Translate this Page

Rating: 3.0/5 (907 votos)



ONLINE
3




Partilhe este Site...

 

 

<

Flag Counter


IGREJAS do Apocalipse Efeso Esmirna Pergamo
IGREJAS do Apocalipse Efeso Esmirna Pergamo

                                     IGREJAS DE EFESO ESMIRNA PERGAMO 

 

                                                  A igreja de Éfeso AP 2.1-7

 

Comentario versículo por versiculo,vamos explicar todos os versiculo detalhadamente sobre a igreja e Éfeso.Comentarista Mauricio Berwald escritor pregador compositor.

 

                                     Dados históricos geográficos 

                                                       (geografia biblia)

      

Éfeso era capital da Iônia,país antigo,localizado na costa ocidental da Ásia Menor,sobre o mar Egeu.Era uma das mais importantes das 11 cidades de que constituía a província Romana da Ásia.Estava situada na desembocadura do rio Caister.Era porto marítimo,distante cerca de 40 milhas ao sudoeste de Esmirna.Foi fundada por um príncipe grego no século 11 a.c,tendo existência tumultuada,devido a sua localização estratégica.que lhe causou a mudança de dominadores várias vezes,entre macedônios,persas,sírios e romanos.

Entre os seus mais notáveis conquistadores,podemos mencionar Crespo,rei da Lídia,cuja capital era Sardes,e que a conquistou em 560 a.c.Já em 557 a.c ela mudava de dono,sendo conquistada pelos persas.Com a vitória de Alexandre,o grande,sobre os persas nas batalhas de Grânico em 334 a.c,em Isso em 333 a.c,e em Arbelos em 331a.c,Éfeso ficou sob domínio grego-macedônio.(notas,A.P Vasconcelos,apocalipse,1980,cpad).

 Com a morte de Alexandre,o grande,Lisímaco,seu general ajudante de ordens,foi proclamado rei da Trácia e Macedônia,ficando Éfeso sob seu governo.Em 286 a.c,Antíoco,o grande,da Síria,conquistou os domínios de Lisímaco,e Éfeso mudou uma vez mais de dono.Após derrotar Antíoco,o grande,na batalha de Magnésia,em 190 a.c,os romanos se apoderaram de Éfeso e a presentearam a Êumenes 3°,rei de Pérgamo,em 133 a.c,ele retornou ao poder Romano que então a converteu em Capital da Província Romana da Ásia,devido a sua localização ideal ao comércio.(notas ibid,pp.12).

Em Éfeso havia,entre outros,dois grandes edíficios:o templo de Ártemis e o teatro.O templo de Ártemis sofreu um grande incêndio,motivo por que foi reconstruído em 365,em estilo iônico e,depois então,considerado uma das maravilhas do mundo antigo.Suas dimenções eram 342,1/2 x 164 pés,e consistia em duas ordens de colunas:duas ordens de 8 colunas dupla,frente a frente,na largura,e outra ordem 18 colunas duplas,também frente a frente,de fundura,a saber,em cada lado.Essas colunas eram autênticas monolíticos de mármore branco de 55 pés de altura por 18 de circunferência.A coberta era toda á base de mármore branco.Suas partes interiores eram decoradas esplendorosamente por artistas famosíssimos do passado,tais como Fídias,Praxíteles,Escopas,Parasios e Apéles.Esse colosso foi destruído pelos Godos em 260 a.c.(ibid,pp12).

O teatro foi um dos maires conhecidos no passado :tinha um auditório semicircular de 495 de dianmêtro e constava de 66 filas assentados e outros camarotes para acomodar uma assistêcia nada inferior a 24.000 pessoas sentadas.Dizem os historiadores que então,Éfeso deveria ter uma população superior a um milhão de habitantes,mas de modo aquele explendor passado,tudo o que existe hoje é um meseu de recordações pagãs e as ruinas deixadas por terremotos que destruíram completamente,parecendo indicar o desagrado de Deus áquela cidade pagã,que não quis aproveitar a oportunidade dada por tantos anos á aceitação da menssagem do Evangelho a ela propiciado por fiéis testemunhas.De fato,pelas ruínas que ali foi dado ver,como ruas calçadas de marmores branco e coisas outras em nada inferiores,podemos crer que Éfeso foi uma grande e rica cidade do passado,que atualmente nem mais porto é,porque os aluviões de areia trazidos pelas enchentes do rio,aterraram de tal modo o seu porto,que hoje suas ruínas,estão a 30 kilometros distantes da praia do Mar Egeu.(ibid,pp12-13).

O terremoto aconteceu no ano 29 da era cristã,foi muito danificada por um terremoto e Éfeso foi reconstruída por"Tibério",o imperador de Roma romano..Residiam em Éfeso muitos judeus e cidadãos romanos que mantinham uma sinagoga judaica(AT14.10,11,12,13,AT8.17-19).(ibid,pp15).  

 

                         O como o cristianismo chegou em Éfesios?

                                   (história do cristianismo ou da igreja)

 

Foi no governo ainda romano que o cristianismo chegou a Éfeso,talvez no ano 52 d.c,trazido por Aquila e Priscila(AT18.18-21,24-28).O certo é que ao chegar ali numa viagem rápida no ano 54 d.c,quando de sua viagem missionária,Paulo voltando da Palestina deixou ali esses dois pioneiros.Quando o Apostolo Paulo fez a sua viagem á Jerusalém,já no fim de sua jornada missionária,fez uma curta visita a Éfeso,na primeira vez pregou na sinagoga e deixou Aquila e Pricila para continuar a obra(AT18.19-21),a quem pouco tempo se ajuntou Apolo.Quando fez a terceira jornada missionária,esteve pela segunda vez em Éfeso.

Paulo trabalhou em Éfeso pelo menos 2 anos ou 3,sendo a razão provavel dessa demora a devido á  importancia de lugar como sede principal de idolatria,e grande centro de influencia.Os trabalhos de evangelização foram coroados de notáveis resultados,tanto entre os cidadãos como entre a gente das aldeias circunvisinhas segundo uma tradição,viveu apóstolo João evangelista,em Éfeso nos anos mais próximos do seu final ministério na terra.Nesta cidade então com permanencia de Paulo,todos os habitantes da Ásia ouviram a palavra sobre o Senhor Jesus,assim judeus como gregos(AT 19.10).Éfeso chegou mesmo a tornar-se o centro ou sede do mundo cristão naquela época.Sim entendemos que houve ali um grande avivamento extraordinário e muito abrangente,nossas palavras não são suficiente para descrever ou de se imaginar o poderoso avivamento que Deus enviou nessa cidade.Nesta cidade de Éfeso Paulo trabalhou muito com empenho no ensino,as vezes nos dá uma impressão que ali foi organizado um tipo de instituto biblíco Pentecostal,ou nos parece ter um tipo de uma faculdade cristã,ou uma escola biblíca,o ensino era notável na dedicação de Paulo,pois está claro o texto que Paulo ali ensinava.Imagine que ali vinham gente de vários lugares aprender,irmãos que estavam com sede de apreender,com certeza havia ali um tipo de instituto ou escola biblica.

Por ocasião em Éfeso,ou um tumulto levantando por Démetrio o fabricante de nichos de Diana por ver-se prejudicado na sua industria de ouvires pela pregação de Paulo(AT19.1-41,1COR 15.32, 16.8 ,2TM 1.18).Paulo deixou timotio em seu lugar para guardar a igreja de ser prejudicada por falsas doutrinas(TM1.3).Subsequentemente,voltando da Europa e não podendo chegar a Éfeso,convocou os presbíteros da igreja de Mileto9AT 20.16-170,posteriormente enviou e ordenou lá assumindo Tiquico,levando  a carta que havia escrito a igreja(EF1.1 6.21 2TM4.21).A igreja de Éfeso era uma das sete igrejas da Ásia referida como estamos vendo(AP 1.11,2.1-7).A carta foi enviada quando a igreja contava com 39 anos fundação ade Éfesios,ou 40 de existencia a congregação sede em Éfeso vamos assim dizer e Paulo foi o fundador da igreja em Éfeso.

Em toda a Ásia Menor,não havia igreja mais dedicada,dinamica e ortodoxa do que a de Éfeso.O seu preparo teológico era tão sólido,que o seu pastor capacitara-se,inclusive,a confrontar os que se diziam apóstolos(AP2.2).Éfeso era a igreja apologética por excelência.Ela destacava-se também por seu testemunho,esforço e extenuamente labor pela expanção do reino de Deus.Até o própio Cristo elogiou os efésios.Eles eram uma referência em toda aquela região da Europa.Apesar de todas as suas inegáveis virtudes e qualidades,havia um sério problema com Éfeso,se eles dispusessem a resolve-lo seria uma igreja perfeita.

A solidez doutrinaria de Éfeso.O preparo biblíco e teológico de Éfeso era singular.Afinal,tivera o privilégio de ter como pastor,por 3 anos,o maior teólogo do Cristianismo(AT20.31).No período desse tempo,Paulo lhes expôs todo o conselho de Deus (920.27).Pode haver um curso biblíco mais completo/E a carta que o apóstolo lhes enviou?(EF1.1-5).Aqueles cristãos doutoraram-se na Palavra de Deus na verdade.Uma igreja de ministérios excelentes.Além de Paulo,a igreja foi pastoriada,também por Timótio e Tíquico,dizem alguns estudiosos que o seu púlpito teria sido ocupado,ainda,por João,o discípulo amado.Os obreiros que por lá passaram eram de comprovada excelência.Que outra igreja excetuada a de Jerusalém,desfrutou de mais privilégios?No entanto,conforme já dissemos,havia um sério problema com Éfeso.(notas,rev,cpad 2000).

O terceiro concilio geral da igreja se efetuou em Éfeso no ano 431,e definiu o dogma sobre as duas naturezas em uma só pessoas.Outro concilio na mesma cidade no ano 449,restaurou Eutico.

O sumario das referencias biblicas á Éfeso é o seguinte:Situada o templo e a imagem de Diana,que sugeriam ilustrações a Paulo(1COR 3.9-17,EF 2.19-22,1TM3.15,2TM2.20).Centro ou sede de trabalhos de Paulo quando concluia a sua segunda viagem(AT18.19-21)e por 3 anos ali evangelizou também quando realizava a sua terceira volta missionaria(AT 19.1-20,20.31)foi o tumulto que fizeram os adoradores de Diana(AT19.21-41,AT 20.1 1COR 15.32),depois disto mandou Paulo chamar os três presbiteros de Éfeso para se reunir com ele em Mileto(AT 20.16-18).Ali exerceu Timótio o seu ministério(1TM1.3),e trabalhou também na obra do evangelho Aquila e Priscila(AT 18.18-19,2T 4.19,E Apolo AT18.24)também trofino e tiquico(AT20.4 21.29 2tm4.12)foi na cidade resistencia de alguns discipulos de João Batista(AT 19.1-3)E de Onésimo(TM 1.16-18,4.19),De Alexandre o latoeiro(2TM19.24).de Demétrio(AT19.24)e dos filhos de Sceva(AT19.14)e de Himineu e Alexandre(1TM 1.20,2TM 4.14)e finalmente de Figelo e Hermogenes(2TM 1.15)e o lugar de uma das 7 igrejas a que referimos(AP1.11,21)sendo essa igreja que Paulo dirigiu-se de Roma sua carta aos Éefsios.(notas dic.universal,traduzido por Orlando Boyer 1957).

Cap.2.v.1"...isto diz aquele que tem na sua destra as sete estrelas,que anda no meio dos sete castiçais de ouro".v.1

"...sete estrelas..."Apresentação de Cristo:O Senhor se apresenta a igreja de Éfeso como o que tem na sua destra 7 estrelas,e o que anda por entre 7 castiçais de ouro,isto declara tão bem sua posição que não deixa duvidas alguma quando ao que vem seguir sobre o conhecimento que ele tem das igrejas,Ele sabe e conhece bem.A saudação de abertura cita AP 1.12,20),o Senhor ...conserva na mão direita as sete estrelas..."Isso indica que ele mantém a vida espiritual das igrejas,ele "...anda no meio dos sete castiçais de ouro..."e assim está presente em todas igrejas com sã doutrina verdadeira.Mas o poder que sustenta também é capaz de remoção.Sete estrelas,são os sete anjos da igrejas,e os sete castiçais são sete igrejas.(notas comentario biblícos D.A.Carson,2009)

 

                Jesus conhece o labor o trabalho da igreja cap 2v.2

v.2"Eu sei as tuas obras,e o teu trabalho,e a paciência,e que não podes sofrer os maus,e puseste á prova os que dizem ser apóstolos e o não são e tu os achaste em falta"v.2

 

                                          Trabalho cristão

v.2"...eu sei as tuas obras..."versão atualizada'...eu conheço as tuas obras..."A palavra significa que é fruto de uma conversão a Cristo(EF2.10).Deus tem preparado"boas obras"para que seu povo ande nelas.Deus quer para si um povo"zeloso de boas obras".Elas são evidencia da salvação,mas não os salvam,ou causam salvação,nem compram jamis o céu,mas evidenciam uma conversão genuína."...Eu conheço as tuas obras..."de maneira muito especial o O Senhor vê tudo o que fazemos para ele.A palavra "obra"certo refere-se aos bons serviços que a igreja estava realizando.Era de fato uma consagração ativa e intenssa."...trabalho..."é mais que obras.A palavra grega é "kopos"e quer dizer intenso,trabalho árduo.Deriva do verbo"kopto"que designa bater,ferir,indicando um exaurir em serviços,um extremar-se por amor á obra de Cristo.Refere-se ao esforço que produz serviço a custa até mesmo de sofrimento.  

A igreja de Éfeso tinha excelente exemplos e os seguia bem:era dedicada,trabalhadora,ativa,intensa.A frase predileta dos membros da igreja provavelmente era esta:"o que eu posso fazer pela igreja?Em Éfeso prezava-se o labor.Cristo preza uma igreja laboriosa,saldo positivo na balança.Eles os membros da igreja ,estavam testemunhando sob grandes dificuldades.A palavra"...trabalho..."lembra o eco do bater sobre o peito com exclamações de angustia,quando se avança para á realização dum fim desejado.(notas rev.educação cristã,pp26,200o,vol,17).

 

                               A perseverança ou paciencia v.2

        v.2"...paciência..."ou "...perseverança..."(versão atualizada)

A palavra "paciencia'ou"perseverança"verso atualizada,revela atitude de persistencia no esforço que produz obras.Não significa no novo testamento essa atitude passiva que hoje em dia se expressa pela palavra paciencia.Não pe em nada de cruzar os braços á espera de algum acontecimento,literalmente,significa"persistir sob",quer dizer perseverar em meio as varias adversidades.As três palavras reunidas nos dão uma impressão mui forte de fidelidade e na vida pratica,constituem fato profundamente significativo dado que tal louvor partiu dos lábios do Senhor soberano.A "...paciencia ou perseverança',é também sofrer corajosamente.Em atos 19.23,você pode perceber que tipo de situação a igreja em éfeso sofrera por causa do evangelho.Havia um confronto e uma tremenda confusão porque a Palavra do Senhor crescia e prevalecia,e isso chegou a ameaçar o comércio de nichos de prata de Diana.Um ouvires,chamado Demétrio,convocou uma reunião apressada do sindicato dos ourives e estes levaram grande clamor em público contra Paulo e os seguidores de Cristo.Pressões tremendas requerem perseverança.A igreja em Éfeso era reconhecida pelo Senhor como uma igreja perseverante.Na balança de Jesus,seu saldo era positivo,pois não esmorecia diante da adversidade.(notas,Ray Summer1979,ibid,pp.110,).

O escritor aos hebreus disse que Deus não é justo para se esquecer das nossas obras(HB6.10).Jesus as conhece e sabe a qualidade do trabalho que fazemos para ele(1COR 3.12-13).de maneira que diante do Senhor devemos oferecer e fazer o melhor para Ele(2SM24.24).

 

                          Fidelidade na doutrina e conduta

V.2"...e que não podes sofrer os maus..."Afirma o texto.A palavra "kakos'(mau),eles não escutavam os falsos profetas.A então a palavra mau indica a falta das qualidades que uma pessoa deveria possuir.Talvez pudéssemos traduzi-la como deficiência morais,referindo-se á maldade no pensar,no sentir e no agir,á injuria,calúnia,dano,dolo que alguns levaram avante,mesmo no meio da igreja.Esta palavra é a mesma usada por Tiago(3.8).para referir-se á lingua,que é mal(kakos)incontido,irreprimido.Cristo elogia a atitude dos éfesianos de não suportarem (literalmente,"darem um basta"áqueles homens maus,de caráter repreensivel e de lingua ferina.Éfeso zelava pela pureza na conduta de seus membros.E os elogios de Cristo indicam saldo positivo na balança.(notas rev.educação cristã,vol 17,2000).

"...maus..."indica também  que os mestres gnósticos tinham conquistado algum espaço em Éfeso.Eles chegaram lá proclamando-se como verdadeiros apóstolos e missionários,mas a igreja em Éfeso os provou,e viu os falsos e os rejeitou.Os irmãos em Éfeso tinham resistido bastante em sua fidelidade para com o nome de Jesus.Não esmoreceram em meio das mil e uma dificuldade cridas pela perseguição e pelas invasões de falsas doutrinas.Aos volúveis Gálartas,o apostolo Paulo certa vez disse"não nos cansemos de fazer o bem"(GL6.9).Os Éfesios,porem,possuíam grandes reservas de poder,disposição e fortaleza do Senhor e podiam com energias e fortaleza e assim dispensar tal exortação,mas eles permaneceram firmes fiéis a sã doutrina.(notas ibid,Rey Summers,pp.111).

 

                           Jesus conhece o ministério da igreja

v.2"..e puseste á prova os que dizem ser apóstolos e não são,e os achastes mentirosos...'Aqui Jesus os cumprimenta por sua fidelidade doutrinaria.Alguns bateram á porta de Éfeso mas,colocados á prova pela igreja,vieram a demonstrar falsidade nas suas intenções,porque não eram genuínos,eram pseudo-apóstolos.Pelos frutos de vida,caráter reto,temos de Deus,plenitude do Espirito Santo e fruto do ministério -é que se conhece a eficacia no ministério.Um dos principais cuidados de Jesus ao dirigir sua menssagem final ás igrejas,foi prevenilas da apostasia por tolerar falsos mestres,profetas ou apóstolos,que distorciam a Palavra de Deus ou enfraqueciam seu poder e autoridade nas igrejas.Cristo ordena que as igrejas testam todos os que alegam autoridade espiritual.Note que Jesus censurou as igrejas de Pérgamo v.14-16, e Tiatira v.20 por acolherem ,ao invés de resistirem,os que eram desleais á verdade e padrões da Palavra de Deus.(notas biblia de estud,pentecostal). 

Discorrendo do texto Severino S.P.declara"No ministério da igreja de Éfeso havia infiltrado falsos apóstolos,os chefes Gnósticos,que tinham arrojado para si o titulo de apóstolos de Cristo.Paulo diz que tais apóstolos são obreiros fraudulentos transfiguram-se em apóstolos de Cristo92cor 11.3).Diante dos"anciãos de Éfeso" Paulo os chamou de"...lobos cruéis,que não perdoarão ao rebanho"(AT20.9).Oito livros do novo testamento foram escritos contra formas  diversas dessa heresia,a saber(colossensses,as 3 cartas pastorais,as 3 cartas de João e Judas.A carta aos Éfesios,o evangelho de João eo livro de apocalipse,em alguns trechos,não suporta os tais gnósticos e por isso foi louvada pelo Senhor"...puseste á prova..."está expressão é que equivale dizer no grego"reprovasteos".

 

                           Jesus conhece trabalho da igreja v.3

 

v.3"...e sofreste,e tens paciencia,e trabalhaste pelo nome,e não te cansaste..."v.2

A carta do Senhor á igreja de Éfeso demonstrou também seu conhecimento pelo trabalho pela igreja.É visto evidente que os que tem esperança,esperam,e os que esperam no Senhor renovarão as suas forças(IS40.29-31).No salmo 89.19 há uma promessa de Deus para aquele que trabalha.A inatividade na vida espiritual é condenada por Deus.No livro de provérbios fala-se do"peregrino" cerca de 17 vezes por iss é evidente que o Espirito Santo considera muito este perigo da mocidade,e de pessoas mais idosas.(notas,coment.apoc,Severino P.S,1991,cpad).).

O preguiçoso é reprovado por concordancia (PV21.25 ,26.13),por negligencia as oportunidades(PV12.27),concomitanenteele não leva sua a boca para não não se cansar o braço(PV26.15).A igreja de Éfeso era conhecida pelas obras,perseverança no trabalho,não cansava no serviço de Cristo.Note como se repete a palavra"paciencia",eram perseverantes no lidar v.2 e perseverante no sofrer v.3.(ibid,pp.30).

As vezes pensamos que o fazemos ninguém vê,mas o Senhor conhece todas as coisas e promete recompensar nosso trabalho(1COR 15.58).Devemos trabalhar enquanto é dia,seguindo o exemplo de Jesus(JO5.17).Quando o Senhor vier saberá recompensar todo o nosso esforço por sua obra(AP22.12).

 

                                      Utilizando o talento

Deus sempre nos concede responssabilidade com a nossa capacidade.Isto representa á oportunidade de que temos,em Deus,de fazer com que seu reino seja conhecido neste mundo.A confiança depositada nos servos representam a bondade de Deus em conceder dons para sua igreja,e por estes talentos manifesta-se ao mundo,conforme a parábola dos dez talentos(MT25.1-14).O Senhor repartiu os talentos de forma(proporcional)á (capacidade) de cada um para (negociar),a fim de que cada servo pudesse ser(bem sucedido em suas atividades).Não se trata de algum tipo de discriminação,mas de (potencialidade individual.O importante é que todos desempenham satisfatórimente os seus(trabalhos na obra de Deus)segundo á parábola,aqueles entregou a um 5 talentos,outro 2,e ao terceiro 1,cada servo deveria emprega-los da melhor forma possivel.

Então chegamos no seguinte entendimento,que tudo quanto nos tem sido concedido pelo Senhor deve ser devidamente cultivado e utilizado.Uns receberam talentos para pregar,outros receberam dotes especiais para evangelismo,outros habilidade para escrever hinos,poesias,livros de edifição biblíca,para ensinar,para cantar gravando até mesmo cd(relativo),(uns gravam e outros não).Nos dias de hoje na igreja mantêem o seu talento ,enterrado e quantos perigos e prejuízos estão acontecendo!.Paulo disse"não desobediente a visão celestial"(AT26.19).Outra questão também que vem acontecido é que certos lideres por motivo da inveja,não permite novos talentos na igreja ter oportunidade,eles querem manter sempre os mesmo,e assim os que Deus tem levantado tem sido alvo de perseguição de inveja dentro da igreja mesmo,isso já aconteceu muito comigo,e tem sido essa luta minha até hoje,mas creio que a justiça de Deus não vai falhar para comigo e para com todos que assim enfrentam perseguição de inveja ministerial.Todos são importantes,uns para com os outros e,para todo corpo .O talento recebido para ser usado,tudo quanto o Senhor tem sido dado pelo Senhor deve ser devidamente cultivado e utilizado.Uns receberam menos e mais,mas todos devem ser hábeis e frutíferos pescadores de almas.

 

                      A perda do primeiro amor significa queda v.4

v.4"tenho,porém contra ti que deixaste teu primeiro amor"ou "caridade".

Isso refere-se ao primeiro e profundo amor e dedicação que os efesios tinham por Cristo e sua palavra(Jo14.15,21,15.10).Esta advertencia nos ensina que conhecer a doutrina correta,obedecer a alguns dos mandamentos e ir aos cultos na igreja não bastam(MT5.17).A igreja deve ter,acima de tudo,amor sincero a Jesus e sua Palavra como um todo(2COR11.3,DT10.12).O amor sincero a Cristo resulta em devoções sincera a Ele,em pureza de vida e em amor á verdade(2COR11.3,MT22.37-39,JO21.15).

Perderam aquele amor por Cristo e pela familia dos cristãos que tinham no inicio da vida cristão:o amor original,puro,fervaroso,alegre(1COR13).Eles abandonaram o seu primeiro amor,esta falha era deles.Esfriar-se o zelo que antes tiveram por Cristo.Já não o amavam como antes.Tornaram-se indiferentes,menos animados-mas não mornos como a igreja de Laodicéia 3.16.Encaminhavam-se,porém,aquela direção.Receberam uma repreensão fustigante e uma advertencia para que se arrependessem v.5,senão,Jesus"tiraria o seu candelabro do lugar dele".Foi mesmo removido.O sitio arquelológico de éfeso está abandonado.(notas manual biblíco Halley,pp.732,2001).

Quando o amor de Cristo deixa de ser o motivo capital da vida e do culto cristão,as atividades e esforços do cristão significam muito pouco.Vejamos a séria advertencia de William Kelly"É claro que temos aqui,como sempre acontece,o primeiro passo,o sintoma mais geral do declinio:O que prejudica e conduz finalmente á ruína vem sempre da pessoa,e nunca de fora!É em vão que satanás procura destruir aqueles que,confiam em Cristo,têm Nele que renova a vida.Não era assim quando Paulo escrevia aos éfesios?Mas eles tinham abandonado e tinham relaxado,embora prosseguissem com diligencia as suas obras,o seu trabalho e a sua perseverança,mas seria a obra de fé,o trabalho de amor e a perseverança paciência de nosso Senhor?O que,de inicio,tinha produzido tão belos resultados já não atuava e não poderia mais agir.O efeito ainda subsistia,mas a fonte já lá não estava.Tinham abandonado o seu primeiro amor.Era ofim deles,a não ser que se julgassem a si própios e que ,pelo poder do Espirito Santo,Cristo retomasse o seu lugar nos corações"(notas W.Kelly,1857).

Notemos o elogio do Senhor aquela comunidade no que diz respeito ás suas obras,ao seu trabalho,a sua perseverança,e á sua separação dos homens maus,o que não implica,automaticamente,uma santidade ou inteiro agrado ao Senhor,pois o que adianta todos os sacrificios,para apresentar os dons,se os frutos são deixados de lado/Para Deus não é importante o que faço na obra,mas sem amor.O verso 4 desta carta faz uma severa advertencia contra o divórcio espiritual daquela igreja"deixaste teu primeiro amor",o que significa "relaxar""romper" a comunhão com o Senhor.É muito comum ao ser humano abraçar a fé em Jesus,de todo coração,com todas as suas forças,recebendo em resposta do Senhor a plenitude do Espirito Santo,e por desleixo,ir cedendo aos apelos da carne,do orgulho pessoal,e da simpatia para com este mundo,mas isto não é regra geral para todos,mas em uma porcentagem.

Então aquele amor outrora era tão forte sem que o mesmo possa notar,começa agora ficar sem sentido,vindo o esfriamento no Senhor,perda do "avivamento pessoal individual",então o esfriamento vai atingindo a vida da pessoa como um todo se alastrando cada vez mais.A expressão expressão"perda do preira caridade",não significa"declinio na fé",como penssam alguns,mas antes,sugere um esfriamento no amor(MT24.12). 

Afirma muito sobre o texto o Pastor severino P.S discorrendo do texto'Cerca de 30 anos antes desta carta ,a igreja de éfeso tinha ardente caridade para com todos os cristãos(EF3.18).Paulo chegou até convida-los a participarem"...do amor que excede todo entendimento'(EF3.18-19).O desaperecimento gradual do amor a obra ou fraternal  no coração do salvo(MT24.12),tem como resultado o abandono da primeira caridade(1PD4.8),Cristo mencionou não menos de 9 carateristicas destacadas e louvores que achou na igreja de éfeso.".

A igreja de éfeso começara a entrar em deserto espiritual,sim a igreja de éfeso não conservava mais aquele amor fervoroso e caloroso que caraterizava suas primeiras experiencias da vida cristã estarem levando avante atividades que revela uma igreja dedicada,mas tinham deixado de lado o verdadeiro motivo ou de trabalho na obra.Quando o amor de Cristo deixa de ser o motivo principal da vida cristã e do culto cristão,as atividades e esforços do cristão significam muito pouco.A toda igreja realmente evangélica,deve estar atenta vigilante quanto o amor fraternal,pois ele é o vinculo que nos une em Cristo,é a evidencia que o crente está na luz(1JO 5.1).Deixar este amor divino agape,é retroceder no propósito divino para alcançar os perdidos,e outras coisas se tornam mais importantes do que a obra de Deus.

 

                               A igreja triunfa atravez do amor

A igreja foi constituida como vencedora,por Jesus,jamis perdeu uma peleja,entretanro sua vitporia se fez pelo amor(MT5.44-460.Jesus soube demonstrar amor aos perdidos(MC10.21)aos seus algozes(LC23.34), e a todo mundo (JO15.13)da mesma forma sua igreja demonstra esse amor e vence todas as dificuldades.

1.O amor nos faz triunfar.O apóstolo Paulo fez uma lista de provaveis situações que podemos tornar vencedor(RM8.35).em seguida ele revela que atravez do amor Cristo,somos mais que vencedores(RM8.37).e que nada poderá nos separar do amor de Deus(RM8.39).Está é a vitória do amor nos faz triunfar em Cristo.Paulo declarou aos corintios"o amor nunca falha..."(1COR13.8).                        

2.O amor lança fora todo medo.Para que a igreja seja vitoriósa,ele precisa lançar fora o medo e isso se faz atravez do amor(1JO4.18).O medo não permite a igreja avançar,por isso o apóstolo disse em (2TM1.7).O crente cheio do Espirito Santo fala ousadamente como Pedro e João perante o Sinédrio(AT4.20).

3.O amor cumpre a lei.(RM13.8),Etá lei foi declarada por Jesus(MT22.37-39)resumindo nosso comportamento com Deus e com o próximo.Atravez da passagem podemos compreender"...amai-vos ardentemente uns aos outros com um coração puro."(1PD1.22).

 

O que leva o crente á tragica situação de abandonar seu primeiro amor?1.Descuido.Quando alguém por descuido,perde a comunhão fervorosa ou avivamento,seu amor começa a esfriar-se.No momento que Pedro começou a ficar "para tráz"(HB4.1)e seguir Jesus de "longe"(LC22.54)já estava a um passo da queda.Devemos acompanhar Jesus "de perto"(SL63.8,GN32.26,2CR31.21,IS26.9).Como Enoque(GN5.24)e Noé(GN6.9)que andaram com Deus(AM3.3).

2.Amor dividido.Quando alguém divide o seu amor entre o a obra ou reino de Deus e outras coisas indica que está abandonando "a sua primeira caridade".A consequencia do amor ao dinheiro por exemplo ou interesse pessoal,promoção pessoal,interesse mais financeiro,inveja daqueles que Deus tem levantado nesse novo século na obra etc,é o desvio da fé(1TM6.10,GL5.6).Aquele que ama no há mundo(1JO2.15)ou se mantem preso a um jugo desigal(2COR6.14),está trocando o seu amor por"inimizade contra Deus,pois a biblia diz alerta em (TG4.4). 

3.Indisposição para perdoar..Isto tem prejudicado os ofenssores,permitem que uma raiz de amargura tome conta de seu sentimento(HB12.15).Jesus nos perdoou uma divida muito maior e por isto devemos também perdoar os nossos devedores(MT6.12,18.23-35).Um coração fechado faz murchar a oração(MC11.24-26).E amor então esfria.

 

                  A caridade perdida pode pode ser recuperada v.5

v.5"Lembra-te,pois,de onde caíste,e arrepende-te,e pratica as primeiras obras,quando não,brevemente a ti virei e tirarei do seu lugar o teu castiçal,se não te arrependeres.

v.5...Lembra-te,pois de onde caíste...".Por que a perda do primeiro amor se constitui um queda.

1.Porque perdemos a comunhão com Jesus.Tudo,na vida espiritual,se baseia no amor(1COR16.14).Se o amor entre os conjugues se acabar,que restará,então do matrimonio?Semelhantemente,se a a igreja de Jesus perder a caridade para com reino de Deus,já não está em perigo sua felicidade eterna?Cada um deve examinar-se a si mesmo,(1COR 11.28).

2.Porque todo trabalho na obra perde o valor?"se falar as linguas dos homens e dos anjos,e não tivesse amor,seria como o metal que soa ou como um sino que tine"(1COR13.1-3).Nem trabalho,nem sacrificio,nem oferta,nem uso dos dons,nem coisa qualquer poderá jamis,substituir o amor.Até a finalidade da igreja de ser luz no mundo,estará em perigo se faltar o amor.

3.Porque o desvio do amor abre porta para vãs contendas(1TM1.5-6,),e para as obras da carne(GL5.19-21),então aparecem o ódio,a ira,a inveja etc.Faltando o amor,corrmoe risco de deStruir alguém,pelo qual Cristo morreu(RM14.15).4.A perda do primeiro amor ´e uma queda,porque a coroa da justiça é dada somente os que amarem sua vinda(2TM4.8).

Jesus escreve a igreja éfeso ,não somente sobre o que lhe faltava-lhe,mas também a respeito da receita para sua recuperação espiritual,ou reavivamento espiritual.

1."lembra-te de onde caíste"v.5.A recordação da alegria e da felicidade proporcionador pela comunhão com Jesus no passado,constitui um despertamento e reavivamento para encaminhar para os atuais caminhos de lembrar,e voltar para Deus(SL119.59,LM3.40,LC15.17-20).A recomendação que Jesus faz a igreja,pode resumir em 3 verbos(lembrar,arrepender,voltar).Lembrar da alegria e entusiasmo que dantes tinha em vosso coração amor por Cristo e sua obra,lembrar da poderosa força daquele vossa caridade.

2."Arrepende-te"v.5.Esta receita é infalivel.Arrepender significa que o faltoso reconhece diante de Deus o seu erro e resolve deixa-lo,confiando no poder do sangue de Jesus para perdoa-lo(1JO1.7,TG4.9,2TM2.26,PV8.13).Esta receita,porem deve ser aplicada no período de tempo que se chama hoje(HB3.13).O senhor espera arrepender-se,pois confiando nos méritos de Jesus.

3."Pratica as primeiras obras"v.5.Depois de ter recebido perdão de tudo,o amor e a comunhão com Jesus voltar de novo a ter as mesmas expressões como"nos dias antigos'(ML3.4).Este sentido se manifesta então,não só pela boca,mas em todas as suas evidencias(LM5.21,OS2.14,JR2.30).As coisas velhas já passaram,eis que tudo se fez novo"(2COR5.17).

4."...quando brevemente a ti verei..."v.5.Significando aqui,uma visitação especial de julgamento.

5."...tirarei do lugar o teu castiçal..."v.5.Cristo rejeitará toda congregação ou igreja que não se arrepender de sua falta de amor e obediencia ao Senhor e o removerá do seu reino.Uma congregação não pode continuar,porem sem ser luz na escuridão,como se fossem religiosos.A remoção do castiçal,não pode significar nada menos que o fim do reconhecimento de Cristo dessa igreja como uma igreja sua.Está profecia do Senhor de "remoção"do castiçal,não se cumpriu na igreja,mas também na cidade.Alguém já disse com sabedoria"há um tempo para o perdão e tempo para o juizo(EC3.1).Por muito tempo o castiçal de efeso se manteve em pé,Deus lhe dando uma oportunidade para arrependimento.Nos conta o Pastor Severino P.S"Segundo o testemunho da história,a igreja,o juizo de Deus atingiu não somente o "castiçal",(igreja),mas também a cidade ,e no 5° século sua glória declinou.Hoje não restam nem opulencia,nem mesmo templos pagãos,nem porto que o própio mar destruiu e aterrou.".

6."...se não te arrependeres..."v.5.A condição aqui expressa,vemos necêssario que eles se arrependam para que não viesse estes juizos sobre a igreja de éfeso,então mesmo assim sofreram juizo do Senhor,pois não se arrependeram.Nos tempo de hoje é necêssario que muitos venham se arrepender,pois muitos crentes já perderam o primeiro amor e Deus está requerendo "que se arrependam"e volte urgente ao primeiro amor.É  momento de reflexão de nossas vidas,como está nossa vida diante de Deus?.Talvez há alguma coisa que deves se arrepender e você não tem percebido,então é necêssario haver,um exame de sua vida cristã.O requerimento da igreja de éfeso era para que arrependesse.Está é também uma exigência um caminho que muitos neste século ou tempos finais também"se não arrependeres"muitos terão prejuízos espirituais,e a perca total da comunhão com Jesus.

 

        A doutrina dos nicolaitas rejeitada pelos irmãos de éfeso v.6

v.6"tens lá,porém,isto:que aborreces as obras dos nicolaítas,as quais eu também aborreço".Biblia de estudo pentecostal"Os nicolaítas v15cof,eram certamente adeptos do ensino de Balaã,tal doutrina é satanica,contraria a santidade de Deus.(1COR6.9-10)Deus abomina o ensino herético que diz podermos ser salvos e ao mesmo tempo,viver na devassidão.Repelir tal ensino,aquilo que Deus abomina é característica principal de quem é leal a Cristo(SL139.21,PV8.13,JO3.19).

Em jo 3.19 diz "amaram mais as trevas que a luz"Uma característica fundamental dos impios é que eles amam ás trevas,seu prazer está no pecado e na imoralidade(TM3.2-5 FP3.19).O cristão verdadeiro,ao contrario,ama a justiça e aborrece a iniquidade(HB1.9).não tem prazer na imoralidade,nem na conduta corrupta da sociedade atual também(SL97.10,RM12.9).(notas b.estudo pentecostal,cpad 2001).

As obras dos nicolaítas foram rejeitadas pela igreja apostólica,mas tolerantes no periodo posterior representado por Pergamo.Alguns dos escritores cristãos no periodo pós-apostólico identificaram os nicolaítas com os gnósticos,que atribuiam idéias filosóficas gregas,a biblia,quer essa identificação seja correta,quer não as Escrituras revelam por que as obras dos nicolaítas não podiam ser aceitas pelo Senhor"os nicolaítas praticam os pecador de Balão".Os versos 14,15 do capitulo 2,identificam os pecados de Balão com o dos "nocolaítas",que segundo se supõe,seria uma seita anticristã,que defendia a licenciosidade como maneira própia de vida.O culto a deus era seguido das mais grosseiras formas de imoralidade.As sacerdotisas de Diana de outras divindades da época,eram prostitutas públicas.Quais eram os pecados de Balaão?O estudo das passagens que falam de balaão revela que os seus pecados eram,avareza,hipocrisia,idolatria e imoralidade(ver NM22.22-24,25.1,31.8E16 2PD2.15 JDV.11).

A menção desse nome,em conexão com referencias a Balão(AP2.14-15)pode muito indicar o "antinomianismo" desse grupo.Comer a carne que havia sido sacrificadas aos idolos e praticar fornicação eram consideradas evidências específicas dos ensinos de Balão.A expressão"assim também tens"(ap2.15),indica um paralelismo com o nicolaítanismo.Esse entendimento do significado desse termo está confirmado nos escritos dos patriarcas da igreja.1.Inacio(aproxi.110 d.c),fala sobre eles como "amentes do prazer"e"de discursos caluniosos".nicolaítas"corruptor de sua própia carne.2.Irineu(aprox.180 d.c diz"eles viviam uma vida de desenfreadaindulgencia"againshersias,1.26.3.3.Tertuniano(aprox.200 d.c,diz que eles comiam coisas sacrificadas aos idolos,e menciona a fornicação que faziam.(on proscription 200 d.c).(notas dic,Wicliffe).

Tudo indica que"nicolaítas'refere-se ao começo de uma ordem sacerdotal.Tudo nos faz crer que está seita denominada de nicolaítas faz parte de um sistema gnósticos existentes naqueles dias,pode ser isso sentido real que temos aqui.Os nicolaitas ensinavam  erroneamente que as obras da carne não afetam a pureza da alma não tendo portanto  nenhuma influencia sobre nossa salvação,isto contradiz o que diz(GL5.19,5.16-23).

 

                                           A promessa v.7

v.7"Quem tem ouvido ouça o que o Espirito diz ás igrejas:ao que vencer,dar-lhe-ei a comer da árvore da vida que está no paraíso de Deus".

1."Ao que vencer...".O vencedor é aquele que,mediante a graça de Deus recebida através da fé em Cristo,experimentou o novo nascimento e permanece constante na vitória sobre o pecado,o mundo e satanás.Cercado de muita oposião e apostasia,o vencedor se recusa a conforma-se com o mundo e a impiedade dentro da igreja v.24.Ele ouve e atende aquilo que o Espirito Santo diz ás igrejas v.7,permanece fiel a Cristo até o fim v.26,e aceita somente o padrão de Deus,a vida cristã,revelado na sua Palavra(3.8).Na igreja de Deus,o vencedor,e somente o vencedor,comerá da arvore da vida v.7,não sofrerá o dano da segunda morte v.11.O segredo da sua vitória é a morte expiatória de Cristo,seu própio testemunho fiel acerca de Jesus e a perseverança no amor a Cristo até a morte(12.11 1JO5.4).Note bem  que,ou vencemos o pecado,o mundo,e satanás,ou somos por eles vencidos,acabando por sermos lançados no fogo(v.11,3.5,20.15,21.8).Não há grupo neutro.(notas ibid,b.estud.pentecostal).

2."..dar-te-ei a comer da arvore da vida,que está no meio do paraiso de Deus..."Esta arvore,que foi perdida no éden(GN2.8),será restaurada no céu(AP22.2-14).O simbolismo da arvore da vida aparece em todas as mitologia,desde a india,até escandinavia etc.Os vencedores que venceram a sedução dos fados ensinos e as tentações naturais permissivas e carnal e á vida mundana facil tinham tem a promessa do acesso á árvore da vida.Embora a igreja de éfeso tenha perecido com instituição,a promessa do acesso á arvore da vida ainda é valida para os membros individualmente de qualquer igreja verdadeira,se vencerem.A arvore da vida é mencionada pela primeira vez como uma árvore especial no jardim do Éden(GN3.2,22,25).Essa árvore aparece de novo em ap 22.2 como uma árvore que produz frutos perpértuos,bons para saúde.(notas,manual halley,pp.732,1965).

O termo"paraiso"é uma palavra tomada do persa,denotando especialmente um parque cercado por um muro.O termo foi usado na versão do 70 para traduzir a palavra "jardim'(Éden").Na literatura judaica,"jardim do Éden"e 'paraíso" eram palavras usadas como referência ao lugar de habitação dos justos na vida futura.Os mestres judeus falavam,do paraíso de Adão,do paraíso dos abençoados no céu e do paraíso dos justos no futuro,reino de Deus.É o ultimo desses significados que está na mente do autor nessa promessa.Adão e Eva perderam o acesso á arvore da vida e foram expulsos do jardim (GN2.22,23,o crente que compartida da vitória do seu Senhor recebe a promessa de que ambas as bençãos serão devolvidas(22.2).Uma palavra frequente como referência á cruz de Jesus no NT é"árvore'(madeiro),especialmente nos labios de Pedro(AT5.30,10,39 1PD2.24).O templo de Ártemis  foi construído num santuário de madeira,e uma arvore com frequência simbolizava Éfeso ou a sua deusa.Enquanto os crentes éfesios antigamente consideravam a árvore de Ártemis o centro da vida e o intermediário entre essa vida e a natureza humana,eles agora aprendem que a vida eterna no paraíso de Deus é sua por meio da cruz daquele que morreu e ressúcitou.(notas,coment.biblico,vida nova,D.ACarson,2009).Conclusão.Nunca devemos nos julgar tão importantes e necessários quer individual,quer coletivamente falando.Enquanto fomos fiéis nos mantendo no centro da vontade do Senhor,tudo será benção também e sermos bem sucedidos e podemos cantar com ajuda do Senhor(JO15.4-7,COL 1.23,TG4.8),mas se negligenciarmos a fé,começando a dar em face á nossa própia importáncia,deixando o nosso própio "eu"aparecer em lugar do Senhor,e nos cercar com as convivências do própio mundo,então o Senhor também nos rejeitará para sempre se não houver arrependimento(1 CR28.9,IS43.4,22,28),veja também(OS6.1 1SM2.6-8).(notas,Armando Coren,1954). 

 

                                        N.2 IGREJA DE ESMIRNA

                   

                           Estudo e comentario sobre a igreja de Esmirna

                               Apocalipse 2.8-11.Comentarista Mauricio                                                            Berwald,escritor,pregador,compositor

                                                   Introdução

 

Nos dias em que a igreja de Esmirna recebeu a carta de Jesus,ela viva em grande aflição por causa das grandes perseguições que enfrentava.Nos dias de hoje não se fala mais,em nosso país,de perseguições em virtude da fé que professamos,como aconteceu antes,não só aqui mas em varios outros lugares no inicio desta obra.Atualmente a igreja é considerada e reconhecida.Muitos que nos perseguiram e escreveram contra nós,querem agora manter amizade,conosco,mas no seculo 21 existem outro tipos de perseguições,alguns se tornam publicas até,mas a igreja prossegue vitoriosa.

A Esmirna,a igreja sofredora,Cristo não transmite por João nenhuma palavra de critica,mas só consolo amoroso.A igreja de Esmirna era composta de pobres,não podendo se comparar em nada á igreja de Éfeso quanto ao número de membros ou seu prestígio.Eram pobres, porém ricos v.9.Por outras palavras,sua pregação fiel do evangelho atraiu contra eles muita perseguição e tribulação.Seguiu-se,por isso,a pobreza material.Jesus lhes dá a certeza de que grandes riquezas estão armazenadas para eles no céu.De modo surpreendente,a igreja em Esmirna cresceu e floresceu no período de perseguição horrenda.Esse"bom fruto"é evidencia nítida de que Deus estava presente e atuante nas boas obras deles.(notas M.biblico,Halley,1965).

 

                                Geografia cidade de Esmirna

                                                (geografia biblia)

Começaremos com a própia cidade de Esmirna.Situava-se a 50 km ao norte de Éfeso e rivalizava com ela por ser a cidade de maior destaque na Ásia.Era chamada a flor da Ásia,coroa da Ásia,orgulho da Ásia.Cidade portuaria do Mediterrâneo,aos pés dos montes Pagos,Esmirna era conhecida,e ainda é,como uma das mais prósperas cidades da Ásia Menor.Fiel a Roma até mesmo antes de esta ser dona do mundo,Esmirna construiu um templo para culto ao imperador Tibério,em 26 a.c,quando todas as grandes cidades da Ásia disputavam entre si este privilégio.(notas revista,educacação cristã,vol17,10/2000).

É geralmente aceito que Esmirna foi originalmente fundada no extremo norte da baía de Esmirna,no local denominado pelos turcos "Tepekule ou Bayrakli",estando suas ruínas localizadas na falda do Monte Spilos,cerca de 200 metros ao Estel da estação ferroviaria de Bayrakli.Esmirna,seu nome significa"Mirra',nome de uma substancia aromatica que em hebraico se chama"Mor',e em grego"Smyrma",arvore que produz,cresce na Arabia,é arvore baixa,de casca e madeira aromatica,tem galhos curtos e espinhosos,e folhas folicidas,produz uma fruta semelhante a ameixa,a palavra é usada 3 vezes nos evangelhos(MT2.11,MC15.23,JO19).O nome descreve uma igreja,perseguida até o martir,"Mirra",um dos ingredientes empregados no embalsamento de pessoas,nos perfumes prévios de seu sofrimento,tal como a igreja de Esmirna.(notasA.P.V.pp.15,1980,cpad).

No ano 2.000 a.c,os Hititas capturaram Esmirna sob o comando do rei Tudhalya 4°,havendo quem afirme que o vocábulo "Tepekule",remonta a essa ocupação Hitita,e que o rei Tudhalya é o mesmoTântalos que,segundo a tradição grega,era o rei de Lídia.Em 628 a.c ela foi conquistada por Alíatis,rei de Lidía,e destruída,deixando praticamente de existir.Porém,voltou a existir na localidade atual desde 320 a.c.havendo duas versões sobre sua reconstrução:uma que afirma haver sido Antigono e outra que diz haver sido Alexandre,o grande,atravez de seu general Lisímaco quem a reedificou.Sabemos,porém,haver sido Lisímaco quem urbanizou de tal modo a toma-la a cidade mais linda da região nos tempos antigo.(notas,ibid,A.P,V,pp.20).

A nova Esmirna,a atual,tem a glória de ser  o berço de Homero,o autor da obra"Odisséia"e da "Ilídiada,livros que sendo antigos,ainda circulam em nossos dias,inclusive em idioma português.Também sabe´se haver vivido ali Herótodo,o chamado "pai da história",o geografo Estrabão e Pausânias,que era também geógrafo e historiador,e todos foram vultos de renome universal em seus tempos.Outro vulto histórico que ali esteve,foi Alexandre,o grande,a quem a população esmirniana não ofereceu resistencia guerreira,motivo por que foi por ele protegida,conforme era seu costume fazer em casos desta natureza.(notas ibid.pp.20).

A cidade se desenvolveu,tornando-se um dos principais centros e portos comerciais da época.Estas circunstâncias atrairam para ali uma grande colônia judaica grande e eram fluentes, que,seu modo,passou a influir na vida financeira,comercial,social e mesmo religiosa da cidade.Em decorrência dos macedônios haverem sido transferidos ao governo romano,mediante conquista armada.Esmirna se tornou uma das 11 cidades que constituíram a Provincia Romana da Ásia,no primeiro século da nosso tempo.(notas,ibid,pp.21).

A ultima conquista a que Esmirna foi Submetida,foi a turca,que teve lugar no ano 1.313 a.c,e perdura sob o governo turco desde,então,sendo ela uma das mais belas cidades e populosas cidades turcas,com cerca de 500 mil ou mais pessoas de habitantes,quase todos muçulmanos,porém vivendo modo de vida ocidental,ou ocidentalizada,que faz com que os turcos religiosos a denominem de Giaour Izmir.É,de fato,uma linda cidade puramente ocidentalizada á moda turca.nos tempos de João a cidade pode ter chaga a 200.000 habitantes.

 

                                 O cristianismo em Éfeso

                                  ( A    história do cristianismo)

É possível que sendo Esmirna uma das 11 cidades constituintes da Iônia na época da introdução do Evangelho na Europa,quando a cidade incorporada á Provincia Romana da Ásia,o evangelho haja chegado ali como consequência do ministério de Paulo em Éfeso,(AT19.10),em sua terceira viagem missionária.Elas eram cidades vizinhas,não distando mais de 40 km uma da outra e ligadas entre si pela grande e importancia estrada comercial romana.

 

                             Comentário dos versículos v.8-11.

v.8"E ao anjo da igreja que está em Esmirna escreve;isto diz o primeiro  último,que foi morto e reviveu".v.8

 

1."...ao anjo da igreja..."v.8.Podemos ver neste,uma referencia a pessoa de Policarpo,esse pastor nasceu em 69 d.c,e faleceu em 159 d.c.O nome policarpo significa 'muito forte'ou"frutifero.Policarpo foi discípulo pessoal do apóstolo João,foi o principal pastor,da igreja de Esmirna no período de exílio do apóstolo em Patmos,a narrativas de seu martirio,é narrada por Eusébio,em sua história eclesiastica em 37 ou 42,Policarpo foi levado arena,lugar dos jogos olimpícos,um dos maiores teatros abertos da Ásia Menor,parte da qual construidos permanece de pé até hoje.Policarpo deve ser realmente o anjo do texto,pois as evidencias assim declaram.A maior força da tempestade que se aproxima sentiu-se na Ásia Menor,onde saíram os novos editos,e o nome de Policarpo,bispo em Esmirna,apareceu na lista dos mártires daquele tempo.Ao contrario de Inácio que se expunha desnecessariamente á vontade cega da população,Policarpo não recusou escutar os conselhos e pedido dos seus amigos,e quando viu que estava sendo espiado em Esmirna retirou-se para aldeia próxima,e ali continuou o seu trabalho.(notas hist.do crist,W.Anglin,pp.23,cpad,2009). 

Sendo perseguido,foi para outra aldeia,exortando o povo que se encontrava no seu caminho,e assim foi vivendo dessa maneira até que os seus inimigos descobriram o lugar onde se refugiava.Então o bispo(avisado,segundo dizem,num sonho de que deveria glorificar a Deus,sofrendo morte martir)resignou-se com paciência á vontade de Deus,e e se entregou,e foi preso pelos oficiais.Ao ser levado na arena,onde exigiram que negasse Jesus e honrase o imperador romano como deus.Ordenaram-lhe que dissesse"fora com os ateus!,referindo as palavras,mas com a mão indicou a arquibancada dos inimigos do evangelho.Quando ele recusou reconhecer o imperador como deus,ameaçaram de ser morto pelas feras.Ele não demonstrou qualquer temor,e então resolveram queima-lo na fogueira.Policarpo zombou,lembrando que um fogo mais terrivel sofreriam eles no inferno.(historia,Eusébio de Cesaréia).

Diante das ameaças,o idoso  Policarpo declarou:"por 86 anos tenho sido servo de Cristo,e Ele nunca me fez mal algum.Como posso blasfemar de meu Rei que me salvou?A fogueira foi então acesa,mas diz a história,as chamas formaram um arco ao seu redor,sem toca-lo.Então um soldados o matou com uma adaga.A história de Policarpo retrata bem o sofrimento dos cristãos de Esmirna,e representa os martires cristãos de todas os tempos.

Nos dias em que a igreja de Esmirna recebeu a carta de Jesus,vivia em grande aflição por causa das grandes perseguições que enfrentavam.Nos dias de hoje não se fala mais,em nosso país e outros,de perseguição,mas há outros tipos de perseguição que as vezes ouvimos,pela midia,inveja,mas nada se compara como na época de Esmirna.

 

2"...isto diz o primeiro ..."v.8.O Senhor se apresenta como o "ultimo e o primeiro",que foi morto mas ainda esta vivo.Assim Jesus quer dizer que está ciente de tudo quanto eles estão sofrendo.Jesus está perfeitamente qualificado para conforta-los e lhes fornecer conhecimento certo da primeira mão.Jesus é eterno,sendo o Primeiro,todas as coisas foram criadas por seu,intermédio.Sem ele nada existiria,porque ele é antes de todas as coisas(JO1.1-3).Por isso,o Senhor lembra ao anjo da igreja em Esmirna que tudo esta sob seu controle.Até mesmo os que lhes moviam aquela perseguição achavam-lhes sujeito.                 

Jesus é alfa,e ofato de ser o ultimo,e equivalente a ser "omega"ele´o primeiro e o fim,o primeiro e o ultimo no meio,mas Jesus continua a existir na qualidade de ser o ultimo.Em apocalipse 1.8,Deus é retratado sendo o'primeiro"em sabedoria,poder,santidade,justiça,bondade,amor.retidão e verdade.

 

3v.8"....e o ultimo..." v.8.Sendo o ultimo porque nele existe a potencialidade de toda a vida e bem estar.Nele há a consolidação de todas as promessas na passagem já foi focalizada.Esse titulo"o primeiro e o ultimo"é dado a Deus,aqui parece-nos"...alfa e o omega.."(AP22.13)ou"principio"(AP21.13)ou ultimo (AP21.6),o omega é a ultima letra do alfabeto grego,significa"o derradeiro"(AP21.13).ou ultimo(AP1.17,21.18,21.6),Estes titulos são aplicados a Cristo,e apresentam ao mesmo tempo a sua eternidade. 

As letras "alfa'e "Omega",essas letras eram usadas na simbologia profética para exprimir totalidade.Um escritor observa que "alfa'e o "omega"gregos,equivalem ao"alefe'e"tau"hebraicos.Era dito por exemplo,que Adão nosso antigo pai,transgrediu a lei de "alefe tau".toda história presente,o versiculo o sentido é que o Pai e o filho são os senhor de toda história,seu principio seu fim e todo o curso.Comparando isso com HB12.2,Jesus é o autor e consumador da fé.Em todas as dimensões e épocas,Ele é o começo,a causa primaria,e também o fim,a causa final,a realização daquilo que foi iniciado e a consumação daquilo que foi continuado,isso também é dito acerca de Deus(AP1.8 E 21.6)..Assim o Pai e o Filho são iguais em poder,atributos,gloria.   

Sendo também o ultimo,Jesus estará na consumação de todas as coisas como supremo juiz(JO5.27,Rm2.16,2Tm4.1).

 

v.8"...que foi morto e reviveu..."v.8.A importancia da morte de Jesus,o evento mais importante e a doutrina central do novo testamento resumem-se as seguintes palavras"Cristo morreu(o evento)por nossos pecados(a doutrina)(1cor15.3).A morte expiatória de Cristo é o fato que carateriza a fé cristã.Martinho Lutero declarou que a doutrina cristã distingue-se de qualquer outra.O significado da morte de Cristo:havia certa revelação verdadeira entre o homem e seu Criador.Algo sucedeu que interrompeu essa comunhão,não somente está o homem distanciado de Deus,tendo seu carater manchado,mas existe um obstaculo tão grande no caminho que o homem não pode remove-lo pelos seus própios esforços.Esse obstaculo é o pecado,ou melhor,a culpa.O homem não pode remover esse obstaculo,a libertação terá que tomar iniciativa de salvar o homem.O testemunho das Escrituras é este:que Deus assim fez.Ele enviou Seu Filho do céu a terra para remover esse obstaculo e dessa maneira reconciliou os homens com Deus.Ao morrer por nossos pecados.Jesus removeu a barreira,levou o que deviamos ter levado,realizou por nós o que estamos impossibilitados de fazer por nós mesmos,isso ele fez porque era vontade do Pai.Essa é a essencia da expiação de Jesus.

A nossa reconciliação,a maior vitória recebida pela redenção em Cristo é a reconciliação.Nos deu direito da salvação(RM5.10.)A a biblia afirma que a nossa reconciliação provem de Deus.Foi Seu filho que amou e,atravez de Seu filho,nos reconciliou para uma viva esperança(1COR5.18-9).

  

v.8"...mas reviveu..."A sua ressurreição.Jesus fala aqui de Sua ressurreição,triunfo na cruz do golgota.Iremos ver adiante a respeito de Sua crucificação e ressurreição,pois,isto aqui esta em foco.A ressureição de Jesus é o maior milagre do Cristianismo.Ela corrobora o fato de que a morte de Jesus não foi uma fatalidade histórica,e sim o apice do plano da Salvação estabelecido por Deus.Jesus morreu pela condenação que estava sobre a humanidade,mas ressucitou para justificação do homem(RM4.25).

A resposta do mundo as reenvidincações de Jesus foi a cruz:a resposta de  Deus foi a ressurreição.A ressurreição significa que a morte expiatória de Cristo foi divina realidade,e que o homem pode encontrar o perdão dos seus pecados e ter paz com Deus.A ressurreição é consumação da morte expiatória"Cristo ressucitou para nunca mais morrer(RM6.9).A morte foi para sempre a derrota do inimigo,porque ele ressucitou,nós temos a certeza da vitória eterna.A ressurreição confirma a divindade de Cristo(RM1.4)e Sua vitória sobre o pecado,sendo nossa garantia de que fomos alcançados pelo beneficio de Sua morte expiatória.

A ressurreição de Jesus é o firma alicerce do Cristianismo,é o firme alicerce da igreja Cristã,sendo o elemento do qual se origina uma das principais diferenças da doutrina cristã,quanto considerada ante outras religiões.Os resultados da ressurreição é "Ele não esta mais aqui mas ressucitou"(MT28.6).O Senhor trouxe aos crentes a garantia da vitória sobre a morte e o inferno,e a certeza da vida etrena(1COR15.20-23,53,55).

 

V 9."...conheço .....tribulação..."v.9.No grego classico "tribulação"é"thilipo",que tem o sentido geral de "pressionar"afligir"etc,tem sentido de "perseguição"deflagada por aqueles que são aqui na terra inimigos do povo de Deus(AT14.22),mas o Senhor vem o conforto e a consolação para que possamos suportar(2COR 1.3-5).Na verdade a tribulação também serve para exercitar nossa paciencia(RM5.3)tão necessaria a quem deseja alcançar a promessa(HB 10.36).

 

Desde sua inauguração,a igreja vem sendo perseguida,isto porque Satanas tenta todos os meios impedir a expanção da igreja(AT4.21).Em Esmirna não foi diferente.Quando recebeu a carta do Senhor Jesus esta igreja(eclesiologia)vivia em grande aflição por causa das grades perseguições que enfrentava.As perseguições de inveja etc,são parte do cumprimento das profecias.A palavra profética avisa que nos ultimos tempos haverá perseguições por causa da fé(veja LC21.12,MT24.9,10).Este tem-se cumprido de modo surpreendente em várias partes do mundo.E como será o futuro?É deus que nos faz triunfar na adversidade.Em consequencia,Ele,que enviou um anjo a fim de confortar Jesus no Getsemani(LC22.43),mandou também outro anjo para ajudar Paulo em meio ás perseguições sofridas em Corinto(AT18.6)e ás amarguras dum naufrágio(AT27.23),é o mesmo que dá força para suportarmos as tribulações da vida(1COR10.13).

Lembre-se de que,muitas vezes,mostrou o seu poder,livrando os 3 moços do forno ardente(DN3.23),Daniel da cova dos leões(DN6.21-27)e Tiago morto(AT12.20.Deus pode,permitir sofrimento mas Nele voce é vencedor.Ao enfrentar o sofrimento,o cristão deve compreender que Deus,esta pronto para te livrar,Ele sabe quantos cabelos tem em sua cabeça(LC12.7). 

V.9"...eu conheço....tua pobreza..."v.9.Há duas palavras básicas gregas no novo testamento que são traduzidas como pobreza.Uma delas é"penia'que significa"falta do supérfulo",ou seja,uma elativa pobreza que permite a sobrevivencia apenas com o necessário e o suficiente.A outra palavra,que é usada neste verso,é"ptocheia",que significa"falta do essencial","extrema carência","mendicancia".Esta expressão leva-nos a entender que os irmãos de Esmirna vinham das camadas mais baixas da população,e talvez muitos escravos,desprezados e marginalizados pertenssem áquela igreja.A igreja seria hoje equivalente a uma igreja não da periferia mas,praticamente de comunidade.É muito interessante pensar que Éfeso,igreja rica,prospera,perdeu o seu privilégio e desapareceu do mapa-igreja e cidade juntas.Esmirna é,ainda hoje,cidade importante e o testemunho cristão tem sido preservado ali,apesar das muitas lutas,atravez dos séculos.Pense na sua igreja.Onde estará ela na próxima geração?

A pobreza daqueles crentes não vinha pela falta de trabalho ou preguiça(1TES4.11,12),mas das perseguições que sofriam"Eu sei as tuas obras...e pobreza...".Suas propiedades foram confiscadas e reduzidas a nada,mas o Senhor os viu ricos,de sua graça e misericórdia.Este foi o padrão de Deus para seu Filho(2COR8.9).Jesus fala aqui da pobreza material sofrida pelos cristãos por serem rejeitados no trabalho.Quando o chefe de família é preso ou demitido por causa da sua fé em Jesus,a família sofre privações.O sofrimento é reconpenssado pela riqueza das bençãos que o acompanham(1TS1.5, 2COR6.10). 

 

v.9"...mas tu és rico..."Ah,quem diga dera você e eu ouvissemos estas palavras de Rei,no dia em que Ele julgar os intentos do coração.O que nos faz ricos aos olhos do Senhor é a nosso identificação com Cristo.

Já ouviu um pobre ser chamado de rico?Havia alguns anos,os crentes de Esmirna vinham sofrendo terriveis perseguições por causa do evangelho.Os encarcerados e o confisco de seus bens acabaram por empobrecêe-los,a ponto de passarem fome.Contudo,permaneciam fiéis a Jesus.Então o Senhor os elogia por sua fidelidade e diz que eles são ricos-ricos de bens espirituais,acumulados no céu,onde os ladrões não roubam nem e ferrugem consome(MT6.20).Eles eram difamados pelo povo ,mas mereceram a aprovação do Senhor.Não houve reprimendas para a igreja de Esmirna.Só elogios.

 

v.9"...e blasfêmia dos que dizem ser judeus e não são".O própio Jesus ,Senhor da igreja,sofreu a blasfemia do seu povo(MT27.39).E agora a igreja de Esmirna sofria com a blasfemia dos que diziam judeus v.9.O Senhor Jesus estava focalizando a crueldade e os insultos dos que se diziam judeus contra os discípulos de Cristo,dizendo que eles não eram discípulos de Cristo,dizendo que formavam a sinagoga de Satanás.Paulo em Corinto sofreu a blasfêmia (AT18.6)e mais tarde escreveu(1COR4.13).

A palavra "blasfemia" é exatamente no grego,e no contexto refere-se a "acusações injuriósas","calunias""mentiras mal intencionadas para prejudicar a vida dos crentes.A fonte turva destas acusações era a mente e coração maldosa e o coração pervertido"dos que a si mesmo se declara judeu ,e não são...".A igreja de Cristo já vitoriosa garantida no Calvario(RM4.24).Desde então,mesmo perseguida,a igreja triunfa,porque maior é o que está em nós do que está no mundo(1JO4.4).

 

v.9"...mas são da sinagoga de Satanás..."O nome Satanás significa acusador,caluniador,esse grupo tinha aproximado da natureza dele.Naturalmente essa não é uma indicação do ponto de vista.Isso reflete a profundidade da apostasia a qual esssa congregação judaica estava afundada em apostasia."sinagoga de Satanás",sua retórica lembra a dos manuscritos do mar morto,quando uma seita judaica perseguia,que considerava apóstata o resto do judaismo,chamou seus adversarios de "bando de Belial'(Satanas).As pessoas eram denunciadas a autoridades provinciais por "delatores",e já pelo começo do segundo século atestou-se que os cristãos na Ásia Menor só eram processados se acúsados por tais informantes.Também pelo começo do segundo século.Isso ocorreu no também no segundo século em Esmirna,o simples fato de proclamar que os cristãos não eram mais bem vindo na sinagoga publicamente,já era uma forma de delação.(coment.Craig S. Keener).

 

10"Nada temas das coisas que hás de padecer.Eis que o diabo lançará alguns de vós na prisão,para que sejais tentados,e tereis uma tribulação de dez dias.Se fiel até a morte,e dar-te-ei a coroa da vida."

 

1.v.10"Nada temas das coisas que hás de padecer"É isto que fica subentendido pela expressão"nada temas'.´Só é possivel experimentar vitória na adversidade e passar com perseverança pela tribulação ou pelo vale da sombra da morte se o Senhor estiver conosco(SL23.4).A vitória da igreja de Cristo lhe foi garantida no Calvário(RM4.25).Desde então,mesmo perseguida,a igreja triunfa,porque maior é o que está conosco(1JO4.4).A vitória prometida á igreja de Esmirna(AP2.10)alcança os crentes em todo o mundo,pois todos t~em as mesmas tribulações(1PD5.8-9).

1.A igreja não deve temer as situações.A recomendações do Senhor á igreja de Esmirna foi que não temesse os acontecimentos:nada temas das coisas que hás de padecer..."O própio Jesus padeceu nas mãos do povo e dos religiosos de sua época(MT17.12),por isso pode animar sua igreja.O inimigo sempre criará situações para impedir o avanço da obra.Mas Jesus venceu o mundo(JO16.33)e nos promete a vitória(PV21.31).O medo é o inimigo que prejudica a fé.Enquento Pedro confiou na palavra de Jesus,camunhou por cima das ondas do mar,porém teve medo e começou a afundar´se(MT14.30-31).O medo afasta o crente de sua tramquilidade á sombra do Onipotente(SL91.1-20),lógico que não podemos deixar de vigiar também certo!

2.A igreja não pode temer o diabo.O diabo,inimigo de Deus e da igreja,sempre tentou fazer parar o povo de Deus(SL27.2).No caso de Esmirna,Jesus foi bem claro.Era um momento dificil para aquela igreja em meio ás perseguições do império romano,mas ela venceria e venceu em nome de Jesus(JO5.4).As prisões do apóstolo Paulo,em sua época,estimulavam os crentes a falar mais confiadamente,sem temor,a Palavra de Deus9FP1.12-14),pois o diabo,nosso adversário já foi derrotado por Jesus(HB2.14).Jesus falou da vitória em meio ás tribulações da vida.O poder do inimigo é limitado(MT10.28),pois não vai além do que Deus permite.

 

v.10"...Eis que o diabo lançara alguns de vós na prisão..."A oposição do grande inimigo de Deus e dos homens conforme mencionado no que João faz de sete igrejas jamais cessou.Satanás é citado num total de 8 vezes no apocalipse e 5 destas relacionadas com as igrejas (6 vezes se incluirmos o termo"diabo"visto no presente texto).A prisão do verso ,não se refere a uma prisão espiritual como tem sido interpretado por alguns(LC13.16),mas sim literal).As perseguições promovidas pelos romanos áquelas igreja,com ajuda de religiosos,foram obras de Satanás.Sob alegação de cristãos de Esmirna estavam"traindo"o imperador,houve um encarceramento de muitos,e a seguir o imperador ordenou o martirio de muitos deles.Em uma só catatumba de Roma foram encontrados os remanescentes ósseos de cento e cinquenta mil cristãos,calculadamente.(notas coment.Severino P.S,1991,CPAD).

 

V.10"...Tereis uma tribulação de dez dias...."Os dez dias refere-se as dez perseguições.Desde Nero até Diocleciano.vejamos os periodos.1.sob nero64-68,2.sob dominiciano68-96,sob 3.trajano,104-117,4.sob aurélio,161-180,5.sob severo 200-211,6.maximo 235-237,7.sob décio,250-253,8.sob valeriano,257-260,9.sob aureliano,270-275,10.sob diocleciano,303-312.

v.10"....sê fiel até a morte...".Implica,que eles já estavam sendo fiéis em vida.Fiel significa,neste sentido,ser digno de confiança,ser alguém persuadido,a um compromisso com Deus que transcende as dificuldades e tempestades desta vida transitória.São pessoas assim,(2TM2.2).Jesus sempre foi fiél e espera de nós fidelidade(SL101.6).A fidelidade do cristão é posta á prova diante das situações dificeis(DN6.4).A promessa do Senhor é para os fiéis(SL101.6),para os que vão até o fim(DN12.13).Somente os fiéis poderão expirimentar a vitória do Senhor sobre seus inimigos(AP17.14).Em meio as perseguições sofridas pela igreja,Jesus promete recompensar ao fiel com coroa da vida(AP2.10).

A igreja de Cristo sempre triunfou em meio aos sofrimentos e perseguições.Ainda hoje,quando perseguida,ela cresce e se fortalece naquele que é o cabeça da igreja,Cristo.O crente fiel se destaca no sofrimento pela capacidade de demonstrar fidelidade ao Senhor e tornar-se um exemplo para muitos,sendo sempre vencedor..

 

v.10"...dar-te-ei a coroa da vida..."Esta recompenssa é prometida áqueles que forem fiéis naquilo que têm,mesmo que seja pouco.Os que padecerem pelo nome de Jesus com Ele viverão(2TM2.11)e serão também glorificados(RM8.17)e recompenssados com grande galardão(MT5.10-11).Jesus queria que os crentes em Esmirna deixassem de olhar o sofrimento para ver a recompenssa que lhes espera,que conforto maravilhoso.

O vencedor receberá a coroa da vida,depois da batalha final,todos os que lutaram com Cristo serão coroados.A entrega das coroas terá lugar diante do tribunal de Cristo,logo após o arrebatamento da igreja(2COR 5.10,RM14.10,AP22.12).A coroa da vida não se trata da simples vida que temos aqui.Essa coroa é um prêmio especial porque implica conquista de um tipo de vida espiritual,como a tem os anjos.É a modalidade de vida conquistada mediante a obra expiatória de Cristo a vida eterna.É o galardão da fidelidade do crente.

 

v.11"...o que vencer não receberá dano na segunda morte...".A primeira morte é fisica,a segunda é a eterna,mas para quem está em Cristo,esta morte não o alcança(AP20.6).Jesus prometeu que quem o recebe já passou da morte para vida(JO5.24).O crente fiel participará da primeira ressurreição,no arrebatamento,a segunda ressurreição é para os impios para condenação.Essa é uma das diferenças que diz o texto.A segunda morte é sempre destinada aos vencidos,mas nenhum poder tem sobre os vencedores.A segunda morte trata da morte eterna,refere-se ao lago do fogo eterno.A segunda morte trata-se do castigo eterno,o lago de fogo(AP20.6,14 AP21.8),do qual somente o vencedor escapará.

 

                                    N.3 IGREJA DE PERGAMO 

 

                  Estudo e comentario da igreja de Pergamo AP2.12-17

                   Artigo do escritor e pregador:Mauricio Berwald     

  

                           Pérgamo a igreja unida com mundo

                                           Introdução

 

A igreja de Sardes era fiel ao nome de Cristo até o ponto do martirio,mas tolerava os falsos mestres.provavelmente do mesmo tipo que atuava em Éfeso.Parece,entretanto,que enquanto em Éfeso os pastores,resistiram solidamente aos falsos mestres,em Pergamo os pastores,sem pessoalmente sustentar falsos ensinos,toleravam em sua fileiras quem os aceitassem.Os falsos ensinos proclamavam o direito de os cristãos participarem das imoralidades pagãs.O Senhor,embora elogiasse a igreja pela fidelidade ao seu nome,não deixou de se apresentar como"aquele que tem a espada de dois gumes".Seria melhor os membros se precaverem-O Senhor não se agrada da igreja que tolera a licensiosidade.

A igreja de Cristo precisa tomar uma posição quanto as falsas doutrinas e prestar ajuda aos que cambaleiam na fá.Devemos socorrer os que estão naufragando na vida espiritual,levando-os a salvação pela Palavra de Deus(1TM5.14).Há grandes promessas aos vencedores,por isso devemos nos empenhar para alcançar a incorruptivel coroa de glória.A igreja de sardes foi morrendo aos poucos até esvasiar-se completa do Espirito Santo.Mas aos olhos humanos parecia bem viva.

Nos dias de hoje,muitas igrejas assemelhan-se a de Pergamo,mesmo passando por muitas perseguições,os crentes tinham fé,mas faltava o dicernimento biblico e espiritual para combater os falsos ensinos.Havia um grupo de pessoas que tolerava os pseudomestres e práticas contrarias á palavra de Deus.O povo do Senhor corrompia-se ao aceitar as doutrinas de Balaão.A igreja do Altissimo deve conhecer mais a sã doutrina,e assim também entrou costumes abominaveis do pagãnismo.(maus costumes).Primeiro vieram os discipulos de Balão que sob o manto de uma espiritualidade afetada e exótica,logo acharam guarida na igreja em Pergamo.Depois chegaram os nicolaítas que embora atrevidos e afoitos,também não encontravam diciculdades para se acomodar entre os pobres e desprotegidas ovelhas.

Não seja tardio em combater falsas doutrinas dos falsos profetas em sua denominação,haja antes que seja tarde demais.Quando o ministério local foi perceber,já não havia mais nada a fazer,foram tardios:o terreno já estava tomando pelo inimigo.E o pastor da igreja?Ele sabia que a situação era grave,mas não ignorava o que acontecera ao seu antecessor.As coisas,porém não haveria de continuar daquele jeito.Já enojado Jesus,atravez de João envia a carta ao anjo de Pergamo,urgindo-o a retomar o cajado e apascentar o rebanho de conformidade com a sã doutrina.Caso contrario ,o própio Senhor batalharia contra os iniquos com a espada que sai de sua boca.

 

               Contexto histórico e geografico da cidade de Pérgamo

                                       (geografia biblia e arquelogia )

 

O nome"Pergamo"significa"alto""elevado",situado geograficamente no continente da Asia Menor(hoje atual porção da turquia Asiática.Pérgamo situada em um monte de cerca de 300 metros de altitude,comandava o vale fertil do rio Caico,no sul da ilha de Lesbos,cerca de 30 qiulometros do mar Egeu,e comunica-se com e mar atravez do Caico,que era navegavel ´por pequenas embarcações.Pérgamo também se localizava,sobre a grande estrada norte-sul que na ida de Éfeso até Cízico,sobre a Propôntida ou mar de Mármara.(notas dic,Wycliffe,cpad,2009)

A verdadeira história da cidade começou no século 3°,ou seja 300 anos antes de Cristo,sob a dinastia dos Átalos,quando se tornou a capital de um reino Helenístico de considerável importáncia.Á talo 3° entregou seu reino a Roma em testamento.Em 133 a.c,por ocasião de sua morte,tornou-se a província da Ásia .Os reis de Pérgamo tinham o poder necessário para expandir seu hábil controle da riqueza natural do país,que lhes foi concedido livremente como patronos das artes,,fazendo de Pérgamo uma das melhores e mais bonitas cidades gregas.Situava-se nos recifes,nas encostas da montanhas,desenvolvendo-se também aos pés das montanhas,ali se localizava um famoso balneário dedicado ao deus Ascépio.Pérgamo era famosa por sua escola e escultura.(notas,ibid,pp.1510).

Arqueologia biblia,ou arquelogia antiga.(obsevação,a palavra"arqueologia"origina-se de duas palavras gregas"archaios e logos,que significam literalmente"um estudo das coisas antigas".Mas o termo foi mais refinado do que isto,e geralmente se aplica ao estudo de materiais escavados pertencentes a uma era antiga.A arqueologia da biblía pode ser definida como um exame das coisas antigas,que foram perdidas e encontradas novamente,como objetos recuperados relacionados ao estudo das Escrituras,e o retrato da vida nos tempos antigos.)As escavações em Pérgamo foram iniciadas em 1868,e revelam até agora cerca de 60 por cento da cidade.O grande altar esculpido de zeus(41 por 38 metros foi identificado por alguns como o "trono de satanás"v.13.Em sua carta á igreja de Pérgamo,João registrou as as doutrinas de Balão e dos nicolaítas.A primeira estava aparentemente relacionada com os cristãos casando-se com pagãos,e com a crença de que já que os deuses pagãos não existiam,a participação cristã nas festas idólatras não os contaminava.(notas,ibid,pp.1511).  

Em Pérgamo no ano 29 d.c foi edifiaco um templo,único templo de culto imperial,em honra de Roma e Augusto,indica ser a capital da prôvincia,embora Éfeso e Esmirna tenham sido a primeira cidade do ponto de vista comercial.Pérgamo era o centro religioso um dos maires cultos pagãos,zeus,,Atena.Pérgamo era considerada como sede do poder do mal,porque,no culto imperial o poder dado por deus pertence ao estado havia sido empregado na adoração blasfema de um homem. O nome significa'alto"ou"elevado",seu nome esta relacionado a "purgo" isto é"torre forte" ou "castelo",Pérgamo como observa,foi a "cidade de troia",e por esta razão tinha o nome.Cidade notavel e centro da cultura helenica,teve uma biblioteca com cerca de

200.000 volumes.O pergaminho superior ao do papiro egipcio foi inventado nessa cidade levando seu nome,depois que um rei do Egito,por conviniencia,proibiu a exportação de papiro para pérgamo.

 

                                O cristianismo em Pérgamo

                                        ( história do cristianismo)                                                     

 

Cremos que cristianismo chegou em Pérgamo como fruto  do ministério de Paulo em Éfeso(AT19.10.Na carta que Jesus enviou á igreja,ele a adverte sobre grande perigo.

 

                              Comentario biblíco (AP 2.12-17)

 

V.12"E ao anjo da igreja que está em Pérgamo escreve:isto diz aquele que tem espada aguda de dois fios".

 

V.12"...aquele que tem a espada aguda de dois fios".As considerações a respeito da carta ao anjo da igreja de Pérgamo iniciam-se com esta igreja de acordo com as suas necessidades de repreensão.Expressa a passagem o Pastor Severino P.S"A espada aguda para o ambiente carregado e adverso de Pérgamo,este é o traço do auto retrato de Cristo"aquele que tem a espada aguda de dois fios.No original,o vocábulo"espada,neste versículo refere-se a um tipo especial.Espada na simbologia profética das Escrituras representa castigo ou guerra.Ela distingue vencidos,de vencedores ,a justesa disso está no fato de que está igreja estava dando lugar para o erro.Cristo vem com a espada e acurado dos fatos feitos dos homens para tratar diretamente com os falsas doutrina,falsos profetas."A igreja ja se havia acomodado a duas ardilosas heresias.Sim contra as apostasias,só existe uma arma realmente poderosa:A biblía Sagrada-espada do Espirito Santo(EF6.17,HB4.17).Veja comentario completo do texto de EF6.17 .Cortemos pela raiz heresias,misticismos e modismo que  teimam podem brotar na sua vida vigiai!

 

V.13"Eu sei as tuas obras,e onde está o trono de Satanás,e retens o meu nome,e não negaste minha fé,ainda nos dias de Antipas,minha fiel testemunha,o qual foi morto entre vós,onde Satanás habita".

 

V.13"...e onde estás o trono de Satanás...".Isto significa que esta igreja estava em meio ás trevas do paganismo e as forças do mal se levantaram contra a igreja para que seus membros voltassem ao passado(2TM4.10).Nos dias atuais o inimigo se introduz atravez do mundanismo e,se a igreja não vigiar,as trevas corrompem os bons costumes e a Palavra de Deus(JO5.19-20).Um gigantesco altar a Zeus ,a maior das deidades gregas,foi construídos ali em forma de trono.Muitos acreditam que este era o trono de Satanás citado na carta.De qualquer forma era o altar pagão mais famoso daquela época.

Pérgamo era um centro da adoração ao imperador,onde o incenso era oferecido diante da estátua do"imperador divino".Existiam também   os templos de Zeus e de Ásclépio,que era adorado na forma de uma serpente,simbolo de Satanás.Era ainda um reduto de mestres nicolaítas e das doutrinas de Balaão(nome este registrado pela (história de israel) no antigo testamento.Pérgamo centro do paganismo e da iniquidade,a cidade era chamada"trono de Satanás".(notas manual Halley,pp.734).

Jesus sabia bem como era cidade de Pérgamo,onde habitavam os crentes a quem dirigiu esta carta.Era um lugar de tanta maldade e idolatria,que foi chamada de "trono de satanás'.Sendo Pérgamo um lugar tão pecaminoso,Jesus  aceitaria que os seus servos relaxassem e fossem influenciados pelos maus costumes?Certamente que não.Se o lugar onde você mora,trabalha ou estuda,é a batalha espiritual,mais perseverante deves ser ser em fidelidade,perseverar em oração e jejum etc.

 

V.13"...reténs o meu nome...".Ao cristãos de Pérgamo tinham retido o nome de Jesus.O nome em grego"kúpuos kaiapos"(cesar senhor"ou nome(kúpuos xpotós"(Cristo Senhor"era a grande pedra de toque daqueles dias.Reconhecer o nome de Cesar senhor era escapar da perseguição,reter o nome do Cristo Senhor significava perseguição,mas fidelidade á Cristo.Por reterem o nome do Senhor Jesus,os cristãos de Pérgamo receberam louvor. 

O Senhor viu em Pérgamo como sua igreja resistiu aos ataques das trevas"...e reténs o meu nome...".O segredo da vitória está em reter o nome precioso,poderoso de Jesus(FP2.9).Jamais podemos abrir mão desse nome glorioso,pois atravez dele somos identificados no mundo(AT11.26).Toda força da igreja está no nome de Jesus(AT4.7-13).Usemos pois a autoridade do nome de Jesus para vencer toda a força do mal(MT10.1).A igreja em Pérgamo tomou um firme convicção,correta em relação ao mundo.As perseguições foram muito difícil e Antipas,um de seus membros faleceu(AP2.13).Todavia os crentes conservaram o nome de Jesus e não o negaram.Somente quando há um rompimento total com os ídolos e o pecado,Deus se manifesta poderosamente no na vida dos fiéis(2COR6.14-18),assim aconteceu em Pérgamo.Se parte de certas denominações tem parte que está aliada ao mundo,mas o remanescente esta firme e fiel,são os que não romperam a aliança com Jesus.A lugares que o mundanismo está entrando,e outras já entraram,mas sempre tem o remanescente fiel,que o Senhor Jesus venha avivar a sua obra,pois a apostasia está nitída e visível na vida de vários,sabemos isso pelas Escrituras Sagradas,os que examinam sabem bem disso,e discerne.Discernimento que os fiéis tem,com ajuda do Espirito Santo.

Os nomes de Jesus Cristo são empregados no novo testamento de um modo que tem sentido"Jesus'a palavra grega "Christo",e quer dizer "ungido"equivalente a hebraica"Jósua"ou"Josué"(correspodente)"Machiah",que tem o mesmo sentido(Jeová é nosso livramento).E o nosso Senhor foi denominado "Jesus' de acordo com as indicações do anjo a José(MT1.21,LC1.31),e é o que mais frequentemente se lê nos evangelhos.

O nome somente de "Jesus'aparece mais de 600 vezes,e de "Jesus Cristo"5 ou 6 vezes".Mas nunca se acha escrito"Cristo Jesus".Vindo do grego,e significando"ungido",o nome de 'Cristo"equivale a"Messias",encontra-se nos evangelhos umas 50 vezes.Todavia nas cartas do novo testamento e no apocalipse ,não é usado muitas vezes,o nome de"Jesus',a não ser associado ao titulo"Senhor"ou"Cristo".A transição natural inspirando o tema da pregação da carta apostólica"...este Jesus...é o Cristo"(AT17.3).(notas dic,biblico,universal ,1957).

 

V.13"...e não negaste a minha fé...".São elogios por não negarem a fé em Cristo.A era da última resistencia daquela igreja,em meio as provações etc,a igreja pode resistir(1PD5.9).Judas nos exorta a batalhar pela fé(juv.3,pois por ela os antigos alcançaram testemunho(HB11.1-2).A biblia nos adverte"...se o negarmos,também ele nos negará"(2TM 2.12).A fé deles tinham referencia a todo raio de ação,a sua crença na obra redentora e na supremacia de Cristo,por sua fidelidade neste particular,mesmo quando isto lhes acarretava o grande perigo o Senhor os louva.Os cristãos de Pérgamo continuavam a considerar a Escritura Sagrada como "única regra de fé",aceitando muitas de suas verdades.

 

V.13"...ainda nos dias de Antipas...".Essa pode ter sido a primeira ocorrência do termo"testemunho "(grego.martyr)num emprego consciente para se referir alguém que entregou a vida por conta do testemunho.Aceitamos ter sido Antipas um homem de origem Induméia.Este servo de Deus,uma vez convertido ao cristianismo em Jerusalém,sentido a chamada de Deus,e em razão de ser conhecido pessoalmente do Apóstolo João,foi servir como bispo na cidade de Pérgamo.Existiam naquela igreja,segundo o texto sagrado,duas falsas doutrinas.1.a Balaão e dos nocilaítas.Antipas  sendo uma testemunha ousou desafiar sozinho e selar seu testemunho com seu própio sangue apondo-se a este"sistema nocivo".Simeão Metafrastes diz que Antipas,o bispo de Pérgamo, foi colocado dentro de um boi de bronze,e a seguir foi aquecido ao rubro,e assim partiu para glória.Com toda certeza ao receber esta carta Antipas logo foi combater essas falsas doutrinas que entrou na igreja.Sim Antipas não foi morto palas autoridades romanas.Ele foi morto palos adeptos das falsas doutrinas que entrou na igreja de Pérgamo.Por conseguinte caberia o bispo substituto continuar a luta contra as falsas doutrinas liberais que estava ali presente e corrompendo a igreja de um modo quase geral.Houve ali um afrouxamento na doutrina,os membros estavam se apostatando da fé,abandonando os bons princípios de santificação,não ligando mais em ser um cristão verdadeiro.Enquanto Antipas esteva na direção após receber esta carta de advertência,combateu verdadeiramente,mas mesmo assim os apóstatas não aceitaram,mas os que eram fiéis se alegravam com Atitude do bispo Antipas,mas foi incomodo combater o mundanismo,o liberalismo doutrinário e teológico,e os maus costumes entraram na igreja de Pérgamo,e esse liberalismo na igreja incomodava os que desejavam continuar servir Jesus em Simplicidade.Nos dias de hoje algo semelhante acontece,o liberalismo doutrinário está entrando em vários lugares,a frouxidão doutrinaria já entrou e já não é mais como antes,e as vezes os fiéis se sentem acomodados com o liberalismo e vaidade que tem presenciado,e apostasia claramente vista entre certos grupos,a lugares que é mais a presença da apostasia e outros lugares menos e outros lugares é bem claro.  

 

V.13...porque tens lá os que seguem doutrina de Balaão...".As sutilezas das heresias na igreja:O inimigo sempre ataca com sutileza(GN3.1).,por isso os servos do passado advertiam a igreja contra as heresias,veja advertencia a igreja de efeso(AT20.30,2PD2.1),e João advertiu ás igrejas(1JO4.1).e Judas também escreveu contra tais hereges(JDV.4).Convêm a igreja estar atenta,pois muitas heresias estão surgindo também em nossos dias.

O perigo das heresias:Heresias são todas as doutrinas que sustentam opiniões contrarias aos ensinos da Palavra de Deus.As heresias entram de maneira sutil no meio da igreja contaminando os fiéis(1COR5.6),por isso Jesus advertiu seus discípulos(LC12.1).Atravez de Pedro somos lembrados a não nos deixarmos enganar pelos erros dos falsos mestres,que procuram desviar da fé aqueles que não estão firmes na Palavra(2PD2.1-3).Balão era profeta gentio do antigo testamento.No periodo da peregrinação de Israel no deserto,Balaque,rei de Moabe,ouviu dizer que o povo de Deus avançava.E ele sabia que não havia maneira de se defender dos Israelitas.Desesperado,pediu ajuda a Balaão,"tenho para ti uma missão,quero que amaldiçoes este povo",e por isso recompenssarei".A doutrina de Balaão é o compromisso com o mundo.É a mistura das coisas santas com as profanas.É ter um pé na igreja e outro misturado com o mundo.Com semelhante ensino,esse grupo de Pérgamo ameaçava destruir a igreja.Afinal,quebra-se um elo e toda a corrente é inutilizada.Se apenas uma célula torna-se cancerosa todo o corpo logo sofre.

Balão foi um falso profeta que vendeu seu serviços a um rei pagão,e que o aconselhou a convencer Israel a comprometer sua fé por meio da idolatria e imoralidade(NM22.1,2,5,7, 31.16).A doutrina de Balaão  refere-se,á mestres e pregadores corrutos que,em pérgamo,levavam suas congregações á transigência fatal com á imoralidade,o mundanismo e as falsas ideologia,tudo por amor á promoção pessoal ou a vantagem financeira.Segundo parece,a igreja em Pérgamo tinha mestres que ensinavam ser a fé salvífica em Cristo compativel com á pratica da imoralidade.(notas ,biblia de est.pentecostal,1995,cpad).

Em NM 25,lemos como os israelitas se entregavam á imoralidade sexual com mulheres moabitas,e NM 31.16,declara que isso foi o resultado do conselho dado por Balaão aos moabitas.Por isso,em Pérgamo os devotos das praticas pagãs,que tinham se infiltrado nas fileiras dos cristãos e que os aconselhavam a participar dos vícios sexuais do culto pagão,eram cognominados com o nome de Balaão.Segundo parece,tinham um número impressionante de seguidores.

Havia um grupo na igreja de Pérgamo que seguia a doutrina de Balaão e dos Nicolaítas.Isto é,comiam alimentos oferecidos aos ídolos,prostituíam-se,e achavam que não tinham nada de mais.O restante da igreja,apesar de conservar a fé em Jesus,o líder tolerava este tipo de doutrina.Eles estavam dispostos a morrer pela fé,mas não tinham coragem para viver para o verdadeiro evangelho de Jesus.

A doutrina de Balaão:era perigosa,pois ensinava que a comunhão ou a mistura com os pagãos não fazia mal nenhum,insinuando,que a maneira de viver do homem não desfaz o concerto com Deus.Este ensino eliminava a linha divisória entre a igreja e o paganismo,levando os crentes a deixarem"o caminho direito",2PD.15.O Espirito Santo chamou-a de "doutrina de Balaão,porque tais ensinamentos coincidiam com o conselho dado a mocidade Israelita por aquele religioso místico,que viveu cerca de 1450 a.c.Ele influenciou o povo a participar das festas moabitas e,assim,cair em idolatria e prostituição(NM24.1-3).Balaão tinha seus discípulos em Pérgamo.Estimulados pela ganancia,utilizavam de sua influencia teológica sobre a igreja,a fim de leva-la a se unir com mundanismo.

 

V.14"...o qual ensinava Balaque a lançar tropeços diante dos folhos de Israel para que comessem dos sacrificios da idolatria e se prostituíssem".No grego moderno"ponêro",o que dificulta a ação de ser"haplous"",Balaão não só foi um profeta mercadejante e merênario,mas também além de tudo lançou dois tropeços mortais contra o povo de Deus(v.14).Um desses tropeços(idolatria) consistiam em seu mal caminho"o da rebelião"(NM22.32).O própio Deus disse dele neste texto.O seguinte tropeço lançado por Balaão diante dos filhos de Israel no deserto foi a "prostituição"(NM25).A palavra usada"pornéia"ela alcança todas as formas de imoralidades,é usada tanto nos ensinos dos profetas,como dos apóstolos,de um modo especial nos ensinos de Jesus,para indicar as"formas'dessa pratica de infidelidade contra a santidade e a moral.(notas Severino P.S,coment.do apoc,1991,cpad).

 

 

v.15"Assim tens também os que seguem a doutrina dos nicolaítas,o que eu aborreço".A igreja de Pérgamo aceitou a entrada do erro entre seus membros,de maneira que havia outra falsa doutrina que o Senhor aborrecia.Era uma divisão na igreja,essa doutrina é semelhante de Balaão conduzindo a um relaxamento do padrão moral.Algumas traduções trazem"tens os seguidores dos nicolaítas",o que aborreço".De qualquer forma o versiculo está bem claro,o juizo do Senhor.A acomodação da igreja com o mundanismo hoje,que amortece a sensibilidade moral,doutrinaria das denominações.

Na realidade a doutrina de Nicolaítas levou o povo a se apostatar,começou a ensinar que o crente pode viver como quisesse.Seu objetivo:achar um meio termo a vida cristã e os costumes da sociedade grego-romano.Na realidade,os Nicolaítas combinavam os ideais cristãos com á imoralidade e a idolatria.O resultado era uma heresia devastadora que ameaçava a existencia da igreja.Elas pervertiam a graça de Deus.Com o seu antinomianismo,ensinavam que nenhuma lei moral de Jesus estava vinculada ao cristão atual.Reafirmando a idolatria de Balaão,encorajava os crentes a envolverem-se com todo tipo de perversão.

 

V.16"Arrepende-te,pois,quando não,em breve virei a ti e contra eles batalharei com a espada da minha boca".

V.16"...Arrepende-te..."Aconselha a igreja que se arrependa dessa atitude de indulgencia e tolerancia do pecado.Arrependimento significa uma nova tomada de direção,ou seja uma mudança,abandonar os erros cometidos,pedir perdão é firmar a decisão de não cometer os erros novamente.A igreja devia agora tomar atitude definitivo contra as falsas doutrinas e o liberalismo,que alastraram entre os membros.Jesus disse"quem tem ouvidos,ouça o que O Espirito Santo diz as igrejas".O Espirito Santo usa sã doutrina como um prumo(amos5.7-8),e discorre o que está torto e confirma o que está correto(IS30.21).A doutrina aplicada com unção de Deus faz,os crentes trilharem o caminho correto(SL101.6),porque diz em romanos"a fé vem pelo ouvir,e o ouvir a Palavra de Deus(RM10.17). (notas revista cpad,1979).

O arrependimento é o caminho da vitória para ´povo de Deus(AT3.19).Ao nos arrepender-mos em concerto com o Senhor(HB10.16).que muda a nossa sentença e nos da vitória.No caso de  Pérgamo,o Senhor exigiu uma mudança de atitude daqueles que seguiam tais hersias(2PD3.9).O arrependimento é base do evangelho de Cristo(MT4.17).Em Pérgamo havia os que davam ouvidos as doutrinas de Balaão e dos nicolaítas,eram doutrinas heréticas,então havia a necessidade de se arrepender pelo fato de ser tolerante para com os mestres gnósticos que faziam o povo errar.

A nova tomada de posição inclui,também,um esforço de ajudar os que estão errador diante da doutrina das Escrituras.Em primeiro lugar devemos,com mansidão e aptidão no ensino,ajuda-los para que voltem ao caminho direito(2TM2.25-26,EZ18.25-29).Porem os que não querem deixar o  erro,estão,conforme o ensino de Jesus passiveis a disciplina(MT18.15-200.A disciplina é um meio de ajudar os faltosos(2COR1.6-70,impor o temor contra o pecado na igreja(AT5.11),assegurando nela a presença de Deus(JS7.12). 

 

v.16"...e contra eles batalharei com espada da minha boca..."A expressão usada pelo Senhor aos hereges de Pérgamo,uma expressão militar usada por aquele que é Senhor dos Exércitos(IS6.3),e este tipo de combate é realizada com armas espirituais(2COR10.4-5),é uma atitude do Senhor defendendo a igreja que ele comprou com Seu Sangue(1PD1.18-19).Percebemos neste trecho uma declaração de juízo que se não acabarem com a extinção da heresia,o Senhor entrará ou agirá pessoalmente em guerra contra os apostatas idolatras.Uma das armas usadas pelo Senhor na peleja contra o mal,é a Sua Palavra poderosa,é que está indicando.Esta espada aguda foi usada no Getsemani (JO18.5-6).,e será usada no dia do Senhor,quando Ele vier nas nuvens do céu(AP19.5).Esta palavra é a espada do Espirito(EF6.17),que penetra até as juntas e medulas e é apta para dscernir as intenções do coração(HB4.12).

 

V.17"Quem tem ouvidos,ouça o que o Espirito diz ás igrejas,Ao que vencer darei eu a comer do maná escondido,e dar-lhe-ei uma pedra branca,e na pedra um novo nome escrito,o qual ninguém conhece senão aquele que o recebe".

 

V.17"Ao que vencer darei eu a comer do mana escondido..."A promessa de Jesus ao vencedor começa pelo mana.Os gnósticos ofereciam vantagens abertas,mediante suas praticas imorais,seus prazeres e a satisfação.Há um elemento comum e todas as cartas do apocalipse"o vencedor"Esta sempre existirá,qualquer que seja a época ou a igreja,e justamente para este ,há um premio ,o mana escondido,isso está em harmonia com a concepção da redenção como um segundo êxodo.Os judeus colocavam isso desta forma:"assim como o primeiro redentor trouxe o maná,assim também o segundo Redentor trará o maná".Para o cristão,sem dúvida,isso recebe um significado espiritual,semelhante á"água da vida"(AP22.17).(notas,comentario novo testamento,D.A Carson,2009).

O mana era é  tipo de Cristo,o pão da vida(JO6.4-8),ele caia no deserto,mas não era do deserto(EX16.35),Cristo estava no mundo mas não era do mundo(JO17.16).No sul da Argélia em 1932,depois de condições atmosféricas incomuns,houve precipitações de uma matéria esbranquiçada,sem cheiro,sem gosto de espécie farinácea,que cobriu as tendas e a vegetação, cada manhã.Também uma substancia em 1932,uma substancia branca como mana cobriu certa manhã um terreno de 640 metros por 20,numa fazenda e em natal(Zulandia:Africa do Sul e foi comida pelos nativos.Porém nada disso foi o maná"escondido"(EX16.15).Mas Cristo,nosso Senhor,nos dará a comer o verdadeiro"pão do céu"(JO6.32).

O mana foi dado aos Israelitas após serem libertos do Egito,da mesma maneira o Senhor concederá o mana celestial ao crente liberto do mundo,das heresias e que participa da vida que há em Cristo atravez de Sua verdade"a Palavra"(JO6.32-33),assim como Deus acudiu no deserto as necessidades de Israel,assim também o Senhor atenderá seus fiéis em tudo.Ele lhes concederá o "mana escondido',sustentando espiritualmente que o mundo não pode compreender.

 

V.17"...ao que vencer...dar-te-ei uma pedra branca e na pedra um novo nome..."A pedrinha branca é ambigua,no aspecto de que tinha uma diversidade de significados e usos na sociedade antiga.Um individuo no julgamento recebia dos jurados uma pedra preta,uma pedra preta indicaria culpa,uma pedra branca absolvição.Se isso estava em mente aqui,a promessa estaria associada á que foi dada aos de Esmirna.Existia um costume segundo o qual duas pessoas que quisessem selar uma amizade partiam uma pedra ao meio,e cada pessoa retinha uma metade,assim tendo acesso a casa uma da outra.Uma extenção desse costume era o uso de uma pedra como permissão para entrar numa festa,quando se aplicava a uma associação que fazia regularmente podia ser cara e restrita-como um clube de acesso exclusivo hoje.(notas,ibid,pp.2139).

Era também concedida ao vencedor de corridas e de lutas,como prova de haver vencido seu opositor.Sempre que este competidor conseguia vencer,ouvia-se dizer"correu de tal maneira que o alcançou"(1cor 9.24).Isso podia significar tanto uma coroa de louvor ou uma pédrina branca.Certamente o Senhor está aludindo ao tipo de premiação pública,onde os vencedores receberão uma pedra branca com o seu nome gravado como simbolo da vitória obtida.A pedra pois simboliza a obtida da vitória ,a vida eterna,o premio pela corrida espiritual(2COR9.24-250.Pedra branca que simboliza isto?Pérgamo ocupava do mineração de Pedras brancas,vendendo,comerciando e fazia parte de sua economia.

 V.17"...um novo nome...".O Pastor Severino P.S. expressa bem esta passagem"Longe  de ser simples etiqueta,pura descrição externa,o nome em toda a extenção das Escrituras tem profundo significado,ele expressa a realidade profunda do ser que o carrega.Por isso a criação só está completa no momento eu que é colocado o nome(GN2.19).

 

V.17"...O qual ninguém conhece senão que o recebe".É a glória secreta da vida cristã,onde cada crente vitorioso haverá de entrar em um segredo eterno com Deus.(1COR3.8).Quando servimos á Deus com temor e amor,dando honra á sua Palavra,Ele tem um segredo conosco(SL25.14).Nesta pédrinha haverá um nome escrito,que só você saberá qualé.Este nome relaciona-se com a nova pessoa que você será.

Alguns interpretes acham que o nome da pedra pode ser o nome indivisivel de Deus,transmitindo á pessoa,conferindo-lhe a vida eterna e todas as bençãos eternas e todas as bençãos eternas envolvidas nela.Outros acreditam que seria o nome de Cristo,que traria a cada pessoa uma revelação unica e especial dele.Todas estas coisas são conjecturas,esforcemo-nos por nos tornar vencedores,e então saberemos qual é o nome e o seu significado.