e cinco anos. Poucos dos mártires ingleses, talvez, são mais conhecidos do Bradford, e ninguém certamente merecem melhor a sua reputação. Strype chama Bradford, Cranmer, Ridley e Latimer - os "quatro pilares principais" da Igreja Reformada da Inglaterra. Em uma idade adiantada suas altas talentos elogiou ao conhecimento dos homens em bairros altos, e ele foi nomeado um dos seis capelães reais que foram enviados sobre a Inglaterra para pregar as doutrinas da Reforma.A comissão de Bradford foi pregar em Lancashire e Cheshire, e ele parece ter realizado seu dever com a capacidade eo sucesso singular. Ele pregou constantemente em Manchester, Liverpool, Bolton, Bury, Wigan, Ashton, Stockport, Prestwich, Middleton, e Chester - com grande benefício para a causa do protestantismo, e com grande efeito sobre as almas dos homens. A consequência foi o que se poderia esperar. Dentro de um mês da adesão da Queen Mary, Bradford estava na prisão, e nunca deixou-o até que ele foi queimado. Sua juventude, sua santidade, e sua extraordinária reputação como pregador - fez dele um objeto de grande interesse durante sua prisão, e foram feitos esforços imensos para perverter-lo da fé protestante. Todos esses esforços, no entanto, foram em vão. Como ele viveu - e morreu.

No dia de sua execução, ele foi levado para fora da prisão de Newgate para Smithfield volta das nove horas da manhã, em meio a uma multidão de pessoas como nunca foi visto antes ou depois. A Sra Honeywood, que viveu até a idade de noventa e seis anos, e morreu por volta de 1620, se lembrou de ir vê-lo queimado, e os sapatos que está sendo pisado fora pela multidão. Na verdade, quando ele veio para o jogo, o xerife de Londres estavam tão alarmados com a imprensa, que não iria permitir que ele e seu companheiro sofredor, Folha, a rezar, enquanto eles desejassem. "Levanta-te," eles disseram, "e fazer um fim, para a imprensa das pessoas é grande."

"Naquele palavra", diz Fox ", ambos se puseram em pé, e, em seguida, Mestre Bradford tomou uma bicha em suas mãos e beijou -o, e assim também o jogo . " Quando ele veio para o jogo, ele ergueu as mãos, e, erguendo os olhos ao céu, disse: "O England, England, se arrepender dos seus pecados Cuidado com idolatria;! cuidado com os falsos Anticristos Acautelai-vos que não vos engane! " Depois disso, ele virou-se para o jovem Folha, que sofreu com ele, e disse: "Tende bom ânimo, irmão;! pois teremos uma ceia feliz com o Senhor esta noite" Depois disso, ele não mais que o homem podia ouvir falou, com exceção de que ele abraçou os juncos, e disse: "Estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida eterna, e poucos há que a encontrem." "Ele abraçou as chamas", diz Fuller, "como um novo vendaval de vento em um dia quente de verão." E assim, no auge da vida, ele faleceu.

(6, 7) O sexto e sétimo Reformadores líderes que sofreram no reinado de Maria eram dois, cujos nomes são familiares para todos os ingleses, Nicholas Ridley , Bispo de Londres, e Hugh Latimer , uma vez bispo de Worcester. Ambos foram queimados em Oxford, de volta para trás, em um jogo, no 16 de outubro de 1555.

A história desses dois grandes protestantes ingleses é tão bem conhecido para a maioria das pessoas, que eu não preciso dizer muito sobre isso. Ao lado de Cranmer, não pode haver dúvida de que não há dois homens fez muito para trazer o estabelecimento dos princípios da Reforma, na Inglaterra. Latimer, como um pregador popular extraordinário, e Ridley, como um homem culto e um gerente admirável da diocese Metropolitana de Londres, deixaram atrás deles reputações que nunca foram aprovadas. Por uma questão de curso, eles estavam entre os primeiros que Bonner e Gardiner atacou, quando Maria subiu ao trono, e foram perseguidos com severidade implacável até suas mortes.

Como eles foram examinados novamente e novamente pelos Comissários sobre os grandes pontos de controvérsia entre protestantes e Roma - como eles foram vergonhosamente iscas, brincou, e torturado por todo o tipo de negociação injusta e irracional - como eles galantemente Combati o bom combate até o fim, e nunca deu lugar por um momento para que os seus adversários - todas essas são questões com as quais eu não precisam problemas meus leitores. Eles não são todos bastante contado nas páginas do bom e velho Fox? Mencionarei apenas algumas circunstâncias relacionadas com suas mortes.

No dia de seu martírio, eles foram trazidos separadamente para o local da execução, que foi no final da Broad Street, Oxford, perto de Balliol College. Ridley chegou no solo em primeiro lugar, e vendo Latimer vêm depois, correu para ele e beijou-o, dizendo: "Tende bom coração, irmão;! pois Deus quer aplacar a fúria das chamas, ou então fortalecer-nos a respeitar isso" Eles, então, orou fervorosamente, e conversamos um com o outro, embora ninguém pudesse ouvir o que eles disseram. Após isso, eles tiveram que ouvir um sermão por um divino renegado miserável chamado Smith, e, sendo proibido de fazer qualquer resposta, foram ordenados a se preparar para a morte.

De Ridley últimas palavras antes que o fogo foi aceso eram estes: "Pai Celestial, Eu Te dou graças mais saudáveis ​​que Você me chamou para uma profissão de você até a morte. Rogo-vos, Senhor Deus, tem misericórdia deste reino da Inglaterra, e entregar o mesmo de todos os seus inimigos ". do Latimerúltimas palavras eram como a explosão de uma trombeta, que toca até hoje, "Tende bom ânimo, Mestre Ridley, e seja homem; nós iremos neste dia, pela graça de Deus , acenda uma vela como na Inglaterra que acredito que jamais se apagará! "

Quando as chamas começaram a subir, Ridley clamou com grande voz em latim, "Em tuas mãos, ó Senhor, o meu espírito! Senhor, recebe o meu espírito", e depois repetiu as últimas palavras em Inglês.

Latimer gritou com veemência como no outro lado do jogo: "Pai do Céu, recebe a minha alma." Latimer logo morreu. Um homem idoso, acima de 80 anos de idade, mas demorou pouco para definir o seu espírito livre de seu cortiço terrena.

Ridley sofreu longa e dolorosamente, a partir da má gestão do fogo por aqueles que assistiram à execução. Por fim, no entanto, as chamas atingiram uma parte vital dele, e ele caiu aos pés de Latimer, e estava em repouso. E assim os dois grandes bispos protestantes faleceu. "Eles foram adorável e bonito em suas vidas, e na morte não se separaram."

(8) A oitava líder Inglês reformador que sofreu no reinado de Maria era John Philpot , arcediago de Winchester. Ele foi queimado em Smithfield quarta-feira, 18 de Dezembro, a, 1555. Philpot é um dos mártires de quem sabemos pouco comparativamente, exceto que ele nasceu em Compton, em Hampshire, era de boa família, e bem conectado, e teve um reputação muito elevada para a aprendizagem. O simples facto de, no início do reinado de Maria, ele foi um dos principais defensores do protestantismo nas discussões simulados que se realizaram na Convocação, é suficiente para mostrar que ele não era um homem comum.

Os treze exames de Philpot antes de os bispos papistas são dadas por Fox em grande extensão, e preencher nada menos do que cento e quarenta páginas de um dos volumes da Sociedade de Parker. O comprimento a que foram prolongadas, mostra claramente como ansioso seus juízes foram para transformá-lo a partir de seus princípios. A habilidade com que o Archdeacon manteve seu terreno, sozinho e sem ajuda, dá uma impressão mais favorável do seu aprendizado, nada menos do que a sua coragem e paciência.

A noite antes de sua execução, ele recebeu uma mensagem, enquanto a ceia em Newgate, no sentido de que ele era para ser queimado no dia seguinte. Ele respondeu imediatamente: "Eu estou pronto! Que Deus me dê força e uma ressurreição alegre." Ele então entrou em seu quarto, e agradeceu a Deus que ele foi considerado digno de sofrer por Sua verdade.

Na manhã seguinte, às oito horas, o xerife chamado para ele, e conduziu-o a Smithfield. A estrada era sujo e lamacento, como era a profundidade do inverno, e os oficiais o levaram até em seus braços para levá-lo para o jogo. Então ele disse, alegremente, aludindo ao que ele provavelmente tinha visto em Roma, quando viajam em seus primeiros dias: "O que, você vai me fazer um Papa? Eu estou contente em ir para a final da minha viagem a pé."

Quando ele entrou em Smithfield, ele ajoelhou-se e disse: "Eu vou pagar os meus votos em ti, ó Smithfield." Em seguida, ele beijou o jogo e disse: "Devo desdenhar a sofrer neste jogo - vendo o meu Redentor não recusar-se a sofrer uma morte mais vil na cruz ? para mim " Depois disso, ele humildemente repetiu os 106, 107, 108 e Salmos; e sendo acorrentado à estaca, morreu muito calmamente. E assim o bom Archdeacon faleceu.

(9) O nono e último líder reformador que sofreu no reinado de Maria era Thomas Cranmer , arcebispo de Canterbury. Ele foi queimado em Oxford, no dia 21 de março de 1556. Não há nenhum nome entre os mártires Inglês tão bem conhecido na história como o dele. Não há ninguém certamente na lista dos nossos Reformadores a quem a Igreja da Inglaterra, em geral, é muito endividados. Ele era apenas um homem mortal, e teve suas fraquezas e enfermidades, deve-se admitir; mas ainda assim, ele era um grande homem, e um homem bom.

Cranmer, devemos sempre nos lembrar, foi trazido de forma destacada para a frente em um período relativamente cedo na Reforma Inglês, e foi feito arcebispo de Canterbury num momento em que seus pontos de vista da religião foram confessedly meia-formado e imperfeito. Sempre que as cotações dos escritos de Cranmer são apresentadas pelos defensores da semi-catolicismo na Igreja da Inglaterra, você deve sempre perguntar com cuidado para que período de sua vida essas cotações pertencem. Na formação de sua estimativa de Cranmer, não se esqueça de seus antecedentes. Ele foi um homem que teve a honestidade de tatear seu caminho para a luz mais completa, e deixar de lado suas opiniões iniciais e confessar que ele tinha mudado de idéia sobre muitos assuntos. Como os homens poucos têm a coragem de fazer isso!

Cranmer manteve uma reputação ilibada durante os reinados de Henry VIII e Edward VI, embora freqüentemente colocados em posições mais delicadas e difíceis. Nem um único homem pode ser chamado naqueles dias que passaram por tanta sujeira - e ainda saiu dela tão completamente imaculada.

Cranmer, além de qualquer dúvida, os alicerces do nosso presente Oração-livro e artigos. Apesar de não ser, talvez, um homem brilhante, ele foi um aprendeu um, e um amante de homens instruídos, e aquele que estava sempre tentando melhorar tudo ao seu redor. Quando eu considerar as imensas dificuldades que teve de enfrentar, muitas vezes me pergunto que ele realizou o que ele fez. Nada, na verdade -, mas sua perseverança constante, teria lançado os alicerces dos nossos Formulários.

Eu digo todas estas coisas, a fim de quebrar a força do grande e inegável fato de que ele era o único Inglês reformador que por um tempo mostrou a pena branca , e por um tempo encolheu de morrer pela verdade! Eu admito que ele caiu, infelizmente. Não tenho a pretensão de atenuar sua queda. Ele permaneceu como uma prova eterna, que o melhor dos homens são apenas homens com o melhor. Eu só quero que meus leitores a lembrar que se Cranmer falhou como nenhum outro reformador na Inglaterra falhou - ele também tinha feito o que certamente nenhum outro reformador tinha feito .

A partir do momento que Maria subiu ao trono Inglês, Cranmer foi marcado para a destruição. É provável que não havia divina Inglês quem o infeliz rainha considerado com tal rancor e ódio. Ela nunca esqueceu que o divórcio de sua mãe foi provocada por conselho de Cranmer, e ela nunca descansou até que ele foi queimado.

Cranmer foi preso e examinou como Ridley e Latimer. Como eles, ele manteve sua posição com firmeza antes que os Comissários. Como eles, ele tinha claramente o melhor do argumento em todos os pontos que foram discutidos. Mas, como eles, é claro, ele foi declarado culpado de heresia, condenado, deposto, e condenado a ser queimado.

E agora vem o fato doloroso de que no último mês de vida de Cranmer, sua coragem falhou com ele, e ele foi persuadido a assinar uma retratação de suas opiniões protestantes. Lisonjeado e seduzido pela bondade sutil, assustado com a perspectiva de tão terrível morte como uma queimadura, tentado e levado pelo demônio - Thomas Cranmer caiu, e colocou a mão em um papel, no qual ele repudiou e renunciou aos princípios da Reforma , para a qual havia trabalhado tanto tempo.

Grande foi a tristeza de todos os verdadeiros protestantes ao ouvir essas notícias! Grande foi o triunfo e exultação de todos os papistas! Se eles tivessem parado aqui e defina sua nobre vítima em liberdade, o nome de Cranmer provavelmente teria afundado e nunca ressuscitou. Mas a festa romana, como Deus teria ele, enganado a si mesmos. Com crueldade diabólica resolveram queimar Cranmer, mesmo depois de ter se retratou! Este, pela providência de Deus, foi apenas o ponto de viragem para a reputação de Cranmer. Através da graça abundante de Deus, ele se arrependeu de sua queda, e encontrou a misericórdia Divina. Através da mesma graça abundante, resolveu morrer na fé da Reforma. E, finalmente, através de abundante graça, ele testemunhou uma confissão tão ousada em St. Mary, Oxford, que ele confundiu seus inimigos, encheu seus amigos com gratidão e louvor, e deixou o mundo um mártir triunfante da verdade de Cristo!

Não preciso lembrá-lo como, no dia 21 de março, o infeliz arcebispo foi levado para fora, assim como Sansão nas mãos dos filisteus, para fazer esporte para seus inimigos, e para ser um estoque olhando para o mundo na Igreja de St. Mary , em Oxford. Não preciso lembrá-lo como, após o sermão do Dr. Cole foi convidado a declarar a sua fé, e foi totalmente esperado para reconhecer publicamente a sua alteração da religião, e sua adesão à Igreja de Roma. Não preciso lembrá-lo como, com intenso sofrimento mental, o arcebispo dirigiu à assembléia em grande comprimento, e no encerramento de repente surpreendeu seus inimigos renunciando todos seus antigos retratações, declarando o Papa de ser o Anticristo, e rejeitando a doutrina papista do Presença Real. Tal visão foi certamente nunca visto por olhos mortais, desde o princípio!

Mas então veio o tempo do triunfo de Cranmer. Com o coração leve, e uma consciência clara, ele alegremente se permitiu ser correu para o jogo entre os gritos frenéticos de seus inimigos decepcionado.Corajosamente e undauntedly ele se levantou na fogueira enquanto as chamas enrolado em torno dele, constantemente estendendo-lhe a mão direita no fogo, e dizendo, com referência ao seu ter assinado um retratação, "Esta mão direita indigno", e constantemente erguendo a mão esquerda em direção ao céu.De todos os mártires, é estranho dizer, nenhum no último momento mostrou coragem mais física do que Cranmer fez. Nada, em suma, em toda a sua vida tornou-se tão bem como o seu modo de deixá-lo.Grandemente tinha pecado - mas muito, ele tinha se arrependido. Como Pedro caiu - mas como Pedro ressuscitou. E assim se passou o primeiro arcebispo protestante de Canterbury.

Eu não confio em mim mesmo para fazer qualquer comentário sobre essas histórias dolorosas e interessantes. Eu não tenho tempo. Eu só desejo que meus leitores a acreditar que a metade das histórias desses homens não foram disse a eles, e que as histórias de dezenas de homens e mulheres menos ilustres pela posição pode ser facilmente adicionados a eles - tão dolorosa e tão interessante . Mas vou dizer abertamente, que os homens que foram gravados desta forma não eram homens cujas memórias devem ser negligenciados no ou cujas opiniões devem ser desprezados.

Opiniões em que "um exército de mártires" morreram, não deve ser descartada com desprezo. Para sua fidelidade, devemos a existência da Igreja Reformada da Inglaterra. Seus alicerces foram cimentados com o seu sangue . Para sua coragem devemos, em grande medida o nosso Inglês liberdade. Eles ensinavam que a terra valia a pena morrer para o pensamento livre. Feliz é a terra que teve tais cidadãos! Feliz é a Igreja que tem tido tais reformadores! Honra seja àqueles que em Smithfield, Oxford, Gloucester, Carmarthen, e Hadleigh - levantaram pedras de recordação e memória aos mártires!
 

III. Mas eu passar para um ponto que considero ser uma das primordial importância nos dias de hoje. O ponto que me refiro é a razão especial porque os nossos reformadores foram queimados . Grande em verdade seria o nosso erro, se nós supor que eles sofreram para o cargo vago de recusar a submissão ao Papa, ou desejando manter a independência da Igreja da Inglaterra. Nada disso! A principal razão pela qual eles foram queimados, foi porque eles se recusaram uma das doutrinas peculiares da Igreja de Roma. Nessa doutrina, em quase todos os casos, articulada a sua vida ou a morte. Se eles admitiram isso - eles poderiam viver; se eles se recusaram-lo - eles devem morrer!

A doutrina em questão foi a presença real do corpo e sangue de Cristo nos elementos consagrados do pão e do vinho na Ceia do Senhor. Será que eles, ou eles não, acreditam que o corpo eo sangue de Cristo foram realmente, isto é, corporalmente, literalmente, localmente, e materialmente, presente sob as espécies do pão e do vinho, após as palavras da consagração foram pronunciadas? Será que eles ou eles não acreditam que o corpo real de Cristo , que nasceu da Virgem Maria, estava presente no chamado altar, logo que as palavras místicas tinha passado os lábios do sacerdote? Será que eles ou eles não? Essa foi a pergunta simples. Se eles não acreditaram e admiti-lo - eles foram queimados!

Há uma unidade maravilhosa e marcante nas histórias de nossos mártires sobre este assunto. Alguns deles, sem dúvida, foram atacados sobre o casamento dos padres. Alguns deles foram agredidos sobre a natureza da Igreja Católica. Alguns deles foram atacados em outros pontos. Mas todos, sem exceção, foram chamados para a conta especial sobre a presença real , e em cada caso, a sua recusa em admitir a doutrina formada uma causa principal de sua condenação.

(1) Ouvi o que John Rogers disse: "Eu estava perguntou se eu acreditava no sacramento a ser o próprio corpo e sangue de nosso Salvador Cristo que nasceu da Virgem Maria, e enforcado na cruz, real e substancialmente eu respondi? "Eu acho que ela é falsa. Eu não consigo entender real e substancialmente para significar o contrário do que corporalmente. Mas corporalmente Cristo é a única no Céu, e assim por Cristo não pode ser corporalmente em seu sacramento. '"

E, portanto, ele foi condenado e queimado.

(2) Ouça o que Bishop Hooper disse: "Tunstall pediu-lhe para dizer, 'se ele acreditava que a presença corporal no sacramento", e Mestre Hooper disse claramente "que não havia nenhuma tal, nem ele acreditar em qualquer coisa." Após o que pediu aos notários escrever que ele era casado e não queria entrar de sua esposa, e que ele não acreditava que a presença corporal no sacramento -. Por que ele era digno de ser privado de seu bispado "

E assim ele foi condenado e queimado.

(3) Ouça o que Rowland Taylor disse: "A segunda causa por que eu estava condenado como herege era que eu negou a transubstanciação , e concomitation , duas palavras de malabarismo pelo qual os papistas acreditam que o corpo natural de Cristo é feita de pão, ea divindade por e por ser unida a ele - para que imediatamente depois das palavras da consagração, não há mais pão e do vinho no sacramento -. mas a substância só do corpo e sangue de Cristo "

"Porque eu negou a doutrina Papistical acima referido (sim, bastante simples, a idolatria ímpios, blasfêmia e heresia) sou julgado um herege."

E, portanto, ele foi condenado e queimado.

(4) Ouvi o que foi feito com o bispo Ferrar . Ele foi convocado para "conceder a presença natural de Cristo no sacramento sob a forma de pão e vinho," e porque ele se recusou a assinar este artigo, bem como os outros, ele foi condenado. E na sentença de condenação, é finalmente cobrado contra ele que ele afirmou que "o sacramento do altar não deve ser ministrado em um altar, ou para ser elevada, ou para ser adorado em qualquer forma."

E assim ele foi queimado.

(5) Ouvi o santo John Bradford escreveu aos homens de Lancashire e Cheshire, quando ele estava na prisão: "A coisa principal que eu estou condenado por como um herege é porque eu nego no sacramento do altar (que não é a Ceia de Cristo - mas uma perversão claro como os papistas agora usá-lo) para ser uma presença real, natural, e corporal do corpo e sangue de Cristo sob as espécies do pão e do vinho - isto é, porque eu negar transubstanciação, que é o queridinho do diabo e, filha e herdeira de religião do Anticristo ".

E assim ele foi condenado e queimado.

(6) Ouça o que eram as palavras da sentença de condenação contra Bishop Ridley: "O disse Nicholas Ridley afirma, mantém e defende obstinadamente certas opiniões, afirmações e heresias, contrárias à Palavra de Deus e da fé recebida da Igreja , como em negar o verdadeiro e natural do corpo e sangue de Cristo para estar no sacramento do altar, e, secundariamente, em afirmar a substância do pão e do vinho permanecer depois das palavras da consagração. "

E assim ele foi condenado e queimado.

(7) Ouça os artigos expostos contra Bispo Latimer: "Que você tenha afirmado abertamente, defendeu e afirmou que o verdadeiro e natural do corpo de Cristo depois da consagração do sacerdote, não está realmente presente no sacramento do altar, e que no sacramento do altar continua a ser a substância do pão e do vinho ".

E a este artigo o bom velhinho respondeu: "Depois de um ser corporal, que a Igreja de Roma fornece, corpo e sangue de Cristo não está no sacramento sob a forma de pão e vinho."

E assim ele foi condenado e queimado.

(8) Ouvir o endereço feito pelo bispo Bonner para John Philpot: "Você ter ofendido e se rebelaram contra o sacramento do altar, negando a presença real do corpo e sangue de Cristo para estar lá, afirmando também material de pão e material de vinho para a o sacramento, e não a substância do corpo e sangue de Cristo. "

E porque o homem bom stoutly adere a esta opinião, ele foi condenado e queimado.

(9) Ouvi, por último, o que Cranmer disse com quase o seu último suspiro, na Igreja de St. Mary, Oxford: "Quanto ao sacramento, eu acredito que, como eu vos ensinei em meu livro contra o Bispo de Winchester, o que meu livro ensina uma doutrina tão verdadeiro, que deve ficar no último dia antes do julgamento de Deus quando da papista doutrina contrária aos mesmos deve ter vergonha de mostrar o rosto. "

Se alguém quer saber o que Cranmer tinha dito neste livro, deixá-lo tomar a seguinte frase como um espécime -. "Eles (os papistas) dizer que Cristo é corporalmente sob ou sob a forma de pão e vinho Nós dizemos que Cristo é Não há, nem corporalmente nem espiritualmente, mas naqueles que dignamente comer e beber pão e do vinho Ele é espiritualmente ., e corporalmente no céu "

E assim ele foi queimado.

Agora, foram os reformadores ingleses direito em ser tão rígida e inflexível nesta questão da presença real? Era um ponto de importância vital que eles tinham motivos para morrer antes que iria recebê-la?Estas são as perguntas, eu suspeito, que são muito intrigante para muitas mentes irrefletido. Tais mentes, eu temo, pode ver em toda a controvérsia sobre a presença real, nada além de uma discussão de palavras. Mas são perguntas, eu sou ousado para dizer, em que nenhum leitor da Bíblia bem instruído pode hesitar por um momento em dar a sua resposta. Tal pessoa vou dizer uma vez que a doutrina romana da presença real greves na própria raiz do Evangelho, e é a própria cidadela e fundação do papado. Os homens não podem ver isso no início - mas é um ponto que deveria ser cuidadosamente lembrado. Ele lança uma luz clara e ampla na linha que os reformadores tomaram, ea firmeza inabalável com que eles morreram.

O que quer que os homens por favor pensar ou dizer, a doutrina romana da presença real, se perseguido às suas consequências legítimas, obscurece cada líder doutrina do Evangelho, e danos e interfere com todo o sistema da verdade de Cristo! Conceder, por um momento que a Ceia do Senhor é um sacrifício, e não um sacramento - conceder que cada vez as palavras da consagração são usadas, o corpo natural eo sangue de Cristo estão presentes na Mesa da Comunhão sob as espécies do pão e do vinho - subvenção que todo aquele que come o pão e bebidas que consagradas vinho, realmente comer e beber o corpo natural e sangue de Cristo consagrada - conceder por um momento essas coisas, e depois ver o que conseqüências cruciais resultar dessas instalações.

Você estragar a bendita doutrina da obra consumada de Cristo , quando Ele morreu na cruz. Um sacrifício que precisa ser repetida, não é uma coisa perfeita e completa.

Você estragar o escritório sacerdotal de Cristo . Se há padres que podem oferecer um sacrifício aceitável de Deus além Dele - o grande Sumo Sacerdote é roubado de Sua glória.

Você estragar a doutrina bíblica do ministério cristão . Você exaltar homens pecadores para a posição de mediadores entre Deus eo homem.

Você dá aos elementos sacramentais do pão e do vinho uma honra e veneração que eles nunca foram feitos para receber e produzir uma idolatria abominável de cristãos fiéis.

Por último, mas não menos importante, você derrubar a verdadeira doutrina da natureza humana de Cristo . Se o corpo nascido da Virgem Maria pode estar em mais lugares do que um, ao mesmo tempo, não é um corpo como o nosso, e Jesus não era "o segundo Adão" na verdade da nossa natureza.

Eu não posso duvidar por um momento, que os nossos reformadores martirizados vi e senti essas coisas ainda mais claramente do que nós, e, vendo e sentindo-os, escolheu morrer em vez de admitir a doutrina da presença real. Sentindo-los, eles não dariam lugar por sujeição por um momento, e alegremente as suas vidas. Deixe este fato ser profundamente gravada em nossas mentes. Onde quer que o Inglês é língua falada na face do globo, este fato deve ser claramente entendido por todos os ingleses que lê a história. Ao invés de admitir a doutrina da presença real do corpo natural de Cristo e sangue sob o fórum de pão e vinho - os reformadores da Igreja da Inglaterra estavam contentes para ser queimado!
 

EU V. E agora devo pedir a especial atenção dos meus leitores, enquanto eu tento mostrar orolamento de todo o assunto na nossa própria posição e em nossos próprios tempos. Devo pedir-lhe para virar dentre os mortos - para os vivos, a desviar o olhar Inglaterra em 1555 - para a Inglaterra na presente época esclarecida e avançada, e de considerar seriamente a luz que a queima de nossos reformadores lança sobre a Igreja da Inglaterra no dia de hoje.

Vivemos em tempos momentosos. O horizonte eclesiástica de todos os lados é escuro e sombrio. O aumento constante e progresso do ritualismo e Ritualists extremo estão sacudindo a Igreja da Inglaterra ao seu próprio centro. É a primeira importância para compreender claramente o que isso significa. Umdiagnóstico correto da doença - é o primeiro elemento de um tratamento bem sucedido . O médico que não ver o que o verdadeiro problema é - não é susceptível de funcionar nenhum curas .

Agora, eu digo, não pode haver erro maior do que supor que o grande conflito do nosso tempo é uma mera questão de vestimentas e ornamentos - de mais ou menos decorações de igreja - de mais ou menos velas e flores - de mais ou menos bowings e cruzamentos - de mais ou menos gestos e posturas - de mais ou menos show e forma. O homem que imagina que toda a disputa é uma mera estética um, uma questão de gosto , como um de moda e estilo de roupa, deve permitir-me dizer-lhe que ele está sob uma ilusão completa! Ele pode sentar-se na costa, como o filósofo epicurista, sorrindo para tempestades teológicas , e lisonjear-se de que estamos apenas brigando com ninharias; mas devo dizer-lhe que sua filosofia é muito rasa, e seu conhecimento da controvérsia do dia muito superficial, de fato.

As coisas que eu vos tenho dito são de ninharias, eu totalmente ceder. Mas eles são ninharias perniciosos, porque eles são a expressão externa de uma doutrina para dentro . Eles são a doença de pele que é o sintoma de uma constituição doentio . Eles são o local praga que conta a história deveneno interno . Eles são o fumo de ondulação que surge a partir de um vulcão escondido do prejuízo.Eu, por exemplo, nunca iria fazer qualquer alvoroço acerca millinery igreja, ou incenso, velas ou - se eu achava que não significava nada abaixo da superfície. Mas eu acredito que eles significam uma grande quantidade de erros e falsas doutrinas, e, portanto, eu protesto público contra eles, e dizer que aqueles que os apoiam são culpados.

Dou-lhe a minha opinião deliberado que a raiz de todo o sistema Ritualística é a perigosa doutrina dapresença real do corpo natural de Cristo e sangue na Ceia do Senhor, sob a forma de pão e vinho consagrados. Se as palavras significam nada, esta presença real é o princípio da fundação do ritualismo. Esta presença real é o que os membros radicais do partido Ritualística quer trazer de volta para a Igreja da Inglaterra. E assim como os nossos reformadores martirizados foi para o jogo, em vez de admitir a presença real - por isso eu defendo que devemos fazer qualquer sacrifício e lutar até o amargo fim, ao invés de permitir que uma doutrina materialista sobre a presença de Cristo na Ceia do Senhor para voltar em qualquer forma em nossa Comunhão.

Eu não vou cansar meus leitores com as cotações em prova do que afirmo. Mas eu perguntar a qualquer mente reflexiva para marcar, considerar, e digerir o que pode ser visto em qualquer lugar Ritualística minuciosa curso de adoração. Peço-lhe para marcar a veneração supersticiosa e honra idólatra com que tudo dentro do santuário, e ao redor e em cima da mesa do Senhor, é considerado. Eu corajosamente perguntar a qualquer júri de doze homens honestos e sem preconceitos de olhar para essa tabela mor e de comunhão, e me diga o que acha que tudo isso significa. Eu pergunto-lhes se a coisa toda não saborear da doutrina romana da Presença Real, eo sacrifício da Missa?

Eu acredito que se Bonner e Gardiner tinha visto os santuários e mesas de comunhão de algumas das igrejas de hoje, eles teriam levantado suas mãos e se alegraram; enquanto Ridley, Bispo de Londres, e Hooper, Bispo de Gloucester, teria se virou com justa indignação e disse: "Esta mesa de comunhão não é para a Ceia do Senhor na Ceia do Senhor - mas para falsificação do idólatra papista Missa"

Não por um momento negar o zelo, fervor e sinceridade dos Ritualists extremos - embora tanto pode ser dito para os fariseus ou dos jesuítas . Eu não nego que nós vivemos em um país singularmente livre, e que os ingleses, agora-a-dia, têm liberdade para cometer qualquer loucura aquém do crime. Mas eu nego que qualquer clérigo, no entanto zeloso e diligente, tem o direito de reintroduzir o papado na Igreja da Inglaterra. E, acima de tudo, eu negar que ele tem o direito de manter o próprio princípio da Presença Real, por se opor ao que os reformadores da sua Igreja foram queimados.

A verdade é, que a doutrina da escola Ritualística extrema sobre a Ceia do Senhor, nunca pode ser conciliado com as opiniões que morrem de nossos mártires reformadores. Os membros desta escola pode protestar em voz alta que eles são clérigos de som - mas eles certamente não são clérigos das mesmas opiniões que os mártires marianas . Se as palavras significam alguma coisa, Hooper, e Rogers, e Ridley, e Bradford, e seus companheiros, realizou uma visão da Presença Real - e os ultra-Ritualists segurar outra completamente diferente. Se eles estivessem certos -, então os Ritualists estão errados.Existe um abismo que não pode ser cruzada entre as duas partes. Há uma diferença profunda que não podem ser conciliados ou explicado. Se mantivermos com um lado - então não podemos possivelmente segurar com a outra. Pela minha parte, eu digo, sem hesitação, que eu tenho mais fé em Ridley, e Hooper, e Bradford - do que eu tenho em todos os líderes do partido ultra-ritualístico.

Mas o que é que vamos fazer? O perigo é muito grande, muito maior, eu temo, que a maioria das pessoas supõem. A conspiração foi durante muito tempo no trabalho para unprotestantizing da Igreja da Inglaterra, e todas as energias de Roma estão concentradas nesta pequena ilha. Um processo de solapamento e mineração tem sido acontecendo sob nossos pés, dos quais estamos começando finalmente ver um pouco. Veremos um bom negócio mais logo. No ritmo que vamos, nunca me surpreenderia se no prazo de 50 anos a coroa da Inglaterra já não estavam em uma cabeça protestante, e alta de Massa foram uma vez mais celebrado na Abadia de Westminster e St. Paul! O perigo, em palavras simples, não é nem mais nem menos do que a nossa Igreja sendo unprotestantized - e voltar para a Babilônia e Egito . Estamos em perigo iminente de reunião com Roma .

Os homens podem me chamar de alarmista, se eles gostam, para usar esse tipo de linguagem. Mas eu respondo, há uma causa. Os superiores aulas nesta terra são amplamente infectados com um gosto para um, histriônico, a religião formal sensual. As baixas encomendas estão se tornando tristemente familiarizada com todos os ceremonialism que é o trampolim para o papado. As médias aulas estão se tornando desgostoso com a Igreja da Inglaterra, e perguntando o que é o uso dele. Os intelectuais aulas estão dizendo que todas as religiões são igualmente ou bom ou tão ruim. A Câmara dos Comuns vai fazer nada a não ser pressionado pela opinião pública. E todo esse tempo, Ritualismo cresce e se espalha. O navio está entre disjuntores - disjuntores à frente e ré - disjuntores disjuntores na mão direita e disjuntores do lado esquerdo. Algo precisa ser feito, se quisermos escapar naufrágio.

A própria vida da Igreja da Inglaterra está em jogo, e nada menos. Tira o Evangelho a partir de uma Igreja - e que Igreja não vale a pena preservar. Um bem sem água, uma bainha sem espada, um motor de vapor sem um incêndio, um navio sem bússola e do leme, um relógio sem uma mola, um recheadocarcaça sem vida - tudo isso são coisas inúteis . Mas não há nada tão inútil quanto uma Igreja sem o Evangelho. E esta é a questão que nos olha na cara - ? É a Igreja da Inglaterra para reter o Evangelho ou não Sem ele, em vão deve nos voltamos para nossos arcebispos e bispos, em vão deve nos gloriamos nas nossas catedrais e igrejas paroquiais . Ichabod em breve será escrito em nossas paredes. A arca de Deus não estará conosco. Certamente, algo deve ser feito!

Uma coisa, porém, é muito claro na minha mente. Não devemos levemente a abandonar a Igreja da Inglaterra. Não! Enquanto seus artigos e formulários permanecem inalterados, não revogados, e inalterada - desde que não devemos abandonar ela. Covarde e base é que marinheiro que lança o barco salva-vidas e deixa o navio - desde que há uma chance de salvá-la. Covarde, eu digo, é que protestante Churchman que fala de secessão - porque as coisas a bordo nossa Igreja são, actualmente, fora de ordem. O que embora alguns membros da tripulação são traidores , e alguns são adormecido! Que embora o velho navio tem alguns vazamentos, e seu aparelhamento, deu lugar, em alguns lugares! Ainda mantenho há muito a ser feito.

Não é a vida no navio velho ainda! O grande piloto ainda não abandonou ela. O compasso da Bíblia ainda está no convés. Não há ainda deixou a bordo, alguns fiéis e marinheiros aptos. Enquanto os artigos e formulários não são romanizado - vamos ficar pelo navio. Enquanto ela tem Cristo ea Bíblia - vamos ficar por ela para a última prancha, pregar nossas cores ao mastro, e nunca transportá-los para baixo. Mais uma vez, eu digo, não nos deixemos wheedled, ou intimidado, ou assustado, ou seduzido, ou provocado - em abandonar a Igreja da Inglaterra.

Em nome do Senhor, vamos configurar as nossas bandeiras. Se alguma vez nos encontraríamos Ridley e Latimer e Hooper em outro mundo sem vergonha - vamos "batalhar" para as verdades que eles morreram para preservar. A Igreja da Inglaterra espera que cada clérigo protestante a fazer o seu dever.Não vamos falar only - mas agir . Não vamos agir apenas - mas orar . "Aquele que não tem espada - venda a sua capa e compre uma."

Há uma voz no sangue dos mártires. O que significa que a voz dizer? Ele clama de Oxford, Smithfield, e Gloucester, "Resista à doutrina papista do Real Presença até a morte! "

fonte J.C RYLE 1858     www.avivamentonosul.blogspot.com