Translate this Page

Rating: 3.0/5 (946 votos)



ONLINE
4




Partilhe este Site...

 

 

<

Flag Counter

mmmmmmmmmmm


// ]]>


ALBERT BENJAMIN SIMPSON
ALBERT BENJAMIN SIMPSON

                                         ALBERT BENJAMIN SIMPSON               

                         

AB Simpson, fundador da Aliança Cristã e Missionária.

 

Este artigo inclui uma lista de referências, mas suas fontes permanecem obscuras porque tem citações inline insuficientes. Por favor, ajude a melhorar este artigo introduzindo citações mais precisas. (Abril de 2009)

Albert Benjamin "A.B." Simpson (15 de dezembro de 1843 - 29 de outubro de 1919) foi um pregador do Canadá, teólogo, autor, e fundador da Aliança Cristã e Missionária (C & MA), uma denominação protestante evangélica com ênfase em evangelismo global .

Conteúdo ]

1 Início da vida e ministério

2 Ensino

3 Influência sobre o Pentecostalismo

4 Legado

5 Notas

6 Referências

7 Ligações externas

 

Início da vida e do ministério

Simpson nasceu em Cavendish, Prince Edward Island, Canadá como o terceiro filho e quarto filho de James Simpson, Jr. e Janet Clark. Autor Harold H. Simpson reuniu uma extensa genealogia das famílias Cavendish em Cavendish: a sua história, o seu povo. Sua pesquisa estabelece a família Clark (lado da mãe de AB Simpson) como uma das famílias fundadoras de Cavendish em 1790, junto com a família Simpson, e ele traça ancestrais comuns entre Albert B. Simpson e Lucy Maud Montgomery, autor de Anne of Green Gables.

O jovem Albert foi criado em uma estrita calvinista presbiteriano escocês e puritano tradição. Sua conversão de fé começou sob o ministério de Henry Grattan Guinness, um evangelista visitante da Irlanda durante o renascimento de 1859. [2] Simpson passou algum tempo na área de Chatham, Ontario, e recebeu a sua formação teológica em Toronto no Knox College, Universidade de Toronto. Depois de se formar em 1865, Simpson foi posteriormente ordenado na Igreja Presbiteriana do Canadá, o maior dos grupos presbiterianos no Canadá que se fundiram depois de sua partida para os Estados Unidos. Aos 21 anos, ele aceitou um convite para o grande Knox Presbyterian Church (fechado em 1971) nas proximidades de Hamilton, Ontário.

Em dezembro de 1873, aos 30 anos, Simpson deixou o Canadá e assumiu o púlpito da maior igreja presbiteriana em Louisville, Kentucky, a Igreja Presbiteriana Chestnut Street. Foi em Louisville que primeiro concebeu a pregação do evangelho para o homem comum através da construção de uma estrutura de tenda simples para esse fim. Apesar de seu sucesso no Street Church Castanha, Simpson foi frustrado por sua relutância em abraçar este fardo para mais amplo esforço evangelístico.

Em 1880, Simpson foi chamado para a Igreja Presbiteriana Thirteenth Street, em Nova York, onde ele imediatamente começou a estender a mão para o mundo com o evangelho. Ao lado do trabalho evangelístico ativo na igreja, ele publicou uma revista missionária, O Evangelho em todas as terras a primeira revista missionária com fotos. Simpson também fundou e começou a publicar uma revista ilustrada intitulada The Word, Trabalho, e Mundial. Em 1911, a revista tornou-se conhecida como A Aliança Weekly, então Alliance vida, e agora é chamado a.life. É a publicação oficial da Aliança Cristã e Missionária, nos EUA e no Canadá.

Em 1881, depois de apenas dois anos frutíferas em Thirteenth Presbiteriana, ele renunciou a fim de iniciar um ministério evangélico independente para os muitos novos imigrantes e as massas negligenciadas do New York City. Simpson começou aulas de formação informais em 1882, a fim de atingir "os povos negligenciados do mundo, com os recursos negligenciadas da Igreja". Em 1883, um programa formal estava no local e os ministros e missionários estavam sendo treinados em um contexto multi-cultural (Esta escola foi o início de Nyack College e Seminário Teológico Alliance). Em 1889, Simpson e sua família igreja mudou-se para sua nova casa, na esquina da 44th St. e 8 Av. chamado de New York Tabernáculo. Isto tornou-se a base não só do seu ministério de evangelismo na cidade, mas também de seu trabalho crescente de missões em todo o mundo.

 

Ensino

 

Educação disciplinada de Simpson e seu gênio natural fez dele um comunicador mais eficaz da Palavra de Deus. Sua pregação trouxe grande bênção e converte onde quer que ele pregou e seu evangelho original de Jesus ficou conhecido como o Quatro Fold Evangelho: "Jesus, nosso Salvador, Santificador, Healer, e Vindo Rei". The Four Fold Gospel está simbolizada na logomarca da C & MA: a Cruz, a Pia, o jarro ea Coroa. Ele chegou a sua ênfase especial no ministério por meio de sua absoluta centralidade de Cristo na doutrina e experiência.

Atormentado pela doença para grande parte da sua vida desde a infância, Simpson experimentou a cura divina depois de compreender que ele seja parte da bênção de permanecer em Cristo como vida e cura. Ele enfatizou a cura em seu quatro vezes Evangelho e geralmente dedicado uma reunião por semana para ensinar, testemunhos e oração nestas linhas. Embora tal ensino isolado ele (ea C & MA) a partir das principais igrejas que ou não enfatizam ou definitivas rejeitado cura, confiança intransigente de Simpson na Palavra eo poder de Deus o manteve de forma constante fuga para a frente de seu tempo, sem críticas ou rancor com aqueles que discordavam .

O coração de Simpson para o evangelismo se tornou a força motriz por trás da criação da C & MA. Inicialmente, a Aliança Cristã e Missionária não foi fundada como uma denominação, mas como um movimento organizado de evangelismo mundial. Hoje, a C & MA desempenha um papel de liderança no evangelismo global.

Em seu livro 1890, Uma Vida Cristã maior, Simpson falou sobre sua visão para a igreja:

Ele está nos mostrando o plano de uma igreja cristã que é muito mais do que uma associação de amigos agradáveis de ouvir uma vez por semana para um discurso intelectual e entretenimento musical e continuar por procuração de um mecanismo de trabalho cristão; mas sim uma igreja que pode ser ao mesmo tempo mãe e casa de todas as formas de ajuda e bênção que Jesus veio para dar aos homens perdidos e sofrendo, o berço eo lar de almas, a fonte de cura e purificação, a casa para abrigar o órfão e angustiado, a escola para a cultura e formação dos filhos de Deus, o arsenal onde eles estão equipados para a batalha do Senhor e do exército que luta dessas batalhas no seu nome. Tal centro de população neste mundo triste e pecaminoso! ]

Simpson compôs as letras de mais de 120 hinos, [4] 77 dos quais aparecem no C & MA 1962 hinário, hinos da vida cristã.

Sua visão missionária é ilustrado por estas palavras de seu hino, "The Missionary Cry":

Vem se vai chegando perto do Mestre.

O Filho do Homem vai aparecer em breve,

Seu reino está próximo.

Mas antes que esse dia glorioso pode ser,

O Evangelho do Reino, nós

Deve pregar em todas as terras.

Influência sobre o Pentecostalismo [editar]

Durante o início do século XX, tornou-Simpson intimamente envolvido com o crescente movimento pentecostal, um desdobramento do movimento Santidade. Era comum para os pastores pentecostais e missionários para receber a sua formação no Instituto de Treinamento Missionário, agora Nyack College, Nyack, Nova York, que fundou Simpson. Devido a isso, Simpson ea C & MA teve uma grande influência sobre o pentecostalismo, em particular, as Assembléias de Deus ea Igreja do Evangelho Quadrangular. Essa influência incluiu a ênfase evangelística, C & MA doutrina (especialmente na cura e sua articulação de um "evangelho quádruplo"), e hinos e livros de Simpson.

 

A divisão grave desenvolvido dentro da organização C & MA sobre "a doutrina primeira prova" dentro do pentecostalismo. Enquanto Simpson ea C & MA abraçaram o enchimento do Espírito Santo e os dons espirituais, incluindo o falar em línguas, eles rejeitaram a posição de que línguas era a única evidência inicial de que a experiência do baptismo; em vez disso, considerou que a principal evidência é o fruto do Espírito Santo e que "ministério frutífero" é mais uma prova forte. 

 

FONTE WIKIPEDIA