Translate this Page

Rating: 3.0/5 (920 votos)



ONLINE
3




Partilhe este Site...

 

 

<

Flag Counter

mmmmmmmmmmm


// ]]>


Jesus purifica o templo JO 2.13-25
Jesus purifica o templo JO 2.13-25

                                                                   JOÃO 2: 12-25

                             A limpeza do Templo, Jesus na festa da Páscoa

 

Depois disso desceu a Cafarnaum com sua mãe e irmãos e seus discípulos, e eles se hospedaram há alguns dias. Agora, a festa judaica da Páscoa estava perto, por isso Jesus subiu a Jerusalém.

Encontrou no templo os que vendiam bois, ovelhas e pombas, e os cambistas sentados em mesas. Então ele fez um chicote de cordas e expulsou todos do templo, com as ovelhas e os bois. Ele espalhou as moedas dos cambistas e derrubou as mesas. Para aqueles que vendiam as pombas que ele disse: "Tirem estas coisas daqui! Não façais da casa de meu Pai um mercado!" Seus discípulos lembraram-se do que está escrito: "O zelo da tua casa me consumirá".

Então, em seguida, os líderes judeus responderam: "Que sinal nos mostras, uma vez que você está fazendo essas coisas?" Jesus respondeu: "Destruí este templo e em três dias eu o levantarei novamente." Em seguida, os líderes judeus disseram-lhe: "Este templo está em construção para 46 anos, e você vai levantá-lo em três dias?" Mas Jesus estava falando do templo do seu corpo. Então, depois que ele foi ressuscitado dentre os mortos, os seus discípulos lembraram que ele tinha dito isto, e creram na Escritura e na dizendo que Jesus tinha falado.

Agora, enquanto Jesus estava em Jerusalém para a festa da Páscoa, muitas pessoas crêem no seu nome porque viram os sinais miraculosos que ele estava fazendo. Mas Jesus não se confiava a eles, porque ele sabia todas as pessoas. Ele não precisa de ninguém para testemunhar sobre o homem, pois ele sabia o que havia no homem.

O segundo milagre que o Senhor é lembrado por ter forjado exige a nossa atenção nestes versos. Tal como o primeiro milagre de Caná, é eminentemente típica e significativa de coisas ainda por vir. Para participar de uma festa de casamento, e purificar o templo de profanação estavam entre os primeiros atos do ministério de nosso Senhor na Sua primeira vinda. Para purificar toda a Igreja visível, e realizar uma ceia de casamento, estará entre seus primeiros atos, quando Ele vier novamente.

Vemos, por um lado, nesta passagem, quanto Cristo desaprova todo o comportamento irreverente na casa de Deus .

Dizem-nos que Ele expulsou do templo os que Ele encontrou bois venda, ovelhas e pombas dentro de seus muros - que Ele espalhou o dinheiro dos cambistas e derrubou suas mesas - e que Ele disse aos que vendiam pombas " Tirem estas coisas daqui! Não façais da casa de meu Pai um mercado! " Em nenhuma ocasião em ministério terreno de nosso Senhor é que vamos encontrá-lo agindo de forma tão enérgica, e exibindo tal indignação, como na ocasião agora diante de nós. Nada parece ter chamado Dele tal demonstração de ira santa marcado como a irreverência bruta, que os sacerdotes permitido no templo, apesar de todo o seu zelo alardeada pela lei de Deus. Por duas vezes, ele será lembrado, Ele descobriu o mesmo profanação da casa de Seu Pai acontecendo, dentro de três anos, uma vez que no início de seu ministério e uma vez no final. Duas vezes nós vemos expressando seu descontentamento com a maior veemência. "A coisa é dobrada", a fim de impressionar uma lição mais fortemente em nossas mentes.

A passagem é aquela que deveria levantar indagações profundas do coração em muitos quadrantes. Há ninguém que professam e chamar-se cristãos, comportando-se todos os domingos tão mal como esses judeus? Há ninguém que secretamente trazer para a casa de Deus o seu dinheiro, suas terras, suas casas, seu gado, e toda uma linha de assuntos mundanos? Há ninguém que trazem seus corpos só para o lugar de adoração, e permitir que seus corações para passear nas extremidades da terra? Há ninguém que são "quase em todo o mal, no meio da congregação?" (Prov. 05:14). Estas são questões sérias! Multidões, pode ser temido, não poderia dar-lhes uma resposta satisfatória. Igrejas e capelas cristãs, sem dúvida, são muito ao contrário do templo judeu. Eles não são construídos depois de um padrão divino. Eles não têm altares ou lugares sagrados. Seus móveis não tem sentido típico. Mas eles são lugares onde a palavra de Deus é lida, e onde Cristo está especialmente presente. O homem que professa a adorar neles certamente deve comportar-se com reverência e respeito. O homem que traz seus assuntos mundanos com ele quando ele professa a adorar, está fazendo o que é evidentemente mais ofensivo para Cristo. As palavras que Salomão escreveu pelo Espírito Santo são aplicáveis ​​a todos os momentos, "Mantenha o pé quando você vai para a casa de Deus." (Ec 5:.. 1)

Vemos, por outro lado, nesta passagem, como os homens devem se lembrar palavras de verdade religiosa muito tempo depois que são faladas, e pode ver um dia um significado naqueles que, a princípio, não viu.

Dizem-nos que o nosso Senhor disse aos judeus: "Destruí este templo e em três dias eu o levantarei".João nos informa claramente que "Ele falava do templo do seu corpo", que ele se referia a Sua própria ressurreição. No entanto, o sentido da frase não foi compreendido por discípulos do Senhor no momento em que foi falado. Não foi até "Ele foi ressuscitado dentre os mortos", três anos após os eventos aqui descritos, que o pleno significado da frase brilhou em seus corações. Durante três anos foi um ditado escuro e inútil para eles. Durante três anos, ele dormia em suas mentes, como uma semente em um túmulo, e não tinha nenhuma fruta. Mas, ao fim desse tempo a escuridão faleceu. Eles viram a aplicação das palavras de seu mestre, e ao verem que foram confirmados na fé. "Eles se lembraram de que dissera isto," e como eles se lembraram "eles acreditavam."

É um pensamento confortável e torcendo, para que o mesmo tipo de coisa que aconteceu com os discípulos é muitas vezes acontecendo no dia de hoje. Os sermões que estão pregando aos ouvidos desatentos aparentemente em igrejas, nem todos são perdido e jogado fora. A instrução que é dada nas escolas e visitas pastorais, não está tudo perdido e esquecido. Os textos que são ensinadas pelos pais para as crianças não são todos ensinados em vão. Muitas vezes existe uma ressurreição de sermões, e textos, e instrução, após um intervalo de muitos anos. A boa semente, por vezes, surge após o que semeou ele tem sido morto e enterrado. Deixe pregadores continuar pregando e professores ir sobre o ensino, e os pais ir em treinar os filhos no caminho que devem seguir. Deixe-os semear a boa semente da verdade bíblica na fé e paciência. Seu trabalho não é vão no Senhor. Suas palavras são lembrados muito mais do que eles pensam, e ainda vai surgir "depois de muitos dias." (1 Coríntios 15:58; Eccles 11:... 1)

Vemos, por último, nesta passagem, como perfeito é o conhecimento de nosso Senhor Jesus Cristo do coração humano .

Dizem-nos que quando o nosso Senhor em Jerusalém, pela primeira vez, Ele "não cometeu Himself" para aqueles que professavam fé nEle. Ele sabia que eles não eram para ser dependia. Eles ficaram surpresos com os milagres que eles o viram funcionar. Eles foram mesmo intelectualmente convencido de que Ele era o Messias, que há muito esperado. Mas eles não eram "discípulos de fato." (João 8:31). Eles não foram convertidas, e os verdadeiros crentes. Seus corações não estavam bem à vista de Deus, embora seus sentimentos foram animado. O seu homem interior não foi renovado, o que quer que pode professar com os lábios. Nosso Senhor sabia que quase todos eles eram ouvintes do solo pedregoso.(Lucas 8:13.) Assim que a tribulação ou a perseguição surgiu por causa da palavra, sua suposta fé, provavelmente definhar e chegar a um fim. Tudo isso nosso Senhor viu claramente, se outros ao redor dele não o fez. Andrew e Peter, e João, e Filipe, e Natanael, talvez se perguntou que seu Mestre não recebeu esses crentes parecendo com os braços abertos. Mas eles só poderiam julgar as coisas pela aparência exterior. Seu Mestre pode ler corações. "Ele sabia o que havia no homem."

A verdade agora diante de nós, é um que deve fazer hipócritas e falsos professores tremer. Eles podem enganar os homens, mas eles não podem enganar a Cristo. Eles podem usar um manto da religião, e aparecem, como sepulcros caiados, bonitos aos olhos dos homens. Mas os olhos de Cristo ver a sua podridão interna, e o julgamento de Cristo certamente irá alcançá-los, se não se arrependerem. Cristo já está lendo seus corações, e como Ele lê Ele está descontente. Eles são conhecidos no céu, se eles não são conhecidos na terra, e eles serão conhecidos em pormenor a sua vergonha, mundos antes montados, se eles morrerem inalterado. Está escrito: "Conheço as tuas obras, que você tem um nome que você vive, e estão mortos." (Apocalipse 3: 1).

Mas a verdade diante de nós tem dois lados, como a coluna de nuvem e fogo no Mar Vermelho. (Ex. 14:20). Se ele se parece sombriamente sobre hipócritas, parece brilhantemente em verdadeiros crentes.Se ela ameaça ira falsos professores, fala de paz para todos os que amam o Senhor Jesus Cristo em sinceridade. Um verdadeiro cristão pode ser fraco, mas ele é verdadeiro. Uma coisa, de qualquer forma, o servo de Cristo pode dizer que, quando derrubado por um senso de sua própria enfermidade, ou sofre com a difamação de um mundo mentindo. Ele pode dizer: "Senhor, eu sou um pobre pecador, mas estou em sério, eu sou verdadeira Você sabe todas as coisas -.. Você sabe que eu te amo Você sabe todos os corações, e você sabe que, fraco como o meu coração é, é um coração que se unirá a você. " O falso cristão encolhe a partir do olho de um Salvador que tudo vê. O verdadeiro cristão deseja olho do seu Senhor para ser com ele de manhã, de tarde e de noite. Ele não tem nada a esconder.

fonte coment. biblico J.C. RYLE (N.T) www.avivamentonosul.blogspot.com